You are currently browsing the daily archive for Sexta-feira, 28 Novembro, 2008.

O Partido Socialista vai apresentar oficialmente a candidatura de António Dionísio à Câmara Municipal do Sabugal, estando confirmada a presença de Manuel Pizarro, Secretário de Estado da Saúde.

A apresentação acontecerá no dia 13 de Dezembro, sábado, pelas 20 horas, no salão da Junta de Freguesia do Sabugal. O candidato à Câmara do Sabugal, é o primeiro do distrito a ser apresentado pelo novo presidente da Comissão Política distrital da Guarda do PS, José Albano.
A comissão política concelhia do partido está a mobilizar os militantes e simpatizantes do PS no concelho do Sabugal para marcarem presença neste primeiro evento oficial da candidatura, apelando à sua inscrição no jantar.
Manuel Barros, presidente da concelhia, vê assim confirmar-se o oficialmente o nome em que a Comissão Política apostou para tentar reconquistar a câmara por parte do Partido Socialista, que há 11 anos perdeu a presidência, na altura protagonizada por José Freire. Nas duas eleições seguintes o PS continuou a apostar em José Freire, que contudo não consegui levar de vencida os candidatos do PSD.
O candidato, António Dionísio, é natural do sabugal e é chefe de finanças. Não é militante do partido, mas parece reunir o consenso entre os socialistas do Sabugal, que acreditam ter chegado a hora da mudança.
plb

José María Narciso Alfonso González é o Alcalde de Albergueria de Argañan, aldeia espanhola que fica ao lado de Aldeia da Ponte. Desde muito jovem que frequenta as terras raianas de Portugal, onde tem muitos amigos. No sábado receberá na sua aldeia os Porsches que andam em passeio pelo concelho do Sabugal, é oferecerá um «pincho» e um trago de vinho aos participantes. Estivemos à fala com este autarca espanhol, que é realista e pragmático, mostrando desencanto quanto ao futuro das terras raianas de um e do outro lado da fronteira.

alcaldeMantém um bom relacionamento com os «alcaldes» portugueses da raia?
Desde sempre tivemos, e mantemos, um bom relacionamento, e isso acontece com toda a população. No tempo antigo o único problema eram as autoridades, porque as pessoas davam-se muito bem. Tivemos o contrabando, onde curiosamente os portugueses ficaram sempre a ganhar.
Não é essa a ideia dos portugueses. Nós consideramos que os espanhóis é que tiraram maior proveito do contrabando.
Os portugueses desconfiavam muito dos espanhóis, mas a verdade é que nas transacções comerciais ficavam sempre a ganhar. Vocês tinham maior espírito comercial. Talvez isso resultasse de uma maior necessidade, mas a verdade é que ganhavam sempre mais do que nós.
Tem mantido relações regulares com a Câmara Municipal do Sabugal e com as juntas de freguesia portuguesas?
Todos os anos há uma reunião entre os «alcaldes» espanhóis, de Valverde a Fuentes, com o presidente da Câmara do Sabugal e os presidentes das juntas de freguesia, para confirmarmos que os marcos fronteiriços estão no seu lugar. Uma vez é em Espanha e a seguinte em Portugal. Os marcos são apenas um pretexto, porque aproveitamos para nos conhecermos melhor, convivermos e falarmos acerca de assuntos de interesse comum. A última reunião foi em Portugal e falámos do Centro de Negócios do Soito, que o presidente Manuel Rito nos apresentou.
E o que acha desse equipamento? Poderá albergar empresas espanholas que tenham negócios em Portugal?
Sinceramente, penso que aquilo não tem futuro. A ideia é bonita e o presidente está muito entusiasmado, mas o problema é que não há gente nestas aldeias e sem gente não há mercado suficiente para aguentar aquilo.
E o que podem os povos dos dois lados da fronteira fazer para conseguirem um futuro melhor?
Temos de nos unir através de projectos comuns. Vivemos numa das regiões mais pobres da Europa e temos de lutar contra isso. Podemos formar empresas, produzir para exportar e trocar experiências, só assim conseguiremos enfrentar com êxito as dificuldades. A União Europeia enviou muito dinheiro para ajuda ao desenvolvimento, mas ele ficou em Lisboa e em Valladolid. O pouco que cá chegou usaram-no para fazer parques e jardins, instalar luzes e candeeiros, fontes e outras coisas muito bonitas mas que não produzem riqueza, nem dão emprego aos jovens. O resultado de tudo isto é vermos os nossos melhores jovens irem para as cidades.
Considera que os políticos não se têm interessado pelo campo?
Para os políticos as cidades são mais rentáveis, porque o investimento por pessoa é menor do que no campo. Por exemplo, aqui em Albergueria tenho 250 candeeiros públicos para 160 habitantes. Ou seja, é preciso mais de um candeeiro para iluminar cada pessoa. Isto não acontece nas cidades onde cada candeeiro ilumina muita gente e em poucas centenas de metros quadrados conseguem meter prédios com dezenas de famílias. Por isso os políticos pensam sempre em apoiar as cidades e não ligam a quem vive no campo. É por isso que estas aldeias vão ficando sem gente. Temos muito poucos jovens e os que aqui estão não têm perspectivas de futuro.
E o que acha que devem fazer os políticos para fomentarem a fixação dos jovens nestas aldeias do interior?
A única forma de segurarem aqui os jovens é darem-lhes uma cana para pescarem. Ou seja, é necessário criar-lhes as condições para que instalem e desenvolvam o seu próprio negócio.
plb

Na Casa das Beiras continuaram as reuniões da Comissão Instaladora, trabalhando nos estatutos e discutindo outros assuntos de interesse para a Casa.

Esteves Carreirinha - Ecos da AldeiaDecorrido o Magusto em 10 de Novembro de 1974, foi feito o seu balanço, que resultou em mais um grande êxito, com a inscrição de novos sócios, mediante quota de 100 escudos anual, tendo-se distribuído o projecto de estatutos, já aprovado, para avaliar da sua aceitação, sendo a opinião geral favorável e considerado ajustado, pelo que se concluiu na necessidade de angariar fundos para pagar a publicação dos estatutos, bem como a escritura, ficando o Dr. Seabra de encontrar um Notário.
Apesar de mais um êxito, nada de mais relevante aconteceu até à data da escritura, altura em que as dificuldades se avolumaram, tendo a Comissão Instaladora, nesta fase, travado uma luta tremenda, face às tentativas de ocupação das nossas instalações, como veremos adiante.
PlacaLegalizada a Casa, havia a necessidade de se trabalhar no sentido de haver eleições para os corpos gerentes, continuando a procura de um espaço, surgindo em 18 de Março 1975, uma proposta do Dr. Seabra com o arrendamento do 2.º andar para sede da associação. Negociou pessoalmente, uma renda de 6000 escudos, aumentando depois 1000 escudos em cada ano. Esta verba era avultada e proibitiva, mas face às renitências de todos os outros, o Dr. Seabra propôs instalar, provisoriamente, um lar em duas das salas, que estavam separadas por uma porta envidraçada. A proposta não mereceu aceitação unânime, mas foram-lhe dados plenos poderes para negociar. Estas peripécias serão relatadas num próximo escrito.
Na reunião de 4 de Abril, o Dr. Seabra disse ter assinado contrato-promessa de arrendamento do 2.º andar. Avisou a Câmara de Lisboa do aluguer, para que o andar saísse da lista de casa devolutas. Isto provocou uma corrida de gente que queria ocupar a casa. Um grupo tentou mesmo ocupá-la à força, arrombando a porta. O Dr. Seabra acendeu lá um candeeiro, que ficava aceso toda a noite, para dar a perceber que o andar já estava ocupado. Instalou mesmo lá, uma empregada da sua casa de repouso, que mantinha a luz acesa, abrindo e limpando as janelas, de dia, para ser vista.
O advogado do senhorio e o Dr. Seabra deslocaram-se à Câmara Municipal de Lisboa, pondo um traço vermelho em ziguezague sobre a casa, em vez de um traço grosso, como estava determinado. Na Junta Freguesia de Arroios também puseram um traço azul débil e na Junta de Freguesia do Alto do Pina, nada conseguiram.
João Leitão BatistaAinda neste dia, de manhã, após nova tentativa de ocupação, apareceu um polícia que queria alugar a casa a familiares. A empregada do Dr. Seabra abriu-lhe a porta e chamou-lhe a atenção para um papel colado na porta, indicando que a casa pertencia à Casa do Concelho do Sabugal, sendo ela empregada do Sr. Presidente. O polícia pediu para ver o contrato de arrendamento, respondendo-lhe a dita, nada saber sobre isso.
Durante a semana seguinte continuaram as ameaças de ocupação, por gente que considerava a casa desabitada, pelo que em 8 de Abril decidiu-se passar a fazer as reuniões na novíssima sede da C.C. Sabugal. Foram pedidos orçamentos para a instalação eléctrica, mas como eram tão elevados, nenhum foi aceite.
Na reunião seguinte, o João Leitão ofereceu uma placa com o nome da Casa, que foi colocada na porta.
É preciso notar, que durante este período conturbado, era hábito a ocupação de prédios ou andares devolutos, coisa normal na época. Em relação à Casa é justo salientar, que o Dr. Seabra travou uma luta tremenda nas Juntas de Freguesias atrás referidas, acrescida ainda da Freguesia de S. João de Deus e com as Comissões de Moradores, visto que havia uma grande corrente para nos ocuparem a Casa, porque argumentavam, não se justificava uma casa para divertimentos, numa altura que havia tanta falta de habitação. Foi preciso uma explicação convincente do Dr. Seabra, provando-lhes que a associação se destinava a outro fim social diferente, porque se propunha colaborar nos interesses morais e materiais de um dos Concelhos mais atrasados do País, levando a melhor, dentro da legalidade, sobre todos os que tentaram as ocupações.
Assim decorreu esta luta durante algum tempo, com o resultado que se conhece, a casa sobreviveu a esta fase deveras complicada.
«Ecos da Aldeia», opinião de Esteves Carreirinha

estevescarreirinha@gmail.com

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.158.180 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES