You are currently browsing the category archive for the ‘Badamalos’ category.

Os grupos parlamentares do PSD e do CDS apresentaram um projecto de lei com a reorganização administrativa do território cuja discussão em plenário está agendada para a próxima quinta-feira, dia 6 de Dezembro. A iniciativa reproduz a proposta da Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa Territorial.

Concelho do Sabugal - Reforma das Freguesias - 2012 - Mapa Blogue Capeia Arraiana

(clique na imagem para ampliar.)

A proposta dos partidos que suportam o governo aponta para que as freguesias a agregar mantenham a sua existência até às eleições gerais para os órgãos das autarquias locais de 2013, momento em que será eficaz a sua cessação jurídica.
A aprovação do projecto de lei e a sua entrada em vigor implicará que a preparação das listas às eleições autárquicas tenha já em conta as agregações decididas.
Segundo a proposta conjunta PSD/CDS, o concelho do Sabugal ficará com 30 freguesias, menos 10 do que aquelas que actualmente possui, o que resultará da criação de sete novas freguesias por agregação:
– União das Freguesias de Sabugal e Aldeia de Santo António;
– União das freguesias de Santo Estêvão e Moita;
– União das Freguesias de Pousafoles do Bispo, Penalobo e Lomba;
– União das Freguesias de Ruvina, Ruivós e Vale das Éguas.
– União das Freguesias de Seixo de Côa e Valongo;
– União das Freguesias de Aldeia da Ribeira, Vilar Maior e Badamalos;
– União das Freguesias de Lageosa e Forcalhos.
No prazo de 90 dias após a instalação dos órgãos que resultem das eleições, a assembleia de freguesia delibera a localização da sede. Porém, na ausência de deliberação, a localização das sedes das freguesias a agregar no concelho do Sabugal será: Aldeia de Santo António, Santo Estêvão, Pousafoles, Ruvina, Seixo do Côa, Vilar Maior e Lageosa.
Os dois partidos que suportam o governo afirmam que a reforma é um antigo e histórico anseio e que no concreto resulta do memorando de entendimento assinado com a Troika, que determina a redução significativa das autarquias locais. Aumentar a eficiência e reduzir custos são outro dos motivos avançados pelos dois partidos para a reforma.
plb

A proposta formulada pela Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território (UTRAT) aponta para várias agregações de freguesias no concelho do Sabugal, passando o mesmo das actuais 40 para apenas 30 freguesias.

Concelho do Sabugal - Reforma das Freguesias - 2012 - Mapa Blogue Capeia Arraiana

(clique na imagem para ampliar.)

O Sabugal junta-se a Aldeia de Santo António, passando a constituir uma única freguesia.
O mesmo acontece-se com Santo Estêvão e Moita.
Outra união é entre as freguesias de Pousafoles, Penalobo e Lomba, que se reúnem numa só.
Também Ruvina, Ruivós e Vale das Éguas passam a uma só freguesia.
Seixo de Côa e Valongo juntam-se igualmente, agregando neste caso as duas margens do rio Côa.
Na raia, Aldeia da Ribeira, Vilar Maior e Badamalos também se juntam numa só freguesia.
Lageosa e Forcalhos são as outras duas freguesias da raia que se agregam.
A proposta mexe em todas as 11 freguesias com mesmos de 150 habitantes e ainda na do Sabugal e de Aldeia de Santo António, cuja junção a UTRAT justifica com o facto de serem contíguas, partilharem a albufeira do Sabugal e passarem a, juntas, perfazerem 2741 habitantes, reforçando assim demograficamente a sede do concelho.
Nas restantes agregações a UTRAT justifica-se com a homogeneidade do território, com a existência de legações rodoviárias directas, a pouca distância entre os agregados populacionais e a criação de um maior equilíbrio demográfico.
Recorda-se que a Assembleia Municipal do Sabugal se pronunciou contra a reorganização administrativa do território do concelho.
plb

Manuel Leal Freire - Capeia Arraiana«Poetando» é a coluna de Manuel Leal Freire no Capeia Arraiana, na qual a cada domingo vai publicando poemas inéditos, cada um dedicado a uma aldeia do concelho do Sabugal. Este Município raiano, um dos maiores do País em termos de extensão territorial, tem 40 freguesias, algumas delas com anexas, sendo no total exactamente 100 (cem) o número das localidades do concelho do Sabugal. Nesta edição o escritor e poeta bismulense dedica um soneto a Badamalos. No spróximo domingo será editado o poema relativo à aldeia anexa de Badamalos: Carvalhal do Coa.

BADAMALOS

Vocábulo de sonoras ressonâncias
Recorda vozes de alteroso sino
No éter não se medem as dustabuas
Mas os toques do bronze volvem hino

Serenas existências de sem ânsias
A paz é por ali um dom divino
O Coa quase sente relutâncias
Em ter de ser um peregrino

Ser lago e quedar-se eternamente
Entregue às boas mãos da boa gente
Seria o regalo entre os regalos

Qualquer entenderá todo este apego
Pensando no edénico sossego
Que marca o viver em Badamalos

«Poetando», Manuel Leal Freire

Os presidentes das juntas de freguesia a agregar, nos termos da legislação aprovada pelo governo, pretendem pronunciar-se contra qualquer solução integradora das respectivas juntas, posição que tomarão na Assembleia Municipal do Sabugal, que se vai realizar no dia 28 de Setembro.

A Comissão Permanente da Assembleia Municipal reuniu na passada sexta-feira, dia 7 de Setembro, no Sabugal, a fim de preparar a próxima sessão, na qual os eleitos locais se pronunciarão quanto ao projecto de redução de juntas de freguesia.
Na reunião, orientada pelo presidente da Assembleia Municipal, Ramiro Matos, estiveram presentes os representantes dos diferentes grupos políticos que têm assento na Assembleia, bem como os presidentes das juntas de freguesias do concelho que, nos termos dos critérios legalmente definidos, terão que ser agregadas.
O Capeia Arraiana apurou que no decurso da reunião apenas três presidentes de junta declaram, peremptoriamente, não aceitar qualquer agregação, sendo frontalmente contra o processo político e legislativo em curso, que visa diminuir o número de freguesias. Tratou-se dos presidentes das juntas da Moita, Valongo do Côa e Penalobo.
Outros presidentes de junta afirmaram que se forem obrigados a agregar-se, aceitarão essa situação. Assim, o presidente da Junta de Freguesia da Lomba, disse aceitar reunir-se a Pousafoles. Outra agregação possível, defendida pelos respectivos presidentes, é a de Aldeia da Ribeira, Badamalos e Vilar Maior, ficando a sede da junta agregada nesta última. Por sua vez também estão dispostos a aceitar associar-se as juntas de Ruivós, Vale das Éguas e Ruvina, ficando a respectiva sede nesta última localidade.
A discussão levou porém a uma tomada conjunta de posição que aponta para a não pronuncia da Assembleia nesta fase, alegando que não aceitar qualquer integração. Na ausência de pronúncia, caberá à comissão criada pelo governo elaborar uma proposta de agregação, a qual terá depois que ser discutida e votada na Assembleia Municipal, altura em que os eleitos locais se pronunciarão sobre o projecto, podendo alterá-lo em função dos interesses das freguesias, desde que se cumpram os critérios legalmente estabelecidos.
A Assembleia Municipal do Sabugal reunirá em 28 de Setembro, sendo expectável que opte pela não pronúncia, manifestando oposição a qualquer agregação das freguesias do concelho.
plb

Mais um ano se passou e com ele o oitavo convívio dos Badamalenses e seus amigos, como é habito o encontro foi no Parque Aventura Quinta Vinha da Ribeira, na Arrentela, Seixal.

Juntaram-se mais ou menos 180 convivas, vindos dos mais variados lugares, como Braga, Porto, Santarém, Amareleja. Até de França veio gente descendente da terra, e vindos do Concelho e proximidades, tivemos gente de Vilar Maior, Aldeia da Dona, Cerdeira do Côa, Miuzela do Côa, Bismula, Arrifana do Côa, e outras terras.
Como já é costume, foi um dia bem passado, com muita alegria e confraternização e também com brincadeira. Não faltaram as sardinhas, as febras, muitas sobremesas e, claro, «buida» com fartura. Este ano, como em anteriores, veio um autocarro com gente de Badamalos e de algumas Freguesias amigas,
Foi mais um ensaio para as festas do Mês de Agosto, que acontecerão nos dias 18,19,20 e 24. Badamalos espera por todos de braços abertos.

PS: Obrigado a todos os que apareceram, em especial a quem mais uma vez ajudou na logística deste evento. Para o ano há mais.
João Afonso

Realiza-se no próximo dia 2 de Junho, no Seixal, o encontro de convívio das gentes de Badamalos, freguesia do concelho do Sabugal.

O encontro realiza-se pelo oitavo ano consecutivo, numa iniciativa que tem juntado inúmeros naturais, familiares e amigos de Badamalos. O local volta a ser a Quinta Vinha da Ribeira, na Baía do Seixal.
Para além dos encontros e reencontros, o dia tem um programa repleto de animação e de partilha, tendo em vista contribuir para ajudar as festas do Deus Menino e de São Bartolomeu, que se vão realizar em Badamalos nos dias 18, 19, 20 e 24 de Agosto.
A animação musical estará a carga do já costumeiro Ângelo Braz e do seu acordeão.
plb

No primeiro fim-de-semana de Maio, dias 4, 5 e 6, vai realizar-se no concelho do Sabugal um encontro de agentes de viagem com o propósito de efectuar um levantamento das potencialidades turísticas da Região Beirã. (ACTUALIZADO)

O Encontro insere-se num Projecto de Desenvolvimento Turístico que visa promover e dar a conhecer as vertentes em que a região se destaca, sejam gastronómica, hoteleira, taurina, religiosa, histórica, paisagística e lúdica, entre outras.
O Encontro de Agentes de Viagem tem o seguinte Programa:

Sexta-Feira, 4 de Maio
21h00 – Chegada ao Sabugal com dormida no RaiHotel

Sábado, 5 de Maio
10h00– Visita guiada ao Museu Municipal e Castelodo Sabugal
11h30 – Porto de Honra na Casa do Castelo
12h30 – Partida para a aldeia do Casteleiro
13h00 – Almoço no Restaurante Gourmet Casa daEsquila.
15h00 – Visita guiada à Quinta dos Termos.
16h00 – Visita guiada a Sortelha. Actuação do Rancho de Folclórico de Sortelha. Lanche no Salão da Junta de Freguesia.
18h00 – Visita guiada à aldeia de Vila do Touro
20h00 – Jantar no restaurante O Pelicano
22h00 – Prova de vinhos Quinta dos Currais naCasa Villar Mayor. Prova de vinhos Gravato e Adega Cooperativa de CasteloRodrigo com Sessão de Fados de Coimbra.
24h00 – Chegada ao Sabugal com dormida no Hospedaria Robalo

Domingo, 6 de Maio
10h00 – Visita guiada às Termas do Cró.
11h00 – Visita às Casas Carya Tallaya.
12h30 – Visita ao Centro Histórico de Alfaiatescom passagem pelo Santuário de Sacaparte.
13h00 – Chegada Nascente do Côa.
13h30 – Porto de Honra noCentro Cívico de Fóios.
14h00 – Almoço no Restaurante Trutalcôa/Viveirodas Trutas.

A iniciativa está a ser organizada por pessoas interessadas em que o concelho do Sabugal progrida aproveitando o filão turístico.
Estão a prestar apoio a Câmara Municipal do Sabugal, Empresa Municipal Sabugal+, Juntas de Freguesia do Concelho, Casa de Turismo Rural de Villar Maior, Palheiros do Castelo, Casa Carya Tallaya, Casa da Villa-Turismo de Habitação/Sabugal, Vinhos Quinta dos Termos, Vinhos Gravato, Adega Cooperativa de Castelo Rodrigo, Caixa de Crédito Agrícola, Caixa Geral deDepósitos.
plb

A Câmara Municipal aprovou o plano anual de mercados e feiras a decorrer no concelho do Sabugal durante o presente ano de 2012. Muitas terras de pequena dimensão, em termos de moradores permanentes, conseguem manter o seu mercado mensal e a sua feira de ano, demonstrando por essa via a sua vitalidade.

Feiras (chamadas feiras de ano), por terem data de realização todos os anos e não mensalmente, como sucede com os mercados:
Badamalos: 24 de Agosto.
Casteleiro: 10 de Fevereiro, 10 de Maio e 10 de Novembro.
Quadrazais: segundo domingo de Agosto.
Rebolosa: 25 de Novembro.
Ruivós: segundo fim-de-semana de Março.
Ruvina: segunda-feira de Pascoela.
Sabugal: 29 de Junho.
Santo Estêvão: 15 de Março e 25 de Setembro.
Soito: primeiro domingo de Agosto.
Vilar Maior: 17 de Agosto.

Mercados, de realização mensal:
Aldeia do Bispo: primeira terça-feira.
Aldeia da Ponte: primeira segunda-feira.
Alfaiates: segunda quinta-feira.
Bendada: dia 12 de cada mês e às quartas-feiras entre os dias 22 e 29.
Bismula: último dia do mês.
Casteleiro: dia 10 de cada mês.
Fóios: último sábado.
Pousafoles do Bispo: segundo domingo.
Sabugal: primeira quinta-feira e terceira terça-feira.
Santo Estêvão: última quinta-feira.
Soito: quarta terça-feira.
Vale de Espinho: segundo sábado.
Vila do Touro: terceira quinta-feira

Os mercados e as feiras são sinais de vitalidade para a sede de concelho e para as freguesias que ainda os conseguem manter. Para além disso são geralmente de grande utilidade para as pessoas, que assim têm à porta um conjunto de bens essenciais que doutra forma teriam que ir comprar longe.
plb

A 18 de Abril celebra-se o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios sob o lema «Do património mundial ao património local, proteger e gerir a mudança». Nas iniciativas a nível nacional do IGESPAR destaque para a visita ao estaleiro e às pinturas murais de Carvalhal do Côa, na freguesia de Badamalos, concelho do Sabugal.

IGESPAR - Carvalhal do Côa - Badamalos - Sabugal

O IGESPAR-Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico, promove anualmente esta iniciativa, tendo por base a proposta do ICOMOS Internacional, apresentando em 2012 uma programação diversificada de actividades organizadas por entidades públicas e privadas.
Esta comemoração tem como objectivo sensibilizar o público para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para o esforço envolvido na sua proteção e salvaguarda.
O tema escolhido para este ano – Do Património Mundial ao Património Local, proteger e gerir a mudança – assinala uma relevante efeméride, o 40º aniversário da Convenção para a Proteção do Património Mundial, Cultural e Natural da UNESCO, no quadro da qual foi estabelecida a conhecida «Lista do Património Mundial». As reflexões e discussões levadas a cabo sobre esta matéria , a nível internacional, vêm-se refletindo na evolução de conceitos e metodologias que revertem para as distintas realidades nacionais e para as práticas concretas e mais locais da conservação.
No concelho do Sabugal o Programa Atelier Samthiago organiza uma visita ao estaleiro e às pinturas murais de Carvalhal do Côa, na freguesia de Badamalos. A orientação da visita está a cargo do pároco da freguesia, Padre Hélder Lopes, e de António Oliveira, coordenador da empresa de conservação e restauro.
O programa é o seguinte:
15:00 – Recepção dos participantes e distribuição da documentação.
15:30 – Visita ao estaleiro e trabalhos de conservação e restauro da Igreja Matriz de Badamalos.
16:30 – Saída para a Capela de São Marcos do Carvalhal, para observação das pinturas murais recentemente descobertas.
17:30 – Encerramento.
A organização da visita pertence ao Atelier Samthiago® – Conservação e Restauro e à Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de Badamalos
As inscrições gratuitas, obrigatórias, são limitadas e devem ser feitas para o email geral@samthiago.com ou pelo telefone 258 825 385.
O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios foi criado a 18 de Abril de 1982 pelo ICOMOS (Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios) e aprovado pela UNESCO.
jcl (com Atelier Samthiago e IGESPAR)

Um grupo de amigos que gostam de pedalar pelos caminhos campestre e percorrer as aldeias da região, vêm realizando um passeio anual, que pelo segunda vez ligou a cidade da Guarda à vila raiana do Soito, passando pela aldeia histórica de Castelo Mendo.

O passeio aconteceu no dia 31 de Março (sábado) e o jantar do grupo foi no restaurante Zé Nabeiro, no Soito, tendo o percurso incluído outras terras do concelho do Sabugal, como Badamalos, Bismula e Nave.
Transcrevemos, com a devida vénia, do blogue «O caruncho btt», alguns excertos da «reportagem» de Carlos Gonçalves, que esteve entre os convivas que ligaram a Guarda e o Soito em bicicleta de todo o terreno, num percurso de cerca de 70 quilómetros. Um texto que é bem o sinal do espírito de amizade e de convívio que preside a estes passeios desportivos que também servem de descompressão e de retemperamento.

«Pelo segundo ano consecutivo estamos a fazer Guarda – Castelo Mendo – Soito.
Se no ano passado falhei a melhor parte (o jantar\convívio no “Nabeiro”), este ano fiz o percurso completo. (…)
Este ano não foi fácil. Volta com muitos furos (alguns até repetiram a dose), avarias e quedas, ainda que sem consequências de maior.
Mas toda a gente chegou a bom porto, o que revela bem o espírito de entreajuda e de verdadeira camaradagem que estava instalado no grupo.
Já passava das 9,30 Horas quando o grupo, sob orientação do Rui Melo, saiu da Guarda (Parque Industrial) em direcção a João Bragal (de Cima e de Baixo), de onde, por trilho trialeiro, progredimos até Casas da Ribeira, Ima (este ano não fomos ver o relógio de sol) e Jarmelo, onde se verificou uma pausa. Do Jarmelo, por trilho muito técnico rumámos até aos Gagos e Castanheira, onde se verificou uma “paragem técnica”
Da Castanheira seguimos em direcção a Rabaça de onde, por trilho muito técnico, descemos à ribeira das Cabras que transpusemos pela velha ponte romana em direcção a Amoreira, alto Leomil e Castelo Mendo, onde chegámos já passava das 13,00 horas e onde efectuámos uma muuuuuuito looonnnnga pausa para “comerete” e “beberete”. (…)
Os trilhos seleccionados pelo Rui Melo estiveram pelo melhor. Muito boa a calçada (romana?) que encontramos logo a seguir a Castelo Mendo, que nos levaria até bem perto da Mesquitela. Daqui progredimos até Monteperobolso (será?) de onde descemos até ao rio Noémi, que transpusemos por um pontão, embicando na velha estação da CP. Daqui, subindo por trilho muito degradado fomos em direcção a Porto de Ovelha, onde já nos esperava o amigo “Bisnaga”. Aqui mais uma pausa para “reposição de líquidos” na sede da Associação de melhoramentos.
A progressão até Badamalos foi feita pela margem esquerda do rio Coa. (…)
De Badamalos até à Bismula mais uns quantos furos.
Na Nave mais uma “paragem técnica” no “Piu Bar”. Aqui ainda houve tempo para relaxar nuns matraquilhos! (…)
Eram quase 20 horas quando chegámos ao Soito, onde tomámos um retemperado banho quente nos balneários do campo de futebol.
Seguiu-se o jantar, em família, no “Nabeiro”.
Que belo dia de BTT (para recordar).»
Veja aqui a «reportagem» completa.
plb

A paróquia de Badamalos está em festa. O momento há muito aguardado está prestes a chegar. Este Domingo, 24 de Julho, as portas do templo restaurado vão abrir-se para voltar a receber os paroquianos.

Clique nas imagens para ampliar

A paróquia de Badamalos está em festa este domingo, 24 de Julho.
O Sr. Dom Manuel Felício, Bispo da Guarda, presidirá à Eucaristia marcada para as 12 horas, dando graças pela conclusão da primeira fase das obras.
Para além de grande número de badamalenses, residentes e emigrados, estão também confirmadas as presenças do Presidente da Câmara do Sabugal e do Dr. Santinho Pacheco, último Governador Civil da Guarda, que há um ano apadrinhou as obras da igreja de S. Bartolomeu.
Pe. Hélder Lopes (Conselho Económico Paroquial)

O Conselho Económico Paroquial de Badamalos, com a colaboração do Engenheiro Miguel Neto, técnico da Câmara Municipal do Sabugal, do Senhor Carlos Pais dos Santos, empreiteiro que está a executar a primeira fase das obras da Igreja de Badamalos e do Atelier «Samthiago» que está a executar a conservação e restauro de toda a arte sacra da Igreja, vai realizar a iniciativa «Estaleiro Aberto».

Será no próximo dia 24 de Junho de 2011, pelas 12h00, e pretende-se com esta actividade dar a conhecer o estado das obras da Igreja de S. Bartolomeu da paróquia de Badamalos, concelho do Sabugal, proporcionando uma visita guiada ao estaleiro e ao edifício que está a ser intervencionado.
Contamos com a presença do Pároco, do Presidente da Câmara, Eng. António Robalo, do Presidente da Junta de Badamalos, Joaquim Nobre, do Dr. Santinho Pacheco, Governador Civil da Guarda, da técnica do Gabinete de Arte Sacra da Diocese da Guarda, Dra. Joana Pereira e dos técnicos da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR/C).
Pe. Hélder Lopes (P’lo Conselho Económico Paroquial de Badamalos)

No dia 4 de Junho, teve lugar na Quinta Vinha da Ribeira, no Seixal, o oitavo convívio anual dos naturais e amigos de Badamalos, freguesia do concelho do Sabugal.

(Clique nas imagens para ampliar.)

O encontro juntou dezenas de amigos, que, como é habitual nestas ocasiões, se abraçaram após longo tempo de afastamento. As conversas ecoaram, os risos contagiaram e a imensa alegria transbordou, dando à iniciativa o carácter de convívio e confraternização que todos os participantes procuravam.
Para sustentar a festa houve bebidas e carne no churrasco, de que todos se serviram livremente, e proporcionou-se, em espírito solidário, a tradicional partilha de doces e outras iguarias gastronómicas que cada participante decidiu levar.
Para animar a festa actuou o já indispensável artista Ângelo Braz, com o seu acordeão, bem como os «Coiros de Cabra», afamado grupo de bombos de Badamalos, que deram ritmo à alegria que se vivia intensamente.
Para o ano a iniciativa repete-se.
Entretanto, de 20 a 24 de Agosto, Badamalos vai engalanar-se por ocasião da festa de verão, onde conta reunir de novo os seus naturais que andam dispersos pelo mundo.
plb

O PSD alcançou um resultado histórico no distrito da Guarda elegendo três dos quatro deputados e alterando o tradição equilíbrio (2 e 2) entre os PSD e o PS. O PSD venceu em todos os concelhos do distrito da Guarda tendo alcançado no concelho do Sabugal 3472 votos (48,20%) contra 2004 (27,82%) do PS.

No círculo eleitoral da Guarda o Partido Social Democrata elegeu três deputados – Manuel Meirinho, Carlos Peixoto e Ângela Guerra – e o Partido Socialista apenas um deputado – Paulo Campos – ficando de fora, como grande derrotado da noite, José Albano que se posicionava em segundo lugar. O distrito da Guarda elege quatro deputados e tradicionalmente têm sido divididos entre os sociais-democratas e os socialistas.
Manuel Meirinho em declarações à agência Lusa considerou que a candidatura do PSD alcançou «um resultado histórico». O Partido Social Democrata, liderado pelo politólogo independente, alcançou 46,32 por cento dos votos, elegendo três deputados. Já o PS conseguiu 28,31 por cento dos votos e elegeu apenas um deputado, o que já não ocorria desde 1995, altura em que os dois partidos passaram a eleger dois deputados cada.
«É um resultado histórico para o distrito, que expressa o esforço feito numa campanha de proximidade junto das pessoas, séria e serena, muito transparente e muito sóbria», afirmou à Lusa Manuel Meirinho, eleito deputado pelo distrito da Guarda, tal como Carlos Peixoto e Ângela Guerra. Segundo Manuel Meirinho, os eleitores do distrito «preferiram a seriedade a uma campanha feita de forma agressiva e com algum vazio do ponto de vista das ideias» e garantiu que o partido trabalhou para obter «uma grande vitória».
Quanto ao facto de a lista distrital ter sido liderada por um independente, disse que a «mistura» de militantes e de independentes «mostra aos eleitores que os partidos são estruturas abertas».

ELEIÇÕES LEGISLATIVAS  –  5-6-2011
DISTRITO DA GUARDA

CONCELHO DO SABUGAL  –  FREGUESIA A FREGUESIA
Águas Belas Aldeia da Ponte Aldeia da Ribeira Aldeia S.António Aldeia do Bispo
Aldeia Velha Alfaiates Badamalos Baraçal Bendada
Bismula Casteleiro Cerdeira Fóios Forcalhos
Lageosa da Raia Lomba Malcata Moita Nave
Penalobo Pousafoles Quadrazais Quintas S. B. Rapoula do Côa
Rebolosa Rendo Ruivós Ruvina Sabugal
Santo Estêvão Seixo do Côa Sortelha Soito Vale das Éguas
Vale de Espinho Valongo do Côa Vila Boa Vila do Touro Vilar Maior

(Clique nas imagens para ampliar.)

jcl

Começaram na segunda-feira, dia 2 de Maio, as obras de conservação e restauro da Igreja de Badamalos. A empresa belmontense «Construções Pais dos Santos» começou a montar o estaleiro e os andaimes exteriores e interiores na manhã do feriado municipal do Sabugal.

Clique nas imagens para ampliar

No sábado anterior, dia 30 de Abril, cerca de duas dezenas de paroquianos juntamente com o pároco, retiraram tudo da igreja paroquial, sacristia e arrumos, guardando o que material que não era necessário, e as imagens dos santos nas casas de diversos badamalenses e fez-se do amplo salão da Junta de Freguesia o novo espaço litúrgico da paróquia.
No Domingo, 1 de Maio, a Eucaristia Dominical foi celebrada pela primeira vez nas novas instalações, e todos verificaram que eram muito acolhedoras e amplas.
Neste momento, cerca de quatro semanas depois do início das obras, já se procederam aos seguintes trabalhos: destelhou-se a igreja, retirou-se toda a estrutura de suporte do telhado, descascaram-se as paredes exteriores, fizeram-se novas juntas nas colunas e cantaria, fez-se novo reboco, reforçaram-se as paredes na parte superior, fixaram-se as sancas de pedra com arame de aço, instalou-se toda a nova estrutura de aço de suporte do telhado e colocou-se já o painel «sandwich» que fará o isolamento termo/acústico de todo o telhado e começam a colocar-se as novas telhas. Também a empresa de restauro de arte sacra esteve uma semana em Badamalos onde procedeu à limpeza e tratamento da madeira do tardoz, isto é, a parte de cima dos painéis hagiográficos da capela-mor.
Já procedemos ao pagamento de cerca de 40,000.00 euros, e temos de pagar nos próximos dias mais 30 por cento do trabalho ao empreiteiro. Todos os que amam Badamalos têm sido bastante generosos, mas o dinheiro começa a escassear e o dinheiro do protocolo celebrado com o Estado Português tarda em chegar. Agradecemos a todos os que já contribuíram para esta causa e pedimos que mais pessoas partilhem connosco a sua oferta para as obras.

As três fotografias que ilustram esta informação mostram o avanço das obras da nossa Igreja.
Pe. Hélder Lopes

No dia 4 de Junho, sábado, os naturais da freguesia de Badamalos, do concelho do Sabugal, vão juntar-se no Seixal, onde realizam mais um convívio anual.

O encontro já se transformou em tradição, e mais uma vez os naturais e amigos de Badamalos se irão reunir no convívio anual do Seixal, na margem esquerda do rio Tejo.
A organização do encontro quer alargar o número dos que ali se reúnem, e está para isso a apelar aos badamalenses que se mobilizem e que tragam com eles outros amigos que igualmente queiram conviver na festa do Seixal.
«Estamos certos que irá ser mais um dia em família », disse-nos João Afonso, um dos badamalenses empenhados na divulgação do evento.
A mordomia fornece os contactos para receber novas inscrições para o encontro: Mariana Saraiva (916910510), Solange Mendes (910202615), Paulo Brigas (966607227), Filipe Martins (918982561). O contacto via correio também pode ser utilizado: badamalos@sapo.pt.
O encontro acontece num local aprazível, ao ar livre e junto à margem do rio Tejo, com condições apropriadas para proporcionar uma excelente jornada de confraternização e amizade.
plb

Badamalos teve a honra de receber, no passado dia 4 de Março, na sua Igreja Matriz, S.ª Ex.ª o Sr. Secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro, o Exm.º Sr. Governador Civil, Santinho Pacheco, o Exm.º Presidente de Câmara, António dos Santos Robalo e o Revº. Padre Bastos, em representação do Sr. Bispo da Guarda.

Badamalos - José Junqueiro - António Robalo

A visita à nossa terra de tão ilustres Entidades prendeu-se com a assinatura do protocolo através do qual foi celebrado o contrato de a ajuda que o Governo nos vai conceder, no montante de cerca de 43.000 euros, para as Obras de Conservação e restauro da Igreja de São Bartolomeu – nosso Orago – constituídas por cobertura, fachadas, pavimento, paredes, cantarias, tecto e altares (arte sacra).
Há cerca de 15 anos que Badamalos lutava por este objectivo, mas vicissitudes várias, designadamente as que se prendiam com falta de dinheiro, ainda o não haviam permitido. Hoje, porém, com esta preciosa ajuda, podemos garantir aos Badamalenses que o restauro da nossa igreja vai ser uma realidade. A curto prazo terá o seu início.
A presente Comissão Fabriqueira, constituída pelo Sr. Pe. Hélder, João Nobre, Natália Brigas e Isabel Fonseca, Manuel Vaz e José Monteiro, nomeada em 17 de Janeiro de 2010, teve a sua primeira reunião de trabalho, no dia 14 do mês seguinte, com o principal objectivo de analisar e estudar a possibilidade de avançar com o projecto mandado elaborar pela anterior comissão e, embora já com cinco anos de existência, se ainda poderia ser aproveitado para efeito de candidatura no âmbito do Programa de Equipamentos Urbanos de Utilização Colectiva.
O tempo já era curto, já que para alcançarmos aquele desiderato, o projecto teria de ser entregue, até 31 de Março, na CCDC/Guarda para que pudesse ser integrado no primeiro grupo de candidaturas a serem apreciadas e decididas no ano de 2010. Conhecida a possibilidade do seu aproveitamento, feitas as necessárias adaptações, desenvolvidas as imprescindíveis diligências, o objectivo foi alcançado: em 28-03-2010 o projecto, devidamente instruído, foi entregue naquela Entidade.
Hoje dizemos: Valeu a pena! Alcançámos o que tanto ambicionávamos! Por isso, as obras de cobertura, fachadas, paredes, cantarias, pavimento, tecto e coro já as temos adjudicadas pelo montante de 63.340 euros (s/IVA) e irão ter o seu início na segunda quinzena de Abril. A estas seguir-se-ão as obras de arte sacra. Com a preciosa ajuda que nos foi concedida passámos a usufruir de melhores condições para avançarmos para a segunda fase e levarmos a efeito o completo restauro da nossa igreja. Contudo, importa registar que mesmo assim ainda não é o suficiente. Ainda nos falta significativa importância. Mas estamos certos de que a generosidade dos Badamalenses vai continuar a estar presente e, em devido tempo, a quantia em falta será reunida!
O dia 4 de Março de 2011 foi dia de festa para Badamalos. Nunca na sua história, que já é longa, havia tido a oportunidade de, de uma só vez, receber tantos e tão ilustres visitantes. Sente-se ainda honrada e agradecida por a sua igreja ter sido a seleccionada para ser o palco da celebração das assinaturas dos protocolos das cinco freguesias contempladas no Distrito da Guarda. Ao acto das assinaturas, seguiu-se um fausto lanche, oferecido pela Junta de Freguesia.
Os Badamalenses estão de parabéns!
João Nobre
Secretário da Comissão Fabriqueira

As Comunidades da Unidade Pastoral do Planalto do Côa reuniram-se na Ruvina, no Domingo, dia 14 de Novembro, para participarem no magusto inter-paroquial.

(Clique nas imagens para ampliar.)

Padre Hélder LopesDepois de Ruivós (2008) e de Vale das Éguas (2009) terem organizado esta actividade, este ano a Ruvina foi a terra anfitriã do Magusto Inter-Paroquial das Comunidades da Unidade Pastoral do Planalto do Côa.
O Domingo foi preparado com muito cuidado. Ao longo de vários dias muitas pessoas se empenharam nos preparativos para que tudo corresse bem. As previsões atmosféricas ameaçavam estragar os planos, mas até o sol quis participar neste encontro, brindando-nos com a sua presença e alegria ao longo do dia.
Logo cedo, depois das Celebrações Dominicais de cada paróquia, muitos paroquianos das diversas comunidades (Badamalos, Bismula, Rapoula do Côa, Ruivós, Ruvina, Vale das Éguas e Vilar Maior) começaram a chegar ao largo da igreja da Ruvina, uns de transporte próprio, outros nos transportes disponibilizados para o efeito. Às 11.00 horas já a pequena igreja estava repleta. Fizeram-se os ensaios e às 11.30 horas começou o momento mais importante do dia. A Eucaristia foi celebrada com muito encanto. Na assembleia ocuparam lugar de destaque as crianças, adolescentes e jovens das diversas comunidades paroquiais. Os cânticos entoaram-se com beleza. Os altares foram enfeitados com muito esmero. Os acólitos emolduraram o presbitério rodeando o pároco, o Diácono Lucas Fernandes e o jovem André Barros. Rezou-se de forma especial pelos nossos Seminários.
Depois da Celebração Eucarística, passou-se da mesa do altar para a mesa do convívio e da refeição fraterna. No pavilhão das festas, junto ao ringue, foi servido o almoço preparado por um pequeno grupo de pessoas muito diligente. Depois das entradas, foi servida a canja de galinha, carnes assadas acompanhadas de arroz e fruta da época. Dias antes, os paroquianos das diversas paróquias foram convidados a partilhar as sobremesas. As mesas que lhes estavam destinadas rapidamente ficaram repletas de iguarias que saltavam aos olhos e faziam água na boca. Ninguém contou as pessoas presentes, mas os 170 pratos de cerâmica que estavam preparados não chegaram para todos. Foi necessário recorrer a pratos de plástico guardados para as eventualidades. Tudo foi preparado com muita perfeição.
Já com a barriga acomodada foi tempo de desfazer as calorias do almoço. Rapidamente se organizaram os jogos que estavam preparados e muitos se puderam divertir. Houve jogos tradicionais para todos os gostos, idades e feitios, desde os jogos de cartas, aos mini-torneios de «futebol de 5», até aos jogos de cordas. Organizaram-se corridas de sacas, corridas de pares, jogo do balão, jogo do ovo, jogo da maçã, jogo da malha, jogo do prego, jogo da testa entre outros… Foi uma tarde muito bem passada que ajudou pequenos e graúdos a celebrar o Domingo de forma diferente.
Como um dos motivos do encontro era o magusto, o dia não poderia ter terminado sem as castanhas assadas e a jeropiga. Também aqui houve castanhas para todos os gostos, desde as assadas no tradicional monte de caruma, até às assadas em modernos recipientes que permitem um melhor aproveitamento do fruto do castanheiro. Como é natural, alguns chegaram a suas casas irreconhecíveis!
Este dia só foi possível graças à organização feita pela Paróquia da Ruvina com o apoio da Junta de Freguesia local, do Centro Social e Cultural da Ruvina e da Casa de Cristo Rei.
Pe. Hélder Lopes

A sessão ordinária do executivo da Câmara Municipal do Sabugal do dia 10 de Novembro de 2010 aprovou as candidaturas para a rede de saneamento básico para as localidades de Quarta-feira, Rebelhos, Batocas, Badamalos, Lomba, Monte Novo, Ruivós, Vale das Éguas e Ozendo e para as Etar’s de Penalobo e do Cró. O prazo de execução é de 12 meses.

Reunião Executivo Câmara Municipal Sabugal

Sessão ordinária pública de 10 de Novembro de 2010
A sessão ordinária pública do dia 10 de Novembro de 2010 no Salão Nobre dos Paços do Concelho foi presidida por António Robalo e contou com a presença dos vereadores Delfina Leal, Ernesto Cunha, Francisco Vaz, Joaquim Ricardo e Luís Nunes Sanches. Em cima da mesa estavam documentos e votações importantíssimas e fundamentais para a governação do município em 2011.
O presidente da Câmara Municipal do Sabugal, António Robalo, declarou aberta a reunião às 10.30 horas e solicitou de imediato uma alteração à ordem de trabalhos. «Proponho que sejam discutidos, em primeiro lugar, os projectos de saneamento básico eternamente adiados para as pequenas freguesias do concelho. É importante votar este ponto para que os serviços camarários possam agilizar o processo ainda durante a manhã», pediu o presidente.

Presidência propõe ao executivo debate participativo sobre o Orçamento
Mas havia ainda mais duas propostas consideradas fundamentais para a presidência: «Proponho uma reunião extraordinária para a próxima quarta-feira para discutir o Orçamento para 2011. Considero fundamental que o executivo tenha a noção clara das receitas e despesas e possíveis folgas que muito possivelmente não vão existir. Até aqui o Orçamento sempre foi apresentado pela presidência. Este ano pretendo fazer, com todos, um debate participativo. Apesar de sofrermos um corte de mais de um milhão de euros e de termos margem para endividamento o nosso município é tratado em pé de igualdade com aqueles que já não se podem endividar. É mais uma penalização injusta. Por outro lado necessitamos de iniciar a discussão pública de alteração ao PDM da nova zona de implemental empresarial do Alto do Espinhal. Para que o documento possa ser levado à próxima Assembleia Municipal é fundamental a sua aprovação nesta sessão porque o documento tem de estar em discussão pública durante 30 dias.»
O vereador socialista Francisco Vaz aproveitou para recordar que «apesar de termos passado a reunir quinzenalmente sempre defendemos encontros semanais à quarta-feira até porque temo-nos apercebido do avolumar de assuntos fora da ordem de trabalhos».

Governador Civil da Guarda quer discutir o PROT-Centro
O executivo tomou conhecimento do convite do Governador Civil da Guarda, Santinho Pacheco, para discutir o PROT-Centro numa reunião que vai ter lugar na terça-feira, 16 de Novembro, no Governo Civil e «permitir uma posição concertada da região e do distrito e evitar pontos de vista personalizados para cada concelho».

Obras do IGESPAR metem água em Sortelha
O vereador Francisco Vaz perguntou o que pensa fazer a Câmara relativamente à igreja de Sortelha que, apesar de obras recentes, tem infiltrações problemáticas no telhado. O presidente esclareceu que «os serviços camarários iam intervir mas já não vão» porque «assumi, sob pena de perder o mandato, mandar lá uma equipa da Câmara». «Chove lá dentro mas o IGESPAR não deixa mexer no telhado. Possivelmente temos ali um caso de Ministério Público», acrescentando ainda que no dia da inauguração do Museu do Côa falou com os responsáveis do IGESPAR para que «nos dissessem que materiais utilizar que nós assumíamos os custos». O director regional do IGESPAR marcou uma reunião para o dia 24 de Agosto em Sortelha. Desmarcou e nunca compareceu. O projecto passou, então, para delegação de Castelo Branco. «O projectista escolheu mal a telha e agora quer cinco mil euros para alterar o seu próprio projecto que tem direitos de autor. Fez um erro e agora quer dinheiro para alterar», acrescentou com ironia. Francisco Vaz confessou a sua preocupação com «o dinheiro dos contribuintes que foi mal gasto na igreja de Sortelha» concordando também que «é um caso de Ministério Público».
A vice-presidente, Delfina Leal, bem documentada, informou que «os técnicos municipais elaboram um parecer onde sugeriram um tipo de telha diferente e que está mais de acordo com os rigores do nosso clima». O vereador Joaquim Ricardo defendeu «a urgência de uma reparação e, depois, da participação para o Ministério Público».

Orçamento da Sabugal+ adaptado para plano de austeridade
Joaquim Ricardo informou que «já depois de ter elaborado o orçamento da Sabugal+ foi aprovado o Orçamento de Estado que altera as regras para as empresas municipais. O conselho de administração entendeu rever o orçamento e adoptar as medidas restritivas que estão em curso em todo o País. Entendo que devo comunicar ao Conselho Geral todas as alterações e propunha que este assunto seja transferido para a próxima reunião. O orçamento está feito e tenho-o comigo para distribuir pelo executivo». Na sequência desta informação o presidente propôs «retirar da ordem de trabalhos o orçamento da Sabugal+ e alertar para o facto de que também a Câmara deverá adoptar e aprovar um plano de austeridade no Orçamento de 2011».

Saneamento em nove aldeias do concelho do Sabugal
Após as intervenções iniciais António Robalo colocou à discussão a candidatura das obras de saneamento básico para algumas das mais pequenas freguesias do concelho do Sabugal. No seu entendimento «as Águas de Zêzere e Côa só muito remotamente fariam estas obras em virtude do baixo aglomerado populacional» no entanto «a concretização destes serviços em pequenas aldeias são muito importantes para a minha presidência».

A Câmara Municipal do Sabugal vai candidatar cinco projectos para execução das redes de saneamento básico:
1 – Rede de águas e esgotos de Quarta-feira e Rebelhos. (729.870,19 euros);
2 – Batocas e Badamalos (672.898,68 euros);
3 – Lomba e Monte Novo (885.958,71 euros);
4 – Ruivós e Vale das Éguas (808.620,78 euros);
5 – Ozendo (587,349,87 euros).

Estão, igualmente, em fase de candidatura a ETAR de Penalobo, o saneamento das Lameiras e a ETAR do Cró. O prazo de execução da obra é de 12 meses. Relativamente a Ruivós o projecto inicial prevê a construção de uma pequena necrófita. No entanto o parecer dos serviços técnicos aconselham uma ligação à Ruvina por elevatória e depois por conduta para a ETAR de Vale de Éguas. O processo irá sofrer posteriormente um ajustamento que se fosse feito agora já não permitiria a sua candidatura. As propostas foram aprovadas por unanimidade e foi, de imediato, solicitado aos serviços camarários para acelerarem o processo. Assim apenas ficam de fora o Cardeal e o bairro periférico de Alfaiates que ainda não têm os respectivos projectos concluídos.

Alteração ao PDM na zona de implantação empresarial do Alto do Espinhal
O presidente inforrmou, de seguida, o executivo sobre «a necessidade de alterar de zona rural para zona empresarial o PDM do Alto do Espinhal na freguesia das Quintas de São Bartolomeu. Temos o parecer favorável da conferência de serviços da Autorida Florestal Nacional em Coimbra mas foi-nos exigida em redor uma faixa de 100 metros contra incêndios que já foi delimitada pela Comissão municipal florestal de defesa contra incêndios do Sabugal». António Robalo propôs que «seja votada a discussão pública durante 30 dias num local que esteja aberto todos os dias» e deixou a sugestão para que o documento fosse colocado no Museu que está aberto todos os dias cumprindo o prazo de forma a permitir a sua votação na Assembleia Municipal». A proposta foi votada por unanimidade.

Irregularidades graves na APEES
Após a leitura, rectificação e aprovação da acta da reunião anterior pelos membros do executivo presentes foi tempo de discutir uma carta da APEES-Associação de Pais e Encarregados de Educação do Sabugal dando conta de um total de cerca de 88 mil euros de dívidas encontradas pela auditoria mandada realizar pela actual direcção.
O vereador Francisco Vaz entendeu pedir uma clarificação das datas da declaração de não dívida da Segurança Social quando a auditoria registou cerca de 25 mil euros que não foram pagos ao organismo estatal e cerca de 37 mil euros a uma instituição bancária.
Com o objectivo de tentar solucionar o grave problema o presidente António Robalo propôs «uma transferência por adiantamento ao protocolo de 15 mil euros e o pagamento do empréstimo bancário para a aquisição de equipamentos de cozinha no valor de 37 mil euros» defendendo que «os equipamentos devem ficar propriedade da autarquia num edifício camarário» porque «não podemos esquecer que a APEES está a substituir a Câmara no fornecimento de refeições aos alunos». Delfina Leal aproveitou para informar que «a APEES parou o transporte de alunos e há quatro crianças com necessidades especiais que já solicitaram apoio camarário». A vice-presidente disse ainda que «a actual direcção já se transferiu os escritórios para as instalações do Bairro Social para reduzir custos de arrendamento».
O vereador Luís Sanches considerou que «o crime compensa e devemos solicitar à Caixa de Crédito Agrícola os motivos do empréstimo, por quem e para quê» e o vereador Joaquim Ricardo acrescentou que «devemos resolver o problema da APEES mas os números da auditoria são demasiados redondos para serem rigorosos e por isso devemos solicitar uma certidão actual à Segurança Social e tentar resolver o problema com muita seriedade».
O presidente informou que vai ser pedido aos serviços camarários para fazer um inventário dos equipamentos e conferir com o empréstimo e as amortizações e aproveitou para sugerir uma visita às instalações para que o executivo tomasse conhecimento com a realidade.

Socialistas votam contra obras na A23. Joaquim Ricardo absteve-se.
A reunião continuou com a votação para aprovação de verbas para as obras da A23 que teve os votos contra dos dois vereadores socialistas e a abstenção do vereador Joaquim Ricardo. A votação dos pagamentos na ligação Cardeal-Soito teve, igualmente, os votos contra dos dois vereadores socialistas presentes.

Novo concurso para requalificação das margens do Côa
A finalizar o presidente informou que no concurso público para requalificação das margens entre pontes do Rio Côa no Sabugal foi anulado por incomprimento processual dos quatro candidatos. Os erros detectados levam à abertura de um novo concurso público.

Adesão à Associação dos Municípios com actividade taurina
O concelho do Sabugal aderiu (sem custos) à Associação Portuguesa dos Municípios com actividade taurina. A adesão à associação para promoção e manutenção de roteiros taurinos na Península Ibérica aguarda o envio dos estatutos e o valor da quota e depois será votada em Assembleia Municipal.

Reunião intensa e onde foram discutidos assuntos importantíssimos para a governação do concelho do Sabugal.
jcl

A aldeia de Badamalos do dia 21 ao dia 24 de Agosto foi centro das festas em honra do Deus Menino e de S. Bartolomeu dos Mártires.

(Clique nas imagens para ampliar.)

Por mais um ano assistiu-se a uma aldeia repleta de gentes, de risos e conversas que ecoavam pelas pequenas ruas que a compõem.
As festas tiveram inicio no sábado com a garraiada, procissão das velas e com um baile de «aquecimento» abrilhantado pelo Duo dos Trovadores.
No Domingo, o dia alto da festa, a Banda de Coja acompanhada de uma alvorada de foguetes anuncia assim o inicio do dia em que celebra o Deus Menino. A eucaristia e a procissão pelas ruas da aldeia um dos momentos altos das festas. Já a Banda se ouvia de novo, mas desta feita para a Ressalva: o agradecimento pelo trabalho dos mordomos deste ano e um «acolhimento» aos novos mordomos. Seguiu-se o baile animado pela banda Trovadores com um fogo de artifício cuja figura central era o Deus Menino. Nesta noite, em especial, houve uma espécie de «discoteca» que se diz ter sido ouvida nas aldeias vizinhas.
Segunda-feira o tradicional dia da carne começou um pouco mais tarde que o costume e sempre acompanhado pelo acordeonista Angelo Braz, que nos brindou com o seu acordeão e musicas pela noite dentro. Este acompanhou os demais numa volta ao povo já noite dentro.
No último dia de festa, já celebrando São Bartolomeu dos Mártires houve a alvorada com foguetes e o grupo «Coiros de Cabra» e a já costumeira feira. Seguiu-se a celebração e procissão em honra do Santo Padroeiro de Badamalos. Os Coiros de Cabra foram durante a tarde fazer também eles uma ressalva dando o mote para o último baile das festas de Badamalos, que durou até tarde com algo novo, o Karaoke.
Os mordomos agradecem a vossa presença e Badamalos conta convosco para as festividades que estão para vir 2010/2011.
João Fonseca

A Junta de Freguesia de Ruivós e a Associação dos Amigos de Ruivós organizaram um passeio de cicloturismo aberto a todas as idades entre Ruivós e Badamalos com passagem pela Ponte de Sequeiros em Valongo do Côa.

Passeio Cicloturismo Ruivós - Ponte Sequeiros - Ponte Badamalos

A partida para o passeio de cicloturismo foi dada às 10 horas da manhã do dia 3 de Agosto no parque do Salão de Festas e sede da AAR-Associação dos Amigos de Ruivós.
Aos 44 participantes de todas as idades presentes à partida juntaram-se, para apoiar a passagem nos cruzamentos, algumas moto4 e motorizadas recuperadas tipo «Famel Zundapp» que deixaram o seu som e cheiros caracteristicos a lembrar os anos 80 quando eram donas e senhoras das estradas e caminhos de quase todo o país. No concelho do Sabugal muitos jovens após regressarem de uma temporada de trabalho nas vindimas ou na apanha da maça em terras de França adquiriam a sua motorizada V5, Sachs ou Zundapp e apresentavam-se orgulhosos e vaidosos nos bailes e discotecas raianas.
Voltando às bicletas e após vigorosas pedaladas do pelotão estrada abaixo os ciclistas passaram à igreja matriz de Ruivós, olharam a amoreira e rumaram para as primeiras dificuldades do percurso, sempre a subir, até à rotunda da Santíssima Trindade onde tomaram o sentido de Valongo do Côa. Pelo caminho foram acontecendo pequenos percalços como distraídas saídas de estrada ou correntes que se soltavam e obrigavam ao apoio técnico do «carro-vassoura».
À chegada à belíssima Ponte de Sequeiros o presidente da Junta de Freguesia de Valongo do Côa, Alberto Monteiro, fez questão de brindar todos os participantes a acompanhantes com um «reabastecimento» para recuperar forças e apagar a sede.
Após uns banhos no rio Côa era tempo de atravessar a secular passagem fortificada em estilo românico sustentada por três arcos que já foi passagem de fronteira e tem data de construção provável no século XIII.
As dificuldades eram agora acrescidas porque, se a primeira parte do percurso foi toda em alcatrão, a «segunda etapa» decorreu inteiramente em terra batida que levantava muito pó à passagem dos cicloturistas. À cabeça do pelotão, sempre em alta rotação, um fugitivo de nome Padre Hélder Lopes deixava muito para trás toda a concorrência. De facto, mostrando excelente forma física e equipado a rigor o Padre Hélder esteve sempre na dianteira e foi dos primeiros a chegar à Quinta do Marrafa do Soito (actualmente propriedade de Manuel Vaz Leitão, presidente da Junta de Freguesia de Ruivós).
O pelotão foi acompanhado por uma caravana automóvel com dezenas de ruivosenses que, apesar de não participarem de bicicleta, não quiseram deixar de estar presentes provocando um vazio de pessoas na aldeia de Ruivós.
Ainda antes de atacarem um porco no espeto ciclistas e acompanhantes refrescaram-se dando um mergulho nas águas do Côa.
O convívio do 1.º passeio de cicloturismo de Ruivós teve como convidado de honra António Robalo, presidente da Câmara Municipal do Sabugal, que se fez acompanhar por Delfina Leal, Joaquim Ricardo, Vítor Proença e outras ilustres personalidades.
Jornada de amizade em tempo de emigrantes que levou as bandeiras da Junta de Freguesia e da Associação de Ruivós a esvoaçar ao longo do Côa até terras da Miuzela e deu a conhecer pela primeira vez a muitos miúdos e graúdos a ponte de Sequeiros.
Foi bonita a festa.
jcl

A Junta de Freguesia de Ruivós e a Associação dos Amigos de Ruivós organizaram um passeio de cicloturismo aberto a todas as idades entre Ruivós e Badamalos com passagem pela Ponte de Sequeiros em Valongo do Côa.

GALERIA DE IMAGENS – PASSEIO CICLOTURISMO  –  3-8-2010
Fotos Capeia Arraiana –  Clique nas imagens para ampliar

Mais imagens. Aqui.
jcl

A Associação Cultural e Desportiva de Badamalos (ACDB) vai realizar no próximo domingo, dia 15 de Agosto, um convívio para os seus associados, nas margens do rio Côa.

O encontro, promovido pela CADB, irá realizar-se junto aos Pontões do rio Côa, a curta distância de Badamalos.
Segundo um pedido de divulgação que nos chegou, o convívio da associação pretende aproveitar os dias festivos do verão e a presença de muitos naturais na aldeia para proporcionar momentos de amizade e de boa disposição entre os seus sócios. Haverá comes e bebes, com destaque para um porco no espeto, e muito divertimento.
A iniciativa é o prelúdio das festas desta freguesia do lado norte do concelho do Sabugal, que de 21 a 24 de Agosto se realizam em homenagem ao Deus Menino e a S. Bartolomeu. Para além do tradicional cerimonial religioso, haverá baile, fogos de artifício e a sempre apreciada actuação dos «Coiros de Cabras», um grupo de bombos da freguesia.
Os membros da Associação pedem que as inscrições para o convívio de domingo sejam realizadas junto do Armando Martins (restaurante) ou para o e-mail do Nelo (nelsonfernandes9@hotmail.com) até Sábado às 14 horas.
plb

A igreja matriz de Badamalos, freguesia do concelho do Sabugal, cujo orago é S. Bartolomeu, precisa de ser sujeita a obras, facto que motivou a comissão fabriqueira a lançar um apelo a todos os naturais e amigos de Badamalos para colaborarem na angariação de fundos para o efeito.

A comissão fabriqueira é formada, pelo padre Hélder Lopes e os paroquianos João Nobre, Natália Valente, Manuel Vaz, José Messias e Isabel Monteiro. A mesma pediu orçamentos e predispõe-se a fazer avançar a execução das obras de restauro, começando desde já a angariar apoios financeiros para esse efeito.
A comissão pediu ao Capeia Arraiana para colaborar através da divulgação do propósito e do NIB da conta bancária da comissão: 003507020002192683035.
Badamalos foi em tempos uma abadia da representação do reitor de Vilar Maior, em cujo concelho se situava antes de integrar o concelho do Sabugal. Em meados do século XVIII contava com 350 habitantes, mas hoje tem menos de 100 residentes, sendo uma das mais pequenas freguesias do concelho do Sabugal.
A igreja matriz é o mais importante edifício da freguesia e está situada no centro da povoação. Tem altar e retábulo em talha dourada e o tecto decorado com figuras sagradas. A igreja é ladrilhada, à excepção da capela-mor. O templo é de origem muito antiga, embora o campanário tenha sido construído apenas em 1883.
A igreja, que foi sujeita a grandes obras de restauro em meados do século XX, volta a necessitar de uma intervenção de fundo, estando o povo empenhado em garantir a angariação de meios para esse efeito.
plb

A Junta de Freguesia de Ruivós e Associação dos Amigos de Ruivós organizam em parceria o 1.º Passeio de Cicloturismo da freguesia. A concentração está marcado para as 10 horas do dia 3 de Agosto junto à sede da Associação. O percurso passa pela Ponte de Sequeiros (com paragem para reabastecimento) e termina na Ponte de Badamalos com um almoço. O passeio é aberto a participantes de todas as idades portadores de fato de banho.

Passeio de Cicloturismo

A Portaria n.º 412/2010, de 28 de Junho, renovou a zona de caça municipal da Serra do Homem da Pedra e a Portaria n.º 451/2010, de 29 de Junho, renovou a zona de caça municipal do Médio Côa, situadas no município do Sabugal.

Zona Caça Municipal - SabugalEm 2004 foram criadas pelas Portarias nos. 142/2004, e 144/2004, de 12 de Fevereiro, as zonas de caça municipais da Serra do Homem da Pedra (2236 ha) e do Médio Côa (6116 ha), situadas no município do Sabugal. As concessões eram válidas por seis anos e a sua gestão foi transferida para o município do Sabugal que requereu as suas renovações.
O Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural o Secretário de Estado do Ambiente cumpridos os preceitos legais e no uso das competências delegadas pelo Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas pelo Despacho n.º 78/2010, de 5 de Janeiro, e delegadas pela Ministra do Ambiente e do Ordenamento do Território pelo Despacho n.º 932/2010, de 14 de Janeiro, publicaram em Diário da República as Portaria 412/2010, de 28 de Junho e 451/2010, de 29 de Junho, renovando as transferências das zonas de caça municipais da Serra do Homem da Pedra e do Médio Côa.
Zona de Caça Municipal da Serra do Homem da Pedra (2236 ha) – Terrenos cinegéticos sitos nas freguesias de Aldeia Velha, Alfaiates, Nave, Quadrazais, Soito e Vale de Espinho, todas no município do Sabugal.
Zona de Caça Municipal do Médio Côa (6116 ha) – Terrenos cinegéticos sitos nas freguesias de Aldeia da Ribeira, Badamalos, Bismula, Nave, Quadrazais, Rapoula do Côa, Rebolosa, Rendo, Ruivós, Ruvina, Sabugal, Soito, Vale das Éguas, Valongo do Côa, Vila Boa e Vilar Maior, todas no município do Sabugal.

Portaria n.º 412/2010, de 29 de Junho. Aqui.
Portaria n.º 451/2010, de 29 de Junho. Aqui.
jcl

Pelo sexto ano consecutivo, realizou-se no dia 5 de Junho, na Quinta Vinha da Ribeira, no concelho do Seixal, o convívio da aldeia de Badamalos, que juntou cerca de 200 pessoas.

Clique nas imagens para ampliar

Mais um convívio preenchido de encontros e reencontros, sorrisos, gargalhadas, conversas, jogos e muito boa música ao som do acordeão e da voz do já seu costumeiro convidado, Ângelo Braz, e também dos Coiros de Cabra, grupo de tambores daquela aldeia.
Mais uma vez todas as gentes se quiseram envolver neste convívio. Veio, inclusive, à imagem do ano passado, um autocarro repleto de conterrâneos para partilharem com todos, outro dos momentos altos das festas da aldeia.
Os mordomos demonstram grande entusiasmo na festa deste ano, porque este convívio tem-se realizado com uma ínfima parte das pessoas que se deslocam até à aldeia que se apresentam cada vez mais em maior número.
Para o ano este convívio voltará a acontecer e espera-se que ainda com mais força.
Mais que conseguir uns euros para a realização da festa o verdadeiro objectivo deste convívio é fazer com que pessoas que deixaram desvanecer as suas ligações à aldeia que as retomem. E de facto este tem sido um objectivo que se vai concretizando.
Em Agosto esta pequena aldeia abre os braços para vos receber na Festas em Honra do Deus Menino a 21, 22 e 23 de Agosto e de São Bartolomeu a 24 de Agosto.
José do Bernardo

A Unidade Pastoral do Planalto do Côa realizou no passado dia 10 de Junho a sua primeira peregrinação inter-paroquial. Uma centena de peregrinos rumou ao Santuário Nacional de Cristo Rei, em Almada, para encerrar festivamente o Ano Sacerdotal, proclamado pelo Papa Bento XVI.

Clique nas imagens para ampliar

Em poucos dias, inscreveram-se 100 paroquianos das paróquias que me estão confiadas, para participar na Peregrinação de encerramento do Ano Sacerdotal. Oriundos de Badamalos, Bismula, Rapoula do Côa, Ruivós, Ruvina, Vale das Éguas e Vilar Maior, partiram em dois autocarros da empresa sabugalense Viúva Monteiro, com destino a Lisboa e Almada.
Em Lisboa, durante a manhã, tiveram a oportunidade de visitar o belíssimo Mosteiros dos Jerónimos, onde está sepultado Luís de Camões, o Museu Nacional de Arqueologia e a Torre de Belém, um dos ex-líbris da capital portuguesa. Saborearam um delicioso Pastel de Belém acabado de fazer e passaram pela restaurada Praça do Comércio e por algumas das mais conhecidas avenidas da marginal lisboeta.
Depois de atravessarem a ponte 25 de Abril, ao início da tarde, nos parques de merendas do Santuário de Cristo Rei retemperaram forças com as merendas ricamente preparadas, subiram ao topo do monumento religioso, contemplaram a grandiosa vista sobre a bacia do Tejo e celebraram com solenidade a Eucaristia no Santuário.
No regresso, já a caminho de casa, passaram pelo Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, onde tiveram de oportunidade de rezar na Capelinha das Aparições. Merendaram uma vez mais e preparam-se para o final da viagem de regresso às paróquias.
Tudo correu muito bem e no final havia um sentimento generalizado de alegria e agradecimento ao Senhor Jesus Cristo por ter proporcionado momentos de partilha e aprofundamento da fé tão fortes. Em muitos peregrinos ficou a vontade de fazer mais actividades deste género, tendo o pároco agradecido a participação de todos e manifestado o desejo de, brevemente, lhes satisfazer a vontade.
Aos quatro motoristas, aos que colaboraram para que tudo corresse dentro do planeado e a todos os que ficaram em casa oferecendo as suas orações para que tudo corresse bem, aqui deixo uma palavra de agradecimento sentida.
Pe. Hélder Lopes

Os naturais e amigos de Badamalos a viver na zona da Grande Lisboa juntam-se mais uma vez em convívio no dia 5 de Junho no Parque Aventura, na Arrentela, Seixal.

Convívio de 2009 – Clique nas imagens para ampliar

À semelhança dos anos transactos irá realizar-se no 5 de Junho de 2010, no gentilmente cedido Parque Aventura da Quinta da Vinha da Ribeira, Arrentela, Seixal, mais um convivio dos naturais e amigos da freguesia de Badamalos, no concelho do Sabugal.
A organização promete como já vem sendo hábito muita alegria, muita boa disposição e sobretudo muita amizade.
Esta e muitas outras iniciativas deste género em Lisboa a par da Capeia Arraiana, no Campo Pequeno, permitem aos sabugalenses encontrar amigos que já não vêm há muitos anos, uns porque vivem longe, outros porque já não têm familia na terra natal e outros ainda por algum comodismo.
Vamos manter esta tradição!
Vem conviver connosco no 6.º convívio!
Marca a tua presença pelo telemóvel 934 106 797 (João «Careca») ou pelos emails: badamalos@sapo.pt ou badamalos@msn.com.
José do Bernardo

A 17 de Abril, num dia que começava chuvoso, a pequena cidade do Sabugal, abria as suas portas para receber os grupos de jovens vindos da Diocese da Guarda para festejar mais um Dia Diocesano da Juventude.

Os jovens chegaram e foram encaminhados para o Largo da Fonte, onde todos os grupos presentes foram apresentados, e onde cada grupo mostrou algo de si, neste mesmo espaço realizou se também a pintura do mural.
O grupo representativo do Sabugal, encenou a passagem bíblica do «Jovem Rico», que esperamos tenha feito a todos pensar quantas vezes nós, os jovens de hoje, somos esse mesmo «Jovem Rico» que nos esquecemos e afastamos de Deus, mas que Ele nunca se esquece nem afasta de nós estando sempre ao nosso lado e de braços abertos para nos acolher.
Depois das apresentações, dirigimo-nos para a igreja paroquial, com o grupo «Coiros de cabra», de Badamalos, à frente e, a encerrar o cortejo, a fanfarra do Agrupamento de Escuteiros do Soito. Já na Igreja de S. João, teve inicio a Eucaristia presidida pelo Sr. Bispo Dom Manuel Felício, que na sua homília salientou a importância destes encontros entre os jovens e Deus, assim como o facto de todos termos a coragem e a força dos apóstolos que mesmo sofrendo nunca negaram a Jesus, anunciando sempre a sua mensagem. Foi animada por alguns elementos da Banda Jota e por todos nós que aceitámos o convite para o Banquete. As músicas muito animadas embelezando ainda mais a eucaristia, que com a igreja cheia de jovens ganhava outra cor. Também marcaram a sua presença o grupo de jovens, que frequenta a catequese do 10º ano e mais alguns que a eles se quiseram unir, louvando a Deus no momento de Acção de Graças, com uma pequena encenação.
Seguiu-se o almoço na central de camionagem, onde pudemos partilhar os nossos farnéis e conhecer melhor os jovens que vieram à nossa linda terra.
Após o almoço de convívio entre os grupos realizou-se o Festival Diocesano Jovem da Canção de Mensagem, que terminou com a nomeação e audição da canção vencedora do grupo «Trovadores de Deus», vindos de Celorico da beira.
Assim terminou um dia diferente, animado e de encontro com Deus.
Esperamos que eventos como este se realizem mais vezes na nossa paróquia e que os jovens sabugalenses comecem a aderir.
Ângela Afonso

As Juntas de Freguesia de Aldeia da Ribeira, Badamalos, Bismula, Rebolosa e Vilar Maior estão a trabalhar no sentido de constituírem uma Associação de Freguesias. Após algumas reuniões, estamos neste momento no processo de registo da Associação que, em princípio, será denominada «Associação de Freguesias Nordeste Sabugal».

A Lei 175/99 dá a possibilidade de as freguesias se constituírem em Associações para, assim, terem a possibilidade de desenvolver projectos em comum. No Concelho do Sabugal, começam a dar-se os primeiros passos para a constituição de Associações de Freguesias. De acordo com a Lei 175/99, «a associação de freguesias é uma pessoa colectiva de direito público, criada por duas ou mais freguesias geograficamente contíguas ou inseridas no território do mesmo município para a realização de interesses comuns e específicos. A associação de freguesias tem por fim a realização de quaisquer interesses no âmbito das atribuições e competências próprias das freguesias associadas, salvo as que, pela sua natureza ou por disposição da lei, devam ser realizadas directamente pelas freguesias.»
Num Interior cada vez mais desertificado, esta poderá ser uma forma de as freguesias terem mais força e capacidade para reivindicarem a realização de projectos que vão ao encontro das necessidades e anseios das populações abrangidas.
Ainda de acordo com a Lei «podem constituir incumbências da associação de freguesias, designadamente, as seguintes: participação na articulação, coordenação e execução do planeamento e de acções que tenham âmbito interfreguesias; gestão de equipamentos de utilização colectiva comuns a duas ou mais freguesias associadas; organização e manutenção em funcionamento dos serviços próprios.
A associação de freguesias, no desenvolvimento do seu objecto, pode participar em empresas de capitais públicos de âmbito municipal que abranjam a área geográfica de pelo menos uma das freguesias associadas. Os órgãos da associação de freguesias, constituída exclusivamente por freguesias inseridas no território do mesmo município, podem praticar actos por delegação de competências da respectiva câmara municipal.
A associação é constituída através de escritura pública, nos termos do n.º1 do artigo 158º do Código Civil, sendo outorgantes os presidentes das juntas de freguesia das freguesias integrantes.»
É com estes objectivos que Aldeia da Ribeira, Badamalos, Bismula, Rebolosa e Vilar Maior unem esforços e trabalham para a constituição de uma associação de freguesias, cuja designação prevista é Associação de Freguesias Nordeste Sabugal. Aguarda-se o Certificado de Admissibilidade do Instituto dos Registos e Notariado.
Manuel Barros
Presidente da Junta de Freguesia da Rebolosa

A 3.ª edição dos Roteiros Gastronómicos do concelho do Sabugal vai estar em destaque, na próxima quinta-feira no programa «Portugal em Directo» da RTP-1. Os sabores gastronómicos à disposição nos 13 restaurantes aderentes e o VI Almoço da Confraria do Bucho Raiano serão tema de conversa na reportagem assinada pelo jornalista Jorge Esteves.

Roteiros Gastronómicos do Sabugal - 13 a 16 de FevereiroEsta quinta-feira, 11 de Fevereiro, o programa da RTP-1 «Portugal em Directo», emitido entre as 18 e as 19 horas, estará em directo no concelho do Sabugal para divulgar os Roteiros Gastronómicos organizados pela Câmara Municipal. Entre outros estão previstas as intervenções de responsáveis autárquicos, de gerentes de restaurantes e do grão-mestre do Capítulo da Confraria do Bucho Raiano.
No fim-de-semana alargado do Carnaval multiplicam-se pelas terras beirãs as iniciativas para seduzir turistas nacionais e internacionais a visitar as belezas naturais e provar a diversificada gastronomia regional. O concelho do Sabugal juntou-se à «oportunidade» e desde há uns anos que tem vindo a promover a gastronomia raiana durante este período de folia ampliado pelas férias escolares. A possibilidade de ter a Serra da Estrela a poucos quilómetros de distância e a «sorte» de poder ver cair neve é mais uma sedução para rumar até às terras raianas.
A 3.ª Edição dos Roteiros Gastronómicos do Sabugal, organizada pela Câmara Municipal decorrem entre 13 e 16 de Fevereiro e são introduzidos na sexta-feira pelo Colóquio «Entre o Fogão e o Cliente» no Auditório Municipal. A intervenção principal estará a cargo de Paulo Vaz, director da Escola de Hotelaria e Turismo do Douro com o tema «A importância da Gastronomia no Turismo e na Economia Local».
Ao longo dos quatro dias estarão disponíveis nos 13 restaurantes aderentes – «O Pelicano», em Alfaiates; «Bica dos Covões», em Badamalos; «El Dorado», nos Fóios; «Trutalcôa», em Quadrazais; «Éden», na Rebolosa; «Zé Nabeiro», no Soito, «D. Sancho I», em Sortelha; e «Atlântida», «O Lei», «O Templo», «RaiHotel», «Sol-Rio» e «Robalo» no Sabugal – os petiscos e os pratos tradicionais estarão disponíveis nas ementas. Trutas do Rio Côa, caldudo, caldo escoado, canja dos cornos, vitela, borrego e cabrito do Sabugal, castanhas, tortulhos, salada de meruges e os enchidos onde reina o bucho raiano como especialidade máxima. As sopas paridas, os coscoréis e as floretas são algumas das sobremesas típicas que podem, também ser apreciadas durante o fim-de-semana de Carnaval no Sabugal.
Uma das iniciativas em destaque é o VI Almoço da Confraria do Bucho Raiano, no sábado de Carnaval, no Restaurante Robalo com a presença de confrades devidamente trajados e seus convidados que vão ter à sua disposição o Bucho Raiano.

Nunca é tarde para mudar e emendar especialmente se os argumentos forem positivos e fortes. «Roteiros Gastronómicos» podem ser feitos em qualquer concelho deste país mas… «Roteiros Gastronómicos do Bucho Raiano» apenas o Sabugal pode apresentar.
jcl

A associação «Labirintos e Caminhos» do Carvalhal, freguesia de Badamalos, festejou em grande a sua primeira passagem de ano. A festa começou três dias antes (como seria de esperar no Carvalhal), alguns sócios acenderam o forno da aldeia e com toda a dedicação foram-no mantendo quente e limpo para o grande dia e como era previsível e claro, por necessidade, foram-no experimentando com os petiscos que alimentaram a dedicação do trabalho.

Mas a organização deste evento teve inicio um mês antes, quando se decidiu o que era preciso comprar e preparar para que nada faltasse. Como a associação por enquanto, e repito, por enquanto ainda não tem um espaço próprio, a grande festa teve lugar numa espaçosa e aquecida garagem que nos foi emprestada com muito prazer; assim sendo as instalações eram muito bem preparadas pois para além do espaço e do aquecimento pudemos ainda contar com uma casa-de-banho pública e móvel feita com empenho pelos sócios «para as mulheres» dizem eles.
O jantar teve início por volta das 20.30 horas e a festa e a comida prolongaram-se pela noite dentro. Toda a comida foi preparada pelos sócios no forno da aldeia e numa cozinha improvisada de onde saiu um delicioso caldo verde já depois das doze badaladas.
Depois do saboroso e prolongado jantar toda a gente se divertiu no baile, gente de todas as idades dançou e mostrou muita alegria. O ponto alto da noite foi sem dúvida a passagem de ano em si; embora as nossas doze badaladas tenham sido improvisadas toda a gente pôde pedir os seus desejos para o novo ano acompanhados com as tradicionais passas e um grande banho de champagne, seguidos de um colorido momento de fogo de artificio; com mais ou menos idade todos brindaram em grupo ao novo ano, foram momentos de muita alegria, abraços e sorrisos.
Sem nunca desaparecer o espírito festivo, a festa e a música continuaram, e toda a gente ao olhar em volta percebeu que entrou em 2010 da melhor maneira: rodeados de amigos e de verdadeira alegria a condizer com a decoração colorida do lugar.
O leitão, o frango, o bacalhau, as deliciosas sobremesas e outros apetitosos aperitivos estiveram disponíveis durante toda a festa, bem como a bebida que provocou muitas danças inesperadas. Quando o cansaço começou a tomar conta dos participantes, a festa foi acabando… acabando não… foi apenas uma pausa, pois como seria de esperar no Carvalhal a festa prolongou-se com o mesmo espírito para o almoço de Ano Novo; o forno, a cozinha improvisada, a música, o wc móvel e o pezinho de dança voltaram a entrar em acção.
Agradecemos a ajuda e participação de todos, a associação tão nova ainda sentiu-se muito acarinhada e apoiada. Sem os pequenos e grandes contributos dos participantes esta festa nunca teria sido possível. Toda a gente, de todas as idades ajudou, quer nos preparativos, quer no festejo e ainda na parte final de arrumação e limpeza; um muito obrigado a todos, com esta ajuda a associação terá sempre pernas e apoio para chegar mais longe.
Ficámos muito felizes e realizados quando ouvimos os parabéns da parte de todos os participantes. Fica a promessa de os próximos eventos da associação serem igualmente agradáveis e correspondestes às expectativas.
A «Labirintos e Caminhos» ainda agora começou o seu caminho e sente-se já com força e apoio pois a passagem de ano não podia ter corrido melhor! A todos um bom 2010!!!
Idalina Lopes
Sócia da Associação «Labirintos e Caminhos»

O Capeia Arraiana endereça à jovem Associação do Carvalhal votos de longa caminhada pelos labirintos do século XXI. E para o Artur, o Tony, o Alexandre e o Pedrinho aquele abraço com muita amizade.
jcl

O Magusto da Unidade Pastoral do Planalto do Côa decorreu em Vale das Éguas, este domingo, dia 8 de Novembro, e contou com a presença de dezenas de participantes.

Padre Hélder LopesDecorreu no passado Domingo, dia 8 de Novembro, o magusto da Unidade Pastoral do Planalto do Côa. Esta iniciativa inter-paroquial, que congrega as comunidades da Arrifana do Côa, Badamalos, Bismula, Carvalhal, Rapoula do Côa, Ruivós, Ruvina, Vale das Éguas e Vilar Maior, promovida pelo seu pároco, Padre Hélder Lopes, decorreu pelo segundo ano consecutivo.
A itinerância do acontecimento levou-o, este ano, à paróquia de Vale das Éguas. O Conselho Económico Paroquial, a Junta de Freguesia e a Câmara Municipal trabalharam em conjunto para proporcionar um grande dia de convívio.
Este ano a «Festa da Amizade e da Alegria», assim apelidada, constou de Eucaristia, precedida de ensaio de cânticos, almoço para todos os participantes, uma primeira parte do magusto, depois um fantástico torneiro de matraquilhos humanos, e por fim, a segunda parte do magusto. O dia terminou com o regresso de todos às suas terras.
Desde as 9.20 horas houve percursos de autocarro organizados entre as paróquias para trazer todos os participantes até Vale das Éguas. Às 10.40 horas adro e Igreja Paroquial de S. Sebastião estavam repletos de fiéis. Chegou a temer-se que as nuvens se desfizessem em água.
Cerca de duas centenas de pessoas participaram no banquete excelentemente confeccionado por pessoas da terra. Dezenas de crianças vindas de toda a parte davam um colorido especial à imensa moldura humana que se juntou no fim da refeição.
Mais de 50 quilos de castanhas e vários litros de jeropiga foram distribuídos pelos presentes, que não desaproveitaram a oportunidade de enfarruscar os amigos. Depois do momento alto, que foi a Eucaristia, o ex-líbris do dia foi o torneio de matraquilhos humanos, que a quase todos cativou. Formaram-se dezoito equipas de cinco elementos. Ao todo eram cerca de 90 participantes de todas as idades e feitios, homens e mulheres, velhos e crianças, que ao longo de mais de hora e meia, se digladiaram dentro da fantástica estrutura insuflável contratada e montada para o efeito.
No fim dos 18 jogos do campeonato, organizado por eliminatórias, saiu vitoriosa a equipa chamada «Os Presidentes», que como o próprio nome indica, era constituída por presidentes de Junta das diversas terras ali representadas. A segunda parte do magusto, já com muitos bolos e sobremesas, foi embelezada pela animação de algumas jovens promessas da música e da dança, que cantaram e nos encantaram com os seus passos. Foi um momento especialíssimo de convívio e lazer.
Pe. Hélder Lopes

CÂMARA MUNICIPAL – Resultados finais no Concelho do Sabugal.

ELEIÇÕES PARA AS AUTARQUIAS LOCAIS – 11-10-2009

CÂMARA MUNICIPAL DO SABUGAL

CONCELHO DO SABUGAL – FREGUESIA A FREGUESIA
Águas Belas Aldeia da Ponte Aldeia da Ribeira Aldeia S.António Aldeia do Bispo
Aldeia Velha Alfaiates Badamalos Baraçal Bendada
Bismula Casteleiro Cerdeira Fóios Forcalhos
Lageosa da Raia Lomba Malcata Moita Nave
Penalobo Pousafoles Quadrazais Quintas S. B. Rapoula do Côa
Rebolosa Rendo Ruivós Ruvina Sabugal
Santo Estêvão Seixo do Côa Sortelha Soito Vale das Éguas
Vale de Espinho Valongo do Côa Vila Boa Vila do Touro Vilar Maior

(Clique nas imagens para ampliar.)


Fonte: DGAI-Direcção-Geral da Administração Interna.
jcl e plb

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Agosto 2017
S T Q Q S S D
« Fev    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3,006,213 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES