You are currently browsing the category archive for the ‘Manteigas’ category.

O chefe de gabinete da presidência da Câmara Municipal do Sabugal, Vítor Proença, representou por delegação de poderes o presidente do município, António Robalo, numa reunião do Conselho Executivo da Comunidade Intermunicipal das Beiras (Comurbeiras). O presidente da Comissão Política Concelhia do Sabugal, Nuno Teixeira, assinou uma declaração política onde considerou que a situação foi ilegal e causou embaraços aos restantes membros da Comurbeiras.

Reproduzimos, de seguida, a tomada de posição do presidente da Comissão Política Concelhia do Sabugal:

Partido Socialista - Sabugal«Declaração política da Concelhia do Partido Socialista do Sabugal

Votação ilegal do Chefe de Gabinete da Câmara Municipal do Sabugal obriga anulação de Votação.

Realizou-se ontem, dia 29 de Novembro, uma sessão ordinária da Assembleia Intermunicipal da Comurbeiras, Comunidade Intermunicipal (CIM) das Beiras.
Após ter sido entregue aos Deputados Intermunicipais, a minuta da ata número 06/2012, da reunião do Conselho Executivo desta mesma Comunidade, realizada no dia 20 do corrente mês, constatou-se que o Presidente da Câmara Municipal do Sabugal, não esteve presente, tendo delegado competências no seu Chefe de Gabinete que representou o nosso Município.
O excerto da ata que comprova esse fato: “Município de Sabugal, representado pelo Chefe de Gabinete do Presidente da Câmara, Victor Manuel Dias Proença, que apresentou declaração, que se anexa, subscrita pelo Senhor Presidente do Município do Sabugal, António dos Santos Robalo, pela qual lhe confere plenos poderes de voto.”
Uma vez mais, o Senhor Presidente da Câmara demonstrou falta de rigor e de alguns conhecimentos para desempenhar o cargo para o qual foi eleito, assim como o seu Chefe de Gabinete provou não estar à altura do cargo para o qual foi nomeado. Ocupando o Chefe de Gabinete um cargo de nomeação e não um cargo de eleição, esta votação é ilegal, mesmo que o Senhor Presidente da Câmara lhe tenha delegado por escrito poderes para tal.
A responsabilidade e a obrigação de responder legalmente e estatutariamente (conhecimento da lei e dos estatutos e regulamentos destes Organismos) seria o mínimo a esperar da prestação do Senhor Presidente da Câmara e restante equipa da Presidência.
Este episódio, levou à anulação de todas as votações no âmbito da “Reforma Administrativa do Território” realizadas nessa reunião e ao embaraço de todos os presentes. O Sabugal foi desta feita falado pelas piores razões e questionamo-nos se esta situação não terá já acontecido outras vezes.
Esta situação lamentável, colocou em causa a “nossa” credibilidade e seria expectável da parte do Senhor Presidente da Câmara Municipal do Sabugal, tomar as devidas medidas para minimizar/remediar/corrigir a situação perante os Deputados Intermunicipais, o Conselho Executivo da Comurbeiras CIM e todos os Sabugalenses.
O Presidente da Comissão Política Concelhia do Sabugal
Nuno Alexandre Sanches Teixeira»

:: ::
O Capeia Arraiana aproveita:
…para publicar os nomes dos membros da Assembleia Intermunicipal.
Aqui.

…e para reproduzir o n.º 1, do artigo 19.º (natureza e composição) dos estatutos da Comurbeiras: «1 — O Conselho Executivo é o órgão de direcção da Comunidade Intermunicipal e é constituído pelos Presidentes das Câmaras Municipais de cada um dos municípios integrantes, os quais elegem, de entre si, um Presidente e dois Vice-Presidentes.»
jcl

Anúncios

A reforma administrativa do território poderá conduzir a uma substancial perda de freguesias nos distritos da Guarda e de Castelo Branco por força das agregações propostas pela Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território (UTRAT). Apenas Manteigas mantém intacta a sua estrutura administrativa do território.

Penamacor pode perder três freguesias
A proposta formulada pela UTRAT aponta para agregações de freguesias no concelho de Penamacor, passando o mesmo para nove freguesias, menos três do que as que possui actualmente.
Pedrogão de São Pedro junta-se à Bemposta, passando a formar uma única freguesia.
A outra união prevista é a que reúne as freguesias de Aldeia do Bispo, Águas e Aldeia de João Pires, que passam a ser uma só.
A proposta mexe na única freguesias com menos de 150 habitantes, a Bemposta, que a UTRAT agrega a outra freguesia. Mas a proposta vai mais longe e, cumprindo os critérios legalmente definidos, aponta-se para a redução de três freguesias.
A Assembleia Municipal de Penamacor pronunciou-se contra a reorganização administrativa do território do concelho, não propondo a agregação de qualquer freguesia.

Manteigas não vai perder freguesias
O concelho mais pequeno do distrito da Guarda, mantém as quatro freguesias que o compõem, ainda que duas delas se situem na própria malha urbana da sede do Município.
Nenhuma das freguesias do concelho de Manteigas tem menos de 150 habitantes, além de que a lei da reorganização administrativa não obriga à redução de freguesias em municípios que têm quatro ou menos freguesias.
Face a estes factos a UTRAT entendeu não promover qualquer agregação, tanto mais que o próprio Município não expressou essa vontade.
A Assembleia Municipal de Manteigas pronunciou-se através da aprovação de uma moção em que lamentou a lei de reforma administrativa pelo facto da mesma não promover a transferência de freguesias entre municípios.
Assim sendo, em Manteigas vão manter-se inalteradas as freguesias de Santa Maria, São Pedro, Sameiro e Vale da Amoreira.

Almeida pode perder 13 freguesias
A proposta formulada pela UTRAT aponta para agregações de freguesias no concelho de Almeida que implicarão que passe a ter apenas 16 freguesias, menos 13 do que as que possui actualmente.
Azinhal junta-se a Peva e a Valverde.
Junça e Naves passam a formar uma só freguesia.
Leomil, Mido, Senouras e Aldeia Nova também se agregam numa só.
Castelo Mendo, Ade, Monte Perobolso e Mesquitela serão igualmente agregadas.
Amoreira, Parada e Cabreira é outra das agregações em Almeida.
Miuzela e Porto de Ovelha também passam a uma só freguesia.
Malpartida e Vale de Coelha também se unem.
A proposta da UTRAT mexe em todas as 16 freguesias do concelho de Almeida com menos de 150 habitantes, provocando uma redução de 13 freguesias, número muito maior do que aquele que a lei obrigaria, pois aplicando os critérios legais este município apenas teria de perder, no máximo, sete freguesias.
Porém o facto de a mesma lei impor que em nenhum município poderão restar freguesias com menos de 150 habitantes determinou a proposta que a UTRAD aponte para um maior número de agregações.

Concelho da Guarda pode perder 12 freguesias
A proposta formulada pela UTRAT vai de encontro ao parecer emitido pela Assembleia Municipal da Guarda, o que implicará que o concelho passe a ter apenas 43 freguesias, menos 12 do que as que possui actualmente.
As três freguesias localizadas no perímetro urbano da cidade da Guarda (Sé, São Vicente e São Miguel) ficam a constituir uma só freguesia.
Adão e Carvalhal Meão também se unem.
Gonçalo e Seixo Amarelo seguem o mesmo caminho.
São Miguel do Jarmelo e Ribeira dos Carinhos passam a uma só freguesia.
São Pedro do Jarmelo e Gagos irmanam-se igualmente.
Avelãs de Ambom e Rocamondo também ficarão agregadas.
Corujeira e Trinta passam a uma só freguesia.
Misarela, Pero Soares e Vila Soeiro também se juntam.
Pousade e Albardo reúnem o seu território.
Rochoso e Monte Margarido agregam-se também.
O caso da Guarda é um dos poucos na região em que a proposta da UTRAD vai inteiramente de encontro à pronúncia que a Assembleia Municipal fizera acerca do processo.

Belmonte pode perder uma freguesia
O concelho de Belmonte perde uma só freguesia, de acordo com a proposta formulada pela UTRAT, o que fará com que o concelho passe a ter quatro freguesias.
A própria cabeça do Município junta-se ao Colmeal da Torre, passando a formar uma só freguesia, o que melhora a dimensão demográfica de Belmonte enquanto sede.
As freguesias de Maçainhas, Inguias e Caria permanecem inalteradas.
A Assembleia Municipal de Belmonte não se pronunciou, limitando-se a fazer chegar à Assembleia da Republica as posições tomadas pelo Município e pelas assembleias de freguesia, que se mostraram contrárias a qualquer redução do número de freguesias no concelho.
plb

Durante o corrente ano de 2011 a Confraria do Bucho Raiano levou o nome do Sabugal e da sua gastronomia de norte a sul do País, garantindo a representação em feiras, encontros e capítulos confrádicos. Inserindo-se nessa dinâmica de afirmação da nossa tradição gastronómica, um novo encontro de confrades e amigos da Raia está marcado para o dia 12 de Novembro, para o almoço de bucho que se realiza em Lisboa, na Churrasqueira do Campo Grande.

A última representação da confraria do Bucho Raiano aconteceu no passado sábado, dia 5 de Novembro, na Covilhã, no primeiro Capítulo da Confraria da Pastinaca e do Pastel de Molho. O confrade Joaquim Reis, garantiu a presença oficial da confraria sabugalense nesse evento, dando continuidade a uma série de deslocações onde o bucho se afirmou como uma iguaria que pretende estar a par com outros sabores de excelência da tradição gastronómica portuguesa.
Do dia 29 de Outubro tínhamos ido até Manteigas, onde se realizou o capítulo anual da Confraria da Feijoca, em cujo acto o Grão-Mestre Joaquim Silva Leal se encarregou de representar o Sabugal e a gastronomia raiana.
No dia 23 de Outubro a Confraria do Bucho foi Madrinha da novel Confraria do Cão da Serra da Estrela, também com sede no concelho do Sabugal, em Sortelha, à sombra de cujas muralhas se realizou o Capítulo de Entronização.
Nos dias 7 e 8 de Outubro a chancelaria da Confraria foi até à Figueira da Foz, em cujo Casino se realizou o IV Congresso Nacional das Confrarias Gastronómicas. No jantar de gala, realizado no dia 8, a Confraria do Bucho esteve entre as nomeadas para o prémio «Confraria do Ano», o mesmo sucedendo com o blogue Capeia Arraiana, igualmente nomeado para o prémio «Comunicação Social», tendo em conta o seu papel na divulgação da gastronomia portuguesa.
A 24 e 25 de Setembro a Confraria esteve na Feira Medieval realizada em Sortelha, com uma banca de exposição de enchidos raianos, no âmbito da iniciativa da Câmara Municipal designada «Muralhas com História». A presença da associação deu um reconhecido contributo para a divulgação do bucho e demais enchidos como produtos gastronómicos de qualidade do concelho do Sabugal.
No dia 12 de Setembro o bucho raiano foi até Vila Nova de Poiares, participando no X Capítulo da Confraria da Chanfana, onde estabeleceu relações muito profícuas com as dezenas de outras confrarias aí presentes (mais de 80) e assinou um protocolo com a confraria local no sentido de dar as mãos na divulgação por todo o país do bucho e da chanfana enquanto pratos representativos da boa gastronomia nacional.
No Sabugal, no dia 12 de Agosto, a Confraria do Bucho esteve presente, por proposta da Câmara Municipal, no programa Verão Total, transmitido em directo pela RTP a partir do Sabugal, por ocasião da realização da etapa Sabugal-Guarda da Volta a Portugal em Bicicleta. Para além das intervenções do Grão-Mestre, do Chanceler e do Almoxarife, a confraria exibiu perante as câmaras de televisão um bucho confeccionado e pronto a servir, assim como um conjunto de outros enchidos produzidos no concelho do Sabugal, nomeadamente na cidade sede de concelho e na Rebolosa, por produtores locais que defendem e respeitam as tradições.
A Mostra de Sabores Tradicionais, realizada em Coimbra, nos dias 2 e 3 de Julho, contou também com a presença da Confraria do Bucho. Pese embora não tenha montando banca para servir petiscos e refeições, dadas algumas dificuldades logísticas inultrapassáveis, a Confraria esteve no evento com as demais 34 confrarias de todo o país que ali se deslocaram a pedido da Federação Nacional que reúne estas agremiações que se esforçam por divulgar os nossos sabores tradicionais.
Na tarde quente do dia 25 de Junho, a Confraria do Bucho foi até Avintes, no norte de Portugal, participando no XV Capítulo da Confraria da Broa de Avintes, uma das mais antigas do movimento confrádico nacional. Proporcionou-se o encontro com o amigo do Sabugal e grande divulgador da gastronomia nacional, Paulo Sá Machado, que para além de grande dinamizador e promotor da broa de Avintes é também confrade da Confraria sabugalense.
Em Maio o confrade Tenreira Martins levou o bucho do Sabugal até Bruxelas, na Bélgica, onde o deu a degustar a dois portugueses ilustres aí temporariamente residentes, o Professor Carvalho Rodrigues e o General Pina Monteiro, que tendo-o apreciado, passarão a ser «embaixadores» do bucho raiano, assim contribuindo para a sua afirmação e divulgação.
No dia 15 de Maio, a Confraria do Bucho Raiano marcou presença no VI Capítulo da prestigiada Confraria Gastronómica de Almeirim, com a qual há muito se estabeleceram laços de amizade e de cooperação. A representação raiana esteve a cargo de quatro confrades, dois pertencentes à Chancelaria (José Marques e Horácio Pereira) e dois que têm colaborado nas diversas iniciativas (José Caçador e Cristiano Martins).
Ainda em Maio, no dia 7, a Confraria do Bucho foi até Trancoso, participar activamente no I Capítulo de Entronização da Confraria das Sardinhas Doces, juntando-se a outras agremiações gastronómicas vindas de vários pontos do país: Confraria da Urtiga (Fornos de Algodres), Confraria da Chanfana (Vila Nova de Poiares), Confraria da Maçã Portuguesa (Moimenta da Beira), Confraria da Panela ao Lume (Guimarães) e Confraria do Queijo Serra da Estrela (Oliveira do Hospital).
A Confraria do Bucho Raiano, participou, no dia 17 de Abril, num encontro de confrarias gastronómicas, promovido pela Confraria da Chanfana, de Vila Nova de Poiares, que é uma das mais dinâmicas do movimento confrádico português e é uma das confrarias madrinhas da Confraria do Bucho. O encontro serviu para analisar as diferentes formas de se garantir uma boa cooperação entre as associações confrádicas e como divulgar os produtos gastronómicos que cada uma representa.
No dia 16 de Abril, a Confraria do Bucho Raiano esteve representada no VIII Grande Capítulo Gastronómico da Real Confraria da Cabra Velha, em Miranda do Corvo, local onde igualmente se juntaram várias dezenas de confrarias representativas dos nossos sabores tradicionais.
Em Março a Confraria, em conjunto com a Câmara Municipal do Sabugal, apresentou a candidatura do bucho às Sete Maravilhas da Gastronomia Portuguesa, concorrendo com várias dezenas de pratos típicos na categoria prato de carne.
O II Capítulo da Confraria do Bucho Raiano decorreu no dia 5 de Março, sábado de Carnaval. A primeira parte teve lugar no Auditório Municipal do Sabugal com a cerimónia de entronização e a segunda parte no Soito com recepção na Junta de Freguesia e almoço no Restaurante «O Martins». Confrarias de todo o país vieram até ao Sabugal participar no evento, onde o confrade João Inês Vaz proferiu a oração de sapiência e onde foram entronizados 21 novos confrades e condecorados com a Ordem de Cavaleiro o Governador Civil da Guarda, Santinho Pacheco, o escritor Manuel Leal Freire e o empresário Manuel Joaquim Rito, sendo ainda distinguidos com Diplomas de Honra a Casa do Concelho do Sabugal e a redacção da Guarda da LocalVisãoTv.
Nos dias 23 e 27 de Fevereiro o concelho do Sabugal promoveu-se como destino turístico na Bolsa de Turismo de Lisboa 2011, integrado no espaço da «Turismo Serra da Estrela», com a participação da Confraria do Bucho, que para além de marcar presença possibilitou uma prova de bucho raiano.
No dia 12 de Fevereiro os confrades rumaram a Sul, à cidade de Évora, para o segundo almoço da Confraria do Bucho Raiano na Taberna Típica Quarta-Feira, propriedade do sabugalense José Dias, que nos recebeu de braços abertos e com mesa farta como é seu apanágio.
No começo do ano 2011, a 15 de Janeiro, uma vintena de confrades foram a Elvas, ao Restaurante Brasa, propriedade do confrade Daniel Salgueira, de Alfaiates, juntando-se a gente do Alentejo que degustou e apreciou a nossa iguaria gastronómica. O encontro incluiu uma visita à Adega Mayor, propriedade do comendador Rui Nabeiro.
Podemos concluir que no que já decorreu do ano de 2011, a Confraria do Bucho desenvolveu uma actividade intensíssima de divulgação do bucho e do concelho do Sabugal, cujo frenesim apenas foi possível dado o altruísmo e o interesse de alguns dos confrades que compõem a instituição sabugalense que actualmente é, sem margens para dúvidas, a grande embaixadora do concelho.
Paulo Leitão Batista (Chanceler da Confraria do Bucho Raiano)

O Vale Glaciar do Zêzere vai ter um Centro de Interpretação. A obra tem a assinatura de Esmeraldo Carvalhinho, presidente da Câmara Municipal de Manteigas. Reportagem e edição da jornalista Paula Pinto com imagem de Miguel Almeida da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

O Documento Verde da Reforma da Administração Local, apresentado pelo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, estabelece critérios para a redução de juntas de freguesias que, aplicadas ao distrito da Guarda fazem com que desapareçam 212 freguesias, num total de 336. No concelho do Sabugal desaparecerão 20 freguesias.

O documento, que tem por epígrafe «Uma Reforma de Gestão, uma Reforma de Território e uma Reforma Política», define uma metodologia baseada em critérios orientadores (demográficos e geográficos) que deverão presidir à nova organização autárquica.
Da aplicabilidade desses critérios orientadores elaborou-se um mapa que aponta para a agregação ou fusão de muitas freguesias, que, no caso do distrito da Guarda, se eleva a 212.
Vejamos as freguesias que vão desaparecer em cada concelho se a reforma autárquica avançar nos exactos termos em que está definida no Documento Verde.
Sabugal (desaparecem 20 freguesias, num total de 40): Águas Belas, Aldeia da Ribeira, Badamalos, Baraçal, Forcalhos, Lomba, Moita, Nave, Penalobo, Pousafoles do Bispo, Rapoula do Côa, Rendo, Ruivós, Ruvina, Seixo do Côa, Vale das Éguas, Valongo, Vila Boa, Vila do Touro. Vilar Maior.
Aguiar da Beira (sete freguesias, num total de 13): Eirado, Forninhos, Gradiz, Pinheiro, Sequeiros, Souto de Aguiar da Beira, Valverde.
Almeida (23 freguesias, num total de 29): Ade, Aldeia Nova, Azinhal, Cabreira, Castelo Bom, Castelo Mendo, Freixo, Junca, Leomil, Malpartida, Mesquitela, Mido, Monte Perobolço, Naves, Parada, Peva, Porto de Ovelha, São Pedro de Rio Seco, Senouras, Vale de Coelha, Vale da Mula, Vale Verde, Vilar Formoso.
Celorico da Beira (15 freguesias, num total de 22): Baraçal, Cadafaz, Carrapichana, Cortiçô da Serra, Lajeosa do Mondego, Linhares, Maçal do Chão, Mesquitela, Minhocal, Prados, Rapa, Salgueirais, Velosa, Vide Entre Vinhas, Vila Boa do Mondego.
Figueira de Castelo Rodrigo (12 freguesias, num total de 17): Algodres, Almofala, Cinco Vilas, Colmeal, Escarigo, Freixeda do Torrão, Penha de Águia, Quintã de Pêro Martins, Vale de Afonsinho, Vermiosa, Vilar de Amargo, Vilar Torpim.
Fornos de Algodres (11 freguesias, num total de 16): Cortiço, Fuinhas, Juncais, Maceira, Matança, Muxagata, Queiriz, Sobral Pichorro, Vila Chã, Vila Ruiva, Vila Soeiro do Chão.
Gouveia (cinco freguesias, num total de 22): Figueiró da Serra, Freixo da Serra, Mangualde da Serra, Vila Cortês da Serra, Vila Franca da Serra.
Guarda (39 freguesias, num total de 55): Adão, Albardo, Aldeia do Bispo, Aldeia Viçosa, Alvendre, Avelãs de Ambom, Avelãs da Ribeira, Benespera, Carvalhal Meão, Cavadoude, Codesseiro, Corujeira, Faia, Fernão Joanes, Gagos, Gonçalbocas, João Antão, Meios, Mizarela, Monte Margarida, Pêro Soares, Porto da Carne, Pousade, Ramela, Ribeira dos Carinhos, Rocamondo, Santana da Azinha, Jarmelo (São Miguel), Jarmelo (São Pedro), Seixo Amarelo, Sobral da Serra, Trinta, Vale de Estrela, Vela, Videmonte, Vila Cortês do Mondego, Vila Franca do Deão, Vila Garcia, Vila Soeiro.
Manteigas (uma freguesia, num total de quatro): Vale da Amoreira.
Mêda (13 freguesias, num total de 16): Aveloso, Barreira, Carvalhal, Casteição, Coriscada, Fonte Longa, Longroiva, Marialva, Pai Penela, Prova, Rabaçal, Ranhados, Vale Flor.
Pinhel (20 freguesias, num total de 27): Atalaia, Azevo, Bogalhal, Bouça Cova, Cerejo, Cidadelhe, Ervas Tenras, Ervedosa, Lamegal, Lameiras, Manigoto, Pereiro, Pomares, Póvoa D’ El-Rei, Safurdão, Santa Eufémia, Sorval, Valbom, Vale de Madeira, Vascoveiro.
Seia (10 freguesias, num total de 29): Cabeça, Carragozela, Folhadosa, Lajes, Santa Eulália, Santa Marinha, São Martinho, Sazes da Beira, Várzea de Meruge, Lapa dos Dinheiros.
Trancoso (26 freguesias, num total de 29): Aldeia Nova, Carnicães, Castanheira, Cogula, Cótimos, Feital, Fiães, Freches, Granja, Guilheiro, Moimentinha, Moreira de Rei, Palhais, Póvoa do Concelho, Reboleiro, Rio de Mel, Sebadelhe da Serra, Tamanhos, Terrenho, Torre do Terrenho, Torres, Valdujo, Vale do Seixo, Vila Franca das Naves, Vila Garcia, Vilares.
Vila Nova de Foz Côa (10 freguesias, num total de 17): Castelo Melhor, Chãs, Horta, Mós, Murça, Numão, Santa Comba, Santo Amaro, Sebadelhe, Touca.

A situação é muito diferente em Castelo Branco, onde a redução das freguesias levará apenas à agregação ou fusão de 39 em todo o distrito – as mesmas que desaparecem apenas no concelho da Guarda. Belmonte perde apenas uma freguesia – Colmeal da Torre – enquanto que Penamacor perde cinco – Águas, Aldeia de João Pires, Bemposta, Meimão e Vale da Senhora da Póvoa.
plb

A serra da Estrela é um palco privilegiado para os desportos radicais. Provas nacionais e internacionais nas mais diversas modalidades têm uma assinatura – Esmeraldo Carvalhinho – presidente da Câmara Municipal de Manteigas. Reportagem da jornalista Sara Castro com imagem de Miguel Almeida da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

O Vale Glaciar do Zêzere recebe a edição deste ano do conceituado Festival Serra da Estrela, que regressa ao panorama dos festivais musicais de verão em Portugal, após um interregno de dois anos sem se realizar.

O festival, que tinha palco na praia fluvial de Valhelhas, viaja este ano até Manteigas, mais precisamente ao Ski Parque, no idílico Vale Glaciar do Zêzere, em pleno Parque Natural da Serra da Estrela.
Aliando a música à aventura, esta quinta edição do festival possibilita uma experiência nova, dada a comunhão com a Natureza, o que potencia o número de jovens que ali se deslocarão.
O evento decorrerá nos próximos dias 25, 26 e 27 de Agosto, com base num programa musical de elevado nível. O objectivo é sensibilizar a comunidade para a temática ambiental, promovendo diversas acções de preservação do meio ambiente.
Estão confirmadas as presenças dos Sean Riley & The Slowriders, que abrirão o festival do dia 25 de Agosto, assim como a banda Oquestrada, que actuará dia 26, e ainda Gabriel o Pensador e Freddy Locks, que encerrarão no dia 27 de Agosto.
O Festival Serra da Estrela é uma organização do Município de Manteigas, em parceria com a Orgânica – Associação Cultural e Social e em colaboração com o Grupo Sabores Altaneiros (Ski Parque).
plb

Cerca de 600 atletas participaram na Maratona de BTT que se realizou nos trilhos da Serra da Estrela em Manteigas. Reportagem da jornalista Andreia Marques com imagens de Paula Pinto da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

O Turismo de Portugal e o Município da Guarda assinaram, no dia 20 de Maio, a escritura de compra e venda do Hotel Turismo, que se converterá na nova Escola de Hotelaria e Turismo da Guarda.

A nova escola da Guarda será a primeira especializada em Saúde e Bem-Estar, e estará voltada para o apoio ao sector do turismo na região, especialmente nos distritos da Guarda e de Viseu.
Em comunicado o Turismo de Portugal refere que este processo é «a resposta às necessidades formativas do sector turístico nesta Região, contribuindo para a criação de emprego qualificado e para a melhoria dos serviços, em linha com os objectivos do Plano Estratégico Nacional do Turismo».
A abertura da Escola está prevista para 2013, após um investimento de 12 milhões de euros, e terá capacidade para 250 alunos. A oferta educativa abarcará a Hotelaria, a Saúde e Bem-Estar, bem como o Turismo Cultural e Paisagístico, contando com um hotel e um restaurante de aplicação, um auditório e um refeitório para alunos.
O projecto será desenvolvido em colaboração com o Instituto Politécnico da Guarda, que já detém competências em matéria de formação superior nas áreas da Gestão do Turismo e da Saúde e que será igualmente um parceiro nesta iniciativa formativa.
Acrescendo à formação inicial de jovens (cursos de especialização tecnológica e em contexto real de trabalho), desenvolverá formação contínua de profissionais no activo e o reconhecimento e certificação de competências (através do Centro Novas Oportunidades) para integração e reintegração na vida activa.
O ainda actual Hotel Turismo é um edifício dos anos 1940, projectado por Vasco Regaleira e em vias de classificação, localizado no centro da cidade da Guarda. A Escola de Hotelaria e Turismo, que lhe irá suceder, estará distribuída por cinco pisos, numa área superior a oito mil metros quadrados.
plb

Os primeiros 14 presidentes de Câmara do distrito da Guarda (após o 25 de Abril de 1974) foram homenageados no Governo Civil por Santinho Pacheco. Reportagem da jornalista Sara Castro com imagens de Paula Pinto da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

O governador civil da Guarda, Santinho Pacheco, vai homenagear, esta quinta-feira, dia 28 de Abril, os primeiros presidentes de câmara municipal do distrito eleitos democraticamente após o 25 de Abril de 1974. A família de João A. Antunes Lopes, primeiro presidente da Câmara Municipal do Sabugal, vai receber a título póstumo a condecoração.

Santinho Pacheco - Governador Civil - GuardaNo salão nobre do Governo Civil da Guarda vai ter lugar, às 21.00 horas desta quinta-feira, a cerimónia de homenagem aos primeiros presidentes de câmara do distrito da Guarda.
A sessão solene vai contar com a presença do secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro, do primeiro governador civil da Guarda, Alberto Antunes (do concelho do Sabugal) e do actual, Santinho Pacheco.
Além de João A. Antunes Lopes (a título póstumo), primeiro presidente da Câmara Municipal do Sabugal, vão ser homenageados os autarcas de Aguiar da Beira, António Raimundo Cunha (a título póstumo); Almeida, António José Sousa Júnior; Celorico da Beira, Carlos A. Faria de Almeida; Figueira de Castelo Rodrigo, José Pinto Lopes (a título póstumo); Fornos de Algodres, Francisco Paulo Almeida Menano; Gouveia, Alípio Mendes de Melo; Guarda, Victor Manuel Gonçalves Cabeço/Abílio Aleixo Curto; Manteigas, Homero Lopes Ambrósio (a título póstumo); Mêda, Luís E. Figueiredo Lopes (a título póstumo); Pinhel, António Luís Santos Fonseca; Seia, Jorge A. Santos Correia; Trancoso, António Almeida (a título póstumo) e Vila Nova de Foz Côa, José Costa Ferreira (a título póstumo).
«É tempo de a nível distrital se comemorar Abril da liberdade lembrando os primeiros presidentes de câmara eleitos nos 14 concelhos do nosso distrito, exaltando assim o papel insubstituível que o poder local desempenhou na construção desta segunda República e no arranque de um período de desenvolvimento e de modernização das nossas terras, sem paralelo em toda a nossa história secular», destacou Santinho Pacheco.
A cerimónia insere-se nas comemorações distritais do 25 de Abril.
jcl (com agência Lusa)

O protocolo entre a Câmara Municipal de Manteigas e a Federação Portuguesa de Ciclismo transformou o concelho de Esmeraldo Carvalhinho na Capital do BTT em 2011. Reportagem da jornalista Paula Pinto com imagens de Miguel Almeida da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

Sob a epígrafe «Futsal – Que Formação?» realiza-se no dia 3 Abril, domingo, no Auditório do Centro Cívico de Manteigas, um seminário, onde participam treinadores de futsal e professores conhecedores da modalidade.

O evento, uma organização da Câmara Municipal de Manteigas, com o apoio da Associação Desportiva de Manteigas, abrirá às 10 horas com a presença de Esmeraldo Carvalhinho, Presidente da Câmara Municipal de Manteigas e anfitrião da iniciativa.
Joel Rocha, treinador e coordenador do projecto de formação da Associação Desportiva do Fundão, falará acerca do modelo de formação de uma equipa amadora.
Por sua vez Orlando Duarte, treinador e coordenador do projecto de formação do Sporting Clube de Portugal, falará do modelo de formação de uma equipa profissional.
Haverá depois uma mesa redonda, com perguntas e respostas, bem como dúvidas e comentários, sendo moderador Bruno Torres, treinador nos escalões de formação da Associação de Futebol da Guarda.
Na parte da tarde haverá outras palestras, começando por Bruno Travassos, professor no curso de Ciências do Desporto da Universidade da Beira Interior, que falará sobre a universidade e o clube, que devem interagir no referente à formação.
José Luís Mendes, treinador de campo da Selecção Nacional de Futsal, falará do ensino do jogo para o alto rendimento.
Será depois a vez de Jorge Braz. seleccionador nacional de Futsal, que abordará o tema «Futsal… que exigências no futuro?», a que se seguirá nova mesa redonda para debate, tendo como moderador Bruno Torres, treinador nos escalões de formação da Associação de Futebol da Guarda.
As inscrições para o seminário decorrem até ao dia 30 de Março.
plb

No Dia do Município, 4 de Março, o concelho de Manteigas presidido por Esmeraldo Carvalhinho recebeu a visita de Rui Pedro Barreiro, secretário de Estado da Floresta e Desenvolvimento Rural. Reportagem da jornalista Sara Castro com imagens de Andreia Marques da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

A ExpoEstrela 2011 que decorre entre 4 e 8 de Março foi apresentada por Esmeraldo Carvalhinho, presidente da Câmara Municipal de Manteigas. Reportagem da jornalista Andreia Marques com imagens de Pedro Taborda da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

Ecolã – A arte de fabricar burel na Quinta de Santa Clara em Manteigas no coração da Serra da Estrela. Reportagem da jornalista Paula Pinto com imagens de Miguel Almeida da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

Com o objectivo de atingir mais uma vitória, a equipa da Rapoula do Côa deslocou-se a Manteigas para defrontar a equipa da casa, mas nem tudo correu como era previsto. A pesada derrota por 7-3 aconteceu ao som da chuva nas terras altas do vale glaciar do Zêzere…

(Clique nas imagens para ampliar.)

A equipa visitante entrou muito bem em campo, nos primeiros minutos de jogo tudo corria pelo melhor e inaugurou-se o marcador através de Paulo Pernadas, pouco tempo depois, mais um golo para os visitantes, desta vez por Sérgio Pinto, e assim se contavam 0-2. Tudo parecia estar a correr bem até que a equipa da casa marcou o seu primeiro golo, 1-2. Ainda no primeiro tempo, os jogadores da casa estavam empenhados em dar a volta ao marcador, acabaram assim por alcançar o 3-2, mantendo-se este resultado até ao intervalo.
Regressados do balneário, dava-se início à segunda parte do jogo, era notável a desconcentração por parte dos jogadores neste tempo, falhando vários passes e falhando também grandes oportunidades de golo. Sofreram, também, posteriormente com a expulsão do guarda-redes David Praça. O jogo estaria a poucos minutos de terminar, todas estas falhas se viriam a notar no resultado final, acabando assim o jogo com o resultado favorável à equipa da casa. A equipa da Rapoula do Côa somou mais uma derrota, e desta vez pesada, sendo esta por 7-3 (último golo da equipa marcado por Marco Capela).
Esquecendo isto tudo, têm que começar a pensar no próximo jogo e regressar ao espírito das vitórias!
Sofia Tomé

A equipa de futsal da A.C.R. Rapoula do Côa deslocou-se no passado sábado a Manteigas para disputar a 2.ª jornada de futsal perante a equipa da Associação Sport Vale Zêzere de Valhelhas. O resultado final, 4-1, foi favorável à equipa da casa.

Futsal - Rapoula do Côa

Depois da derrota na 1.ª jornada, a equipa da Rapoula do Côa apresentou-se com muita vontade em vencer a segunda partida. Entrou bem no desafio, conseguindo criar boas situações de golo e equilibrando sempre o jogo, mas voltou a cometer erros defensivos que originaram golos para a equipa visitada.
Ao intervalo, a equipa da casa já vencia por 2 golos a 0.
Com o reatar da segunda parte a Rapoula do Côa, entrou muito forte, mais pressionaste e mais dinâmica, superiorizando durante quase o tempo perante a equipa local.
Nesse mesmo período, reduziu para 2-1 por intermédio de Ricardo Franco «Pipo» e continuou a construir boas oportunidades de golos, que não surgiram dada a inspiração do guarda-redes, que passou a ser o elemento em destaque.
Com a equipa balançada no ataque constante, na procura do empate, acabou por consentir mais 2 golos já nos minutos finais.
Marco Capela

O complexo do Skiparque de Manteigas, estrutura que permite a prática de esqui em pistas artificiais retoma a actividade regular este fim-de-semana após um «período de estagnação».

SkiparqueEsmeraldo Carvalhinho, presidente da Câmara Municipal de Manteigas, em declarações à agência Lusa recordou que «o espaço começou a funcionar em 2002 e reabre com nova dinâmica este fim-de-semana sob a gestão de uma empresa do concelho».
«É uma reabertura simbólica, porque nunca encerrou», disse o autarca, recordando que quando tomou posse como presidente da autarquia, há cerca de um ano, verificou que o equipamento de desporto e lazer, único no país, «não estava a cumprir os objectivos para o qual foi concebido».
O Skiparque de Manteigas era explorado por uma empresa que detém a concessão turística de outros equipamentos da Serra da Estrela e apresentava sinais de «degradação» e uma gestão «pouco dinâmica».
Esta situação levou a Câmara de Manteigas «a cancelar o contrato e a abrir concurso para uma nova gestão», esclareceu o autarca, indicando que no local existem pistas de esqui sintéticas, zonas de lazer com actividades radicais e desportos de ar livre, praia fluvial, parque de campismo e unidades de turismo rural.
Com a abertura de um novo concurso para gestão e exploração, o Skiparque, localizado no sítio da Relva da Reboleira, próximo da aldeia de Sameiro, conhece um novo rumo nas mãos do grupo Sabores Altaneiros – Aventura e Lazer, com sede em Manteigas.
«Recuperou-se a dinâmica do Skiparque e será um local onde irão organizar-se muitos eventos, porque a empresa tem uma dinâmica extraordinária», admitiu Esmeraldo Carvalhinho, contando que também está ligada à promoção de produtos locais, como compotas, bolos e queijos.
O autarca disse acreditar que à volta do Skiparque onde já foram criados oito novos postos de trabalho, haverá «um conjunto de acções que trazem conforto em termos económicos e de criação de postos de trabalho», tendo em conta que o concelho «tem no turismo a única via de desenvolvimento».
A empresa garantirá a prática desportiva de esqui «durante todo o ano em pista artificial» numa estrutura composta por duas pistas de esqui sintéticas, uma de aprendizagem e outra de descida (com 400 metros de comprimento), dotada com sistema de iluminação para a prática nocturna.
jcl (com Agência Lusa)

O Sporting do Sabugal soma três vitórias nas primeiras três jornadas do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão da Associação de Futebol da Guarda. «Voz-off» da jornalista Sara Castro com imagem de Sérgio Caetano da redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

A piloto portuguesa, Elisabete Jacinto, visitou nos dias 10 e 11 de Julho o Vale Glaciar do Zezêre, no concelho de Manteigas, que já conquistou um lugar entre as três finalistas na Categoria Grandes Relevos, no âmbito do concurso de eleição das «7 Maravilhas Naturais de Portugal». A piloto português é a madrinha da candidatura.

Elisabete Jacinto - Vale Glaciar do Zêzere - ManteigasA piloto português Elisabete Jacinto aproveitou a visita ao Vale Glaciar do Zêzere – da qual é madrinha de candidatura – para admirar a paisagem natural resultante da glaciação há milhares de anos.
Durante a passagem pelo Vale Glaciar do Zêzere, a madrinha da Maravilha contemplou os locais de maior interesse como a Nave de Santo António, o Covão D’Ametade, a Fonte Paulo Luís Martins, entre outros, apreciando as águas cristalinas do Zêzere e o verde das encostas formadas por imponentes blocos erráticos.
Amante da natureza e apaixonada pela fotografia, a madrinha usufruiu desta beleza paisagística para fotografar a grandiosidade do Vale Glaciar do Zêzere em forma de «U».
Elisabete Jacinto é uma piloto portuguesa sobejamente conhecida no panorama do desporto motorizado e automóvel com participação em diversas provas nacionais e internacionais de Todo-o-Terreno, nomeadamente no «Dakar», entre 1998 e 2001 na categoria de motos, e, desde 2003 na categoria de camiões. Licenciada em Geografia, autora de manuais escolares e co-autora da Banda Desenhada «Os Portugas no Dakar».

O Capeia Arraiana apoia a candidatura do Vale Glaciar do Zêzere a «Maravilha Natural de Portugal».
jcl (com C. M. Manteigas)

Elisabete Jacinto é a madrinha da candidatura do Vale Glaciar do Zêzere, no concelho de Manteigas, a uma das «7 Maravilhas Naturais de Portugal». Reportagem do jornalista Sérgio Caetano, voz-off de Paula Pinto e imagem de Miguel Almeida da redacção da Local Visão Tv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

A Câmara Municipal de Manteigas, presidida por Esmeraldo Carvalhinho, aprovou no dia 23 de Junho uma moção opondo-se à introdução de portagens na A23 e na A25.

Esmeraldo Carvalhinho - Presidente - ManteigasO Executivo da Câmara Municipal de Manteigas em reunião ordinária do dia 23 de Junho de 2010 e na presença das notícias divulgadas pela comunicação social, que apontam para a cobrança de portagens na A23 e A25, deliberou apresentar junto do Primeiro Ministro e Ministro das Obras Públicas a seguinte moção:
«A cobrança de portagens na A25 e na A23, afectará irreversivelmente a mobilidade que Manteigas necessita para o seu efectivo desenvolvimento e sustentabilidade da sua população.
Esta medida, a ser implementada, discriminaria pela negativa os cidadãos de Manteigas, bem como de todo o Interior Norte.
A situação socio-económica do Concelho de Manteigas, é já demasiado frágil e preocupante para ter que sofrer mais esta «machadada». Somos infelizmente o Concelho do Distrito da Guarda com maior índice de desemprego.
Somos um Concelho periférico e isolado no Coração da Serra da Estrela, cuja esperança assenta no incremento da actividade turística que as nossas particularidades propiciam.
A falta de alternativas condignas e viáveis, penaliza e contraria a estratégia de desenvolvimento económico da região e deste Concelho em particular, o que contribuirá necessariamente para o aumento da desertificação dos territórios do interior.
O espírito de solidariedade nacional e a coesão social tão badalada e discursivamente defendida, deve estar presente na ponderação das decisões que tão negativamente nos afectam.
Assim sendo, o Executivo da Câmara Municipal de Manteigas discorda, opõe-se e contraria a pretensão de cobrança de portagens nas estradas supracitadas nomeadamente A23 e A25».
jcl (com C. M. Manteigas)

«Manteigas Sensations» onde a Truta do Zêzere foi rainha. Reportagem de Miguel Almeida e Sérgio Caetano da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

O Campeonato Nacional de Maratonas em BTT está marcado para o dia 23 de Maio em Manteigas. A organização aponta para a participação de 300 atletas profissionais de todo o país.

Campeonato Nacional de Maratonas em BTT - ManteigasA prova está integrada no Campeonato Nacional de Maratonas em BTT, numa extensão de 78 Kms, com partida no Largo do Mercado de Manteigas e passagem pelos seguintes locais do Concelho: Leandres, Relva da Reboleira, Fragusto, Sameiro, São Lourenço, Campo Romão, Penhas Douradas, Carvalheira, Lameiras, Serra de Baixo e Vale Glaciar do Zêzere, finalista na Categoria Grandes Relevos, no âmbito do Concurso «7 Maravilhas Naturais de Portugal».
O início da prova está marcado para as 10.30 horas, prevendo-se a chegada dos participantes às 14 horas. O evento é promovido pela Federação Portuguesa de Ciclismo e Câmara Municipal de Manteigas.
Será efectuada uma classificação por categoria para a atribuição do título de Campeão Nacional Absoluto, masculino e feminino, e para atribuição do título de Campeão Nacional de Veteranos uma classificação para as categorias de veteranos A, B, C e Veteranas.
O atleta vencedor de cada categoria receberá a camisola de Campeão Nacional.
jcl (com Clube dos Galitos)

O caminho faz-se caminhando, ou, em castelhano, «El camino se hace caminando»

José Manuel Campos - Nascente do CôaCom a devida autorização da Sr.ª Alcaldesa de Valverde del Fresno, Ana Perez, e tal como havia sido combinado, oito dias antes, deslocaram-se hoje, a Foios, o consejal – Pedro – e o Guarda Florestal – Paco –  para com o Presidente da Junta de Foios e os responsáveis pelo «Clube Vertical» da modalidade do «parapente» sedeada em Manteigas, poderem analisar as necessidades físicas para a prática dessa modalidade na raia entre Foios e Valverde del Fresno no sítio do «Cancho Sozinho».
O grupo chegou ao local de voo por volta das 10 horas e depois de terem verificado in loco os, poucos, trabalhos que urge levar a efeito deslocaram-se, de seguida, a outro local de hipotéticas ou necessárias aterragens tendo o Professor das escolas de parapente, Victor Baía, dado algumas indicações quanto à preparação do terreno em causa.
Por volta das 13 horas o grupo deslocou-se para o restaurante Eldorado onde lhes foi oferecido um almoço pelo amigo Senhor Adelino, madeireiro, da Freguesia de Verdelhos.
Depois do almoço os amigos espanhóis partiram para Valverde e os amantes do parapente aproveitaram a oportunidade para fazerem uns voos de parapente visto que os ventos estavam favoráveis.
Conclusão: para que possamos alcançar as metas desejadas contamos, como sempre, com a colaboração da Câmara do Sabugal, Ayuntamiento de Valverde del Fresno e Junta de Freguesia de Foios.
Para que todas as acções possam ser devidamente coordenadas vai ser combinado um encontro entre a Alcaldesa de Valverde (Ana Perez) Presidente da Câmara de Sabugal (António Robalo), Presidente da Junta de Freguesia de Foios (o signatário destas linhas) e o Presidente da Direcção do Clube de Parapente (Victor Baía).
Pretendo agradecer a presença e o empenhamento de todas as personalidades na esperança de que, em conjunto, possamos atingir as metas desejadas.
Se turismo é futuro vamos ao trabalho.
«Nascente do Côa», opinião de José Manuel Campos

(Presidente da Junta de Freguesia dos Foios)

jmncampos@gmail.com

No dia 17 de Abril de 2010 escreveram-se mais umas linhas na história do concelho do Sabugal, das suas tradições e da sua gastronomia. O 1.º Capítulo e Cerimónia de Entronização da Confraria do Bucho Raiano merecem ficar documentados para mais tarde recordar. (Parte 1).

GALERIA DE IMAGENS – CONFRARIA BUCHO RAIANO – 17-4-2010
Fotos Câmara Municipal do Sabugal – Clique nas imagens para ampliar

1 – Parabéns a todos! O entusiasmo e a dedicação dos participantes compensam todos os trabalhos e canseiras que antecederam este dia histórico.

2 – Correspondendo a vários pedidos que nos chegaram a oração de sapiência do escritor Célio Rolinho Pires vai ser publicada no Capeia Arraiana dividida em duas partes nos domingos, 25 de Abril e 2 de Maio.

3 – Os interessados em pertencer à Confraria do Bucho Raiano devem fazer o seu pedido de admissão junto dos confrades entronizados ou através do correio: confrariabuchoraiano@gmail.com

4 – O 2.º Capítulo está marcado para o dia 5 de Março de 2011, sábado de Carnaval, num restaurante do concelho do Sabugal a decidir em reunião de Chancelaria.

As raras vozes desalinhadas que cumprem o seu eterno papel de «estar contra tudo o que foge do ramerrão instalado» fizeram-nos, no entanto, recordar o Canto IV, estâncias 94-104, de «Os Lusíadas», de Luiz de Camões. Refiro-me, claro, ao episódio do «Velho do Restelo»…
jcl

O 1.º Capítulo da Confraria do Bucho Raiano foi motivo para uma Grande Reportagem histórica da redacção da Guarda LocalVisãoTv. O documentário (dividido em três partes) é assinado pela jornalista Paula Pinto e pelo operador de imagem Miguel Almeida. (Parte 3).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

Mais um enorme trabalho televisivo da LocalVisãoTv promovendo e divulgando a Confraria do Bucho Raiano, o concelho do Sabugal, as terras da Raia, as terras do forcão e as terras do distrito da Guarda mas, acima de tudo, em irmandade, num grande esforço de divulgação dos sabores e das tradições das Beiras. O nosso bem-haja a toda a equipa e ao seu director-geral, Carlos Ramalho, que mais uma vez se solidarizou com a Confraria e esteve presente no Sabugal.
jcl

O 1.º Capítulo da Confraria do Bucho Raiano foi motivo para uma Grande Reportagem histórica da redacção da Guarda LocalVisãoTv. O documentário (dividido em três partes) é assinado pela jornalista Paula Pinto e pelo operador de imagem Miguel Almeida. (Parte 2).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

O 1.º Capítulo da Confraria do Bucho Raiano foi motivo para uma Grande Reportagem histórica da redacção da Guarda LocalVisãoTv. O documentário (dividido em três partes) é assinado pela jornalista Paula Pinto e pelo operador de imagem Miguel Almeida. (Parte 1).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

A cerimónia de entronização da Confraria do Bucho Raiano e dos seus confrades, o desfile de confrarias e o almoço do Bucho, realizados no sábado, dia 17 de Abril, trouxeram protagonismo ao Sabugal, cidade que concentrou a atenção da imprensa regional.

1.º Capítulo da Confraria do Bucho Raiano - Sabugal

Representantes dos órgãos de comunicação de referência da região vieram até ao Sabugal para acompanharem as iniciativas ligadas à realização do primeiro Capítulo da recém-criada Confraria do Bucho Raiano, que tem sede na cidade.
A presença na cerimónia de D. Manuel Felício, bispo da Guarda, onde benzeu as insígnias, a homenagem a personalidades, a comparência de confrarias vindas de todo o país, o desfile pelas ruas do Sabugal integrando a centenária Banda da Bendada e, também, o almoço do Bucho, primorosamente servido no RaiHotel, foram os grandes atractivos. O 1.º Capítulo da Confraria deu um colorido diferente ao Sabugal, tal como o deu o Encontro da Juventude Diocesana, realizado na mesma data.
A cerimónia do Capítulo, teve lugar no Auditório Municipal. Dentre os presentes contavam-se representantes do movimento confrádico nacional. Para além das «confrarias madrinhas» – da Chanfana (Vila Nova de Poiares) e do Queijo Serra da estrela (Oliveira do Hospital) – marcaram ainda presença: Confraria do Bucho de Arganil, Confraria Gastronómica do Pinhal do Rei (Leiria), Confraria dos Gastrónomos de Lafões (Vouzela), Confraria do Bodo (Pombal), Confraria do Azeite (Fundão), Confraria dos Sabores Raianos (Almeida), Confraria dos Nabos e Companhia (Mira), Confraria da Cereja de Portugal e Confraria da Lampreia (Penacova).
Quanto a convidados de honra, contou-se com a presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, Madalena Carrito, o Bispo da Guarda, D. Manuel Felício, o Governador Civil da Guarda, Santinho Pacheco, o Presidente da Câmara de Manteigas, Esmeraldo Carvalhinho, o Presidente do Tribunal da Relação de Évora, Manuel Nabais e o responsável cultural do INATEL da Guarda, Joaquim Igreja.
A cerimónia iniciou-se com a actuação da Banda da Bendada no palco, tendo depois falado o presidente da Câmara, António Robalo, que saudou os presentes e deu as boas-vindas ao Sabugal. O Bispo da Guarda benzeu as insígnias da confraria, compostas por medalhas, estandarte, varal e chambaril, desejando depois longa vida à Confraria e uma actividade profícua, seguindo sempre o ideal das confrarias: a cooperação e a amizade entre os seus confrades.
Constituída a mesa, presidida pelo Grão-Mestre, Joaquim Leal, iniciou-se a cerimónia, com a lição de sapiência do escritor Célio Rolinho Pires, que recordou as antigas matanças, os rituais que lhes estavam associados e os sabores que advinham do porco e que a dona de casa preparava ao longo de todo o ano, dentre os quais o bucho, peça do enchido que contribuía para união familiar, porque era degustado em família no domingo de Carnaval.
As confrarias madrinhas entronizaram os maiorais da confraria do bucho raiano, o Grão-Mestre, o Chanceler e o Vedor-Mor, e depois estes, já investidos de funções, entronizaram os restantes 37 confrades do bucho, que receberam a insígnia e o respectivo diploma.
A confraria homenageou o presidente da Câmara do Sabugal, António Robalo, e o presidente da Junta de Freguesia do Sabugal, Manuel Rasteiro, conferindo-lhes o título de Cavaleiro da Confraria, tendo em conta o apoio notável que ambos têm dado à associação.
O desfile com os confrades e seus acompanhantes, precedidos pela Banda da Bendada, foi do auditório ao RaiHotel, onde os participantes posaram para a foto de família.
Depois chegou a hora do almoço do bucho, degustado no restaurante D. Dinis por cerca de 140 pessoas, que aderiram à iniciativa.
O próximo capítulo da Confraria do Bucho Raiano acontecerá no concelho do Sabugal, no dia 5 de Março, sábado de Carnaval. De permeio haverá ainda o já habitual almoço de Lisboa, que acontecerá em Novembro deste ano.
plb

Os chefes Michel e Olivier apresentaram cozinha «gourmet» sobre carris durante uma viagem do Alfa Pendular da CP. Cogumelos e castanhas fazem parte das refeições oferecidas no restaurante do comboio ou para levar para casa no final da viagem. Mas a próxima «temporada» vai ter no menu… trutas de Manteigas.

Espetadas de trutas - TrutalcôaO chefe Michel nunca tinha imaginado cozinhar a mais de 200 km/hora mas fê-lo esta quarta-feira a bordo de um comboio que fazia a ligação Lisboa-Porto na apresentação das novas ementas do serviço Alfa Pendular da CP.
Com uma bancada improvisada, assente sobre dois bancos da carruagem, uma placa de indução, um tacho, alguma ginástica e o apoio dos seus alunos, Michel preparou a entrada para a refeição servida a cerca de 80 convidados.
«Hoje, foi uma grande primeira vez para mim, porque cozinhei a 220 à hora. Nunca tinha feito isto. Hoje fizemo-lo com uma grande tranquilidade, com uma tecnologia muito avançada, que é a indução. O segredo está nas ervas», confessou o chefe Michel enquanto adicionava uma mão de salsa, coentros e manjericão picados ao «guisadinho de cogumelos».
Os convidados experimentaram alguns dos menus do «serviço extra» de Michel que vão acompanhar o próximo ciclo de ementas deste conceito de cozinha «gourmet em movimento», idealizado pelo seu filho, o chefe Olivier. Confeccionados no Atelier de Cozinha Michel foram servidos os cogumelos, um creme de galinha e castanhas e os pratos de peixe (lombo de bacalhau fresco com molho de manteiga e ervas aromáticas), carne (rojões de porco à portuguesa com migas de grelos e feijão frade) ou massa (farfalle com molho de camarão e fígado de pato), seguidos de sobremesa.
«Escolhemos um chefe português conhecido para dar a imagem a esta parceria da comida nos comboios. O Michel e o Olivier são uma aposta de prestígio que permite ter uma oferta de alta qualidade. É um dos serviços mais interessantes desta natureza na Europa. Eu diria que único», afirmou Cardoso dos Reis, presidente da CP em declarações à agência Lusa.
Os passageiros do Alfa Pendular passam assim a ter disponíveis, a 6,90 euros, caixas herméticas com sopa, prato principal e sobremesa para levar para o lugar ou para casa.

Curiosa é a afirmação do chefe Michel que já pensa na próxima época que arranca dentro de seis meses: «No ciclo que vem tenho trutas. Vou buscar as trutas a Manteigas. Porquê? Porque temos em Portugal as melhores trutas do Mundo». Nós por cá, como diz aquele programa da SIC, não gostamos que se saiba que também temos as melhores trutas do Universo: as do Rio Côa. Porquê? Porque (quase) nunca as promovemos. Porque não sabemos falar delas. Porque não fazemos nenhum festival da truta. São só para nós. Não queremos que mais ninguém saiba.
jcl

Dentre as centenas de locais nomeados para o concurso «7 Maravilhas Naturais de Portugal» está o Parque Natural da Serra da Malcata, atendendo à sua beleza e unicidade da paisagem, sua importância ecológica e estado de conservação, critérios de base de que se serviram os especialistas.

Serra da MalcataO concurso integra sete categorias: Zonas Marinhas, Zonas Aquáticas Não Marinhas, Grutas e Cavernas, Praias e Falésias, Florestas e Matas, Grandes Relevos e Áreas Protegidas.
De acordo com dados constantes na página on-line das 7 Maravilhas Naturais de Portugal, fazem ainda parte dos nomeados outros locais da região, como a Serra do Pisco (Guarda), o Vale do Rio Águeda (Figueira de Castelo Rodrigo), Casais do Folgosinho (Gouveia), Vale Glaciar do Zêzere e Covão d’Ametade (Manteigas), Rio Ocreza e Serra da Gardunha (Fundão), Ribeira do Paul (Covilhã), Parque Icnológico de Penha Garcia e Inselberg de Monsanto (Idanha-a-Nova).
A maior parte das candidaturas validadas são montanhas, vales, serras e formações rochosas, onde se destacam, entre outras as serras de Marvão e São Mamede (Portalegre) ou as Pedras Parideiras (Arouca) e a Pedra Bolideira (Chaves). O rio Vez (Arcos de Valdevez), as Fisgas de Ermelo (Mondim de Basto) e as Portas do Vale do Almourão (Proença-a-Nova).
A categoria de Zonas Aquáticas Não Marinhas inclui a Lagoa de Óbidos, a Ria de Alvor (Portimão), os rios Mouro (Monção), Alva (em Moura Morta, Poiares), Douro (Peso da Régua) e Paiva (Arouca). Integra ainda a Cascata da Cabreia (Sever do Vouga), a Fraga da Pena (Arganil) e o Sapal do Rio Coina (Barreiro).
Já nas Zonas Marinhas destaca-se a Ilha da Berlenga e a Onda dos Supertubos, na praia do mesmo nome, em Peniche.
A praia da Amoreira (Aljezur), o Litoral do Guincho (Cascais), a Ponta João D’Arens (Portimão), o Cabo da Roca (Sintra) e a Fajã dos Padres (Madeira) integram a categoria Praias e Falésias. Esta inclui ainda a Praia Velha, Concha e São Pedro de Moel (Marinha Grande), as Falésias do Cabo Mondego (Figueira da Foz) e as praias fluviais de Fragas de São Simão e Ana de Aviz (Figueiró dos Vinhos).
A Furna do Enxofre (Santa Cruz da Graciosa, Açores), as grutas de Alvados, Santo António e Mira e Aire (Porto de Mós), Moeda (Batalha) e o Algar do Pena (Santarém) aparecem na categoria Grutas e Cavernas.
Nas Florestas e Matas há a assinalar as candidaturas da Mata Nacional do Buçaco (Mealhada), o Pinhal do Rei/Mata Nacional de Leiria (Marinha Grande) e os Montados de Sobro e Azinho (Avis, Portalegre), entre outras.
A Reserva Natural da Serra da Malcata concorre na categoria reservada às áreas protegidas, donde ainda fazem parte o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, a Ria Formosa (Algarve), o Estuário do Tejo ou a Floresta Laurisilva (São Vicente, Madeira), o Parque Natural de Montesinho (Vinhais) e a Área da Reserva da Lagoa de Santo André (Santiago do Cacém).
A lista de candidaturas será analisada por 77 especialistas que vão eleger as 77 candidatas (11 de cada categoria) para a fase seguinte, o que acontecerá a 7 de Fevereiro.
Em 7 de Março são anunciados os 21 locais finalistas (três por categoria). A votação pública para as 7 Maravilhas Naturais de Portugal acontecerá depois até 7 de Setembro.
plb

Continuo a trazer aos leitores deste Blogue iniciativas levadas a cabo em alguns Concelhos de Portugal e que constituem bons exemplos de intervenção.

Ramiro Matos – «Sabugal Melhor»Não me refiro nesta crónica a um Concelho específico, englobando antes um conjunto de 96 concelhos que, um pouco por todo o País, criaram até Setembro de 2009 os Fundos Municipais FINICIA.
Destaco que destes Concelhos, 7 pertencem ao distrito da Guarda – Almeida, Figueira de Castelo Rodrigo, Gouveia, Guarda, Manteigas, Seia e Trancoso; e 2 ao distrito de Castelo Branco – Penamacor e Proença-a-Nova.
O FINICIA é um Programa promovido pelo Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento (IAPMEI), vocacionado para o apoio a projectos de forte conteúdo inovador, negócios emergentes de pequena escala e iniciativas empresariais de interesse regional.
Tem como objectivo central facilitar o acesso ao financiamento pelas empresas de menor dimensão, sendo um produto de crédito destinado ao apoio a projectos de investimento desenvolvidos por micro e pequenas empresas no concelho.
Um fundo FINICIA pretende:
– Dinamizar o tecido empresarial do Concelho;
– Estimular o investimento das Micro e Pequenas Empresas do Concelho;
– Melhorar os produtos e/ ou serviços prestados;
– Promover a modernização das instalações e equipamentos.
Um Fundo FINICIA assenta numa Parceria envolvendo obrigatoriamente o Município, o IAPMEI, uma entidade bancária e uma sociedade de garantia mútua, para além doutros parceiros locais e/ou regionais, tendo um capital social máximo de 500.000 euros, dos quais 20% pertencem à Autarquia e os restantes 80% à entidade bancária.
O financiamento a projectos de investimento através do FINICIA é limitado a um valor limite de 45.000 euros por projecto, dos quais 80% revestem a forma de empréstimo bancário de Médio/Longo Prazo, a juros bonificados e os restantes 20% são um subsídio reembolsável sem juros.
«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos

rmlmatos@gmail.com

António Ruas, presidente da Câmara Municipal de Pinhel, substituiu José Manuel Biscaia na presidência da Associação de Municípios da Cova da Beira (AMCB), na sequência da Assembleia Electiva realizada no dia 12 de Novembro.

António RuasAntónio Robalo, presidente da Câmara do Sabugal, também integra o conselho directivo da AMCB, enquanto vogal. Para a presidência da Assembleia ficou eleito Domingos Torrão, presidente da Câmara Municipal de Penamacor.
Os 16 autarcas presentes, em representação dos Municípios que constituem a AMCB, escolheram unanimemente a única lista candidata. Curiosamente, o concelho directivo integra apenas uma câmara pertencente ao distrito de Castelo Branco e representativa da Cova da Beira propriamente dita, a do Fundão, representada pelo seu presidente, Manuel Frexes. Os restantes eleitos para a direcção são todos do distrito da Guarda (Pinhel, Guarda e Sabugal). Já na Assembleia, predominam os Municípios do distrito de Castelo Branco (Penamacor, e Belmonte), em detrimento do da Guarda que tem apenas um representante (Celorico da Beira).
A AMCB foi fundada em 1981, por decisão dos Municípios de Belmonte, Covilhã, Fundão e Penamacor, com o objectivo de resolver o problema dos resíduos sólidos urbanos produzidos nos quatro concelhos. Posteriormente, aderiram à Associação os Municípios de Manteigas e Sabugal e oito municípios do distrito da Guarda: Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Meda, Pinhel e Trancoso.
Curiosamente a Covilhã, que fora um dos Municípios fundadores, abandonou posteriormente a AMCB por divergências insanáveis, protagonizadas pelo autarca Carlos Pinto.
José Manuel Biscaia, o presidente cessante, deixou a presidência após nove anos, depois de ter perdido a disputa eleitoral no seu concelho, Manteigas, em favor de Esmeraldo Carvalhinho. O ex-presidente da Câmara de Manteigas tinha sucedido a António Dias Rocha (presidente da Câmara de Belmonte). O primeiro líder da AMCB foi Jorge Pombo, enquanto presidente da Câmara da Covilhã.
plb

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Dezembro 2017
S T Q Q S S D
« Fev    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3,043,870 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES