You are currently browsing the category archive for the ‘Pinhel’ category.

O chefe de gabinete da presidência da Câmara Municipal do Sabugal, Vítor Proença, representou por delegação de poderes o presidente do município, António Robalo, numa reunião do Conselho Executivo da Comunidade Intermunicipal das Beiras (Comurbeiras). O presidente da Comissão Política Concelhia do Sabugal, Nuno Teixeira, assinou uma declaração política onde considerou que a situação foi ilegal e causou embaraços aos restantes membros da Comurbeiras.

Reproduzimos, de seguida, a tomada de posição do presidente da Comissão Política Concelhia do Sabugal:

Partido Socialista - Sabugal«Declaração política da Concelhia do Partido Socialista do Sabugal

Votação ilegal do Chefe de Gabinete da Câmara Municipal do Sabugal obriga anulação de Votação.

Realizou-se ontem, dia 29 de Novembro, uma sessão ordinária da Assembleia Intermunicipal da Comurbeiras, Comunidade Intermunicipal (CIM) das Beiras.
Após ter sido entregue aos Deputados Intermunicipais, a minuta da ata número 06/2012, da reunião do Conselho Executivo desta mesma Comunidade, realizada no dia 20 do corrente mês, constatou-se que o Presidente da Câmara Municipal do Sabugal, não esteve presente, tendo delegado competências no seu Chefe de Gabinete que representou o nosso Município.
O excerto da ata que comprova esse fato: “Município de Sabugal, representado pelo Chefe de Gabinete do Presidente da Câmara, Victor Manuel Dias Proença, que apresentou declaração, que se anexa, subscrita pelo Senhor Presidente do Município do Sabugal, António dos Santos Robalo, pela qual lhe confere plenos poderes de voto.”
Uma vez mais, o Senhor Presidente da Câmara demonstrou falta de rigor e de alguns conhecimentos para desempenhar o cargo para o qual foi eleito, assim como o seu Chefe de Gabinete provou não estar à altura do cargo para o qual foi nomeado. Ocupando o Chefe de Gabinete um cargo de nomeação e não um cargo de eleição, esta votação é ilegal, mesmo que o Senhor Presidente da Câmara lhe tenha delegado por escrito poderes para tal.
A responsabilidade e a obrigação de responder legalmente e estatutariamente (conhecimento da lei e dos estatutos e regulamentos destes Organismos) seria o mínimo a esperar da prestação do Senhor Presidente da Câmara e restante equipa da Presidência.
Este episódio, levou à anulação de todas as votações no âmbito da “Reforma Administrativa do Território” realizadas nessa reunião e ao embaraço de todos os presentes. O Sabugal foi desta feita falado pelas piores razões e questionamo-nos se esta situação não terá já acontecido outras vezes.
Esta situação lamentável, colocou em causa a “nossa” credibilidade e seria expectável da parte do Senhor Presidente da Câmara Municipal do Sabugal, tomar as devidas medidas para minimizar/remediar/corrigir a situação perante os Deputados Intermunicipais, o Conselho Executivo da Comurbeiras CIM e todos os Sabugalenses.
O Presidente da Comissão Política Concelhia do Sabugal
Nuno Alexandre Sanches Teixeira»

:: ::
O Capeia Arraiana aproveita:
…para publicar os nomes dos membros da Assembleia Intermunicipal.
Aqui.

…e para reproduzir o n.º 1, do artigo 19.º (natureza e composição) dos estatutos da Comurbeiras: «1 — O Conselho Executivo é o órgão de direcção da Comunidade Intermunicipal e é constituído pelos Presidentes das Câmaras Municipais de cada um dos municípios integrantes, os quais elegem, de entre si, um Presidente e dois Vice-Presidentes.»
jcl

A Agência da Guarda da Fundação INATEL, em colaboração com grupos de teatro amador e autarquias locais, organiza a iniciativa «Teatro de Outono 2012», que passará por diversas localidades, cabendo a representação a vários grupos teatrais, entre os quais o grupo Guardiões da Lua, de Quarta-Feira, aldeia do concelho do Sabugal.

O primeiro espectáculo é já na próxima semana, no dia 20 de Outubro (sábado), pelas 21h30, no Cine-Teatro S. Luís, em Pinhel. A peça a representar chama-se «O Movimento» e está a cargo do Grupo Escola Velha Teatro, de Gouveia.
A iniciativa Teatro de Outono leva os grupos de teatro amador do distrito da Guarda e da região centro-norte a itinerarem pelas salas do distrito da Guarda, entre os dias 1 de Outubro e 31 de Dezembro, a preços repartidos entre a agência da Guarda da Fundação INATEL e as autarquias locais.
Disponibilizam espectáculos para este Ciclo os grupos Escola Velha, Guardiões da Lua, Aquilo Teatro, Teatro do Imaginário, Gambozinos e Peobardos, Grup’Arte (estes seis do distrito da Guarda) e ainda o Teatro Experimental de Mortágua, Companhia Pouca Terra, Teatro de Arzila, Teatro O Celeiro, Ultimacto, Teatro Olimpo e Teatro da Perafita.
Estão já agendados mais seis espectáculos para as salas de Pinhel, Celorico e Manteigas, sobre as quais a seu tempo a Fundação INATEL prestará informação.
plb

O Núcleo de Investigação Criminal de Pinhel da GNR localizou e apreendeu três máquinas retroescavadoras e uma máquina «pá carregadora» que se suspeita terem sido furtadas industriais.

Segundo o comunicado semanal da GNR, a apreensão ocorreu no dia 25 de Setembro, após a recolha da informação de que estavam a ser utilizadas em diversas empresas da região máquinas industriais furtadas.
Após um exaustivo tratamento da informação e recolha de novos dados, foi possível localizar, identificar e apreender quatro dessas máquinas, cujo valor ronda os 280 mil euros.
Procedeu-se ainda à identificação dos seus adquirentes e usufrutuários, que se verificou terem comprado as máquinas sem conhecimento de que as mesmas provinham de actos de furto.
Todas as máquinas possuíam os números de identificação adulterados e estavam acompanhadas de documentos que também se apurou serem falsos.
Foi ainda identificado um suspeito da venda das máquinas.
O Núcleo de investigação prossegue agora a investigação no sentido de apurar a origem e o percurso das máquinas.
plb

Militares da GNR do comando da Guarda detiveram, após investigações, dois jovens, em Pinhel e em Foz Côa, por posse de estupefacientes, na medida em que cultivavam em suas casas plantas de cannabis, que lhes foram apreendidas.

No dia 17 de Setembro, militares do Núcleo de Investigação Criminal da Guarda, detiveram um jovem de 19 anos de idade, residente em Vila Franca das Naves, concelho de Pinhel, por cultivar três plantas de Cannabis Sativa, com alturas compreendidas entre 35 e 90 cm, que lhe foram apreendidas. As plantas estavam a ser cultivadas em diversos vasos colocados na sala da casa onde o suspeito habitava. O detido foi sujeito a Termo de Identidade e Residência e notificado para comparecer no Tribunal Judicial de Trancoso.
No dia 19 de Setembro, militares do Núcleo de Investigação Criminal de Pinhel, detiveram um outro jovem de 16 anos, residente em Freixo de Numão, concelho de Vila Nova de Foz Côa, por igualmente cultivar cannabis. Uma busca domiciliária permitiu apreender uma planta com um metro de altura, que estava a ser cultivada num vaso num anexo à residência do suspeito. O mesmo foi sujeito a Termo de Identidade e Residência e notificado para comparecer no Tribunal Judicial de Foz Côa.
plb

Na manhã de ontem, 29 de Agosto, militares da GNR da Investigação Criminal de Pinhel, apoiados por cães treinados na deteção de droga, detiveram um homem de 50 anos de idade, residente em Foz Côa, pelos crimes de tráfico de estupefacientes e posse ilegal de armas.

O suspeito, que já estava a ser investigado a algum tempo no âmbito de um inquérito a correr termos no Núcleo de Investigação Criminal de Pinhel, foi detido no decurso de buscas realizadas à sua residência, na cidade de Foz Côa, onde detinha o produto estupefaciente, designadamente, 457,7 gramas de liamba, já dividida em pacotes e pronta para venda, quantidade suficiente para cerca de duzentas doses individuais, bem como cinco plantas de cannabis sativa, com alturas compreendidas entre 90 cm e 190 cm, que cultivava num armazém anexo à residência.
Foi-lhe ainda apreendido: uma pistola de calibre 6,35 mm e dois carregadores, uma espingarda de calibre 22 mm, 16 munições de calibre 6,35 mm, 19 munições de calibre 22 mm e 27 cartuchos de chumbos de calibre 12.
No mesmo dia militares da Equipa de Intervenção Fiscal e do Posto Territorial de Seia, no decurso de uma operação de fiscalização de transporte de mercadorias, que se destinavam à feira semanal de Seia, elaboraram um auto por crime de contrafação de mercadorias, sujeitas a cumprirem com as formalidades legais relativas ao Código da Propriedade Industrial (CPI), de que resultou a apreensão de 294 peças (vestuário, calçado, cintos, malas, relógios e perfumes) de diversas marcas conceituadas no mercado, com o valor total e presumível de 19.060 euros. Em consequência, foi identificado um homem, residente no concelho de Viseu, como sendo o proprietário da mercadoria apreendida.
plb

No final da tarde de ontem, 4 de Julho, a GNR deteve três indivíduos, dois homens, de 19 e 27 anos de idade, e uma mulher de 44 anos de idade, residentes em Seia, por crime de tráfico de estupefacientes.

Preso algemadoOs suspeitos, que já estavam a ser investigados há algum tempo no âmbito de um inquérito a correr termos no Núcleo de Investigação Criminal de Gouveia, foram detidos no decurso de buscas domiciliárias realizadas às suas residências, em Seia, onde detinham o produto estupefaciente (heroína e cocaína), quantidade suficiente para cerca de 75 doses individuais. Foram-lhes ainda apreendidos, um veículo ligeiro de passageiros, quatro telemóveis, 455,00€ e diversos objetos relacionados com o tráfico e consumo de estupefacientes.
Os detidos foram presentes ao Tribunal Judicial de Seia, no dia de hoje, para aplicação de eventuais medidas de coação.
No mesmo dia foi também detido um indivíduo de 51 anos de idade, residente em Ervas Tenras, concelho de Pinhel, por crime de posse ilegal de arma. A arma, que foi apreendida, era de caça, de calibre 12, em situação ilegal. O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Pinhel.
plb

Teresa Duarte Reis - O Cheiro das Palavras - Capeia Arraiana«La Ruta de los Castillos» fez uma pequena viragem para homenagear também outros castelos de fronteira como: Pinhel, Penha Garcia, Penamacor e Castelo Bom que, não sendo castelos de Aldeias Históricas – que me propus destacar – são também monumentos que gravam em pedra, páginas da História. Portugal com seus castelos foi ganhando glória ao longo de todas as épocas em que, cada pedaço de pedra que se ergue ou ergueu nos recorda valores pátrios reveladores de majestade e coragem, na defesa dos povos e das gentes.

Pinhel

PINHEL

Foste castro pré-histórico
Ó castelo de Pinhel
Com túrdulos ou lusitanos
Desempenhaste teu papel
Vigiaste estrada romana
D. Sancho Foral te doou
Retomaste teu fulgor
Outro rei te revigorou
Aqui referimos D. Dinis
Com Tratado de Alcanizes.

Envolveste antiga vila
Nesse jeito acolhedor
Mantendo-te em alerta
Como poderoso senhor
Mas sofreste derrocadas
Pilhagens e vilanias
Salvando-te D. Manuel
Que tu bem o merecias
Devolvendo respeito ao povo
Concedendo o Foral Novo.

Até mil setecentos e setenta
Crescendo, foste cidade
Foi pena que até XIX
Muito mudou, na verdade
As guerras te molestaram
Perdeste muitos afetos
Assim o tempo foi passando
À espera de novos projetos
Em XX um Decreto te classificou
E mais digno te tornou.

E esse ar imponente
Com tua torre de Menagem
Que alguns chamam de vigia
Lembram a tua coragem
Acolhes quem te visita
Mostrando a dignidade
Na proteção e defesa
De toda a tua cidade
Quem perto ou longe te vendo
Sabe que o estás acolhendo.

O meu respeito a Pinhel
«O Cheiro das Palavras», poesia de Teresa Duarte Reis

netitas19@gmail.com

O Comando Territorial da Guarda da GNR efectuou uma vasta operação de prevenção criminal em todo o distrito, de onde resultaram 17 detenções, na sua maior parte por condução sob o efeito do álcool, mas também houve detenções por furto e por posse ilegal de armas.

Guarda Nacional RepublicanaUma das detenções teve lugar no Sabugal, sendo efectuada por elementos do Núcleo de Investigação Criminal da Guarda, que detiveram um indivíduo de 45 anos de idade, residente na cidade raiana, pelo crime de posse ilegal de armas, pois tinha na sua posse um aerossol de defesa, com gás pimenta, arma proibida por lei. Presente ao Tribunal Judicial do Sabugal foi-lhe aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência, ficando a aguardar o resultado do Inquérito.
A operação especial de prevenção criminal aconteceu no passado fim-de-semana, nos dias 31 de Março e 1 de Abril, e incidiu especialmente na fiscalização rodoviária e no patrulhamento de pontos sensíveis, bem como na abordagem de suspeitos da prática de crimes.
No que respeita à fiscalização rodoviária, foram detidos 11 condutores. Destes, oito foram detidos por apresentarem taxas de álcool no sangue superior a 1,20 gramas por litro, dois por falta de habilitação legal para o exercício da condução e ainda um por ameaças e injúrias a militar da GNR.
No tocante ao patrulhamento e abordagem de suspeitos, foram detidos na localidade de Pínzio, em flagrante delito, dois indivíduos, com 24 e 46 anos de idade, residentes em Belmonte, quando furtavam metais não preciosos num armazém.
Também em Pínzio, foram detidos outros dois indivíduos, com 20 e 47 anos de idade, residentes em Sátão e Viseu, respectivamente, pelo crime de furto de arte sacra. Os mesmos já tinham furtado uma imagem de uma «santa» de um nicho na localidade de Freixo, concelho de Almeida.
Em Vila Chã, concelho de Seia, a GNR deteve um jovem, de 22 anos, desempregado, por crime de furto. O suspeito, foi surpreendido pelos militares quando furtava peças de um veículo que se encontrava parqueado junto de uma residência.
Durante a Operação foram ainda apreendidas substâncias estupefacientes: 54,46 gramas de haxixe e 12,07 gramas de cannabis sativa.
plb

A cidade de Pinhel acolheu o Segundo Estágio Nacional da Portugal Kyokai Karate-Do Shotokan (PKKS) e a Segunda Fase de Exames de Graduação da época desportiva 2011/2012.

O Estágio foi realizado durante a parte da manha, e foi orientado pelos Treinadores da Associação Nacional PKKS, Rui Jerónimo, Carla Jerónimo, José Jerónimo e Eduardo Rafael. Estiveram presentes mais de 80 karatecas oriundos de diversos Clubes do Distrito da Guarda.
Na parte da tarde realizaram-se os Exames de Graduação, onde estiveram presentes 45 karatecas. Parabéns a todos pelo empenho e dedicação demonstrado durante todo o exame. Obrigado aos familiares que acompanharam os atletas, e à Falcão Empresa Municipal por todo o apoio que deram na organização deste evento.
Rui Jerónimo

O Documento Verde da Reforma da Administração Local, apresentado pelo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, estabelece critérios para a redução de juntas de freguesias que, aplicadas ao distrito da Guarda fazem com que desapareçam 212 freguesias, num total de 336. No concelho do Sabugal desaparecerão 20 freguesias.

O documento, que tem por epígrafe «Uma Reforma de Gestão, uma Reforma de Território e uma Reforma Política», define uma metodologia baseada em critérios orientadores (demográficos e geográficos) que deverão presidir à nova organização autárquica.
Da aplicabilidade desses critérios orientadores elaborou-se um mapa que aponta para a agregação ou fusão de muitas freguesias, que, no caso do distrito da Guarda, se eleva a 212.
Vejamos as freguesias que vão desaparecer em cada concelho se a reforma autárquica avançar nos exactos termos em que está definida no Documento Verde.
Sabugal (desaparecem 20 freguesias, num total de 40): Águas Belas, Aldeia da Ribeira, Badamalos, Baraçal, Forcalhos, Lomba, Moita, Nave, Penalobo, Pousafoles do Bispo, Rapoula do Côa, Rendo, Ruivós, Ruvina, Seixo do Côa, Vale das Éguas, Valongo, Vila Boa, Vila do Touro. Vilar Maior.
Aguiar da Beira (sete freguesias, num total de 13): Eirado, Forninhos, Gradiz, Pinheiro, Sequeiros, Souto de Aguiar da Beira, Valverde.
Almeida (23 freguesias, num total de 29): Ade, Aldeia Nova, Azinhal, Cabreira, Castelo Bom, Castelo Mendo, Freixo, Junca, Leomil, Malpartida, Mesquitela, Mido, Monte Perobolço, Naves, Parada, Peva, Porto de Ovelha, São Pedro de Rio Seco, Senouras, Vale de Coelha, Vale da Mula, Vale Verde, Vilar Formoso.
Celorico da Beira (15 freguesias, num total de 22): Baraçal, Cadafaz, Carrapichana, Cortiçô da Serra, Lajeosa do Mondego, Linhares, Maçal do Chão, Mesquitela, Minhocal, Prados, Rapa, Salgueirais, Velosa, Vide Entre Vinhas, Vila Boa do Mondego.
Figueira de Castelo Rodrigo (12 freguesias, num total de 17): Algodres, Almofala, Cinco Vilas, Colmeal, Escarigo, Freixeda do Torrão, Penha de Águia, Quintã de Pêro Martins, Vale de Afonsinho, Vermiosa, Vilar de Amargo, Vilar Torpim.
Fornos de Algodres (11 freguesias, num total de 16): Cortiço, Fuinhas, Juncais, Maceira, Matança, Muxagata, Queiriz, Sobral Pichorro, Vila Chã, Vila Ruiva, Vila Soeiro do Chão.
Gouveia (cinco freguesias, num total de 22): Figueiró da Serra, Freixo da Serra, Mangualde da Serra, Vila Cortês da Serra, Vila Franca da Serra.
Guarda (39 freguesias, num total de 55): Adão, Albardo, Aldeia do Bispo, Aldeia Viçosa, Alvendre, Avelãs de Ambom, Avelãs da Ribeira, Benespera, Carvalhal Meão, Cavadoude, Codesseiro, Corujeira, Faia, Fernão Joanes, Gagos, Gonçalbocas, João Antão, Meios, Mizarela, Monte Margarida, Pêro Soares, Porto da Carne, Pousade, Ramela, Ribeira dos Carinhos, Rocamondo, Santana da Azinha, Jarmelo (São Miguel), Jarmelo (São Pedro), Seixo Amarelo, Sobral da Serra, Trinta, Vale de Estrela, Vela, Videmonte, Vila Cortês do Mondego, Vila Franca do Deão, Vila Garcia, Vila Soeiro.
Manteigas (uma freguesia, num total de quatro): Vale da Amoreira.
Mêda (13 freguesias, num total de 16): Aveloso, Barreira, Carvalhal, Casteição, Coriscada, Fonte Longa, Longroiva, Marialva, Pai Penela, Prova, Rabaçal, Ranhados, Vale Flor.
Pinhel (20 freguesias, num total de 27): Atalaia, Azevo, Bogalhal, Bouça Cova, Cerejo, Cidadelhe, Ervas Tenras, Ervedosa, Lamegal, Lameiras, Manigoto, Pereiro, Pomares, Póvoa D’ El-Rei, Safurdão, Santa Eufémia, Sorval, Valbom, Vale de Madeira, Vascoveiro.
Seia (10 freguesias, num total de 29): Cabeça, Carragozela, Folhadosa, Lajes, Santa Eulália, Santa Marinha, São Martinho, Sazes da Beira, Várzea de Meruge, Lapa dos Dinheiros.
Trancoso (26 freguesias, num total de 29): Aldeia Nova, Carnicães, Castanheira, Cogula, Cótimos, Feital, Fiães, Freches, Granja, Guilheiro, Moimentinha, Moreira de Rei, Palhais, Póvoa do Concelho, Reboleiro, Rio de Mel, Sebadelhe da Serra, Tamanhos, Terrenho, Torre do Terrenho, Torres, Valdujo, Vale do Seixo, Vila Franca das Naves, Vila Garcia, Vilares.
Vila Nova de Foz Côa (10 freguesias, num total de 17): Castelo Melhor, Chãs, Horta, Mós, Murça, Numão, Santa Comba, Santo Amaro, Sebadelhe, Touca.

A situação é muito diferente em Castelo Branco, onde a redução das freguesias levará apenas à agregação ou fusão de 39 em todo o distrito – as mesmas que desaparecem apenas no concelho da Guarda. Belmonte perde apenas uma freguesia – Colmeal da Torre – enquanto que Penamacor perde cinco – Águas, Aldeia de João Pires, Bemposta, Meimão e Vale da Senhora da Póvoa.
plb

Começou o Teatro de Outono, ciclo de espetáculos de teatro organizado pela Agência da Guarda da Fundação INATEL, em colaboração com autarquias e associações locais.

O primeiro espectáculo decorre no dia 15 de Outubro, na cidade de Pinhel, com a peça «A vingança de Antero», pelo grupo de teatro Ultimacto – Cem Soldos – Tomar. O espectáculo terá lugar no Cine-Teatro S. Luís, com início marcado para as 21H30.
O INATEL tem organizado no quarto trimestre de cada ano, no distrito da Guarda, o Teatro de Outono, ciclo de espectáculos que pretende divulgar as produções dos grupos teatrais do distrito da Guarda e dos distritos da zona centro.
Este ano retoma-se o mesmo ciclo com 12 propostas de espectáculo diferentes envolvendo nove grupos, quatro dos quais do distrito da Guarda (Teatro Experimental de Mortágua, Teatro Olimpo, Ultimacto, A Cartola, Loucomotiva, Aquilo Teatro, Teatro do Imaginário, Grup’Arte, Guardiões da Lua). Deste modo, as autarquias e associações contratam espectáculos aos grupos entre 1 de Outubro e 31 de Dezembro, funcionando a Agência da Guarda da Fundação INATEL como mediadora na aquisição de espectáculos e comparticipante nos custos.
plb (com Agência da Guarda da INATEL)

O Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Pinhel da GNR deteve, no dia 19 de Agosto, durante a feira de S. Mateus, em Trancoso, um homem e uma mulher, de 55 e 51 anos de idade, respectivamente, naturais de Entroncamento e residentes em Quarteira – Loulé, pela prática de crime de furto de diversas carteiras (vulgo – carteiristas). A GNR procedeu ainda a outras detenções no distrito da Guarda durante a passada semana.

Preso algemadoSegundo o comunicado semanal do Comando Territorial da Guarda, da GNR, as detenções foram efectivadas em flagrante delito, no âmbito de uma Operação planeada, com o objectivo de prevenir a prática de furto por carteiristas. Os guardas vigiavam indivíduos suspeitos e detectaram um deles a subtrair uma carteira a uma senhora sexagenária.
Os detidos possuem antecedentes criminais pela prática de diversos crimes da mesmo tipo, cometidos em diversos locais do Território Nacional. Presentes ao Tribunal Judicial do Trancoso, foi-lhes aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.
O Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da Guarda apreendeu, na manhã do dia 16 de Agosto, 7 plantas de Cannabis Sativa, que se encontravam cultivadas num terreno adjacente à residência do suspeito e dissimuladas no meio de um matagal, na localidade de Macainhas – Guarda.
Na sequência da apreensão, deteve um indivíduo de 41 anos de idade, residente naquela localidade, por crime de cultivo e posse de plantas consideradas produto de estupefacientes. Presente ao Tribunal Judicial da Guarda, foi-lhe aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.
Na manhã do dia 18 de Agosto, também o Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Gouveia apreendeu 29 plantas de Cannabis Sativa, com cerca de 1,50 metros de altura cada, que se encontravam cultivadas num terreno agrícola e dissimuladas entre outras culturas, na localidade de Melo, Gouveia.
Em consequência, foi detida uma mulher de 48 anos de idade, residente naquela localidade, que, presente ao Tribunal Judicial da Gouveia, lhe foi aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.
Na manhã de 18 de Agosto, militares do Núcleo de Protecção Ambiental do Destacamento Territorial de Pinhel detiveram uma mulher de 66 anos de idade, residente em Vila da Ponte – Sernancelhe, por crime de pesca. A suspeita andava a pescar, em época de defeso, na Quinta do Ferro – Rio de Mel – Trancoso, em águas classificadas de salmonídeas do rio Távora, prática que constitui crime de pesca, tendo-lhe sido apreendidos uma cana de pesca e um saco de rede.
Presente ao Tribunal Judicial de Foz Côa, foi-lhe aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.
Também na manhã de 20 de Agosto, militares do mesmo Núcleo de Protecção Ambiental detiveram um indivíduo de 64 anos de idade, residente em Almendra – Vila Nova de Foz Côa, pela prática do mesmo tipo de crime.
O suspeito andava a pescar no Rio Douro, junto à Estação da CP de Almendra – Foz Côa, utilizando para o efeito uma rede com malha ilegal (malha mais estreita que o permitido por Lei), o que constitui crime de pesca, tendo-lhe sido apreendidas uma embarcação com motor, três redes de pesca ilegais e 52,5 kg de peixes. O peixe maioritariamente “barbo”, foi entregue numa casa de beneficência (Lar de terceira idade) em Vila Nova de Foz Côa.
Presente ao Tribunal Judicial de Pinhel, foi-lhe aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.
plb

Na noite de 29 de Julho, o Núcleo de Investigação Criminal da Guarda da GNR, deteve um indivíduo de 24 anos, residente no Sabugal, por crime de tráfico de estupefacientes.

Preso algemadoSegundo a nota semanal do Comando Territorial da Guarda da GNR, o detido tinha na sua posse 14,3 gramas de haxixe, quantidade suficiente para 75 doses individuais. Tendo sido presente ao Tribunal Judicial do Sabugal, foi-lhe aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.
No dia anterior, 28 de Julho, a GNR deteve em Vila Nova de Foz Côa, um jovem de 20 anos, residente naquela localidade, igualmente por crime de tráfico de estupefacientes. O detido tinha na sua posse 34,7 gramas de haxixe, quantidade suficiente para 175 doses individuais. Presente ao Tribunal Judicial de Foz Côa, ficou com a medida de coação de Termo de Identidade e Residência a aguardar o resultado do Inquérito.
No mesmo dia 28 de Julho, a GNR deteve em Celorico da Beira um homem de 46 anos de idade, residente em Maçal do Chão, que tinha na sua posse uma arma branca (um punhal com 13 cm de lamina), que lhe foi apreendida. A detenção ocorreu após um quadro de conflito e discussão a propósito de motivos fúteis, tendo o suspeito ameaçado duas senhoras com a referida arma. Presente ao Tribunal Judicial de Celorico da Beira, ficou com a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.
No dia 29 de Julho, militares do Destacamento Territorial de Pinhel detiveram um indivíduo de 31 anos de idade, sem profissão, residente em Póvoa D’el Rei, concelho de Pinhel, em cumprimento de um Mandado de Detenção, emanado pelo Tribunal Judicial de Espinho, por crime de condução ilegal.
O suspeito, já com antecedentes criminais, está a ser investigado pela prática de vários crimes perpetrados nos concelhos de Pinhel, Trancoso e Mêda, nomeadamente, furto de veículos, de metais (cobre, ferro e ferramentas) e em estabelecimentos comerciais, bem como condução ilegal e abuso sexual de menor (adolescente). O detido, encontrava-se em liberdade condicional e foi entregue, pelas 22 horas desse dia, no Estabelecimento Prisional da Guarda par cumprir 14 meses de prisão efectiva.
plb

Na noite de 21 de Maio, militares da GNR do Núcleo de Protecção Ambiental de Pinhel detiveram um homem de 48 anos de idade, quando pescava ilegalmente na barragem de Vascoveiro, concelho de Pinhel.

Segundo o comunicado semanal da GNR, o pescador furtivo, que é residente na cidade da Guarda, viu serem-lhe apreendidas as duas canas de pesca que tinha consigo, assim como diverso material utilizado no exercício da pesca. O mesmo foi presente ao Tribunal Judicial de Pinhel, sendo-lhe aplicada a medida de coacção de Termo de Identidade e Residência, enquanto aguardar pelo resultado do inquérito criminal.
Em 18 de Maio, o Comando Territorial levou a efeito uma operação de fiscalização de trânsito, com particular incidência na condução sem habilitação legal e sob o efeito do álcool, bem como na abordagem de suspeitos da prática de crimes. Na operação foram fiscalizados 109 veículos e condutores, tendo sido elaborados 13 autos de contra-ordenação por diversas infracções.
No decurso da semana transacta a GNR registou em todo o distrito da Guarda 22 acidentes de viação. Os sinistros verificaram-se pelos seguintes motivos: 13 por colisão, sete por despiste e dois por atropelamento. Destes acidentes resultaram sete feridos leves.
Durante a semana em apreço, as Secções de Programas Especiais realizaram diversas acções de sensibilização por todo o distrito.
plb

Os primeiros 14 presidentes de Câmara do distrito da Guarda (após o 25 de Abril de 1974) foram homenageados no Governo Civil por Santinho Pacheco. Reportagem da jornalista Sara Castro com imagens de Paula Pinto da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

O governador civil da Guarda, Santinho Pacheco, vai homenagear, esta quinta-feira, dia 28 de Abril, os primeiros presidentes de câmara municipal do distrito eleitos democraticamente após o 25 de Abril de 1974. A família de João A. Antunes Lopes, primeiro presidente da Câmara Municipal do Sabugal, vai receber a título póstumo a condecoração.

Santinho Pacheco - Governador Civil - GuardaNo salão nobre do Governo Civil da Guarda vai ter lugar, às 21.00 horas desta quinta-feira, a cerimónia de homenagem aos primeiros presidentes de câmara do distrito da Guarda.
A sessão solene vai contar com a presença do secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro, do primeiro governador civil da Guarda, Alberto Antunes (do concelho do Sabugal) e do actual, Santinho Pacheco.
Além de João A. Antunes Lopes (a título póstumo), primeiro presidente da Câmara Municipal do Sabugal, vão ser homenageados os autarcas de Aguiar da Beira, António Raimundo Cunha (a título póstumo); Almeida, António José Sousa Júnior; Celorico da Beira, Carlos A. Faria de Almeida; Figueira de Castelo Rodrigo, José Pinto Lopes (a título póstumo); Fornos de Algodres, Francisco Paulo Almeida Menano; Gouveia, Alípio Mendes de Melo; Guarda, Victor Manuel Gonçalves Cabeço/Abílio Aleixo Curto; Manteigas, Homero Lopes Ambrósio (a título póstumo); Mêda, Luís E. Figueiredo Lopes (a título póstumo); Pinhel, António Luís Santos Fonseca; Seia, Jorge A. Santos Correia; Trancoso, António Almeida (a título póstumo) e Vila Nova de Foz Côa, José Costa Ferreira (a título póstumo).
«É tempo de a nível distrital se comemorar Abril da liberdade lembrando os primeiros presidentes de câmara eleitos nos 14 concelhos do nosso distrito, exaltando assim o papel insubstituível que o poder local desempenhou na construção desta segunda República e no arranque de um período de desenvolvimento e de modernização das nossas terras, sem paralelo em toda a nossa história secular», destacou Santinho Pacheco.
A cerimónia insere-se nas comemorações distritais do 25 de Abril.
jcl (com agência Lusa)

A área da Raia Histórica (Associação de Desenvolvimento do Nordeste da Beira) caracteriza-se por ser toda ela do interior beirão, zona raiana de fortes ligações à nossa vizinha Espanha, englobando os concelhos de Almeida, Figueira de Castelo Rodrigo, Mêda, Pinhel e Trancoso.

(Clique nas imagens para ampliar.)

A Raia Histórica é uma Associação sem fins lucrativos que teve o seu início em 1996 fruto da vontade de dinamizar a região beirã dos castelos do Côa, fustigada pelo desemprego, pela imigração e pelo envelhecimento da população.
Para a Associação é fulcral o facto de os portugueses residentes no estrangeiro, que se encontram numa fase de regressarem
às suas origens, poderem ser grandes dinamizadores de toda a região, dado que poderão investir no comércio e na indústria da mesma, de que resultaria naturalmente a criação de mais postos de trabalho, conduzindo certamente à fixação de juventude, que de momento se depara com fortes problemas de integração no mercado de trabalho desta região. Este objectivo é primordial, mas há que reconhecer que os jovens também têm outras necessidades, como o divertimento e as manifestações culturais, ocupação salutar dos tempos livres e valorização pessoal.
Os associados da Raia Histórica são pessoas individuais, empresas, instituições sem fins lucrativos e câmaras municipais, tendo em comum todas elas o desejo de implementar novas ideias que possam contribuir para a divulgação e a conservação de todo o nosso património histórico – cultural, bem como o objectivo – também este considerado como sendo primordial – de criar uma ambiência que leve as pessoas a fixarem-se nesta região.
São estes os pressupostos para todo o trabalho que se tem vindo a desenvolver nestes anos e que se enquadra na análise e educação de e para o desenvolvimento local; na revitalização de actividades tradicionais, culturais e produtivas; na emergência de produtos e actividades, na organização e concentração da oferta local e por último na promoção e incrementação de todo o tipo de actividades que levem à divulgação e preservação de todo o conteúdo histórico e cultural da região dos castelos do Côa.
aps (com Raia Histórica)

O Município do Sabugal está entre os fundadores de uma nova associação intermunicipal, designada por «Territórios do Côa, Associação de Desenvolvimento Regional», cujo objectivo é combater o despovoamento do interior pela promoção turística do Vale do Côa.

O Município de Figueira de Castelo Rodrigo tem liderado o processo de constituição da associação, onde a mesma terá a sede. Inicialmente pretendeu-se designá-la por «Agência do Vale do Côa», o que, contudo, foi rejeitado pelo Registo Nacional de Pessoas Colectivas, tendo então que escolher-se a designação «Territórios do Côa».
Para além dos municípios de Figueira de Castelo Rodrigo e Sabugal, a nova associação integra ainda os de Almeida, Meda, Pinhel, Trancoso, Vila Nova de Foz Côa, Torre de Moncorvo, Mogadouro e Freixo de Espada à Cinta.
A associação pretende promover o desenvolvimento integrado através da dinamização do turismo de aventura e do ecoturismo, aproveitando as condições apropriadas para esse finalidade do território que abrange.
A existência de um património cultural de alto valor e do Museu do Parque Arqueológico do Vale do Côa, são o garante da boa possibilidade de dinamização em rede deste território tendo em vista o alcance dos objectivos consagrados pela nova associação.
Os representantes dos municípios que integram a associação reuniram-se por diversas vezes para a aprovação do projecto de estatutos, e para dar andamento à demais formalidades ligadas ao seu registo legal e ao seu funcionamento quando a mesma estiver em plena actividade. Da parte do Município do Sabugal o processo formal está concluído, tendo a adesão sido aprovada em reunião de Câmara e também pela Assembleia Municipal.
plb

O Governo Civil da Guarda convocou todos os tractoristas do distrito para um encontro que vai ter lugar no dia 13 de Novembro, sábado, em Pinhel. A jornada de convívio promovida por Santinho Pacheco, Governador Civil da Guarda, tem como principais objectivos a reflexão, prevenção e alerta para os perigos que implicam o uso das máquinas agrícolas.

Dia Distrital Tractorista - Pinhel

O Governador Civil da Guarda, Santinho Pacheco, entendeu ter chegada a hora de lançar um alerta para o facto do uso e condução de tractores, nas diferentes actividades agrícolas, ter vindo a registar um crescendo de acidentes de que resultam um número de vítimas que é já muito preocupante.
«Há que inverter esta situação e precaver todas as situações de risco, o que só se consegue com boas práticas de condução e o bom uso das máquinas», aconselha o comunicado do Governador Civil da Guarda acrescentando que «por isso, este Governo Civil, contando com a preciosa colaboração da Câmara Municipal de Pinhel e das Juntas de Freguesia do Distrito, leva a efeito uma jornada técnica de formação e informação, dirigida a todos os tractoristas e operadores de máquinas agrícolas, com o objectivo de contribuir para a erradicação das situações de sinistralidade».
A acção tem lugar em Pinhel, no dia 13 de Novembro e, para além da reflexão, prevenção e alerta para os perigos que implicam o uso de maquinaria agrícola, pretende-se que este evento constitua, também, uma jornada de festa e de convívio entre todos os tractoristas, podendo vir a instituir-se o «Dia Distrital do Tractorista».
Programa do encontro:
10.00 horas – Recepção no Pavilhão de Exposições (antiga Rhode).
10.30 – Abertura e sessão de boas-vindas.
11.00 – Jornada técnica «Prevenção e Segurança na Estrada e no Campo».
13.00 – Almoço-convívio.
15.00 – Exibição e demonstração de maquinaria e equipamentos.
17.00 – Magusto e encerramento.
As inscrições podem ser feitas na Junta de Freguesia respectiva da área de residência do tractorista ou directamente para o Governo Civil da Guarda (telefone 271 221 942).
jcl (com Governo Civil da Guarda)

O CERVAS – Centro de Ecologia, Recuperação e Vigilância de Animais Selvagens de Gouveia, vai estar presente no dia 4 de Outubro (segunda-feira), numa série de actividades que consistem na devolução à natureza de duas àguia-de-asa-redonda, uma delas na freguesia de Aldeia da Ribeira no concelho do Sabugal, dois grifos, e uma coruja-do-mato.

CervasA devolução destes animais pelo CERVAS ao seu habitat vai ser em sítios adequados aos requisitos ecológicos das espécies.
Estas acções estão abertas ao público em geral e têm como objectivo de sensibilizar as populações para a importância destes animais e para o trabalho realizado pelos centros de recuperação de fauna selvagem.

Programa de actividades para o dia 4 de Outubro (segunda-feira)
11.00 – Devolução à natureza – em parceria com a ATN – Associação Transumância e Natureza – de dois grifos (Gyps fulvus) na freguesia de Cidadelhe (Pinhel). O local de libertação é nas arribas do rio Côa, Estrada Municipal 607 (entre Cidadelhe e Figueira de Castelo Rodrigo); Coordenadas UTM: 40º54’33,60” N 7º06’29,62” W.
Estas aves juvenis foram recebidas no CERVAS num estado de grande debilidade. Foram encontradas por particulares e posteriormente recolhidas e encaminhadas para o centro por intermédio do SEPNA/GNR. O seu processo de recuperação consistiu numa alimentação adequada de forma a atingirem o seu peso normal e uma boa condição física, em treinos de voo e no contacto com animais da mesma espécie. A sua devolução à natureza vai realizar-se num local que reúne as condições necessárias para a espécie.
14.30 – Devolução à natureza de uma águia-de-asa-redonda (Buteo buteo) na freguesia de Cabreira, no concelho de Almeida. Ponto de encontro nas instalações da ASTA – Associação Sócio-Terapêutica de Almeida.
Esta ave foi recolhida por um particular após ter sido encontrada no chão, caída do ninho, tendo sido entregue à equipa do SEPNA da GNR da Guarda. Sendo um animal muito jovem, o seu processo de recuperação consistiu em alimentação, de modo a assegurar um normal desenvolvimento corporal e da plumagem de voo e no contacto com animais da mesma espécie, garantindo assim uma aprendizagem dos comportamentos normais. Para além disso, foi submetida a treinos de voo e de caça.
16.30 – Devolução à natureza de uma águia-de-asa-redonda (Buteo buteo), na freguesia de Aldeia da Ribeira no concelho do Sabugal.
Esta ave foi encontrada por um particular, após ter caído do ninho, tendo sido entregue à equipa do SEPNA da GNR da Guarda, que procedeu à sua entrega no CERVAS. Para além de ser uma ave muito jovem, apresentava duas fracturas, possivelmente resultado da queda. O seu processo de recuperação consistiu na estabilização dessas fracturas, tendo sido sempre mantida em contacto com animais da mesma espécie, de modo a que pudesse adquirir os comportamentos normais da espécie, sendo que numa fase posterior, foi submetida a treinos de voo e de caça.
18.30 – Devolução à natureza de uma coruja-do-mato (Strix aluco) na freguesia de Pinhel (Pinhel). Ponto de Encontro: Castelo de Pinhel.
Esta ave foi encontrada por um particular, que a entregou à equipa do SEPNA da GNR de Pinhel, que procedeu à sua entrega no CERVAS. Tratava-se de um animal bastante jovem, que tinha caído do ninho, pelo que o seu processo de recuperação envolveu os passos típicos da reabilitação de animais juvenis, desde a alimentação, até aos treinos de voo e de caça, passando pelo contacto com animais da mesma espécie.
jcl (com Cervas)

No dia 18 de Setembro, militares da GNR do destacamento de Pinhel, identificaram três homens, com idades compreendidas entre os 31 e 49 anos, na localidade de Corujeira, freguesia de Santa Maria, Trancoso, por furto de cobre no valor estimado de 4.500 euros, num Poste de transformação de corrente eléctrica, pertencente à EDP.

Guarda Nacional RepublicanaEste tipo de crime vem-se tornando recorrente, sendo que, neste caso, os indivíduos tinham antecedentes criminais. Os mesmos foram constituídos arguidos e foi lavrada participação criminal, remetida ao Tribunal de Trancoso. Foi-lhe ainda apreendido o veículo em que se faziam transportar, bem como diversas ferramentas que utilizavam na actividade delituosa.
Segundo o comunicado semanal do Comando da Guarda da GNR, foram realizadas seis operações no âmbito da fitossanidade florestal, tendo sido fiscalizados 134 veículos e elaborados quatro autos de contra-ordenação.
Nos dias 16 e 19 de Setembro, o Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente, levou a efeito duas operações de fiscalização da caça e da pesca, onde foram fiscalizados 26 caçadores e pescadores e elaborados dois autos de contra-ordenação.
Durante a semana transacta foram efectuadas sete detenções, das quais seis em flagrante delito, sendo quatro por crime de condução sob o efeito do álcool, uma por condução sem habilitação legal e uma por posse de arma proibida.
Para além das ocorrências de natureza criminal que motivaram a detenção dos seus autores, registaram-se outras ocorrências, das quais se destacam: 15 furtos, três danos, oito ofensas à integridade física, três ameaças, três casos de violência doméstica, dois de burla, dois de contrafacção de vestuário e três de incêndio florestal.
No período em referência registaram-se 31 acidentes de viação, sendo que 22 resultaram de colisão, cinco de despiste e quatro de atropelamento. Destes acidentes resultaram um morto, dois feridos graves e três feridos leves. Após análise sumária das causas dos acidentes registados, a GNR concluiu que a causa provável da sua maioria foi o desrespeito pela cedência de passagem.
plb

«Não desejo envolver-me em qualquer situação para lá do Côa… Não seria melhor que viésseis para o lado de cá, pelo menos com a vossa infantaria?» – Missiva de Lord Wellington ao general Craufurd, de Alverca (perto de Pinhel) em 22 de Julho de 1810.

Craufurd, o general inglês que comandava a divisão ligeira do exército aliado, com a missão de observar os movimentos do exército do marechal Massena, não satisfez o desejo de Wellington e, dois dias depois, sofreu as consequências. Batido pelos franceses, viu-se atirado para os barrancos do Côa, perdendo no combate 333 homens portugueses e britânicos.
O domínio do vale do Côa era considerado decisivo para qualquer manobra militar no tempo das Invasões Francesas. O major William Warre, ajudante de campo do marechal Beresford, explorou a região semanas antes da célebre Batalha do Côa, e deu conta da importância do rio na manobra militar.
«O curso do rio desde a sua confluência com o Douro até perto de Alfaiates em direcção à sua nascente, representa, devido aos grandes declives e ao solo rochoso das suas margens, uma barreira formidável para qualquer exército que procure avançar sobre Viseu, Celorico, Guarda ou Trancoso, a partir das imediações de Ciudad Rodrigo. Pode contudo ser contornado pelo Sabugal, e perante um exército numeroso a sua grande extensão constitui uma grande contrariedade, pois se qualquer parte da linha ceder o resto terá de retirar.»
O Côa teve de facto uma importância fundamental nas manobras militares da terceira invasão francesa, feita a partir de Almeida, com posterior retirada pelo Sabugal. Quando Massena avançou, Wellington protegeu-se por trás do Côa enquanto observava a movimentação dos franceses, que punham cerco à praça forte de Almeida.
Depois do fracasso da invasão, já na retirada, foi a vez de Massena se instalar na margem direita do rio, entre a Ruvina e o Sabugal, esperando aí conter o avanço do exército aliado.
Wellington, conhecedor da morfologia do terreno, escolheu o Sabugal para dar combate aos franceses, por saber que aí o rio não corre em vale escavado, podendo ser mais facilmente transposto a vau. Assim aconteceu a batalha do Sabugal, disputada na margem direita do Côa, no dia 3 de Abril de 1811, no lugar do Gravato. Essa importante e decisiva refrega com o 2º corpo do exército napoleónico, que ali não pode beneficiar no obstáculo que o rio constitui mais a jusante, levou à retirada dos franceses para Espanha.
Porém Massena deixara uma guarnição francesa em Almeida e, passado um mês, reorganizou o seu exército e decidiu voltar a marchar sobre Portugal em socorro da praça, fixando o objectivo de fazer recuar os anglo-portugueses para lá do vale do Côa. Em Ciudad Rodrigo dirigiu uma proclamação ao exército, a fim de lhe dar ânimo: «Soldados (…) dareis ao Côa, até hoje ignorado, uma celebridade igual à dos rios que na Alemanha e em Itália dizem e redizem osvossos triunfos».
Os franceses foram contudo travados na batalha de Fuentes de Oñoro, não conseguindo reentrar em Portugal.
Paulo Leitão Batista

Militares da Guarda Nacional Republicana (GNR) detiveram no dia 25 de Junho, dois indivíduos de 38 e 33 anos, sem profissão, residentes em Pínzio, concelho de Pinhel, por furto de cobre.

Preso algemadoOs suspeitos foram surpreendidos por militares do posto territorial de Pínzio quando procediam ao corte de cabos de cobre na rede de baixa tensão da EDP na freguesia de São Pedro do Jarmelo. No momento da detenção, além dos cabos de cobre, tinham ainda na sua posse ferramentas e um veículo que utilizavam na prática do crime, que foram apreendidos. Os detidos foram depois presentes a Tribunal.
Este é um tipo de furto que vem acontecendo um pouco por toda a região, dado o bom preço do cobre, que vendido pode ser uma boa fonte de receitas para os larápios.
Porém a GNR procedeu durante toda a semana transacta à detenção em flagrante delito de mais 16 cidadãos. Oito foram detidos pelo crime de condução sob o efeito do álcool, três por condução sem habilitação legal, três por outros furtos, um por desobediência e um por crime de posse de arma proibida. Foram ainda detidos dois indivíduos por mandado judicial.
Segundo o comunicado semanal do Comando Territorial da Guarda da GNR, foram também elaborados 283 autos de contra-ordenação, pelas seguintes infracções: 234 à legislação rodoviária, 17 à legislação da natureza e ambiente, 31 à legislação policial e um à legislação fiscal e aduaneira.
No que respeita à sinistralidade rodoviária, registaram-se 27 acidentes, pelos seguintes motivos: 19 por colisão, sete por despiste e um por atropelamento. Destes acidentes resultaram dois feridos graves e 11 feridos leves. Segundo a GNR, após análise sumária das causas dos acidentes registados, foi possível apurar como causa provável da sua maioria, o desrespeito pela cedência de passagem e a velocidade excessiva.
Em 21 de Junho, o comando territorial levou a efeito uma operação direccionada para a fiscalização geral do trânsito, bem como intercepção/abordagem de suspeitos da prática de crimes. Foram fiscalizados 152 veículos e condutores, foram elaborados sete autos de contra-ordenação por infracções à legislação rodoviária e detidos três condutores, por condução sob efeito de álcool.
Em 21 e 23 Junho, diversos efectivos do SEPNA, em colaboração com a IGAOT e o SEPRONA (Guardia Civil de Espanha), levaram a efeito no Parque TIR em Vilar Formoso, duas operações conjuntas, denominadas «TRES 2010», tendo por objectivo o controlo ao transporte transfronteiriço de resíduos. Foram fiscalizadas 278 viaturas e elaborados dois autos de contra-ordenação.
Na zona de fronteira com Espanha, foram realizadas sete operações no âmbito da Fitossanidade Florestal, direccionadas para a fiscalização do nemátodo do pinheiro, tendo sido fiscalizados 271 veículos e elaborados 11 autos de contra-ordenação.
No dia 22 de Junho, a Secção de Programas Especiais do Destacamento Territorial da Guarda, realizou uma acção de sensibilização subordinada ao tema «Burlas e Conto do Vigário», em locais isolados no concelho do Sabugal. Na acção estiveram presentes 18 idosos.
plb

Continua tudo na mesma no topo da classificação, após a realização, no passado domingo, da antepenúltima jornada do Campeonato de Futebol da 1.ª Divisão Distrital da Guarda.

Bola de futebolComo lhe competia, o Sporting do Sabugal recebeu e venceu a equipa de Pinhel por duas bolas a uma, só que o Aguiar da Beira também levou de vencida a equipa de Figueira de Castelo Rodrigo, continuando assim a dispor da mesma vantagem de três pontos para o Sabugal e cinco para o Trancoso. No próximo fim-de-semana teremos dois jogos que em muito poderão decidir o campeonato pois iremos ter um Gouveia-Sabugal e um escaldante Aguiar da Beira-Trancoso.
No Municipal do Sabugal a equipa local venceu o Pinhel num jogo onde imperaram os nervos à flor da pele por parte da equipa da casa, que sabia que tinha que ganhar.
Tratava-se de um jogo contra uma equipa do fundo da tabela, em que era proibido perder pontos. Foi pois com vontade de resolver cedo a questão que começou o jogo, só que, ao contrário do esperado, o Pinhel não se mostrou equipa fácil o que veio enervar de certa forma a equipa local que só a espaços conseguia contrariar o bom jogo defensivo dos forasteiros. Numa dessas ocasiões o Sabugal inaugurou o marcador, após uma boa triangulação entre Manata, Nuno e Marcos, seguido de um centro para a área forasteira onde apareceu Sérgio a inaugurar o marcador, resultado com que se chegou ao intervalo
Na segunda metade, mais do mesmo. A equipa local muito intranquila, a jogar de forma atabalhoada e a falhar as oportunidades de golo, nas poucas que conseguia criar. Apesar de tudo Manata ainda conseguiu serenar a equipa com a obtenção do segundo golo para os locais. Mas o Pinhel nunca baixou os braços e, após uma desatenção da defensiva local, reduziu para 2-1, o que levou o Sabugal a esperar pelo fim do encontro a defender a magra vantagem conseguida.
Como se salientou, no próximo fim de semana o Sabugal realiza o seu encontro no Farvão, em Gouveia, onde terá de jogar muito mais se pretender levar de vencida a equipa local e assim continuar a acalentar esperanças fundadas de ser o campeão distrital da presente época desportiva.
Outros resultados:
Iniciados (apuramento do campeão): Aguiar da Beira, 4-Sabugal, 1.
Infantis: Sabugal, 1-Guarda, 3.
Carlos Janela

O Destacamento Territorial da GNR de Pinhel deteve no dia 18 de Dezembro, sete romenos (três homens e quatro mulheres) pela prática de crimes de furto e burla num estabelecimento na localidade de Soeima, concelho de Alfandega da Fé e distrito de Bragança. No mesmo dia a GNR deteve em Vilar Formoso três argelinos residentes em Espanha que se dedicam a roubar em Portugal.

GNR-Guarda Nacional RepublicanaOs suspeitos actuam em grupo, havendo indicações de que poderão ter praticado vários crimes nos últimos dias e em diferentes pontos do país.
A GNR informou em comunicado que a detenção dos sete romenos ocorreu nas proximidades de Almendra, concelho de Vila Nova de Foz Côa, após perseguição policial, em virtude de por diversas vezes terem desrespeitado a «ordem de paragem». Após abandonarem a viatura refugiaram-se numa mata, tendo sido capturados após cerco policial ao local desenvolvido por 30 militares dos Destacamentos Territoriais de Pinhel e Vilar Formoso, apoiados por dois cães pisteiros.
Durante a operação foram efectuados disparos de advertência, não se registando feridos.
A GNR procedeu à apreensão de mil euros em numerário e diversos artigos de mercearia furtados na localidade de Soeima.
Os indivíduos, com idades compreendidas entre os 20 e os 60 anos, tinham consigo uma criança de 1 ano de idade, filha de uma das detidas.
Na mesma data o Destacamento de Vilar Formoso procedeu à detenção de três argelinos quando abandonavam Portugal no interior de um táxi, na posse de cerca de 300 peças em ouro, que a GNR suspeita serem fruto de diversos furtos a residências em Portugal. Os detidos residem em Zamora, e são titulares de autorizações de residência em Espanha. Os investigadores da GNR crêem que este grupo de argelinos é responsável por um conjunto de furtos na zona centro e que usam nas suas acções carros roubados que depois abandonam. Além das peças em ouro são ainda suspeitos de furtarem relógios, telemóveis e elevadas quantias em dinheiro. Embora não lhe tenham sido detectadas armas, a GNR pensa que se pode tratar de um grupo violento.
Capeia Arraiana falou com o Major Cunha Rasteiro, oficial de relações públicas do Comando Territorial da Guarda e responsável pela investigação criminal, que informou ser novidade a detenção de argelinos que se dedicam a assaltos, o mesmo não se passando como os romenos, que desde há algum tempo actuam em grupo em todo o território nacional.
plb

Mais um bom exemplo que nos chega do Concelho de Pinhel.

Ramiro Matos – «Sabugal Melhor»A legislação em vigor no que diz respeito à Protecção Civil aponta para a elaboração por parte dos Municípios do Plano Municipal de Emergência de Protecção Civil (PMEPC), o qual deve definir a organização e procedimentos de coordenação de uma estrutura de comando, de forma a torná-la eficiente em casos de emergência.
Estes Planos Municipais devem ainda recolher, compilar e estruturar a informação adequada, possibilitando a análise dos riscos e a avaliação dos meios, funcionando igualmente como um instrumento de apoio à organização, calendarização e definição de objectivos no que se refere a exercícios de protecção civil a realizar.
Neste sentido, o Município de Pinhel elaborou o seu PMEPC que colocou à discussão pública no passado mês de Agosto.
Da leitura deste importante documento, permito-me retirar alguns pontos que considero fundamentais:
1 – A Autoridade Municipal de Protecção Civil é o Presidente da Câmara e tem competências para declarar a situação de alerta de âmbito municipal;
2 – É criada a Comissão Municipal de Protecção Civil que será convocada após a declaração de estado de alerta, a quem compete, caso se justifique, decretar a activação do PMEPC. Esta Comissão tem a seguinte constituição: Presidente da Câmara, Comandante Operacional Municipal, Vereador com o pelouro da Protecção Civil, Corpo de Bombeiros Voluntários, GNR, Autoridade de Saúde do Município, Centro de Saúde, Delegação de Pinhel do Centro Regional de Segurança Social e Delegação de Figueira de Castelo Rodrigo da Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro;
3 – São claramente definidas as áreas de intervenção de cada membro da CMPC de Pinhel, nas diferentes situações de alerta e emergência;
4 – É definida a organização operacional da Comissão, com a constituição de seis Grupos de Intervenção específicos e definição das suas competências e das missões que lhe são atribuídas;
5 – É criado um Gabinete de Informação e Relações Públicas a ser activado em situações de emergência ou pré-emergência e definidas as missões atribuídas;
6 – São identificadas as relações entre o nível municipal e o nível distrital, definindo de forma clara as competências de cada nível e o modo de relacionamento;
7 – São, de forma clara, definidos os tipos de intervenção em cada situação concreta de emergência e para cada agente, organismo ou entidade interveniente;
8 – São identificados os meios e recursos necessários para as diferentes tipologias de situações, bem como a sua administração, nas áreas do apoio logístico às forças de intervenção e às populações; no que diz respeito ao sector das Comunicações; da Gestão da Informação; dos procedimentos de evacuação, identificando as infra-estruturas do Concelho que podem ser utilizadas como locais de concentração; manutenção da ordem pública; serviços médicos e transporte de vítimas; socorro e salvamento; serviços mortuários; e o estabelecimento de protocolos entre entidades permitindo colmatar possíveis necessidades durante e após acidente grave ou catástrofe.
Como já havia dito, a dimensão destas crónicas não permite apresentar com maior detalhe todo o conteúdo deste Plano, o qual poderá ser consultado na Internet na página oficial da Câmara Municipal de Pinhel.

Página Oficial da Câmara Municipal de Pinhel. Aqui.
«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos

rmlmatos@gmail.com

António Ruas, presidente da Câmara Municipal de Pinhel, substituiu José Manuel Biscaia na presidência da Associação de Municípios da Cova da Beira (AMCB), na sequência da Assembleia Electiva realizada no dia 12 de Novembro.

António RuasAntónio Robalo, presidente da Câmara do Sabugal, também integra o conselho directivo da AMCB, enquanto vogal. Para a presidência da Assembleia ficou eleito Domingos Torrão, presidente da Câmara Municipal de Penamacor.
Os 16 autarcas presentes, em representação dos Municípios que constituem a AMCB, escolheram unanimemente a única lista candidata. Curiosamente, o concelho directivo integra apenas uma câmara pertencente ao distrito de Castelo Branco e representativa da Cova da Beira propriamente dita, a do Fundão, representada pelo seu presidente, Manuel Frexes. Os restantes eleitos para a direcção são todos do distrito da Guarda (Pinhel, Guarda e Sabugal). Já na Assembleia, predominam os Municípios do distrito de Castelo Branco (Penamacor, e Belmonte), em detrimento do da Guarda que tem apenas um representante (Celorico da Beira).
A AMCB foi fundada em 1981, por decisão dos Municípios de Belmonte, Covilhã, Fundão e Penamacor, com o objectivo de resolver o problema dos resíduos sólidos urbanos produzidos nos quatro concelhos. Posteriormente, aderiram à Associação os Municípios de Manteigas e Sabugal e oito municípios do distrito da Guarda: Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Meda, Pinhel e Trancoso.
Curiosamente a Covilhã, que fora um dos Municípios fundadores, abandonou posteriormente a AMCB por divergências insanáveis, protagonizadas pelo autarca Carlos Pinto.
José Manuel Biscaia, o presidente cessante, deixou a presidência após nove anos, depois de ter perdido a disputa eleitoral no seu concelho, Manteigas, em favor de Esmeraldo Carvalhinho. O ex-presidente da Câmara de Manteigas tinha sucedido a António Dias Rocha (presidente da Câmara de Belmonte). O primeiro líder da AMCB foi Jorge Pombo, enquanto presidente da Câmara da Covilhã.
plb

Militares da GNR do Posto Territorial de Pinhel detiveram ontem, 9 de Novembro, quatro homens quando tentavam praticar o furto nas instalações da Junta de Freguesia de Pinhel.

Preso algemadoA acção desenrolou-se pelas 3 horas da madrugada, após conhecimento que quatro indivíduos com comportamentos suspeitos rondavam as instalações da Junta de Freguesia.
No momento da abordagem os suspeitos tinham na sua posse vários objectos utilizados na prática de crimes, como pé-de-cabra, ventosa e diamante de corte. Os suspeitos, com idades compreendidas entre 20 e 30 anos, sendo dois deles de nacionalidade espanhola, possuem antecedentes criminais pela prática de roubos, furtos, tráfico de estupefacientes e armas. Após detidos foram presentes ao Tribunal Judicial da Comarca de Pinhel.
O Comando Territorial da Guarda da GNR informa ainda no seu comunicado semanal que entre 2 e 8 de Novembro foram registadas 53 ocorrências de natureza criminal. Dentre os crimes destacam-se 11 furtos, seis situações de condução sem habilitação Legal, quatro de fogo posto. Quatro de violência doméstica, dois de condução sob efeito do álcool, um de desobediência.
Na mesma semana foram detidos 16 Indivíduos pelos seguintes motivos: seis por crime de condução de veículo sem habilitação legal, dois por crime de condução sob o efeito do álcool (TAS entre 1,67 e 2,65 g/l), dois por crime de furto em veículo, um por crime de desobediência (condução de veículo apreendido), um por crime de posse ilegal de arma de fogo, um por permanência ilegal em território nacional,e três por mandado judicial.
Foram ainda elaborados 255 autos de contra-ordenação pelas seguintes infracções: 244 à legislação rodoviária, oito à legislação da natureza e ambiente, três à legislação policial.
Em 5 de Novembro, realizou-se uma operação direccionada para a fiscalização de trânsito, com incidência na condução sem habilitação legal e sob o efeito do álcool, bem como intercepção/abordagem de suspeitos da prática de crimes. Na operação foram elaborados quatro Autos de Contra-Ordenação.
Nos dias 2, 3, 4 e 5 de Novembro, realizaram-se operações, em diversos concelhos do distrito, para fiscalização aos resíduos, construção e demolição de estruturas, tendo sido fiscalizados 24 veículos, cinco obras e dois produtores. Foram elaborados seis Autos por contra-ordenação.
Na zona de fronteira com Espanha, foram realizadas seis operações no âmbito da fitossanidade florestal, direccionadas para a fiscalização do nemátodo do pinheiro, tendo sido fiscalizados 189 veículos.
O comunicado diz ainda que se registaram 33 acidentes de viação, sendo 18 por colisão, sete por despiste e oito por atropelamento. Dos sinistros resultaram dois feridos graves e seis feridos leves.
No período em apreço, o Núcleo de Programas Especiais do Destacamento Territorial de Pinhel realizou três acções de sensibilização em escolas dos concelhos de Trancoso e Meda, subordinadas aos temas «Prevenção Rodoviária e Cuidados a ter no Caminho de e para a Escola». Estiveram presentes 20 alunos e três professores.
Numa outra vertente, os Núcleos de Programas Especiais dos Destacamentos Territoriais da Guarda, Pinhel, Gouveia e Vilar Formoso, levaram a efeito várias acções de sensibilização, em localidades e Lares de Terceira Idade, dos concelhos da Guarda, Meda, Seia e Figueira de Castelo Rodrigo, inseridas no programa «Apoio 65 –Idosos em Segurança». Estiveram presentes 103 idosos.
plb

Os mapas interactivos do Plano Director Municipal (PDM) do Sabugal e dos outros 12 concelhos da Associação de Municípios da Cova da Beira (AMCB) podem ser consultados através da Internet.

SIG - AMCBEm declarações à agência Lusa, Jorge Antunes, responsável pelo departamento de Sistemas de Informação Geográfica (SIG) da AMCB explicou que «qualquer municípe poderá, por exemplo, editar on-line a delimitação de uma parcela de terreno, calcular distâncias e áreas ou imprimir uma planta de localização».
Estão disponíveis os planos directores do Sabugal, Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Guarda, Manteigas, Mêda, Pinhel, Penamacor e Trancoso. Cada município tem uma hiperligação na sua página que redirecciona o utilizador para o portal da AMCB onde está a informação.
A disponibilização dos PDM na Internet responde a uma imposição legal (Lei n.º 56/2007) e, de acordo, com informações fornecidas pela o projecto global está orçado em meio milhão de euros e é co-financiado pelo Programa Operacional da Região Centro – MaisCentro.
A solução implementada permitirá aos municipes dos 13 concelhos fazer uma consulta prévia a um PDM, tendo como ponto de partida um determinado ponto ou localização no território. Após a identificação da localização da pretensão é possível cruzar esta informação com as classes de espaço, com o regulamento e limitações do PDM e imprimir a informação para o processo de viabilidade de transformação do terreno rústico.
No futuro o sistema irá permitir fazer pesquisas, visualizar e consultar os processos de obras das Câmaras Municipais.

Página da AMCB com o SIG. Aqui.
Página da Câmara Municipal do Sabugal com o PDM on-line. Aqui.
jcl

O Comando Territorial da Guarda da Guarda Nacional Republicana, tem previstas para o Dia Mundial do Idoso, que se comemora a 1 de Outubro, um conjunto de visitas a lares para acções de sensibilização, nelas se incluindo o Lar de Santa Catarina, na Rebolosa, concelho do Sabugal.

GNRAs acções de sensibilização e prevenção para a segurança dos idosos vão fazer-se em parceria com diferentes instituições do distrito, e desenvolvem-se no âmbito do Programa «Apoio 65 – Idosos em Segurança». O objectivo específico destas acções é alertar e esclarecer a população idosa sobre questões de segurança, concretamente sobre os perigos que mais frequentemente afectam os cidadãos de idade mais avançada, esclarecendo ainda sobre o respectivo enquadramento legal de actos criminosos de que são vitimas e indicando conselhos úteis e procedimentos a adoptar.
As acções a desenvolver ocorrerão por todo o distritio, com especial incidência no concelho de Pinhel: Azêvo, Ervedosa, Freixedas, Bouça Cova e Pinhel. Em Trancoso, as acções de sensibilização ocorrerão em diversas quintas isoladas do concelho. Em Manteigas a GNR falará com os idosos no Centro Cívico da sede de concelho, o mesmo sucedendo na Meda e em Fornos de Algodres.
No concelho do Sabugal está apenas prevista uma acção, que terá lugar no lar da terceira idade da freguesia raiana da Rebolosa.
plb

Galeria de imagens do «Fórum Autárquico da Guarda» do PSD que decorreu no sábado, 25 de Julho de 2009, no Salão de Festas da Junta de Freguesia do Sabugal.

GALERIA DE IMAGENS – 25-7-2009

O Sabugal foi o palco este sábado, 25 de Julho, do Fórum Autárquico «Falar Verdade» do PSD do distrito da Guarda. Marcaram presença nos trabalhos a deputada Ana Manso e a maioria dos candidatos laranjas aos 14 municípios guardenses. A líder do partido, Manuela Ferreira Leite, adoentada com uma gripe não se deslocou ao Sabugal tendo sido substituída pelo vice-presidente Paulo Mota Pinto. Álvaro Amaro aproveitou para deixar um recado à presidente do partido: «Na Guarda não aceitaremos nomes nacionais na lista de deputados.»

Fórum Autárquico

Respondendo ao repto lançado na quinta-feira na sessão de apresentação no RaiaHotel do candidato, António Robalo, cerca de 300 militantes e simpatizantes sabugalenses encheram o salão de festas da Junta de Freguesia do Sabugal. A presença da líder social-democrata e dos candidatos às 14 Câmaras Municipais do distrito da Guarda ajudaram a aumentar a curiosidade e a militância. Quase em cima da hora ficou a saber-se que Manuela Ferreira Leite não marcaria presença em virtude de estar adoentada com uma arreliadora gripe. Em seu lugar enviou o vice-presidente Paulo Mota Pinto que encerrou a sessão mas que, curiosamente, não era portador de nenhuma mensagem da líder ausente para os sabugalenses e guardenses presentes.
Os trabalhos do Fórum Autárquico «Falar Verdade» foram conduzidos pelo coordenador distrital, João Prata, que foi introduzindo os temas e apresentando os muitos oradores do dia com direito a cinco rigorosos minutos.
A sessão de abertura esteve a cargo do presidente da Comissão Política do Sabugal, Manuel Corte. Seguiram as intervenções de Tânia Cameira e António Agostinho Lucas da Silva, respectivamente, representantes dos candidatos a presidentes de Junta de Freguesia, Tânia Cameira, e dos candidatos às Assembleias Municipais.
Os candidatos aos municípios guardenses tiveram direito a cinco rigorosos minutos e discursaram sobre diferentes temas: António Batista Ribeiro (Almeida), «Cooperação transfronteiriça»; Vítor Martins Santos (Celorico da Beira), «Sustentabilidade e aproveitamento dos recursos naturais»; António Edmundo Ribeiro (Figueira Castelo Rodrigo), «Potenciar recursos endógenos»; José Miranda (Fornos de Algodres), «Potencialidades das novas acessibilidades»; Álvaro Amaro (Gouveia), «Um combate pelo Interior»; João Mourato (Mêda), «Incentivo à inovação»; António Luís Ruas (Pinhel), «Ordenar o território, vencer o despovoamento»; António Robalo (Sabugal), «Educação e Formação»; Luís Caetano (Seia), «A Serra da Estrela como pólo aglutinador»; Júlio Sarmento (Trancoso), «Saúde e Solidariedade Social» e Gustavo Duarte (Vila Nova de Foz Côa), «Aproveitamento turístico da Beira e do Douro».
O recandidato a Gouveia, Álvaro Amaro, considerou como grande desafio para as próximas gerações a cooperação transfronteiriça e defendeu a necessidade de empunhar a bandeira do Interior que «tem sido muito sacrificado pelo poder central com política imorais que têm levado ao despovoamento do território» tendo apontado como solução «uma nova rede do ensino superior em Portugal, com as universidades e os politécnicos a criarem pólos com cursos nos diferentes concelhos».
João Mourato, actual presidente da Mêda, lembrou que «os autarcas do PSD têm sido discriminados pelo Governo» e António Ruas (Pinhel) pediu que o poder central «assuma de uma vez por todas a aposta no investimento no Interior, nos parques eólicos e nas fontes hídricas como factor de desenvolvimento local». Júlio Sarmento (Trancoso) animou a plateia com alguns sorrisos quando iniciou o discurso olhando para João Prata dizendo que sabia «da tolerância mas não sou dos que me calo com facilidade» para logo de seguida acrescentar: «Não temos gente. Porque não temos aquilo que nos falta vai continuar a faltar-nos aquilo que não temos.» De seguida atacou o Serviço Nacional de Saúde e o processo do Hospital da Guarda: «É uma telenovela. Temos assistido na Guada a revoada de ministros que vêm lançar mais uma pedra no novo hospital. O último vai ser o ministro da Justiça quando vier explicar a providência cautelar. A Segurança Social é uma autêntica quinta rodeada de um muro de compadrio.» A terminar o actual presidente de Trancoso deixou ainda um pensamento: «É mais importante morrer na luta do que morrer na hesitação.»
Encerrou a participação autárquica o candidatos Gustavo Duarte (Vila Nova de Foz Côa) lembrando que os extremos do distrito, Sabugal e Foz Côa, tocam-se pela afinidade de um rio que une. «A arrogância do primeiro-ministro reproduziu-se nas nossas terras. Muitos socratezinhos foram crescendo pelo País e Foz Côa parou. Temos muito a recuperar especialmente no turismo até porque seis das aldeias históricas estão na nossa região.»
Da intervenção de António Robalo subordinada ao tema «Educação e Formação» (disponível para consulta e cópia no final deste artigo) destacamos os compromissos de desenvolver no Centro Social João Paulo II um Centro de Ciência e Actividades Criativas e a abertura no Sabugal de uma Universidade Sénior.
Os autarcas presentes fizeram questão de iniciar os discursos agradecendo ao actual presidente da Câmara Municipal do Sabugal, Manuel Rito, toda a disponibilidade e cooperação ao longo dos últimos anos e felicitando-o na hora da despedida.
Na sessão de encerramento usaram da palavra Álvaro Amaro, presidente da Comissão Política Distrital da Guarda e Paulo Mota Pinto, vice-presidente da Comissão Política Nacional em representação da presidente Manuela Ferreira Leite.
Álvaro Amaro, sem limites de tempo, utilizando um tom inflamado próprio de um comício, começou por informar que apesar de ter tentado falar telefonicamente com a presidente do partido tal ainda não tinha sido possível pedindo por isso a Paulo Mota Pinto que servisse de mensageiro para o desejo de melhoras de todos os guardenses. «Fomos o primeiro distrito a fechar as listas de candidatos. Os autarcas do PSD são o colchão do partido nos bons e maus momentos porque tal como disse Zeca Afonso – a Académica não é um clube, é uma causa – e também nós somos uma causa», disse Álvaro Amaro perante uma atenta plateia. Depois deixou alguns recados para dentro do partido. «Todos nós sentimos a causa do Interior. Nenhum Governo do PSD deixará de contar com vozes muito críticas se não perceber. Esteja onde estiver jamais – jamais não porque pareço o outro – nunca, nunca calarei a minha voz sobre os novos valores da política. É inaceitável que 10 autarcas PSD do distrito da Guarda tenham estado um ano à espera que um secretário de Estado do Turismo os recebesse. A política do carneirismo não tem mais espaço e não podemos viver num país a duas velocidades no litoral e no interior». A finalizar pediu novamente a Paulo Mota Pinto que fosse portador de um aviso dos sociais-democratas do distrito da Guarda. «Soube hoje de manhã que o cabeça-de-lista socialista pela Guarda é Fernando Assis. Como social-democrata sinto-me ofendido. É esta a política velha de quando nos diziam – não têm aí pessoas válidas por isso lá vai mais um – mas nós queremos dizer aqui à presidente do Partido Social Democrata que não aceitamos que nos imponham nenhum nome de fora da Guarda. Não rasgarei o cartão mas saberei tirar conclusões políticas.»
Encerrou o Fórum Autárquico, o vice-presidente Paulo Mota Pinto que esteve no Sabugal em substituição de Manuela Ferreira Leite retida em Lisboa a muitos quilómetros de distância com gripe. O dirigente discursou sobre os grandes desafios nacionais que se colocam ao partido em ano de três eleições. Sobre José Sócrates considerou: «Foram quatro anos de grandes erros. O Governo desistiu de governar. O Governo está esgotado.» Para o Interior não apontou soluções porque «os problemas do Interior não se resolvem do pé para a mão».
No final os participantes foram convidados a dirigirem-se, a pé, até aos jardins do Auditório Municipal onde decorreu um lanche.

Curiosamente Paulo Mota Pinto não foi portador de nenhuma mensagem da presidente laranja para os simpatizantes e militantes presentes no Salão de Festas da Junta de Freguesia do Sabugal.

António Robalo – Discurso de apresentação da candidatura. Aqui.
António Robalo – Discurso no Fórum Autárquico. Aqui.
jcl

A presidente do PSD-Partido Social Democrata, Manuela Ferreira Leite, desloca-se ao Sabugal no domingo, 25 de Julho, para apresentar os candidatos autárquicos às 14 Câmaras do distrito da Guarda. O Fórum Autárquico «Falar Verdade» está marcado para as 15 horas no Salão de Festas da Junta de Freguesia do Sabugal.

O Sabugal será o palco da apresentação nacional dos candidatos sociais-democratas às 14 câmaras do distrito da Guarda.
O Fórum Autárquico «Falar Verdade» está marcado para as 15 horas de domingo, 25 de Julho, no Salão de Festas da Junta de Freguesia do Sabugal e encerrará com um discurso da líder do PSD, Manuela Ferreira Leite.

CONCELHO CANDIDATO POSIÇÃO CÃMARA
Aguiar da Beira Fernando Andrade Recandidatura PSD
Almeida António Baptista Ribeiro Recandidatura PSD
Celorico da Beira Vítor Santos Candidatura PS
Gouveia Álvaro Amaro Recandidatura PSD
F. Castelo Rodrigo António Edmundo Recandidatura PSD
Fornos Algodres José Miranda Recandidatura PSD
Guarda Crespo de Carvalho Candidatura PS
Manteigas José Manuel Biscaia Recandidatura PSD
Mêda João Mourato Recandidatura PSD
Pinhel António Ruas Recandidatura PSD
Sabugal António Robalo Vereador PSD
Seia Luís Caetano Vereador PS
Trancoso Júlio Sarmento Recandidatura PSD
V. N. Foz Côa Gustavo Duarte Vereador PS

Nas últimas eleições autárquicas no distrito da Guarda o PSD alcançou a presidência de dez Câmaras (Sabugal, Almeida, Aguiar da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Manteigas, Gouveia, Fornos de Algodres, Trancoso, Mêda e Pinhel) e o PS quatro (Guarda, Seia, Celorico da Beira e Vila Nova de Foz Côa).
jcl

O Plano Estratégico de Promoção Turística do Vale do Côa, promovido pela Associação de Municípios daquela região, pretende a criação de uma agência de desenvolvimento que sirva de instituição pivot aos dez municípios do Vale do Côa onde se inclui o Sabugal.

Vale Rio CôaEste plano, executado por uma equipa liderada pelo professor Augusto Mateus, identifica os vectores para o desenvolvimento do território e do turismo propõe ainda uma revisão do modelo de negócio do Parque Arqueológico do Vale do Côa no âmbito da abertura do Museu Internacional do Côa, que deve ser a porta de entrada na região e o centro da sua vivência cultural.
Segundo Augusto Mateus «não vamos a lado nenhum sem uma parceria público privada, e de um conjunto de pessoas novas que venham para cá».
Aquela região é considerada uma das mais pobres e economicamente deprimidas a nível nacional, quando analisado o seu poder de compra sendo constituída por micro empresas, com fracas competências organizacionais e de negócio e onde o modelo de desenvolvimento económico e social até agora prosseguido está centrado em bens não transaccionáveis internacionalmente.
Entretanto Cidadelhe passa a oferecer um Centro Difusor e Pólo de Informação Turística cujo objectivo é receber e encaminhar os visitantes que pretendam conhecer os patrimónios desta freguesia que integra a área do Parque Arqueológico do Vale do Côa.
A Associação de Municípios do Vale do Côa é constituída pelos concelhos do Sabugal, Almeida, Figueira de Castelo Rodrigo, Freixo de Espada à Cinta, Mêda, Mogadouro, Pinhel, Torre de Moncorvo, Trancoso e Vila Nova de Foz Côa.
jcl (com agência Lusa)

O Ministério da Administração Interna (MAI) assinou 29 Contratos Locais de Segurança (CLS) com autarquias de sete distritos durante um ano, estando a decorrer negociações para serem celebrados outros, dentre os quais com os Municípios de Pinhel e da Guarda.

Ministério Administração InternaOs CLS têm sido uma aposta do actual executivo governamental, com o objectivo de aumentar o sentimento de segurança e o nível de confiança das populações, aproximando-as das forças de segurança. Trata-se de uma iniciativa que tem por base um protocolo celebrado entre o MAI, através dos Governos Civis, e as autarquias interessadas.
Uma das grandes apostas do CLS é a prevenção e o combate à criminalidade. Os primeiros foram assinados no Bairro do Cerco, no Porto, em Maio de 2008, e no concelho de Loures, em Setembro de 2008. Os resultados têm sido considerados muito positivos, envolvendo nas acções diversas entidades oficiais, associações, empresas e os próprios cidadãos.
Este ano já foram assinados oito CLS no distrito de Évora, 16 em Faro, um no centro histórico de Viseu, no município de Cabeceira de Bastos (Braga) e em Cuba (Beja).
Numa nota enviada à agência Lusa, o MAI adianta que o Governo «está empenhado na negociação de novos CLS com os municípios de Pinhel e Guarda (distrito da Guarda) e com a Câmara Municipal de Setúbal». A iniciativa surge tendo em conta o sucesso dos contratos já implementados, que excederam as melhores expectativas. Os CLS não têm sido apenas um instrumento de combate à criminalidade, pois envolvem outras valências como a integração social e de promoção da cidadania, daí que tenham sido celebrados não só em zonas problemáticas, mas também noutros locais.
Os CLS são inspirados em experiências de sucesso nos países nórdicos e em França. A mais-valia é o envolvimento de toda a comunidade no projecto, não se ficando apenas pelas forças de segurança. As acções envolvem associações, empresas, moradores e o poder local.
As autarquias têm neste momento um papel fundamental na resposta a dar aos problemas locais relacionados com a segurança comunitária.
Segundo o MAI, a celebração dos CLS tem possibilitado um reforço do policiamento de proximidade, o apoio à vítima em casos de violência doméstica, violação ou maus-tratos, e também a segurança escolar e a prevenção da sinistralidade rodoviária e de incêndios florestais.
plb

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 835 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Junho 2017
S T Q Q S S D
« Fev    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3,000,981 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES