You are currently browsing the daily archive for Terça-feira, 25 Novembro, 2008.

João Manata, relojoeiro de profissão, é deputado municipal, eleito pela CDU. Para além da mestria do ofício, que exige longo tempo de dedicação, João Manata é um conviva que mantém contacto permanente com a gente do Sabugal, sendo por todos acarinhado. Está atento à vida do concelho, com especial incidência na actividade autárquica, pelo que fomos à sua oficina onde conversámos acerca da vida política do concelho, numa altura em que o quadro de candidatos às próximas eleições autárquicas está quase completo.

manataPara quando se prevê a escolha do candidato da CDU a presidente da Câmara Municipal do Sabugal?
Ainda é muito cedo para isso. A seu tempo escolheremos o nosso candidato, que se apresentará como a verdadeira alternativa. O Sabugal precisa de uma política de esquerda, pois é necessário haver sensibilidade social para se resolverem os problemas das populações do concelho. E não tenhamos dúvidas: nenhuma outra força política pode oferecer essa alternativa que nós iremos apresentar.
Como deputado municipal e observador atento, o que pensa da actividade da câmara Municipal durante o presente mandato?
Tem sido uma actuação amorfa, pelo menos em relação às pequenas obras, que são por vezes as mais importantes, porque são as que mais dizem respeito às pessoas. Além do mais, na sua maior parte, representam a resolução de pequenos problemas práticos, que não têm sequer incidência de vulto em termos orçamentais.
Mas, falando de grandes obras, o que pensa do Centro de Negócios Transfronteiriço, construído no Soito?
Dou-lhe o benefício da dúvida, mas para nós essa obra nunca seria prioritária.
E quanto à ligação à A23?
É uma obra importante e fundamental para o concelho, mas preferíamos que fosse o governo a suportá-la, porque tem essa obrigação. Porém, perante essa impossibilidade, é bom que a Câmara avance, desde que a execução dessa obra não ponha em causa outras que sejam também fundamentais para o nosso futuro.
Sobre as Termas do Cró?
É uma obra importante e espero que as termas se revitalizem, mas sem as transformar numa estância de luxo a que só os ricos tenham acesso.
E a Festa da Europa, realizada no Verão?
A segunda edição, realizada este ano, esteve melhor. Mas ainda não é aquilo que o Sabugal precisa. Defendo uma festa, onde a par da animação, se divulguem as nossas potencialidades ao nível gastronómico, do artesanato e de outros produtos locais.
O Sabugal elegeu delegados ao congresso do PCP?
Nós elegemos delegados em conjunto com os concelhos de Pinhel, Almeida e Figueira de Castelo Rodrigo. Por acaso nenhum dos delegados eleitos é do Sabugal, mas isso não diminui a nossa representatividade.
Enquanto militante do PCP o que espera deste congresso?
Desejo que contribua para o fortalecimento do partido e para a sua afirmação política.
Afastados os chamados «reformistas», fala-se agora de uma luta renhida entre os «duros» do partido…
Digam o que disserem, a verdade é que o PCP é o partido mais aberto da democracia portuguesa. É o único que debate em todas as suas organizações, da base ao topo, todas as questões e com uma grande abertura, tornando públicas as suas teses para o congresso.
Voltando ao Sabugal, o PCP continua ser um partido muito pouco implantado. Isso impede-o de ter grandes expectativas quanto ao futuro?
Temos de reconhecer que ainda não atingimos os nossos objectivos no que toca ao concelho do Sabugal, mas continuamos a lutar por isso. Temos por perspectiva crescer mais, sobretudo no seio da juventude.
plb

Anúncios

O Governo do Partido Socialista, o governo de José Sócrates, está a ser criticado internamente, dentro do próprio partido, por seguir uma política do posso quero e mando.

António EmidioEste é um exemplo flagrante leitor(a) de que a política do posso, quero e mando, não é exclusiva dos regimes totalitários. Infelizmente a experiência mostra-nos com toda a evidência que a democracia também tem dentro dela um enorme potencial de autoritarismo. Não estranhemos que governos eleitos democraticamente, e por sufrágio universal, possam ser, e são, tanto ou mais autoritários que outros não constitucionais. E se por acaso tiverem uma maioria absoluta, então nessa altura podem exercer o poder com um rigor exagerado nas decisões que tomam, e isto porque a legitimidade do voto e da maioria serve como legalidade para tomar medidas que até os regimes autoritários não se atreveriam com medo de revoltas. Com razão ou sem ela digo que isto se deve a que os actuais governantes são fieis servidores do absolutismo económico imposto pelo neoliberalismo.
Outro exemplo que nos mostra este governo é o seguinte: o grande capital muitas vezes estabelece pactos com a esquerda formal para travar as reivindicações das classes trabalhadoras. E isto compreende-se, se a esquerda formal estiver no governo, como é o caso, controla perfeitamente as suas bases e não as deixa rebelarem-se. E quando isto acontece, essa esquerda tem dificuldade em explicar-se e dificuldade em ser compreendida pelos trabalhadores.
A história é escrita pelas classes populares quando se mobilizam, não é escrita pelas grandes personagens. Leitor(a) está na hora de fazermos história.
«Passeio pelo Côa», opinião de António Emídio

ant.emidio@gmail.com

Sem querer tirar o mérito ao grande arraiano que é o colunável Esteves Carreirinha que sobre a sua Aldeia e a Casa do Concelho tanto tem escrito neste Blogue, no intuito de contribuir para a História da Casa e seguindo o apelo que faz aos restantes conhecedores da mesma, transcrevo o seguinte texto que em nada contradiz os seus escritos e que de certa maneira vem enriquecê-los…

Casa do Concelho do Sabugal (Lisboa)«É longa e movimentada a história da Casa do Concelho do Sabugal.
Vamos apenas dar uma achega, para essa história, pois devem faltar bastantes pormenores…
Pedimos portanto, o favor de nos perdoarem as faltas que, existam neste trabalho e agradecermos os devidos esclarecimentos e correcções.
Foi no Verão de 1973 que os naturais do Concelho do Sabugal constituíram um grupo, tentando, contribuir para o desenvolvimento do mesmo.
Esse grupo, até ao 25 de Abril, pouco pôde fazer: apenas a discussão particular com pequenos grupos de Sabugalenses, manter uma secção num jornal e fazer um inquérito á população.
Depois do 25 de Abril, esse grupo alarga-se e torna-se muitíssimo mais activo: reuniões gerais em Lisboa e reuniões públicas nas aldeias do Concelho.
Apontemos os factos:
A 26 de Maio de 1974, efectua-se uma reunião na qual tomaram parte algumas dezenas de Sabugalenses.
A 7 de Junho de 1974, nova reunião, na qual tomaram parte, cerca de uma centena de Sabugalenses, tendo sido apresentado um programa deveras ambicioso, tendo-se constituído quatro grupos para elaboração de propostas a apresentar na reunião de16 de Junho sobre a politica, cultura, educação, economia e trabalho
Entretanto, a 9 de Junho, parte do grupo dos naturais do Concelho, desloca-se ao Sabugal, onde se realizou um comício, no Cinema D. Dinis, ao qual assistiram perto de 400 pessoas. Nesse comício chegou-se à conclusão que eram prioritárias a situação económica e a situação politico-cultural e que, portanto, se impunha a «organização do povo do Sabugal».
A 16 de Junho de 1974, cerca de seis dezenas de participantes, discutem a situação politica do Concelho e a criação de grupos de trabalho.
Fala-se na possível constituição da Casa do Concelho do Sabugal e na realização de um encontro de naturais do concelho, no Seminário dos Olivais, no dia 14 de Julho de 1974.
Aparecem nas paredes do Metropolitano de Lisboa impressos amarelos e verdes «Para Um Sabugal Melhor» convidando todos os Sabugalenses e amigos deste concelho, a comparecer às 21.30 horas, todas as sextas-feiras na Cantina do Instituto Superior Técnico.
Era o Secretariado a dizer-nos: Comparece e inscreve-te…
O entusiasmo dos Sabugalenses aumenta cada vez mais e as reuniões das Sextas-Feiras, na Cantina do Instituto Superior Técnico, são dinâmicas e entusiásticas. As propostas sucedem-se e são discutidas com calor. Todos colaboram com entusiasmo. Todos sentem que unidos são uma força.
E é assim que, numa dessas reuniões, presidida pela colega Amélia, rapariga dinâmica e convincentemente imperiosamente e a seu incitamento (propõe) a criação do grupo para a elaboração dos Estatutos da Casa do Concelho do Sabugal.
Ninguém se atrevia a inscrever-se. Todos receavam não poder dar conta do recado cabalmente.
Foi, então, que o Dr. Antero de Seabra, vendo o receio dos colegas, imediatamente se inscreveu, seguido de mais dois colegas que se juntaram a ele, Adelino Brito Dias e Alberto da Cruz Gata e começaram a trabalhar no dia 10 de Julho de 1974.
O Dr. Antero de Seabra, apresentou um projecto de Estatutos, na reunião de 31 de Julho, cujo articulado foi discutido e aprovado nas reuniões semanais seguintes e depois de apresentado, para discussão.
Entretanto, o Dr. Fitz Quintela, agregou-se à Comissão encarregada da elaboração dos Estatutos e como advogado, achou o projecto do Dr. Seabra, demasiado pormenorizado e propõe a sua simplificação, passando para os respectivos Regulamentos, grande parte das suas disposições.
A sua proposta foi aprovada por unanimidade, na reunião do dia 23 de Outubro de 1974, Dr. Fitz Quintela, apresentou o seu Projecto de Estatutos, elaborado por ele e pelo aluno de Direito, colega José Baltazar Roque.
José Morgado

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.151.966 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios