O Comando Territorial da GNR da Guarda realizou uma operação de prevenção da criminalidade nos concelhos de Sabugal, Seia, Celorico da Beira, Aguiar da Beira e Trancoso, com particular incidência na fiscalização de estabelecimentos de diversão nocturna, fiscalização rodoviária e patrulhamento de pontos sensíveis.

Patrulha da GNRSegundo o comunicado semanal da GNR a operação realizou-se no dia 3 de Junho, sendo inspeccionados sete bares e controladas 31 pessoas. Efectuaram-se quatro detenções, duas de estrangeiros em permanência ilegal no país e outras duas pelo exercício ilegal da função de segurança privada. Foram ainda notificadas três pessoas para abandonarem o país por excesso de permanência em Território Nacional. Na mesma acção foram levantados 16 de contra-ordenação aos referidos bares por diversas infracções.
Na mesma operação, no âmbito da fiscalização rodoviária foram fiscalizados 121 condutores e respectivos veículos, sendo detidos três por condução sob o efeito do álcool e dois por falta de habilitação legal para conduzirem. Foram ainda elaborados 10 autos por diversas infracções rodoviárias.
No tocante ao patrulhamento de pontos sensíveis, foi detido um indivíduo de 41 anos, sem profissão, residente em Seia, quando se encontrava no interior da Casa do Povo de Seia com o intuito de furtar. O referido individuo foi presente ao Tribunal Judicial de Seia, por prática do crime de furto, tendo o processo baixado a Inquérito.
Durante toda a semana foram detidos 18 Indivíduos pelos seguintes motivos: seis por crime de condução sob o efeito do álcool, seis por crime de condução sem habilitação legal, dois por permanência ilegal no país, dois pelo exercício da segurança privada, um por tentativa de furto e um por mandado judicial.
Foram elaborados 239 autos de contra-ordenação, dos quais 202 se deveram a infracções à Legislação Rodoviária.
Em toda a semana a GNR registou 20 acidentes de viação: 16 por colisão e quatro por despiste. Destes desastres resultaram oito feridos leves.
plb

Anúncios