You are currently browsing the daily archive for Sexta-feira, 6 Abril, 2007.

Presidente da Junta de Freguesia dos Fóios, José Manuel Campos é um guerreiro que não desiste de batalhar pelo desenvolvimento da aldeia raiana onde nasce o rio Côa.

À fala com… José Manuel CamposCapeia Arraiana foi aos Fóios conversar com um nosso amigo e colaborador, que nos recebeu com honras, que passaram pela degustação de um saborosíssimo jantar no restaurante «El Dorado».
Nos Fóios e no concelho do Sabugal é conhecido por Zé Manel, como aliás gosta de assinar, dando assim o ar de simplicidade e de popularidade que o caracterizam. Presidente de junta há longos anos, empenha-se por dar expressão à terra que administra. Antigamente chamavam aos Fóios o «calcanhar de mundo», tal o seu isolamento, mas hoje é uma aldeia conhecida, com bons acessos, excelentes equipamentos urbanísticos e variados negócios, recebendo muitos visitantes. «O restaurante serve diariamente dezenas de refeições, havendo gente que vem de muito longe para comer o nosso cabrito assado, o javali e as trutas, que são os ex-libris da nossa gastronomia», diz-nos o Zé Manel com uma ponta de orgulho.
Como autarca, sente ainda a veia revolucionária que o levou a candidatar-se pela primeira vez à Junta. «De vez em quando gosto de falar à população no adro da igreja como nos velhos tempos. Peço ao prior para anunciar que o presidente da junta quer falar ao povo e, no final da missa, assim que as pessoas saem da igreja, subo a um muro e dali falo à população dando-lhe conta de assuntos que interessam a todos».
Querendo lançar longe o nome da terra, organiza, de parceria com outras entidades locais, iniciativas culturais, recreativas e desportivas, que depois conseguem ter expressão na comunicação social, assim se enaltecendo espírito empreendedor e o bairrismo do povo dos Fóios. Foi assim com a organização dos carretos, jornadas culturais, torneios desportivos, a reparação do caminho para a nascente do Côa, a geminação com Eljas e as relações de proximidade com o alcalde de Navasfrias.
José Manuel Campos é o autarca do concelho que mais tem colaborado com o Capeia Arraiana, dando-nos conta do que de mais relevante ocorre na freguesia, ou enviando ele mesmo artigos por si assinados. Uma cooperação que irá prosseguir em nome da amizade e do empenho no desenvolvimento das nossas terras.
plb

Anúncios

A Câmara Municipal do Sabugal vai ser convidada pela Associação de Municípios da Cova da Beira (AMCB) a participar na próxima edição do concurso Eco-Município que comprova anualmente a qualidade ambiental dos concelhos.

Projecto Eco XXI-2006José Manuel Biscaia, presidente da Câmara Municipal de Manteigas e da AMCB, vai convidar o Sabugal e os restantes concelhos da associação a candidatarem-se ao prémio «eco XXI» da Associação da Bandeira Azul da Europa do qual foi o grande vencedor da edição de 2006.
A bandeira (equivalente à bandeira azul das praias) é um símbolo que certifica os valores exigidos e promove as potencialidades dos concelhos contemplados chamando à atenção dos agentes de turismo e das empresas abrindo novas perspectivas de progresso. Por outro lado ajuda os autarcas envolvidos no diagnóstico a rever pontos fracos e fragilidades ambientais que por vezes passam despercebidas no dia-a-dia com o objectivo de alcançar melhor pontuação final. Os candidatos têm obrigatoriamente que cumprir quatro indicadores primários: qualidade da água para consumo humano, valorização de resíduos, promoção de educação ambiental e aplicação do programa eco-escolas. Os restantes analisam a conservação da natureza, o ruído, o funcionamento das instituições, a conservação do património, a qualidade do ar, o turismo, a taxa de abandono escolar e as acessibilidades para deficientes num total de 50 parâmetros.
O nosso concelho tem tudo para alcançar um lugar de relevo e provocar a divulgação da marca «Sabugal» como sinónimo de qualidade ambiental e do património histórico tendo em vista o promoção turística.
O município de Manteigas conquistou na edição de 2006 o primeiro prémio nacional cumprindo 66 por cento dos requisitos de avaliação tendo sido o único a ultrapassar os 60 pontos percentuais exigidos pela comissão de avaliação (ver notícia do Capeia Arraiana de 13 de Março) e ostenta em exclusivo na Beira Interior a bandeira da qualidade ambiental.
A cerimónia da entrega dos prémios decorreu a 16 de Março, na Biblioteca Almeida Garrett, no Palácio de Cristal, no Porto, tendo os municípios participantes recebido um diploma de participação. Os que ultrapassaram os 40 por cento tiveram direito a uma medalha comprovativa e os 20 municípios que superaram o índice 50 levaram para casa uma bandeira verde.
Para além do Sabugal e de Manteigas, fazem ainda parte da AMCB os municípios da Guarda, Almeida, Pinhel, Mêda, Belmonte, Fundão, Penamacor, Figueira de Castelo Rodrigo, Celorico da Beira, Fornos de Algodres e Trancoso.
jcl

O Forcão é um instrumento típico da região fronteiriça do concelho de Sabugal, que é utilizado nas Capeias, realizadas nas povoações das terras de Ribacôa.

Esteves Carreirinha - Ecos da AldeiaTodos os anos, por alturas de Janeiro ou Fevereiro, é escolhido e cortado na «folha«, sendo construído, mais tarde, com fortes troncos de carvalho, bifurcados à frente, reforçado no meio por transversais, que lhe dão maior consistência e segurança, na «espera» dos bois.
Com um peso aproximado de 300 quilos, medindo os troncos laterais 3,80 metros, de prego a prego, local onde os troncos se cruzam com o da frente e o do Rabicho, sendo que este mede cerca de 7 metros. O tronco da frente, em pinho por ser mais leve, atinge um total variável de 7,80 metros, verificando-se uma distância de 4,20 metros, também de prego a prego, onde se cruza com os troncos laterais, completando o triângulo do Forcão.
Na parte frontal do Forcão situam-se as duas galhas, esquerda e direita, compostas de cinco paus de carvalho, na parte de cima e outras tantas na parte de baixo, chamadas também galhas miúdas, pregadas bem abertas, de modo a que o touro possa marrar, introduzindo a cabeça nas suas investidas.
Os rapazes dispõem-se lateralmente ao Forcão, com os mais destemidos na frente, aguentando as investidas do touro a uma das duas galhas frontais, sempre viradas para o touro. No vértice traseiro situa-se o Rabicho, onde os rapazes mais altos, denominados Rabichadores ou Rabicheiros, comandam o Forcão, contribuindo, decididamente, na luta contra o Touro, não permitindo a sua passagem para os lados, onde mora o perigo de alguma colhida.
ForcãoO Forcão serve, essencialmente, para «esperar» o touro, mostrando a valentia dos rapazes, desenhando-se belos movimentos na Praça, numa luta constante, consistindo num medir de forças entre a destreza do manuseamento do Forcão, tendo do outro lado, um animal em pontas, ostentando, bastas vezes, corpulência de meter respeito.
Há variadas teses desenvolvidos por alguns estudiosos, sobre a origem do Forcão, podendo conter algum fundo lógico de verdade, que é possível se tenha verificado, nos primórdios do seu nascimento. Poderá o Forcão, não ter tido a sua génese devido aos touros, mas também não se pode argumentar, com segurança, o contrário.
Como meio de subsistência, sendo as comunidades numerosas e concentradas, utilizavam, entre outras, a caça a animais de grande porte, levando-os a construir um instrumento semelhante ao Forcão, sofrendo ao longo dos tempos uma evolução, surgindo em forma de «forca» que terá, eventualmente, dado origem ao nome, permitindo-lhes «encurralar e forcar» animais de grande porte, como o touro, contra algo onde não pudessem escapar, conseguindo-se assim, depois do animal imobilizado, o seu abate, sem correr riscos desnecessários e perigosos, como ter de enfrentá-lo em campo aberto, face aos utensílios de caça rudimentares, existentes na época.
Uma outra hipótese a ter em conta, seria a invasão dos touros espanhóis, pois do outro lado da fronteira existiam grandes ganadarias, onde os touros viviam tranquilamente e, em alturas de seca, debandavam a zona raiana, devastando culturas, obrigando os nossos antepassados a afugentá-los ou imobilizá-los, utilizando o Forcão como modo de defesa contra estes animais bravios e perigosos.
Seja como for, desde tempos bem longínquos, o Forcão foi sendo alvo de aperfeiçoamentos, que ainda hoje se aprimoram, quando chega a altura de se construir um novo para a Capeia, mantendo a sua forma actual, servindo exclusivamente para as Capeias Arraianas das aldeias fronteiriças do concelho de Sabugal.
«Ecos da Aldeia» de Esteves Carreirinha

estevescarreirinha@gmail.com

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.151.776 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios