You are currently browsing the tag archive for the ‘Sortelha’ tag.

A Câmara Municipal do Sabugal está há longo tempo a negociar a aquisição de um prédio urbano tendo em vista livrar a paisagem da sua presença inestética.

Trata-se de um edifício erigido em blocos de cimento, inacabado, sem qualquer reboco, que durante anos acolheu uma oficina de reparação de automóveis. Actualmente acumula entulho, os vidros janelas estão partidos, o mato cresce-lhe no interior, parecendo uma casa fantasma.
Implantado no cruzamento onde se toma a estrada para a Aldeia de Santo António, a Urgueira e a aldeia histórica de Sortelha, o prédio devoluto causa má impressão e polui a paisagem. Essa é a razão pela qual o Município tenta adquirir o terreno, como forma de assim livrar a estrada de tal empecilho. Mas o tempo passa com sucessivas propostas e contrapropostas.
Porém, informou-nos quem sabe, que o acordo está prestes a ser alcançado, por uma verba que poderá rondar os 45 mil euros. Assim sendo, presumimos que a breve trecho haverá condições para que o colosso inestético seja erradicado do cruzamento da estrada de Sortelha.
plb

A Aldeia Histórica de Sortelha, no concelho do Sabugal, tem potencialidades que devem ser potenciadas e promovidas como muita proactividade. Reportagem de Paula Pinto com imagem de Miguel Almeida da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

Artesanato e licores. Relíquias da Aldeia Histórica de Sortelha. Reportagem da jornalista Paula Pinto com imagem de Miguel Almeida da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

Sortelha é terra de muitos potenciais turísticos. As muralhas seculares da Aldeia Histórica guardam, agora, geleias, compotas e doces para adoçar o paladar aos visitantes. A iniciativa integra-se na mostra de Novembro, mês da tradição e dos sabores no concelho do Sabugal. Reportagem de Paula Pinto com imagem de Miguel Almeida da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

No sábado, 30 de Outubro, o povo de Sortelha juntou-se para homenagear Manuel Gouveia no Centro de Dia que este benemérito ofereceu à sua terra. O momento ficou eternizado com uma placa de granito junto à entrada principal do edifício.

Manuel Gouveia - Sortelha

Dez anos após a inauguração do Centro de Dia Manuel Gouveia em Sortelha a actual direcção entendeu homenagear Manuel Gouveia o homem que tornou possível a sua construção ofertando-o na totalidade. É um homem discreto e aveso às luzes da ribalta mas com muito carisma junto dos funcionários do lar pelos quais é tratado como uma personalidade excepcional. Durante a cerimónia chegou a emocionar-se enquanto agradecia às pessoas da sua terra e se disponibilizava mais uma vez para tudo o que fosse necessário.
Estiveram presentes neste momento marcante para Sortelha os presidente e vice-presidente da Câmara Municipal do Sabugal, António Robalo e Delfina Leal, o governador civil da Guarda, Santinho Pacheco, o presidente da direcção da Liga dos Amigos de Sortelha, Joaquim Leal, os funcionários do lar e muitos amigos do benemérito sortelhense.
Após o descerrar da placa que irá registar para sempre a passagem dos primeiros 10 anos sobre a construção do centro de dia e quando já se prepara a ampliação para 20 quartos com valências de lar foi tempo de entrar para o hall de entrada que se tornou acanhado para uma pequena multidão.
Após as palavras de boas-vindas e de agradecimento de Joaquim Leal, em nome da Liga dos Amigos de Sortelha foi tempo de ouvir o governador civil da Guarda, Santinho Pacheco. «Estou aqui como homem, como cidadão, como político para ter um gesto de gratidão para com o senhor Manuel Gouveia. A nossa terra é como a nossa mãe! Nós temos de sentir as nossas terras como sentimos a nossa família. As raízes que nos ligam à terra que nos viu nascer é uma característica essencial de manutenção da nossa cultura e da nossa memória. E é importante que os povos tenham memória. Estou plenamente convencido que quando o senhor Manuel Gouveia assumiu este gesto filantrópico, raríssimo no nosso país, de certa maneira estava a pensar que a terra onde nasceu era também a sua mãe. Por vezes a mãe não consegue dar tudo aos seus filhos e eles têm de sair, de emigrar, de procurar noutras paragens um futuro melhor. E foi o que se passou na nossa região com muitos de nós. Todos nós recordamos o que foi a saga da emigração à procura de uma vida melhor com a dignidade e honradez que nos caracteriza como beirões. Ser ingrato é uma característica que os beirões têm pouco. Estou convencido que ao longo de uma vida de trabalho o senhor Manuel Gouveia não esqueceu as raízes e quando pode retribuiu para a sua terra, para todos nós que somos seus conterrâneos. A nossa região e o concelho do Sabugal são disso um exemplo gritante a nível nacional. Nós sabemos ser solidários. O Sabugal é a nível nacional o concelho que per capita mais lares e centros de dia tem. Muitos deles com enorme qualidade e altruísmo. É uma terra de emigração mas sabemos que temos de dar àqueles que regressam – é uma característica nossa querer morrer onde nascemos – um final de vida com qualidade», disse durante o discurso Santinho Pacheco. «Há pessoas que nasceram no distrito da Guarda e que estão hoje em cargos importantíssimos no país e no estrangeiro e que de alguma forma se desligaram da nossa terra. Mas nós precisamos deles. Nós também, muitas vezes, os esquecemos. Não lhes damos a devida atenção porque pensamos que a Guarda somos só nós, aqueles que aqui estamos. Por isso mesmo o Governo Civil está a organizar umas jornadas que vão decorrer até ao final do ano com um tema – O que é que eu posso fazer pelo meu concelho? O que é que eu posso fazer pela Guarda? – porque a Guarda está numa encruzilhada e se não fizermos nada por mais investimentos que as Câmaras façam, por mais estradas que haja nós vamos morrendo aos poucos. A Guarda é uma terra que já teve glória mas que hoje não pode só olhar para o seu passado sem pensar no seu futuro. Nós os beirões somos assim. Nunca nos oferecemos para nada mas quando nos pedem uma oferta, por exemplo, para a festa da nossa terra nós gostamos de colaborar. Ao senhor Manuel Gouveia não foi necessário fazer nenhum desafio. Ele próprio decidiu fazer o centro de dia da sua terra. Estou convencido que é com exemplos destes que nós vamos conseguir. Os tempos são difíceis mas aqui os tempos foram sempre difíceis. Temos de acreditar no futuro.»
A terminar Santinho Pacheco agradeceu a Manuel Gouveia a solidariedade e altruísmo e afirmou perante todos os presentes que «o Ministério da Solidariedade Social vai assumir uma homenagem nacional a Manuel Gouveia como exemplo para todos». «Bendita terra que tais filhos tem porque – como escreveu Camões – são homens como estes que vão da morte se libertando», concluiu.
Santinho Pacheco ofereceu a Manuel Gouveia uma medalha do Governo Civil onde figura o brasão da cidade do Sabugal e aproveitou para dizer que foi presidente da Câmara Municipal de Gouveia durante 20 anos mas conhecia mal o Sabugal. «O concelho do Sabugal é grande. Grande nos valores, no património e na história mas particularmente nas pessoas. Esta terra do Côa, esta terra de Riba-Côa. Quero que o distrito da Guarda seja conhecido no país como o distrito do Côa, da Serra da Estrela e do Rio Douro».
Manuel Gouveia recebeu ainda duas recordações das mãos do presidente da Câmara Municipal do Sabugal, António Robalo, e do presidente da Liga dos Amigos de Sortelha, Joaquim Leal.
«É difícil para mim mas vou tentar dizer algumas palavras» começou por dizer emocionado Manuel Gouveia. «Gostaria de agradecer a todos os presentes e à direcção da Liga por terem promovido esta homenagem. Agradeço as palavras que me dirigiram porque nunca as irei esquecer. Quero desejar votos para que este centro de dia se mantenha sempre fiel aos princípios para o qual foi criado. Em determinado momento entendi que os idosos de Sortelha tinham direito a uma casa como esta e se entenderem transformar este centro de dia em lar podem contar comigo. Deixo uma palavra para as pessoas que trabalham neste centro para que façam tudo para tratar o melhor possível os utentes desta casa. Há duas actividades extraordinárias no meu entender. Trabalhar com crianças e trabalhar com idosos. Quero incluir nesta homenagem todos os que já trabalharam e trabalham nesta casa e todos os que me ajudaram. Quero ainda destacar duas pessoas que foram muito importantes. A doutora Isabel Branco que me apoiou desde o princípio estimulando-me para fazer esta obra e por último quero homenagear o meu filho porque podendo ficar um pouco prejudicado nunca me criticou pelas doações que faço em vida.» A finalizar incluiu na homenagem todas as pessoas de Sortelha com um grande abraço pessoal.

Foi uma homenagem mais do que merecida a uma personalidade excepcional. Homens assim já não há muitos!
:: ::
A Junta de Freguesia de Sortelha entendeu não comparecer na homenagem ao maior benemérito da aldeia histórica. Ele há coisas…
(Correcção)
Informação posterior regista a presença do tesoureiro e secretário da Junta de Freguesia de Sortelha a título particular. Aqui fica a devida correcção.
:: ::
jcl

No sábado, 30 de Outubro, o povo de Sortelha juntou-se para homenagear Manuel Gouveia no Centro de Dia que este benemérito ofereceu à sua terra. O momento ficou eternizado com uma placa de granito junto à entrada principal do edifício.

GALERIA DE IMAGENS – HOMENAGEM MANUEL GOUVEIA  –  30-10-2010
Clique nas imagens para ampliar

jcl

Os cantos, recantos e encantos da Aldeia Histórica de Sortelha serviram de inspiração aos artistas da IX edição do «Pintar Sabugal». Muitos ângulos de ruelas, casas, lugares e monumentos que estamos habituados a olhar quase com indiferença têm sido reconstruídos e «descobertos» pelos pintores participantes. Depois… nunca é de mais recordar que este acontecimento anual que já pintou o Sabugal, Vilar Maior e agora Sortelha foi um dia idealizado pelo grande artista sabugalense José Chapeira.

(Clique nas imagens para ampliar.)

jcl

A «Imagem do dia» e a «Imagem da Semana» são dois destaques em imagens sobre acontecimentos, momentos ou recordações relevantes. Ficamos à espera que nos envie a sua memória fotográfica para a caixa de correio electrónico: capeiaarraiana@gmail.com

Data: 11 de Setembro de 2009.
Local: Sortelha.
Legenda: Curiosa posição de Aníbal Cavaco Silva, Presidente da República Portuguesa e de Manuel Rito Alves, Presidente da Câmara Municipal do Sabugal.
Autoria: Joaquim Tomé (direitos reservados).
Clique na imagem para ampliar

GALERIA DE IMAGENS – 14-9-2009
Fotos Joaquim Tomé – Todos os direitos reservados – Clique nas imagens para ampliar

jcl

A 26.ª edição do Raid Transportugal Accenture vai percorrer os tesouros naturais da Beira Alta e da Beira Baixa nos dias 20 e 21 de Setembro. A Serra da Malcata, o Sabugal e a aldeia histórica de Sortelha, com paragem para almoço, fazem parte do itinerário deste ano.

26 TransportugalAs paisagens raianas vão servir de cenário à passagem dos participantes na 26.ª edição do Transportugal Accenture que decorre no sábado e domingo, 20 e 21 de Setembro, organizado pela Megre Motorsport e pelo Clube Aventura.
A edição de 2008 apresenta um percurso mais curto dividido em duas etapas de 200 quilómetros com três exercícios de regularidade e um de navegação e inclui a passagem por dois troços todo-o-terreno (um rápido e outro trialeiro de montanha) que têm sido utilizados no Rali Transibérico. Transposição de obstáculos e diversos obstáculos de campo farão também parte da ementa desta expedição.
No sábado o almoço será em Sortelha depois de 100 quilómetros de pistas com partida de Monfortinho e passagem por Aranhas, Penamacor, Meimoa, Meimão, Malcata, Sabugal e Sortelha. Na parte da tarde os concorrentes passam por Proença-a-Velha, Idanha-a-Velha e chegada a Monfortinho.
No domingo, segundo dia da competição, o percurso está marcado entre Monfortinho, Penha Garcia, Salvador, Penamacor e aldeia de Águas com paragem para almoço. Antes do regresso a Monfortinho por Medelim e Monsanto os participantes terão oportunidade de visitar em Águas a Feira do Coleccionismo e do Veículo Antigo da Beira Baixa e a exposição de viaturas clássicas, miniaturas, brinquedos e vários outros objectos coleccionados por José Megre.
jcl

O concelho do Sabugal possui pontos de interesse considerados inesquecíveis pelos jornalistas da revista «Visão»

Ramiro Matos – «Sabugal Melhor»Recentemente, a revista «Visão» publicou um Guia subordinado ao tema «Portugal Inesquecível», onde o nosso Concelho possui um conjunto significativo de referências, que mostram como, apesar de tudo, existe o reconhecimento da valia e da capacidade de atracção de visitantes.
Assim, são referenciados:
1. Percursos
Sabugal – Passeio pelo Centro Histórico e Barragem do Sabugal.
Malcata – Reserva Natural da Malcata.
Sortelha – Visitar Centro Histórico no Castelo.
Vilar Maior – Castelo.
2. Terra a Terra
São feitas pequenas apresentações de Alfaiates, Sabugal e Sortelha, sendo esta salientada como «Terra a não perder», juntamente com Caramulo e Monsanto.
3. A Fazer
Visita à Casa do Castelo (parabéns Talinha)
4. Dormidas
Casa da Lagariça e Casa da Calçada em Sortelha
5. Restaurantes
«Robalo» no Sabugal e «D. Sancho» em Sortelha.

Esta uma boa e importante achega para dar a conhecer a nossa Terra.
E porque, se surpresa houvesse, ela se relacionaria com a inclusão de Alfaiates neste Guia, permito-me transcrever o que sobre esta aldeia é dito:
«O momento de glória de Alfaiates remonta a 1327, ano em que a Infanta Maria, filha de D. Afonso IV, foi desposada por El-Rei D. Afonso XI de Castela, na Igreja de SA. Sebastião, celebrando três décadas de paz entre os reinos, no seguimento de Tratado de Alcanizes. Houve um largo período de florescimento, mas com o passar dos séculos Alfaiates viria a perder a sua importância estratégica. Começando pelas ruínas do castelo, são diversos os vestígios de uma história que se confunde com a formação do reino. Esta é hoje uma terra que preserva os seus costumes e tradições, rainha dos quais é a capeia arraiana (uma corrida de touros característica da raia, na qual o touro é enfrentado por 20 ou 30 homens solteiros, que sustêm as suas investidas com um enorme forcão)».
«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos

ramiro.matos@netcabo.pt

A edição deste ano do raid automóvel TransPortugal tem algumas novidades, dentre as quais a passagem por terras sabugalenses, nomeadamente em Malcata, Sabugal e Sortelha.

26.ª TransPortugalA 26.ª edição do TransPortugal, que se realiza nos dias 20 e 21 de Setembro, propõe algumas alterações face à edição do ano passado.
A prova foi encurtada em cerca de 100 quilómetros, pelo que o evento irá ser concentrado em apenas dois dias (sábado e domingo), com cerca de 200 quilómetros em cada jornada.
O local de partida e chegada será Monfortinho, localidade fronteiriça do distrito de Castelo Branco, seguindo depois o percurso maioritariamente por terras da Beira Baixa, embora tocando as terras da Beira Alta com uma incursão pelo concelho do Sabugal.
No primeiro dia a comitiva passará por Aranhas, Penamacor, Meimoa, Meimão, Malcata, Sabugal, Sortelha, Pedrógão, Proença-a-Velha e Idanha-a-Velha, terminando em Monfortinho. O almoço será na aldeia histórica de Sortelha.
A segunda etapa, saindo de Morfortinho, passará por Penha Garcia, Salvador, Penamacor, Águas, Medelim, Monsanto e regresso ao ponto de partida. Desta feita o almoço será na aldeia de Águas, no concelho de Penamacor, seguida de visita à Feira de Coleccionismo e do Veículo Antigo da Beira Baixa, que se realiza naquela localidade. A iniciativa consiste numa exposição de viaturas clássicas, miniaturas, brinquedos e muitos outros objectos coleccionados por José Megre.
Haverá percursos rápidos, em asfalto, mas também percursos de montanha, bem ao sabor dos condutores de veículos de todo-o-terreno.
A organização do TransPortugal/2008 resulta da parceria entre duas entidades: o Clube Aventura e o Megre Motorsport.
plb

A aldeia histórica de Sortelha foi o ponto de partida para o passeio comemorativo do primeiro aniversário do Porsche Fans Portugal. Os membros participantes concentraram-se com as suas potentes máquinas na manhã do dia 5 de Julho, no Largo do Castelo e seguiram após o almoço para a Serra da Estrela.

O Porsche Fans Portugal, presidido por José Luís Jacob, comemorou o primeiro aniversário no fim-de-semana de 5 e 6 de Julho com um passeio turístico pela Serra da Estrela.
A concentração dos membros e proprietários das potentes máquinas deu-se em terras do Sabugal na aldeia história de Sortelha a partir das 9 horas da manhã. Para os que preferiram chegar de véspera a organização reservou alojamentos nas casas de turismo de habitação.
Os participantes tinham à sua espera uma recepção organizada pelo presidente da Junta de Freguesia de Sortelha, Luís Paulo, que aproveitou para promover a sua «jóia» com uma visita guiada pelas ruelas do interior das muralhas do castelo.
Entre as 11 e as 12.30 horas os motores das máquinas fizeram-se ouvir em competição cronometrada desde o cruzamento da Bendada até Sortelha devorando a rampa ladeada de barrocos do lado Norte.
O troço de estrada utilizado tem todas as condições, com curvas apertadíssimas e beleza natural, para se transformar num prémio anual de automobilismo denominado «Rampa de Sortelha» contribuindo para a promoção turística da nossa região. A pensar…
O almoço-convívio com diversos pratos da gastronomia raiana decorreu em Sortelha no Restaurante D. Sancho. A partida da caravana deu-se pelas duas e meia da tarde para o kartódromo de Seia, com passagem por Tortosendo, Unhais da Serra e Sabugueiro.
No fim-de-semana de 13 e 14 de Setembro as belíssimas máquinas voltam ao concelho do Sabugal numa organização conjunta do Porsche Fans Portugal e do Capeia Arraiana.
O programa inclui a concentração no sábado de manhã no Largo do Castelo do Sabugal, uma prova cronometrada de perícia durante a tarde, uma visita ao Centro Cívico Nascente do Côa à noite, uma passagem pelas freguesias acasteladas durante a manhã de domingo e muitas surpresas.
jcl

PARA MAIS TARDE RECORDAR…
Clique nas imagens para ampliar

O Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) disponibiliza 95 milhões de euros para candidaturas de recuperação de minas abandonadas e locais contaminados com o objectivo de minimizar os riscos para a Saúde e para o Ambiente.

Termas Radium de Sortelha (Sabugal)Entre os projectos a submeter à aprovação pela Comissão Europeia no período do QREN (2007-2013) incluem-se a recuperação de minas de urânio abandonadas nas regiões Centro (distritos do Interior), Noroeste e Alentejo.
Entre os locais de intervenção prioritária, pelos riscos de contaminação dos solos e águas, destacam-se os terrenos afectos à antiga zona industrial de Estarreja, a antiga Siderurgia Nacional (Seixal e Maia), a zona industrial do Barreiro, o complexo de Sines e a bacia do Alviela.
No anterior quadro de apoios comunitários foram desenvolvidas acções para minimizar os riscos existentes em alguns locais referenciados onde estão depositados resíduos perigosos e que vão ter agora continuidade.
As candidaturas para «Recuperação do Passivo Ambiental» estão inseridas no apoio «Prevenção, Gestão e Monitorização de Riscos Naturais e Tecnológicas do Programa Nacional de Valorização do Território» com um orçamento de 762 milhões de euros.
O período de candidaturas decorre até 29 de Agosto e contempla serviços, organismos e empresas públicas tuteladas pelos Ministérios do Ambiente e da Economia e outras entidades, públicas ou privadas sem fins lucrativos.
jcl

A acção de reflexão sob o lema «Batalha: Pensar o Turismo Cultural com os escritores» e a sua ligação à vida e obra de Miguel Torga reuniu no dia 15 de Março, na Batalha, mais de uma centena de participantes. A aldeia histórica de Sortelha foi o ponto de partida para esta peregrinação, coordenada por José Cymbron, pelos concelhos eminentemente torguianos propondo o «Turismo Cultural» e o «Dia de Torga».

«Hoje sei apenas gostar duma nesga de terra debruada de mar» (Torga)

Miguel Torga (Batalha)Sob a coordenação do professor universitário José Cymbron, ausente por doença, decorreu no sábado, 15 de Março, no Mosteiro da Batalha e no Auditório Municipal uma acção de reflexão alusiva à temática do Património Cultural Português, a sua ligação à Educação e ao Turismo e à passagem de Miguel Torga pelo concelho.
O director do Mosteiro de Santa Maria da Vitória, Júlio Ribeiro Órfão, serviu de guia aos mais de cem participantes no percurso pela grandiosidade arquitectónica do monumento que foi reconhecido em 1983 como Património Mundial.
Logo depois da entrada, à direita, a Capela do Fundador, onde repousam no mesmo túmulo os restos mortais do rei D. João I e de sua esposa D. Filipa de Lencastre e as Capelas Imperfeitas (que os estrangeiros preferem chamar Capelas Inacabadas) foram o cenário ideal para escutar textos literários de Miguel Torga, Camões, Pessoa, Alexandre Herculano, Oliveira Martins, Lopes Vieira, Jaime Cortesão, José Travaços, Jorge Dias e Carlos Queirós entre outros.
Nos jardins exteriores os convidados de honra, general Ramalho Eanes (antigo Presidente da República) e esposa (Manuela Eanes), descerraram uma lápide com o texto do Diário de Miguel Torga, de 15 de Março de 1983, alusivo à sua passagem pela Batalha: «As Capelas Imperfeitas. Vim contemplá-las novamente com a imaginação, como devia competir a todos os portugueses pelo menos uma vez na vida.»
Os participantes deslocaram-se de seguida para o Auditório Municipal onde foram recebidos pelos alunos da Sociedade Artística e Musical dos Pousos (SAMP) que sob a batuta do maestro Alberto Roque interpretaram, afinadíssimos, algumas músicas clássicas.
As comunicações estiveram a cargo do general Ramalho Eanes, de Carlos Henriques (vereador da cultura da Câmara da Batalha) e de Carlos Vieira (administrador do INP-Instituto das Novas Profissões).
A intervenção do coordenador científico do projecto, José Cymbron, impossibilitado de estar presente fisicamente, com o título «O que fazer com a obra de Miguel Torga?», foi lida por Mafalda Patuleia e continha oito propostas. O Capeia Arraiana disponibiliza para cópia o documento na íntegra mas aproveitamos para destacar a segunda proposta:
«Avançar com um projecto da Junta de Freguesia de Sortelha, que visa criar um Centro de Divulgação da Obra de Miguel Torga, e que se propõe dar início já em 2008 a quatro eventos torguianos, um em cada uma das estações do ano. É com muita satisfação que vos digo que estão hoje, connosco, o presidente da Junta de Sortelha (autor do projecto), o vereador da cultura do Sabugal e o sabugalense Dr. Bernardino Henriques, que no passado ano publicou um livro fruto de uma investigação desenvolvida ao longo de dez anos: Miguel Torga – (Quase) na Primeira Pessoa.»
A comitiva sabugalense com António Robalo, vereador da cultura do município, Luís Paulo, presidente da Junta de Freguesia de Sortelha e Bernardino Henriques, investigador torguiano natural dos Fóios, aproveitou para convidar o general Ramalho Eanes a estar presente em Sortelha no Encontro de Maio sobre Torga.

Propostas de José Cymbron: O que fazer com a obra de Miguel Torga?
jcl

A campanha publicitária da Knorr «A Melhor Sopa do Mundo» foi integralmente filmada na Aldeia Histórica de Sortelha. O anúncio conta com a participação de residentes na aldeia que foi virtualmente apelidada pelos publicitários de «A-das-Sopas».

Os cenários únicos de Sortelha foram palco das filmagens do anúncio da campanha da Knorr que teve início a nível nacional no dia 21 de Fevereiro em diferentes suportes publicitários.
A promoção «Melhor Sopa do Mundo» apresenta o lançamento das novas sopas frescas da marca fundada em 1838 pelo alemão Carl Henrich Knorr.
Os anúncios foram integralmente filmados na aldeia histórica de Sortelha e tiveram a participação de habitantes locais.
O enredo da criação publicitária conta a história de uma remota aldeia portuguesa denominada «A-das-Sopas» que se orgulha de ter «A Melhor Sopa do Mundo» até que um dia os sinos tocam a rebate para que no largo da aldeia o regedor anuncie: «Dizem que chegou aí uma sopa tão boa como a nossa.»
As imagens com a aldeia de Sortelha (que durante dois dias se transformou num estúdio ao ar livre) vão estar presentes em televisão, outdoor, imprensa e internet até final de Março.
Idealizada pela dupla criativa Tiago Cruz e Issac Almeida para a JWT conta com a direcção criativa de João Oliveira e Jorge Barrote e foi produzida pela Tangerina Azul.
O património e a superior beleza das nossas terras raianas e em especial da freguesia presidida por Luís Paulo é um cartão de visita turístico que a todos nos enche de orgulho. Naturalmente natural e com muita qualidade de vida.
jcl

A aldeia histórica de Sortelha acolhe no sábado, 12 de Janeiro, um colóquio sobre a vida e obra de Miguel Torga com a presença de José Cymbron, José Afonso, Maria Isabel Boura e outros ilustres especialistas.

Adolfo Correia da Rocha nasceu a 12 de Agosto de 1907 em São Martinho de Anta, aldeia transmontana no concelho de Sabrosa.
Em 1928, com 21 anos, inscreveu-se na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra e exerceu a profissão de médico até à sua morte em 17 de Janeiro de 1995. Nesse mesmo dia secou a pena do escritor que desde 1934 utilizava o nome de Miguel Torga.
Miguel Torga, José Cymbron e Luis Paulo«São Martinho de Anta é a terra onde nasci e de onde verdadeiramente nunca sai» escreveu um dia o poeta que tem gravado na campa um poema intitulado «A Morte»:

Só no ouvido dos versos,
Onde a seiva não corre,
Uma rima perdura
A dizer com brandura
Que um Poeta não morre
.

E é à volta da vida e obra de Miguel Torga que irão falar e discursar mais de vinte especialistas na Aldeia Histórica de Sortelha. O professor universitário José Cymbron, impulsionador do Dia de Miguel Torga a 12 de Agosto e estudioso da sua obra é uma das presenças confirmadas. O especialista não tem dúvidas em afirmar que «Torga é um dos maiores escritores de sempre da língua portuguesa porque durante 60 anos escreveu sobre Portugal com uma visão extremamente actualizada do que é a nacionalidade e a universalidade».
Estão previstas as intervenções de José Conceição Afonso, director regional de Castelo Branco do IPPAR, de Maria Isabel Boura, gestora das Aldeias Históricas e do director da Escola Secundária do Sabugal que estará acompanhado de alunos que irão ler textos do escritor.
«Miguel Torga escreveu sobre Sortelha numa das suas publicações denominadas Agenda, recebeu o Prémio Camões e é digno da nossa homenagem», esclareceu ao Capeia Arraiana, Luís Paulo, presidente da Junta de Freguesia de Sortelha. A iniciativa merece que seja apresentada pela voz do autarca: «A organização deste acontecimento cultural é uma parceria entre a Junta de Freguesia e o professor José Cymbron. Vamos descerrar uma placa alusiva ao acontecimento no Largo do Pelourinho e lançar a Rota Cultural de Miguel Torga de Sortelha até Espanha passando pelos Fóios», concluiu com orgulho.
jcl

Sortelha acolheu a cerimónia de escritura pública de constituição da Associação de Casas Históricas de Riba Côa, que tem por objectivo a defesa e a divulgação do património histórico da região.

Sortelha recebeu fundadores da associaçãoA escritura foi celebrada na casa da Viscondessa de São Sebastião, Luísa Charters, pelas 11 horas, do passado dia 5 de Outubro.
Trata-se de uma associação constituída por proprietários de casas antigas, ou solares, que pretendem ver esse património defendido e valorizado, dada a sua importância histórica no contexto regional. As casas que integram a Associação de Casas Históricas de Riba Côa localizam-se na região. Mais em concreto, fundaram a colectividade os proprietários de casas históricas de Sortelha (Viscondessa de São Sebastião), Ruvina (Natália Correia Guedes), Vilar Maior (José António Rebocho e Pina), Freineda (Fausto Lages Proença Garcia), Castelo Bom (João Moutinho dos Santos), Almeida (Augusto José Moutinho Borges e António José de Sousa Júnior), Reigada (José de Castro e Solla), Pinhel (Metello e Nápoles), Mata de Lobos (Magalhães Crespo e Manuel Braga da Cruz), Castelo Rodrigo (Galhardo Simões), Almendra (Celso Madeira e Alexandra Caldeira).
A nova associação ficou com os corpos sociais definidos, presidindo à direcção Miguel Esperança Pina, ao conselho fiscal Fausto Lages Proença Garcia e à mesa da assembleia geral Luísa Charters (a Viscondessa de São Sebastião). Existe ainda um órgão consultivo da agremiação, de que fazem parte Braga da Cruz, Natália Correia Guedes, Marinho dos Santos, Jorge Brito e Abreu, Francisco Proença Garcia, João Moutinho Borges e Madalena Kleisseles de Albuquerque.
plb

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Novembro 2019
S T Q Q S S D
« Fev    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.159.149 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES