You are currently browsing the tag archive for the ‘federacao’ tag.

Dando continuidade à candidatura à Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas (FPCG), a lista que integra a Confraria do Bucho Raiano apresentou-se publicamente ontem, dia 26 de Setembro, no Porto, no Solar dos Condes de Resende.

A lista «Ousar Crescer» pretendeu, segundo a candidata à presidência, Olga Cavaleiro, mostrar que quer fazer diferente, apostando na aproximação aos que acreditam nas potencialidades do movimento confraternal gastronómico português.
O orador convidado foi o Dr Domingos Silva, que sugeriu algumas ideias para o futuro da federação e defendeu a «coesão» como princípio estruturante da actividade das confrarias.
A lista candidata à FPCG é assim constituída:
Conselho Directivo
Presidência: Confraria da Doçaria da Doçaria Conventual de Tentúgal
Vice-Presidências: Confraria do Bucho Raiano, Confraria do Queijo Serra da Estrela, Confraria dos Ovos Moles de Aveiro, Confraria Gastronómica da Madeira, Confraria do Bucho de Arganil, Confraria da Maçã Portuguesa.
Suplentes: Confraria As Sainhas e Confraria do Bodo.
Mesa do Congresso e Conselho Geral
Presidência: Confraria das Almas Santas da Areosa e do Leitão
Vice-Presidências: Confraria Gastronómica dos Gastrónomos dos Açores e Confraria do Cabrito e da Serra do Caramulo.
Secretários: Confraria do Moliceiro e Confraria dos Gastrónomos da Região de Lafões
Suplentes: Confraria Gastronómica O Rabelo e Confraria Gastronómica da Carne Barrosã
Conselho Fiscal
Presidência: Real Confraria do Maranho.
Relatores: Confraria Gastronómica do Ribatejo e Confraria do Bolo de Ançã.
Suplentes: Confraria da Broa de avança e Confraria das Papas de São Miguel.
A Confraria do Bucho Raiano esteve representada na cerimónia de apresentação da candidatura pelo Grão-Mestre, Joaquim Leal, e pelos confrades Francisco Santos e Rosa Santos.
plb

Anúncios

O propósito que estabelecemos para o ano de 2010 de evidenciar e exaltar o Património Cultural Imaterial que em boa hora foi atribuído à Gastronomia Portuguesa foi cumprido e a FPCG levou por diante um conjunto de iniciativas com o apoio de muitas confrarias.

Madalena Carrito - Presidente FPCGQuando estamos a viver com alguma ansiedade aquilo que o futuro nos reserva é também o momento de fazer uma introspecção e uma análise sobre muitos dos desafios que temos pela frente. Ao longo de todos estes anos em que dirigimos os destinos da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas (FPCG) têm sido colocadas na ordem do dia algumas questões relevantes para a defesa e para a valorização dos nossos produtos e da Gastronomia Portuguesa em geral.
Alertámos para a necessidade de estabelecer regimes de excepção para as especificidades que nos singularizam, apelámos ao consumo dos produtos endógenos criando riqueza en termos locais e regionais, realizámos um congresso onde debatemos os estrangulamentos e se apontaram estratégias, procurámos sensibilizar entidades públicas e privadas. Tinhamos razão!
A sustentabilidade do nosso país passa por um esforço e uma viragem nas práticas de todos nós, de forma a potenciar a nossa riqueza e a promover a qualidade do que se serve à mesa.
O empenho que as confrarias gastronómicas portuguesas têm demonstrado na defesa e promoção das suas especificidades próprias, são o garante de um futuro diferente e mais concertado. Estamos a viver uma época em que decididamente o trabalho das confrarias é valorizado e reconhecido. Já não se identificam estes movimentos apenas pelas refeições e desfiles, mas sim, pelo seu envolvimento em termos culturais, turísticos e sociais. E as confrarias já perceberam qual a sua função e qual o caminho que devem trilhar.
Todos os dias temos notícias de cidadãos que individualmente se destacam pelas suas posições, pelo estudo, investigação e escrita em torno da cozinha portuguesa, valorizando o potencial que esta representa e contribuindo por isso para a sua divulgação e conhecimento.
Cada vez mais os turistas que nos procuram – Portugal ocupa os primeiros lugares quando se trata de Gastronomia – são atraídos por novas experiências que conjugam um conjunto de oportunidades, nomeadamente no que se refere à identidade e ao saber fazer tradicional.
Por isso mesmo acreditamos que as propostas e as candidaturas para atribuição dos prémios que a Federação instituiu irão surgir em elevado número tornando difícil o parecer e a selecção do júri.
Queremos dar visibilidade e reconhecer o que de tão extraordinário se faz no nosso país e esperamos que as confrarias, as instituições e os cidadãos em geral se envolvam, propondo os melhores, para cada uma das áreas a distinguir.
Defender o nosso processo produtivo, valorizar a essência e as origens do nosso receituário, promover os territórios e as suas especificidades, reflectir e investigar apontando caminhos, são apenas alguns princípios do muito que temos para realizar.
Que o ano de 2011 possa ser vivido num espírito de salutar e verdadeiro humanismo.
Madalena Carrito
Presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas

Comunicado do Presidente da Direcção do Sporting Clube do Sabugal sobre o apuramento para o lugar de representatividade do distrito da Guarda na Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Judo na época desportiva de 2011.

Judo - Sporting Clube Sabugal

«Foi com grande satisfação que o Sporting Clube do Sabugal foi informado pela Associação responsável pela modalidade do Judo, desporto com uma secção no Clube Raiano, que o Sporting Clube do Sabugal iria ser o clube representante do Distrito da Guarda, para o Judo, nas Assembleias da Federação Portuguesa de Judo em 2011.
Estamos satisfeitos com a situação pois é fruto de trabalho e dedicação de todos os envolvidos na secção de judo do Clube que há mais de 15 anos se esforçam para fomentar o desporto e os bons valores que esta modalidade olímpica transmite aos seus praticantes.»
Carlos Janela

A Câmara Municipal do Sabugal e a Associação dos Bombeiros Voluntários do Sabugal foram homenageadas durante a primeira Gala da Federação dos Bombeiros do Distrito da Guarda. Na cerimónia que teve lugar em Folgosinho na sexta-feira, 10 de Dezembro, estiveram presentes representantes dos corpos de bombeiros e o Governador Civil, Santinho Pacheco, igualmente distinguído pela sua dedicação à causa do associativismo e voluntariado nos soldados da paz.

Gala Federação Bombeiros Distrito Guarda - Delfina Leal e Luís Carlos Carriço

A Federação dos Bombeiros do Distrito da Guarda homenageou figuras e entidades que se destacaram pelos seus feitos ou apoios à causa do associativismo e voluntariado nos bombeiros durante o ano de 2010.
A Câmara Municipal do Sabugal – representada por Delfina Leal, vice-presidente – recebeu uma placa e um diploma em reconhecimento pelo apoio prestado aos Bombeiros do Sabugal aquando do acampamento da juventude e do encontro do Quadro de Honra organizado «com tanto brilho e competência» que levou o Governador Civil, Santinho Pacheco, a propor a realização do mesmo tipo de eventos em anos futuros.
A Associação dos Bombeiros Voluntários do Sabugal – representada por Luís Carriço, presidente da Direcção – foi, igualmente, homenageada por ter assumido em condições difíceis e tempo recorde a organização do acampamento da Juventude e o encontro do Quadro de Honra, que tiveram lugar entre os dias 27 e 30 de Agosto no Sabugal.
Uma homenagem invulgar estava reservada para a família com mais elementos no voluntariado dos bombeiros. São, nada mais nada menos, 16 bombeiros da mesma família que prestam serviço no distrito da Guarda na corporação de Vila Nova de Tazém. Os 14 elementos da família Oliveira que marcaram presença (com idades entre os cinco e os 60 anos) perfilaram perante todos os participantes para uma merecida ovação.
A Câmara Municipal da Guarda, representada pelo presidente Joaquim Valente, o sub-chefe Nuno Marques, delegado distrital da Juvebombeiro e o comandante Seara Pires, destacado dirigente associativo, foram igualmente homenageados durante a I Gala da Federação dos Bombeiros da Guarda.
O último homenageado da noite foi Santinho Pacheco, governador civil da Guarda, que ouviu rasgados elogios dos responsáveis pela Federação e corporações dos Bombeiros pela «disponibilidade e preocupação que sempre demonstrou ter para auxiliar os bombeiros na resolução de alguns dos múltiplos problemas com que nos temos confrontado e pela sensibilização, com coragem, junto do Poder Central das nossas realidade e carências, constituindo-se num porta-voz coerente dos anseios e necessidades das associações e corpos de bombeiros do distrito da Guarda e, ainda pelos múltiplos auxílios prestados para a consolidação da vida dos bombeiros, retratado no apoio inexcedível à realização e manutenção da gala».
A Federação dos Bombeiros do Distrito da Guarda, representa 23 associações e seus corpos de Bombeiros, constituídos por mais de 3000 directores e 3247 bombeiros dos quadros de honra de comando, activo, honra e reserva.

Na I Gala dos Bombeiros do distrito da Guarda em Folgosinho esteve, também, presente Maria Benedita Rito Dias, presidente da direcção dos Bombeiros Voluntários do Soito.
jcl

Quatro milhões de euros!!!! É esta a quantia que o advogado de Carlos Queirós pede à Federação Portuguesa de Futebol pelo despedimento do seu constituinte, segundo notícia inserida no «Jornal de Notícias». Claro que não sendo Carlos Queirós parvo, vai alegar que o despedimento foi sem justa causa.

João Aristídes Duarte - «Política, Políticas...»Confesso que pouco ou nada percebo de futebol (como já tinha referido em crónicas anteriores), mas não posso deixar de referir que me parece que isto anda tudo ligado.
Em 1 de Março deste ano, uma crónica minha sobre o «hino» que Carlos Queirós escolheu para ser o da selecção portuguesa de futebol («I Gotta Feeling», dos Black Eyed Peas) levantou alguma polémica entre os leitores deste blogue.
É claro que eu criticava a escolha de um tema de uma banda norte-americana para «hino», quando em Portugal existe muito boa música (e bons músicos).
Nessa altura era politicamente incorrecto dizer isso ou o que quer que fosse contra o senhor Carlos Queirós.
Devo referir aqui que, como membro da Assembleia Municipal do Sabugal, me abstive (para não votar contra) num voto de louvor à selecção (chamada de «todos nós») e referi isso mesmo: abstinha-me porque não concordava que o «hino da selecção» fosse um tema de uma banda norte-americana. Honra seja feita a Ana Vilardell, também deputada municipal, que votou contra esse voto de louvor.
Aquando da vitória da selecção nacional de futebol sobre a Coreia do Norte, por sete a zero, Carlos Queirós era tratado como um herói nacional, bem como todos os jogadores. Confesso que não sabia onde me meter, porque eu não gostava de Carlos Queirós e ai de mim se dissesse alguma coisa.
Selecção NacionalHoje é o que se vê. Carlos Queirós passou de bestial a besta, de herói passou a ser quase um traidor. Já não interessa para nada, já não vale nada.
É meu entendimento que se Carlos Queirós e a selecção portuguesa tivessem ganho o Campeonato do Mundo (ou, digamos, ficassem classificados em terceiro lugar) nada se teria passado com Queirós. Continuaria a ser um herói, ninguém queria saber do que se passou com o famigerado controlo anti-doping e não só não seria despedido, como teríamos que o aturar (e mais as suas teorias), constantemente, nas televisões.
Tudo isto para dizer o quê? Se a Constituição proposta pelo PSD estivesse já em vigor, Carlos Queirós e mais o seu advogado bem poderiam dizer adeus à indemnização de quatro milhões de euros, uma vez que o despedimento passaria a ser mais fácil de resolver. Um «motivo atendível» é mais fácil de verificar do que uma «justa causa» (como ainda consta da Constituição da República Portuguesa).
É por isso que tenho que dizer que Carlos Queirós, se ganhar o recurso para os tribunais por ter sido despedido sem justa causa, prestou um grande serviço a Portugal.
A partir da sentença (que confesso, quero que seja favorável a Queirós) veremos quem quererá que na Constituição conste o despedimento «por motivo atendível».
«Política, Políticas…», opinião de João Aristides Duarte

(Deputado da Assembleia Municipal do Sabugal)
akapunkrural@gmail.com

Reportagem de «O Interior TV» no 1.º Capítulo da Confraria do Bucho Raiano no Sabugal. A peça assinada pelo jornalista Ricardo Cordeiro teve edição de imagem de Rafael Mangana e Lisete Cruz.

1.º Capítulo da Confraria do Bucho Raiano - O Interior Tv
Vodpod videos no longer available.

Emissão on-line de «O Interior Tv». Aqui.
jcl

Mesmo em época de Carnaval, os atletas do Sporting Clube do Sabugal deslocaram-se neste último fim-de-semana, de 13 e 14 de Fevereiro, a Coimbra para participar no sábado no Campeonato Nacional de Esperanças (15/16 anos) e no domingo, no Torneio Nacional da Federação Portuguesa de Judo, prova do escalão sénior, pontuável para o Ranking Nacional.

Ana Rita Figueiredo - Judo - Sporting Clube do SabugalNo sábado, dia 13, entrou para o tapete Ana Sofia Figueiredo, que teve de participar na prova, na categoria de peso acima do habitual (-57kg), tendo assim de competir em -63 kg, onde realizou uma excelente prova, passando duas eliminatórias, e acabando por perder o combate para a medalha de bronze, ficando no entanto no quadro de honra num expressivo 5.º lugar. Na mesma categoria de peso, Maria Luísa Freitas, do Clube de Judo da Guarda, ainda foi repescada, mas não conseguiu ultrapassar as suas oponentes, não obtendo assim classificação.
No domingo, dia 14, entraram em acção mais de 200 judocas de todo o país, numa das mais importantes competições nacionais no escalão de seniores. Esta prova reúne em algumas categorias de peso mais participantes que o próprio campeonato Nacional, visto ser um «Open» e não estar sujeito a quotas de participação tendo, inclusivamente, marcado presença judocas espanhóis. O objectivo de cada participante é arrecadar o máximo de pontos para subir mais algumas posições no respectivo ranking.
Mais uma vez o Sporting Clube do Sabugal garantiu a representação do distrito da Guarda com duas Judocas. Em -57kg, Carla Vaz teve um bom desempenho mas não conseguiu sair do grupo de acesso às meias-finais. Foi na categoria de peso mais leve desta prova que Ana Rita Figueiredo em -48 kg se classificou em 2.º lugar, perdendo apenas com a atleta da Madeira que viria a ganhar o peso. De salientar que esta jovem judoca de 17 anos competiu numa prova de seniores, onde a medalha de prata lhe garante desde já a presença no Campeonato Nacional do escalão em Dezembro.
Segundo o treinador as três judocas Raianas tiveram um bom comportamento competitivo, prestigiando o seu próprio desempenho bem como dignificando a atitude do Judoca e respectiva aprendizagem e conhecimentos que têm vindo a desenvolver nos treinos.
djmc

GALERIA DE IMAGENS  –  13-2-2010
Fotos Capeia Arraiana  –  Direitos Reservados  –  Clique nas imagens para ampliar

GALERIA DE IMAGENS  –  13-2-2010
Fotos Capeia Arraiana  –  Direitos Reservados  –  Clique nas imagens para ampliar

A Confraria do Bucho Raiano do Sabugal formalizou o pedido de adesão à FPCG-Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas.

FPCG-Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas«Caros Confrades.
O Conselho Directivo da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas reunido no dia 1 de Fevereiro, em Santarém, deliberou por unanimidade a admissão provisória da Confraria do Bucho Raiano do Sabugal, pelo período de um ano, verificada a conformidade dos requisitos legais.»

Assim começa a carta assinada por Madalena Carrito, Presidente da FPCG-Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas dando conhecimento do resultado do pedido de adesão formulado pela Confraria do Bucho Raiano.
A FPCG é o órgão máximo das Confrarias Gastronómicas portuguesas e tem como filiadas 56 confrarias efectivas e oito em período probatório.
A Federação está dotada de estatutos, simbologias, regulamentos interno e de adesão, código de ética, sugestões de boas práticas e cartas gastronómicas.
Para Madalena Carrito as «cartas gastronómicas em defesa da história da nossa alimentação e na recuperação do saber fazer dos nossos antepassados são fundamentais para identificar quais os produtos, os ingredientes e as formas de confecção que ainda é possível defender e promover» apoiadas num «receituário tradicional seleccionado para vender, internacionalizar e valorizar a nossa gastronomia».
A admissão da Confraria do Bucho Raiano do Sabugal foi feita, por meio de proposta, apresentada por dois membros efectivos – Confraria da Chanfana de Vila Nova de Poiares e pela Confraria do Queijo da Serra da Estrela – no pleno gozo dos seus direitos e submetida e aprovada pelo Conselho Directivo da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas na reunião ordinária de 1 de Fevereiro de 2010.
Na cerimónia do I Capítulo de Entronização da Confraria do Bucho Raiano do Sabugal marcado para 17 de Abril a associação raiana vai ter como confrarias madrinhas a Confraria da Chanfana e a Confraria do Queijo da Serra da Estrela de que faz parte o ilustre escritor raiano Manuel Leal Freire.
Na sequência da adaptação da regulamentação da Federação e da revisão do Livro de Usanças da Confraria foram aprovados mais dois cargos na Chancelaria. Os órgãos sociais da Confraria ficam assim constituídos:

CAPÍTULO
Grão-Mestre Capitular: Joaquim Leal (Sortelha)
Capitular-Ajudante: António Manuel Bogas (Sabugal)
Capitular-Relator: António Vinhas Ricardo (Aldeia de Santo António)

MESA DE VEDORES
Vedor-Mor: José Morgado Carvalho (Soito)
Vedor-Ajudante: Paulo Cruz (Aldeia Velha)
Vedor-Relator: António Manuel Ferreira (Sabugal)

CHANCELARIA
Chanceler: Paulo Leitão Batista (Sabugal)
Vice-Chanceler: José Carlos Lages (Ruivós)
Almoxarife: Paulo Terras Saraiva (Castanheira)
Escrivão das Leis: Horácio Pereira (Sabugal)
Fiel de Usanças: José Marques (Sabugal)
Mestre de Cerimónias: Natália Bispo (Sabugal)
Porta-Estandarte: João Valente (Vilar Maior)

Para o próximo sábado, 13 de Fevereiro, está marcado o VI Almoço da Confraria do Bucho Raiano no Restaurante Robalo do Sabugal.
jcl

Reuniu no dia 27 de Janeiro a primeira Assembleia Geral da Confraria do Bucho Raiano, a qual elegeu os corpos sociais para o próximo biénio, que substituirão a Comissão Instaladora, que vem administrando a agremiação desde que a mesma foi formalmente constituída, em 6 de Maio de 2009.

Brasão da Confraria do Bucho Raiano do SabugalA Assembleia Geral, ou Capítulo, que se realizou em Lisboa, decidiu ainda mudar a sede da Confraria para o Sabugal, em local a definir, o que obrigará a uma alteração aos Estatutos, onde consta a Casa do Concelho do Sabugal em Lisboa como sede da associação.
Outro dos pontos tratados foi a apresentação de contas relativamente ao ano de 2009, que foram aprovadas pelos confrades presentes. Segundo o quadro apresentado pela Comissão Instaladora, a Confraria gastou no último ano 1.145 euros, quase na sua totalidade para pagamento dos actos notariais e demais registos ligados à constituição formal da associação.
Os corpos sociais da Confraria do Bucho Raiano do Sabugal ficaram assim constituídos:

CAPÍTULO
Grão-Mestre Capitular: Joaquim Leal (Sortelha)
Capitular-Ajudante: António Manuel Bogas (Sabugal)
Capitular-Relator: António Vinhas Ricardo (Aldeia de Santo António)

MESA DE VEDORES
Vedor: José Morgado Carvalho (Soito)
Vedor-Ajudante: Paulo Cruz (Aldeia Velha)
Vedor-Relator: António Manuel Ferreira (Sabugal)

CHANCELARIA
Chanceler: Paulo Leitão Batista (Sabugal)
Vice-Chanceler: José Carlos Lages (Ruivós)
Almoxarife: Paulo Terras Saraiva (Castanheira)
Escrivão das Leis: Horácio Pereira (Sabugal)
Fiel de Usanças: José Marques (Sabugal)
Mestre de Cerimónias: Natália Bispo (Sabugal)
Porta-Estandarte: João Valente (Vilar Maior)

Os elementos eleitos para os vários órgãos sociais tomarão posse no final do almoço anual do bucho, previsto para o Sabugal, no dia 13 de Fevereiro.
O I Capítulo de Entronização da Confraria do Bucho Raiano está marcado para o dia 17 de Abril de 2010 com a presença de representantes da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, das duas Confrarias Madrinhas (Confraria da Chanfana de Vila Nova de Poiares e Confraria do Queijo da Serra da Estrela) e de confrarias convidadas de todo o país. A cerimónia incluirá a entronização de Confrades de Honra e um grande almoço onde o bucho raiano será rei.
plb

O ministro da Agricultura, Jaime Silva, afirmou em Santarém no Encontro Nacional de Caçadores que as verbas para as associações da caça já está a ser distribuído.

JavaliAs boas notícias para os caçadores não se fizeram esperar durante o 17.º Encontro Nacional de Caçadores que decorreu em Santarém integrado na 21.ª edição da Expocaça.
O ministro da Agricultura, Jaime Silva, anunciou que os 2,5 milhões de euros da verba que resulta de 30 por cento das receitas obtidas com a emissão das cartas de caçador iriam começar já esta semana a serem distribuídas.
Estes valores vão servir para acções de formação aos caçadores e também para que as associações possam desempenhar tarefas que anteriormente cabiam à administração central.
O Ministro foi, também, confrontado por Jacinto Amaro, presidente da Federação Portuguesa de Caça (Fencaça), sobre a necessidade de criação de um serviço específico dentro do Ministério da Agricultura para que os processos com as organizações de caçadores se tornem mais rápidos nas suas resoluções.
O Ministro aceitou que a Autoridade da Floresta Nacional (AFN) não consegui cumprir o que estava acordado e daí a demora, mas que agora já estavam criados todos os mecanismos que fariam com as situações fossem mais rapidamente resolvidas.
No final deste encontro Jacinto Ramos mostrou-se bastante satisfeito com os progressos anunciados pelo ministro e a comprová-lo está a primeira ordem de transferência já efectuada.
Regressa assim a paz entre as associações de caçadores e o Governo.

Mais informações relativas à época de caça Aqui.
aps

O «Portugal Equestrian Tour» (PET) é um circuito de cinco Concursos Internacionais de Saltos SI), a realizar-se de 22 de Maio a 22 de Junho, patrocinado pelo Instituto de Turismo de Portugal, e que tem como objectivo promover o desporto e o hipismo em Portugal.

Portugal Equestrian TourEsta iniciativa é coordenada pela Federação Equestre Portuguesa (FEP) em colaboração com as organizações dos cinco concursos e destina-se a incentivar a elite de cavaleiros internacionais a escolher Portugal como destino de excelência para a prática de desportos equestres.
A FEP, fundada em 1927, representa todo o desporto equestre em Portugal, é membro da Federação Equestre Internacional (FEI), do Comité Olímpico de Portugal (COP), da Confederação do Desporto de Portugal (CDP), da Federação Internacional de Turismo Equestre (FITE), e ainda do International Group for Equestrian Qualifications (IGEQ).
Contou em 2005 com quase 4000 praticantes e 1762 cavalos registados para competição nas nove disciplinas que a integram, contando ainda com 120 centros hípicos registados e certificados pela federação.
Lisboa – 22 a 25 de Maio – Sociedade Hípica Portuguesa.
Já na sua 88.ª edição, este é o evento, equestre internacional de maior importância, a nível nacional, sendo o mais antigo da Europa a realizar-se no mesmo local. Esta edição será a primeira de cinco estrelas, o mais alto nível internacional, recentemente atribuído pela FEI. Prize money: 180.000€.
Vimeiro – 29 de Maio a 1 de Junho – Centro Hípico Hotel Golf Mar.
O Centro Hípico do Hotel Golf Mar integra várias estruturas de lazer e situa-se na Região de Turismo do Oeste, a 60 quilómetros de Lisboa, com cómodos acessos por auto-estrada (A8), inserido numa propriedade de 220 hectares, com acesso directo a três praias. O excelente recinto de saltos com 9000m2 de piso relvado é um dos melhores, mesmo em comparação com a oferta europeia. Prize money: 165.000€.
Ponte de Lima – 6 a 8 de Junho.
A Go On – Sport Events tem uma ligação ao mundo equestre de mais de 30 anos. Nasceu com o objectivo de organizar e captar para Portugal eventos desportivos com dimensão internacional. Prize money: 165.000€.
Portimão – 12 a 15 de Junho – Centro Hípico Belmonte.
O CSI Portimão é um evento de alto nível que se realiza desde 1999, sendo uma manifestação desportiva de referência que tem trazido alguns dos melhores cavaleiros do mundo, mas também como um evento de forte impacto mediático que promove a imagem do Algarve e de Portimão como destino turístico e palco de grandes eventos desportivos. Prize money: 165.000€.
Vilamoura – 20 a 22 de Junho – Centro Hípico de Vilamoura.
O Centro Hípico de Vilamoura, dirigido por Rui Rosado, tem como objectivo principal a afirmação de Vilamoura, do Algarve e de Portugal como destino turístico diferenciado e qualificado. Este tipo de evento atrai um segmento alto de turistas e visitantes, ao qual interessa apresentar, em sequência do produto hípico, as outras ofertas da região e do país, contribuindo para a redução de sazonalidade. Prize money: 165.000€.
aps

Dois comboios especiais organizados pela Federação Portuguesa de Basquetebol (FPB) em parceria com a CP transportaram até Portimão cerca de 1300 participantes na Festa do Basquetebol. O apito da partida foi dado nas estações de Porto-Campanhã e de Coimbra.

Festa do Basquetebol em PortimãoPartiu na passada quinta-feira da estação de Porto-Campanhã um comboio especial fretado pela FPB com o apoio da CP para transportar cerca de 1300 participantes na Festa do Basquetebol.
Na cidade Invicta o comboio iniciou a marcha com as selecções das Associações de Basquetebol de Braga, Porto, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança e em Aveiro e Coimbra entraram as selecções locais.
Um outro comboio aguardava na cidade dos estudantes as selecções da Guarda, Viseu e Castelo Branco para as transportar, também, com destino à festa algarvia. Pelo caminho foi parando para entrarem os seleccionados de Santarém, Lisboa, Madeira, Açores, Alentejo e Setúbal.
O convívio e a confraternização entre os atletas das várias comitivas é o principal objectivo desta iniciativa a nível nacional com a cerimónia de abertura marcada para esta sexta-feira na Arena de Portimão.
As 72 selecções de basquetebol sub-16 e sub-14 de todo o país disputam no primeiro dia da competição 70 jogos para apurar as equipas vencedoras da primeira fase de grupos. Nesta eliminatória existem duas divisões com seis séries (três em cada divisão) cada série é composta por três selecções que se defrontam num jogo. Mediante a classificação final na fase de grupos, uma selecção pode subir ou descer de divisão na eliminatória seguinte, a fase de séries.
Os jogos decorrem entre as nove e as 20 horas em cinco pavilhões de Portimão, com destaque para o Portimão Arena com quatro jogos em simultâneo. Na edição deste ano todas as equipas jogam, pelo menos uma vez, no pavilhão principal da competição.
Entre 27 e 30 de Março a cidade algarvia está transformada na capital do basquetebol português.
aps

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Julho 2019
S T Q Q S S D
« Fev    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.141.627 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios