You are currently browsing the tag archive for the ‘fátima’ tag.

Todos os anos, no primeiro fim-de-semana de Outubro vou em excursão, com as gentes de Aldeia de Joanes a Fátima, inserido na Grande Peregrinação Franciscana, que se realiza a nível nacional. É interessante que a veneração a S. Francisco de Assis, tem alguma implementação na zona circundante do Fundão. Imagens, capelas e conventos são sinais dessa presença. Na viagem e na Cova da Iria, cruzamo-nos e encontramos oriundos de Aldeia Nova do Cabo, de Alpedrinha, de Castelo Novo e do Fundão.

É interessante ir em comunidade, compartilhar e partilhar os nossos farnéis, estarmos numa proximidade de uns com os outros.
Dormimos, descansamos na Casa de Nossa Senhora de Fátima, das Servas de Jesus, da Diocese da Guarda. Ali temos a simpatia e simplicidade das Irmãs e todas as condições para partilharmos as nossas refeições.
Chegados no Sábado, deslocámo-nos para a Igreja da Santíssima Trindade, onde em conjunto com milhares de «Irmãos Franciscanos», da Família Franciscana, assistimos à Eucaristia, presidida por um Bispo de Moçambique, em que não faltou a pregação inflamada, interessante, oportuna, mas curta do Padre Vítor Melícias, exaltando a mensagem fraterna de Francisco de Assis e da Obra Franciscana em Portugal e no Mundo.
O Grupo Coral das Irmãs Franciscanas com a sua música litúrgica e vozes apuradas, convidam-nos para um ambiente de espiritualidade e de fraternidade.
Á noite, com tempo de verão, milhares de pessoas incorporam-se na Procissão das Velas, com um caudal comovente de luz e de fé.
No Domingo de manhã, percorri as proximidades da Igreja da Santíssima Trindade. Fico sempre encantado com a sua beleza e grandiosidade. Paro junto das diversas portas imponentes e trabalhadas com inscrições evangélicas de salvação. No seu interior, admiro e medito no painel em tons dourados, suavíssimo atrás do altar, obra com simbologia bíblica. Olho para a figura simples, forte, escura e poderosa na sua agonia de um Cristo Crucificado. Junto ao altar a imagem branca de Nossa Senhora, com muita espiritualidade e leveza, fazendo-me lembrar uma jovem camponesa trajada à moda das pastorinhas. No centro do altar, um relicário com um pedacinho de uma pedra do túmulo de S. Pedro de Roma a dar-nos a imagem da universalidade da mensagem de Fátima.
Cá fora, olho para aquela altíssima e estilizada cruz e mais à frente a Estátua de João Paulo II. Aqui fico em silêncio alguns minutos. Não posso ir a Fátima sem fazer uma visita obrigatória a este saudoso Papa. Desta vez toquei-lhe acentuadamente no seu manto pontifício, como que o agarrei e pedi-lhe muito baixinho uma graça muito especial, que só ele ouvisse, porque há sempre muita gente junto dele. Foi-me concedida, bem-haja, João Paulo II.
Ali está, numa escultura notável, repleta de piedade e comovente autenticidade, concebida por um seu conterrâneo, com a anotação das viagens ao Santuário de Fátima.
Terminadas as Cerimónias Dominicais, com o inesquecível adeus à Virgem, regressamos a Aldeia de Joanes, num são e agradável convívio, numa jornada franciscana muito feliz e de espiritualidade.
Regressámos às nossas normalidades da vida, com cadências, ritmos, com altos e baixos, pressas e paragens e esperanças. São estes momentos de espiritualidade que nos devem fazer mais fortes e seguros para resistir às inúmeras dificuldades e austeridades. Porém, devemos estar sempre vigilantes e activos.
Uma palavra de simpatia e agradecimento, para o Senhor Higino Serra Cruz que todos os anos organiza esta Peregrinação da Família Franciscana, e desta vez, me proporcionou escrever estes «OLHARES DE FÁTIMA» e a todos os acompanhantes de Aldeia de Joanes.
António Alves Fernandes – Aldeia de Joanes

Aproximando-se as celebrações do 94.º aniversário das Aparições de Fátima, a Guarda Nacional Republicana realiza uma operação, entre 29 de Abril e 13 de Maio, com o objectivo de garantir a segurança na deslocação dos os peregrinos e nas celebrações religiosas.

GNR - Peregrinos FátimaAnualmente acorrem a este evento centenas de peregrinos pedestres que, muitas vezes, circulam em vias sem bermas ou com bermas deficientes e ainda com más condições de iluminação, aumentando assim os riscos de atropelamentos.
Neste sentido, o Comando Territorial da Guarda da GNR informou, em nota à comunicação social, que reforçará o dispositivo nas principais vias de circulação utilizadas pelos peregrinos, tendo especial atenção à EN 17, entre Celorico da Beira e São Romão (Seia).
A GNR deixa alguns conselhos aos peregrinos:
– Caminhar em fila indiana e não em grupo;
– Caminhar pelo lado esquerdo da via
– Sinalizar o inicio e fim dos grupos;
– Não caminhar na estrada, mas na berma;
– Não usar os IP nem nos IC na caminhada para Fátima
– Usar sempre coletes reflectores, mesmo durante o dia;
– Se for preciso reunir o grupo, fazê-lo sempre fora da estrada;
– Não usar auscultadores de rádio nem o telemóvel enquanto caminha na estrada;
– Não caminhar mais de 30 quilómetros por dia, e fazê-lo em passo moderado;
– Fazer pausas de uma hora na caminhada da manhã e duas horas no fim do almoço;
– Ter atenção permanente aos carros mesmo quando reza ou canta;
– Não andar sozinho de noite.
Em caso de necessidade os peregrinos não deverão hesitar em contactar Posto Territorial da GNR mais próximo.
plb

O Santuário de Fátima retoma, a partir deste mês de Novembro, um ciclo de conferências temáticas de carácter mensal. Cada conferência, é aberta ao público e gratuita, e terá lugar na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, no Santuário, no segundo domingo de cada mês. A conferência do dia 8 de Novembro tem como orador o ensaista e pensador sabugalense Jesué Pinharanda Gomes.

Pinharanda GomesA primeira conferência marcada para o próximo domingo, 8 de Novembro, será sobre São Nuno de Santa Maria (Nuno Álvares Pereira) e terá como orador Pinharanda Gomes que destacará «Aspectos histórico-biográficos» do novo santo português.
A 13 de Dezembro, o padre Luciano Cristino abordará a «Dimensão mariana e relação com Fátima».
Para o início de 2010, estão agendadas três conferências: a 10 de Janeiro, 14 de Fevereiro e 14 Março, que versarão sobre o Ano Sacerdotal. Com tema e conferentes a anunciar oportunamente, esta série procurará, nas palavras do Reitor do Santuário de Fátima, padre Virgílio Antunes, reflectir sobre o «tema teológico, doutrinal, espiritual e pastoral do sacerdócio».
No âmbito do centenário da Implantação da República em Portugal, está também agendada, para 10 de Outubro de 2010, uma conferência intitulada «100.º aniversário da implantação da República em Portugal» por António Fernandes.
jcl

A Bismula é uma freguesia do concelho do Sabugal cujo povo é muito devoto. A sua fé foi recentemente expressa em duas celebrações religiosas: o Corpo de Deus e a festa de Nossa Senhora de Fátima.

Corpo de Deus na BismulaDia do Corpo de Deus
A nossa aldeia homenageia sempre os dias festivos da Igreja. Foi assim que no dia 12 de Junho o povo se reuniu na igreja para celebrar a efeméride do «Corpo de Deus». A celebração começou com a Missa a que se seguiu a procissão com o Santíssimo Sacramento.
Eis algumas dicas do celebrante da eucaristia, Reverendo Padre Hélder:
«Por ser dia de Corpo de Deus, é dia de caridade, que cada cristão saiba pedir mais fé, mais caridade e mais amor. Por isso estamos reunidos na eucaristia. Eucaristia que é sinal da unidade celestial. Não é o padre que embeleza a eucaristia. É a Assembleia que lhe dá beleza e sentido. Eucaristia é a aliança entre Deus e os Homens. Mas, será essa a relatividade vivida na nossa comunidade? Comunicamos nós com o vizinho, às vezes sentado cada um em sua ponta do banco?»
Dicas alusivas a este acto, da Bíblia Sagrada:
«E o Senhor Jesus – designação solene de Jesus Glorificado – foi arrebatado ao céu.
Jesus, como Deus, reina com o Pai e, como homem, participa da glória e poderes divinos e governa a Igreja do seu trono celeste.
O Senhor nos defenderá não só dos perigos manifestos, mas das ciladas ocultas dos inimigos da fé.
O crer não é a simples adesão a verdades especulativas; é a fé verdadeira e prática no Evangelho. O qual contém verdades teóricas a que a inteligência deve sujeitar-se, e verdades práticas que a vontade deve aceitar traduzindo-as em acto.
O campo da actividade apostólica não tem limites, é toda a criatura, o mundo todo e, nele, quando são capaz de entender e crer, isto é, todo o género humano, sem distinção de nacionalidade, raças ou regiões.»

Festa da Senhora de Fátima na BismulaFesta de Nossa Senhora de Fátima
No dia 31 de Maio passado, tivemos na nossa freguesia a Festa de Nossa Senhora de Fátima. A esta festa, sempre muito concorrida, o povo aderiu em massa. Foi celebrada a missa pelo Pároco Reverendo Padre Hélder. Depois a procissão percorreu a rua do costume com a imagem de Nª Senhora de Fátima, também esta engalanada a preceito.
Todos estes ritos servem para animar a fé e os seus rectos caminhos, onde a emoção, o afecto e a nobreza do coração são a maior riqueza. No entanto, sem um puro discernimento facilmente se degenera para o campo da vaidade, o lado oposto da verdade e do bem, tornando-se rituais esvaziados de significado, em que a fé está ausente e o Evangelho é letra morta.
José Augusto Vaz

Foi na Cova da Iria, freguesia de Fátima, que, em 1917, três crianças Lúcia de Jesus, com dez anos, Francisco e Jacinta, de nove e sete anos, afirmaram que «por volta do meio-dia e depois de rezar o terço viram uma luz em cima de uma azinheira e apareceu uma senhora mais brilhante que o sol». Essa senhora pediu que lhe chamassem Nossa Senhora do Rosário. Pediu, também, para que fosse construída uma capela em sua honra naquele local. A partir daquele dia realizam-se, todos os 13 de Maio, entre Maio e Outubro, peregrinações a este local.

Nossa Senhora de FátimaEste ano a tradicional peregrinação contou com milhares de pessoas. Neste local de fé este ano foram adicionadas novos apelos às preces, o desemprego, a vida cada vez mais difícil, a saúde e de uma forma ou de outra a ajuda para ajudar a tudo superar.
Também o Bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, reconheceu que a crise que vivemos é um assunto de muita preocupação.
O prelado pediu «solidariedade para com o que sofrem as consequências mais desagradáveis desta crise».
D. António também apelou pela comunhão espiritual com o papa Bento XVI que se encontra em viagem à Terra Santa.
Para que tudo corra bem e para que este acto seja em todos os sentidos um acto de fé os peregrinos devem obedecer às regras prés-estabelecidas pelas forças policiais que apesar do enorme fluxo de pessoas não houve incidentes a reportar. A Protecção Civil enviou mais uma vez as suas equipas para o campo afim de prestar a sua ajuda para que nada pudesse impedir os fiéis de alcançar o santuário. Cerca de 1200 fiéis pediram ajuda e alguns deles foram evacuados para o hospital de Santo André, em Leiria. Foram, também, distribuídos cerca de 30 mil folhetos para esclarecimento da Gripe A em várias línguas e também se encontra no local um espaço para o caso de aparecer alguém suspeito.
O encerramento do 92.º aniversário do aparecimento de Nossa Senhora aos Pastorinhos fez-se com a tradicional procissão do Adeus à Virgem presenciada por cerca de 150 mil peregrinos, provenientes de 24 países, acenando com lenços brancos.

Página na Internet do Santuário de Fátima Aqui.
aps

Foi uma história bem contada aquela que nos conduziu até às aldeias bem antigas do nosso Portugal ainda desconhecido, como Castelo Mendo, Almeida, Sortelha e Aldeã del Bispo, já em território espanhol.

Passeio Todo-o-TerrenoA aventura, porque foi disso que se tratou, já que muitos dos quilómetros foram percorridos fora de estrada e em veículos 4×4, começou bem cedo em Fátima num sábado a ameaçar chuva, mas não passou disso mesmo.
Miúdos e graúdos, enfim, toda a família como é timbre destes passeios da «Tracção Total de Fátima» num total de 80 participantes distribuídos por 28 veículos todo-o-terreno rumaram ao norte mas bem lá para o interior por entre vales e serras com paisagens deslumbrantes que só os 4×4 nos podem proporcionar.
A anteceder a visita a Castelo Mendo, uma aldeia histórica do século XII, outrora concelho, e que veio a ser declarada monumento nacional no ano de 1946 em conjunto com o seu castelo medieval construído no século XIII por D. Dinis, toda a caravana montou arraiais num parque de merendas ali bem próximo e era chegada a hora do piquenique, entenda-se almoço.
O sol deu o seu contributo ao convívio onde não faltou animação e o habitual partilhar de saborosos petiscos, onde imperou o tradicional coelho à moda da Ortiga, sobremesas, café, tudo bem regado, pois claro, com o tinto cá da região.
Terminada a visita à Aldeia de Castelo Mendo, e por trilhos fora de estrada lá chegamos a Almeida para uma outra visita, agora ao Centro Histórico onde se destaca o Castelo, o antigo convento de Nossa Senhora do Loreto, actual igreja matriz e a Fortaleza que teve importante papel defensivo do território Nacional a partir do século XVI. Foi só em 1927 que perdeu a função de praça de guerra.
Retomados os trilhos, lá seguimos entre paisagens agrestes rumo ao desconhecido. É que, ao pararmos numa pequena aldeia e sem que disso a caravana se tivesse apercebido (excepção à organização), alguém perguntou a uma senhora onde estávamos. «En España! En Aldea del Bispo», respondeu «e vivo aqui há muitos anos, mas sou portuguesa e com muito orgulho».
A noite estava a cair, eram horas de rumar a Vilar Formoso para o jantar, muito bom, e alojamento em hotel de óptimas condições.
Para este dia a organização tinha reservado um passatempo interessantíssimo que ocupou grande parte do tempo. Era necessário preencher um questionário que incluía perguntas sobre pontos de visita e de passagem. Um outro questionário, que veio a revelar-se fatal para os participantes, incluía perguntas sobre o código da estrada. Uma reciclagem ao código não fazia mal a ninguém. À noite após o jantar foram anunciados os vencedores. Uns contemplados com viagens e outros com a oferta da anuidade das quotas de sócio.
Segundo dia de aventura, um domingo com céu cinzento, mas sem chuva e pouco frio. Como o previsto, a meio da manhã chegámos ao Convento de Nossa Senhora de Sacaparte e Cruzeiro que fica a dois quilómetros da freguesa de Alfaiates, concelho do Sabugal.
Do conjunto fazem parte alpendres onde se realizavam feiras, ruínas do Convento, igreja, chafariz, cruzeiro e fonte de mergulho. Anualmente realiza-se ali uma festa onde se juntam centenas de pessoas vindas de vários pontos do País. São festas afamadas.
Existem várias lendas sobre a origem do nome Sacaparte. Uma delas, dizem as «más línguas» que o nome se deve a que, como este caminho fazia parte da rota dos Caminhos de Santiago, os monges daqui sacavam logo parte do que os peregrinos levavam para Compostela, era o tributo que pagavam pelo alojamento.
E porque se tratava de um recinto propicio a festas, à volta de uns bolinhos e de um cálice de abafado, aconteceu um momento de animação musical com o Jó e o Lecas ao acordeão o Armando com o seu «ranhoso» transmitiram ali uma alegria contagiante que até permitiu um pezinho de dança.
Com passagem pelo Sabugal onde chegamos por trilhos, seguimos até à Aldeia Histórica de Sortelha, de fundação medieval datada do século XIII. Entre muralhas todas as casas foram recuperadas em respeito pelo seu traçado medieval e também aqui se encontram algumas infra-estruturas de apoio, como bares, restaurantes, casas de alojamento, enfim um espaço muito agradável e a convidar para uma outra visita mais pormenorizada.
Após um almoço delicioso servido ali mesmo entre muralhas, e, com a caravana disposta a acabar com o licor de morango servido num dos bares, veio uma forte chuvada, para retemperar a viagem até Fátima.
Foi um passeio agradável, bem organizado, e deixou em todos o desejo de voltar embora que por outros caminhos, mas de certeza a valer a pena. Portugal é muito grande em história.
Como nota final, fica um agradecimento à organização, pelo excelente passeio que nos proporcionou, em particular, aos directores da «Tracção Total de Fátima», Ricardo, Lecas e Valter. Bem-haja.
José Vieira Gonçalves (Notícias de Fátima)

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 840 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Dezembro 2021
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.235.524 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES