You are currently browsing the tag archive for the ‘2011’ tag.

Ao balcão de um bar, enquanto refrescava o palato com um moscatel, o homem do bar tinha um desabafo, «ao ano que aí vem, não lhe anunciam nenhuma coisa boa. O melhor será prolongar este!». Apresentou, de seguida, um rol de argumentos que sustentavam a sua afirmação. Resolvi, nesse momento, que escreveria o texto deste final de ano com esse pensamento.

Voltemos o olhar para trás e, procuremos visualizar este ano que agora chega ao fim. Primeiro um olhar para Portugal. Começámos o ano com um governo e, praticamente com a certeza, que não o terminaríamos com o mesmo. Como facto do ano, marco o fim do socratismo e o início do passísmo. Também neste ano, o Sr. Silva (Presidente da República) sucedia ao Sr. Silva. Outro facto. E, referir, as mentiras que foram vendidas por um voto nas campanhas eleitorais. Entretanto a Troika aparecia por cá. E, a seu mando (ou talvez não), cortava-se em tudo e em todos (eu diria, nos que trabalham) e aumentavam-se os impostos. Mais um facto. Politicamente, este ano, marca a passagem do governo de Portugal para uns funcionários do FMI. Não relato aqui os muitos acontecimentos económicos e financeiros. Seria esgotante e monótono! Contudo, constatar, o aprisionamento da Democracia pelo dinheiro. Facto.
Neste final de ano, retiro, ainda, o vazio dos discursos políticos. Ninguém aponta, estruturalmente, uma ideia para o país. Nenhum profere uma única palavra de esperança e de confiança.
Portugal divide-se, aceleradamente, entre o litoral e o interior. Aquele, sobrelotado. Este, abandonado. O país perde tradições, saberes e sabores. Perde memória. E um país sem memória é um país sem futuro.
Quanto a nós, arraianos, pelo concelho do Sabugal, o ano decorreu envolto nas inumeráveis indecisões da formação de um executivo camarário. Nunca se sabe quem é quem! Quanto a políticas, parecem permanecer nas quezílias da «Sabugal+» e da sua administração, nos concursos e promoções… O facto é, a sensação de estagnação. Como se o concelho estivesse numa estação de caminhos de ferro, à espera de um comboio, mas por onde já não passam comboios!
Contudo, uma excelente notícia! A classificação da capeia arraiana como património cultural imaterial nacional. Foi a melhor marrada do ano!!!
No mundo, realço dois acontecimentos que marcaram este ano. O primeiro, a chamada «Primavera árabe». Marca uma página na História da Humanidade. Todavia, uma questão: para onde caminha essa primavera? Em direcção à liberdade que os fez sair à rua?
O segundo, o fracasso do ideal da União Europeia. Em consequência, o ressuscitar de velhos fantasmas, colocam a Europa perante um futuro incerto e obscuro.
Voltando ao bar, não sei se valerá a pena prolongar este ano. Prefiro acreditar que o próximo terá que ser melhor.

A todos os arraianos, a todos os portugueses, a todos os homens de boa vontade, um BOM ANO NOVO.

P.S. Declaro que sou contra o novo Acordo Ortográfico. Porque o considero um acto de terrorismo e de traição à língua portuguesa e, literalmente, um baixar de calças aos interesses brasileiros.
«A Quinta Quina», crónica de Fernando Lopes

fernandolopus@gmail.com

Anúncios

O ano que agora finda foi rico em acontecimentos no concelho do Sabugal, na região e no país, que sucessivamente reportámos no Capeia Arraiana. Ao longo do ano, e até ao momento, foram editados 1.142 posts, com notícias, artigos de opinião, imagens fotográficas e em vídeo, que deram azo a uma profusão de comentários, que por sua vez proporcionaram um debate salutar. Apresentamos seguidamente uma retrospectiva do que foi o ano de 2011 no Capeia Arraiana.

JANEIRO
O início do ano 2011 ficou marcado pelas eleições presidenciais, que se realizaram em 23 de Janeiro e em que Cavaco Silva foi reeleito, derrotando à primeira volta os restantes candidatos: Manuel Alegre, Fernando Nobre, Francisco Lopes, José Manuel Coelho e Defensor de Moura. No concelho do Sabugal Cavaco Silva alcançou 3.622 votos, que corresponderam a 63 por cento.
António Dionísio foi eleito provedor da Santa Casa da Misericórdia do Sabugal, o que aconteceu após um período de indefinição e de ausência de listas concorrentes. O candidato do PS à presidência da câmara nas eleições de 2009, regressou assim à vida pública, após ter superado um problema de saúde e de ter renunciado ao lugar de vereador.
Também a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Sabugal teve eleições para os órgãos sociais, igualmente após um período em que não apareceram Listas concorrentes. Luís Carlos Carriço viu-se «obrigado» a manter o «fardo» que já carrega há 25 anos. Ramiro Matos manteve-se como presidente da Assembleia Geral. A novidade foi António Robalo, presidente da Câmara Municipal, que passou a ocupar o lugar de presidente do Conselho Fiscal.
Nos dias 14 e 16 de Janeiro o Sabugal recebeu a segunda edição da Taça Hugo dos Santos em Basquetebol, que se realizou no Pavilhão Municipal, contando com a participação das equipas do Porto, Benfica, Académica e Vitória de Guimarães.
O governo anunciou que as auto-estradas SCUT passariam a ter portagens a partir de 15 de Abril. Porém as vicissitudes do processo fariam com que as portagens apenas fossem introduzidas no final no ano.

Joaquim RicardoFEVEREIRO
O vereador Joaquim Ricardo bateu com a porta, abandonando as funções de vereador em permanência, rompendo assim o acordo que acertara com o presidente António Robalo, e com base no qual garantira uma maioria política estável na Câmara do Sabugal. «Sem estratégia, sem condições, sem equipa… enfim, sem rumo, não me restava outra alternativa senão apresentar a minha demissão», disse Joaquim Ricardo num comunicado contundente e muito duro para com António Robalo, ao qual este nunca viria a responder publicamente.
Soube-se em Fevereiro que o concurso para a concessão da exploração comercial e turística do balneário termal do Cró, lançado no final de 2010, ficou deserto. A falta de investidores interessados em explorar o Cró levaria à sua exploração pela própria autarquia, através da empresa municipal Sabugal+.
Com as obras de construção da ligação à A23 paradas desde o final do ano anterior, o presidente da Câmara do Sabugal prestou declarações à agência Lusa, onde defendeu que deveria ser o governo a assumir a continuação das obras, cujo custo anteviu entre 10 a 15 milhões de euros. Segundo o presidente, a Câmara gastou na obra um milhão e 200 mil euros, valor contestado pelos vereadores da oposição que consideram que esse valor apenas respeita aos protocolos assinados com o exército, faltando contabilizar os trabalhos de «administração directa».
Os municípios que integram o sistema intercamarário de fornecimento de água anunciaram pretender denunciar o contrato com a empresa Águas do Zêzere e Côa. Essa foi a reacção, face a um novo aumento nos preços do fornecimento de água, que os municípios consideraram gerador da sua asfixia financeira.

MARÇO
No dia 5 de Março realizou-se o II Capítulo da Confraria do Bucho Raiano, cuja primeira parte teve lugar no Sabugal, com a cerimónia de entronização, e a segunda parte no Soito, com recepção na Junta de Freguesia e almoço no Restaurante «O Martins».
Foi criada a Rede de Judiarias de Portugal, da qual o Sabugal não fez parte, mau grado o património histórico de origem judaica que o concelho dispõe. Na escritura estiveram os municípios de Belmonte, Castelo de Vide, Freixo de Espada à Cinta, Guarda, Lamego, Penamacor e Trancoso, bem como as Entidades Regionais de Turismo de Douro da Serra da Estrela, Lisboa e Vale do Tejo, Oeste, Alentejo e Algarve, assim como a Comunidade Judaica de Belmonte. A Câmara do Sabugal viria a aderir só no final do ano.
O Bucho Raiano foi candidatado ao Concurso das 7 Maravilhas da Gastronomia Portuguesa, num processo organizado pela Câmara Municipal do Sabugal com o apoio da Confraria do Bucho Raiano. O bucho não seria seleccionado pelo júri para a segunda fase do concurso, contudo foi marcada uma posição, colocando-se esse prato típico ao lado das outras ementas tradicionais da gastronomia nacional.

ABRIL
O mês de Abril ficou marcado pelas cerimónias oficiais da evocação do bicentenário da Batalha do Sabugal. No Auditório Municipal o professor Adérito Tavares explicou o «expansionismo napoleónico na Península Ibérica» perante uma plateia repleta de alunos. Fez-se o lançamento do livro «Sabugal e as Invasões Francesas», de Manuel Francisco Veiga Gouveia Mourão, Joaquim Tenreira Martins e Paulo Leitão Batista. O prefácio e a apresentação do livro estiveram a cargo do filósofo e pensador Pinharanda Gomes, a que se seguiu um colóquio dedicado às invasões e à batalha do Sabugal.
No dia 6 de Abril o Secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro, veio ao Sabugal, onde defendeu que o Interior do país «nunca esteve tão bem em termos de atenção e de investimentos concretos, como está agora».
Depois do chumbo a um projecto de plantação de eucaliptos em Santo Estêvão, a Câmara do Sabugal decidiu dar luz verde a um projecto similar na Quinta de Valverdinho, na freguesia do Casteleiro, o que gerou polémica.
A queda do governo de José Sócrates e a consequente marcação de eleições legislativas antecipadas para o dia 5 de Junho, levou à definição das listas de candidatos a deputados. O PSD indicou para cabeça de lista pelo círculo da Guarda o politólogo Manuel Meirinho, natural da freguesia do Soito, concelho do Sabugal. Já o PS incluiu na lista pelo mesmo círculo a vereadora do PS na Câmara do Sabugal, Sandra Fortuna, natural do Casteleiro.
O director do Teatro Municipal da Guarda, Américo Rodrigues, recebeu no dia 25 de Abril a Medalha de Mérito Cultural atribuída pela Ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, que disse tratar-se de uma homenagem «sentida, profunda e sincera», que enaltece o trabalho cultural realizado pelo agraciado nos últimos 30 anos.

MAIO
O mês de Maio ficou marcado pelo anúncio de que o escritor Manuel António Pina foi o vencedor do Prémio Camões 2011, o mais importante galardão da língua portuguesa. Nascido na vila do Sabugal no dia 18 de Novembro de 1943, sucedeu na atribuição do prémio, entre outros, a Miguel Torga, Vergílio Ferreira, Jorge Amado, José Saramago, Eduardo Lourenço, Pepetela, Sophia de Mello Breyner, Agustina Bessa-Luís e António Lobo Antunes.
Na Câmara Municipal do Sabugal soaram as campainhas de alarme com a informação de que a autarquia ultrapassou o valor limite de endividamento fixado na lei do Orçamento do Estado para 2011. Nos termos da Lei o Município do Sabugal não pode apresentar um endividamento líquido superior a 7.243.561 euros, porém o valor da dívida líquida ultrapassa esse valor, atingindo já os 7.628.169 euros.

JUNHO
As eleições de 5 de Junho determinaram uma viragem política, com a queda de Sócrates e a ascensão de Passos Coelho. No distrito da Guarda o PSD alcançou três deputados, o que constituiu um resultado histórico, alterando o tradicional equilíbrio (2 e 2) com o PS. O PSD venceu em todos os concelhos do distrito e no concelho do Sabugal obteve 3472 votos (48,20%) contra 2004 (27,82%) do PS.
No dia 12 de Junho, foi apresentado o livro «Forcão – Capeia Arraiana», da autoria de António Cabanas e Joaquim Tomé, o que aconteceu no Auditório Municipal do Sabugal.
O primeiro-ministro, Passos Coelho, anunciou no seu discurso de tomada de posse, no dia 22 de Junho, que não iria nomear novos governadores civis, pondo termo a um lugar político que há muito se anunciava como sendo a extinguir.
Na Assembleia da República a deputada social-democrata Assunção Esteves foi eleita à primeira volta para presidir ao hemiciclo, após a tentativa gorada da eleição da primeira escolha de Passos Coelho, o médico Fernando Nobre. A antiga juíza do Tribunal Constitucional é a primeira mulher a ser eleita presidente da Assembleia da República.
A Assembleia Municipal do Sabugal decidiu, por unanimidade, atribuir ao escritor sabugalense Manuel António Pina a medalha de mérito cultural do Município, aprovando assim uma proposta apresentada pelo presidente da Câmara.

JULHO
Os dados dos Censos 2011 indicam que o concelho do Sabugal perdeu 2327 residentes em dez anos. A actual população residente é constituída por 12.544 habitantes, contra 14.871 em 2001. A população portuguesa regista 10.555.853 indivíduos e cresceu 1,9 por cento em dez anos.
A 4 de Junho o Capeia Arraiana noticiou que a Inspecção-Geral da Administração Local (IGAL) estava na câmara Municipal do Sabugal, no âmbito da realização de uma inspecção ordinária aos serviços da autarquia, apontando-se ainda as áreas a auditar.
Poucos dias após o início da verificação da IGAL, o inspector informou o presidente da Câmara que os dois vogais da empresa municipal Sabugal+ estavam em incompatibilidade de funções, devendo ser reposta a legalidade, o que obrigou a uma quarta mudança no Conselho de Administração da empresa em menos de dois anos. Vítor Proença e Fernanda Cruz abandonaram os lugares que ocupavam no Conselho de Administração, que passou a ser presidido pela vice-presidente da Câmara, Maria Delfina Leal, e tendo por vogais o vereador do PSD Ernesto Cunha e o professor Amândio Simão Pires.
No dia 23 de Julho a foz do rio Côa subiu à nascente. Uma delegação de autarcas de Vila Nova de Foz Côa vieram até ao Sabugal e aos Fóios, onde visitaram o local onde nasce o rio e estreitaram contactos com os autarcas sabugalenses.

Capeia Arraiana - SabugalAGOSTO
No início de Agosto soube-se que o investidor privado da parceira público-privada Côa Camping SA, que tem por objectivo a construção e exploração de um parque de campismo e caravanismo no Sabugal, desistiu do investimento, o que inviabiliza o projecto acordado com a Câmara Municipal do Sabugal.
A meio do mês chegou a notícia de que o Ministério da Educação iria encerrar mais escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico, três das quais no concelho do Sabugal: as escolas básicas de Aldeia da Ponte, Rapoula do Côa e Vila Boa.
O dia 12 de Agosto de 2011 foi memorável para o Sabugal. Pela primeira vez a cidade raiana foi palco de um início de etapa da Volta a Portugal em Bicicleta, a que se juntou a transmissão em directo de um programa televisivo a partir do Largo da Fonte.
Agosto foi, como é da tradição, o mês das capeias arraianas, que se realizaram nas diversas aldeias, culminando no também já indispensável festival «Ó Forcão Rapazes», que se realizou em Aldeia da Ponte, onde os capeadores de nove povoações do concelho do Sabugal mostram como se lida o toiro com o forcão.

SETEMBRO
Setembro começou com uma notícia triste para os sabugalenses: a morte, no dia 9, de José Gonçalves Sapinho, de 73 anos, nascido no Sabugal, ex-presidente da Câmara Municipal de Alcobaça e deputado à Assembleia da República.
Soube-se que os funcionários da Câmara Municipal do Sabugal teriam de repor parte dos vencimentos recebidos, em consequência de uma indevida aplicação do Sistema de Avaliação dos Funcionários da administração Pública (SIADAP) e da alteração à posição remuneratória.
Nos dias 24 e 25 de Setembro, a aldeia histórica de Sortelha, antiga vila e sede de condado, reviveu os tempos áureos, o que foi testemunhado por um mar de gente que ali foi para visitar a feira medieval.

OUTUBRO
Em Outubro falou-se no Documento Verde da Reforma da Administração Local, apresentado pelo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, que estabelece critérios para a redução de juntas de freguesias que, aplicadas ao distrito da Guarda, fazem desaparecer 212 freguesias, num total de 336. No concelho do Sabugal desaparecerão 20 freguesias, o que corresponde a metade das que o concelho tem actualmente.
A Confraria do Cão da Serra da Estrela realizou a cerimónia de entronização da confraria e dos seus confrades no dia 23 de Outubro, na aldeia histórica de Sortelha, local onde a agremiação tem a respectiva sede.
O Tribunal de Contas decidiu que o presidente da Câmara Municipal do Sabugal e os demais vereadores vão ter que pagar multa por terem autorizado trabalhos a mais na empreitada do Balneário das Termal do Cró, em vez de lançarem novos concursos de adjudicação. A multa a que cada vereador está sujeito vai de 1.530 a 15.300 euros.
A apresentação do relatório de gestão financeira da Câmara Municipal do Sabugal por parte do Revisor Oficial de Contas na reunião de Câmara de 27 de Outubro, levou os vereadores do Partido Socialista, e o vereador eleito pelo MPT, Joaquim ricardo, a tomarem posições formais com fortes críticas à situação financeira do Município

Santo Condestável - Pinharanda GomesNOVEMBRO
O início do mês ficou marcado pelo anúncio de que o Sabugal tem o melhor queijo de cabra do país. Trata-se do queijo «Quinta da Cabreira», produzido pela Lactibar, em Rendo, que foi distinguindo como o «Melhor Queijo 2011» na categoria «Queijo de Cabra (cura prolongada)» no concurso da Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios (ANIL).
Os oito séculos de História Autárquica do concelho do Sabugal foram assinalados no dia 10 de Novembro, agora chamado «Dia do Concelho». Em sessão solene foi entregue a medalha de mérito cultural do município ao escritor Manuel António Pina.
O tradicional almoço de bucho que a Confraria do Bucho Raiano organiza anualmente em Lisboa realizou-se no sábado, dia 12 de Novembro, juntando cerca de 70 confrades e amigos das terras raianas.
A Câmara Municipal do Sabugal anunciou que vai arrancar com a requalificação das margens do rio Côa, no percurso defronte da cidade, entre a Ponte do Açude e a Praia Fluvial, numa obra cujo orçamento ultrapassa os 500 mil euros.
A capeia arraiana, tourada popular exclusiva das terras raianas do concelho do Sabugal, foi registada como Património Cultural Imaterial no Inventário Nacional do Instituto dos Museus e da Conservação (IMC), tendo em conta o seu valor enquanto manifestação popular e etnográfica.
O filósofo e pensador, Jesué Pinharanda Gomes, natural de Quadrazais foi homenageado pelo Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias (CLEPUL) da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL) no dia 19 de Novembro, recebendo a Medalha de Mérito Cultural. No mesmo dia foi anunciado que cerca de 40 personalidades da cultura de Portugal, Espanha e Brasil propuseram ao reitor da Universidade de Lisboa a atribuição do doutoramento Honoris Causa a Pinharanda Gomes.

Porticos A23DEZEMBRO
No dia 8 de Dezembro começaram a ser cobradas portagens nas SCUT. Na Auto-estrada da Beira Interior (A23) as portagens custam 9 cêntimos por quilómetro, tornando-se numa das auto-estradas mais caras do país.
O Movimento Sim – pela criatividade em Portugal, anunciou que «O Maior Madeiro do País», de Penamacor, foi eleita a tradição de Natal mais criativa de Portugal, após uma votação através da Internet.
Os ladrões de cobre deixaram a Bismula e Ruivós sem telefones. Munidos de motosserras cortaram os 20 postes que suportavam os 2.100 metros de linha telefónica entre as duas aldeias do concelho do Sabugal, deixando as populações sem comunicações.
A 14 de Dezembro, a Assembleia Geral da Rede de Judiarias de Portugal aprovou, por unanimidade, em Trancoso, a adesão dos Municípios de Sabugal e de Alenquer.
plb

Não irei fazer grandes comentários sobre a Festa da Europa, que decorreu nos dias 28, 29, 30 e 31 de Julho, no Sabugal.

(Clique nas imagens para ampliar.)

João Aristides DuarteRefiro, apenas, que me pareceu interessante que para além dos espectáculos musicais, realizados à noite, tenha havido animação de rua com insufláveis, carrinhos e touro mecânico, o que faz com que mais gente participe na Festa. Também me pareceu interessante a Exposição sobre os trajes da Europa e do Mundo, patente junto ao Palácio da Justiça, para além da participação, já habitual, dos artesãos do concelho.
Enfim, este ano havia mais gente, o tempo ajudou e penso que tudo correu bem.
Em termos de espectáculos também foi muito bom…
Os Diabo na Cruz deram um bom espectáculo, os Quadrilha dera o melhor espectáculo que já tive oportunidade de presenciar (e já os vi ao vivo algumas 10 vezes). Os Anaquim foram fantásticos e A Caruma superou as minhas expectativas. Só é pena que haja gente que abandone o recinto, mal comecem os espectáculos, apenas por não conhecerem… Se fosse o Tony ficavam até ao fim… Mas aquela mania de as pessoas não se quererem aproximar do palco é que nunca mais tem fim… Devo dizer que eu estive, todas as noites, na primeira linha, bem junto ao palco.
Transcrevo aqui um comentário retirado do facebook, com o qual estou de acordo, de um fã de A Caruma que fez uma viagem de uma hora e meia para vir ver a banda ao Sabugal:
«Muito bom concerto no Sabugal. Pena que o público tenha desistido ainda o concerto não ia a meio, o que para mim indica uma falta de gosto pela qualidade musical e uma falta de respeito pelos artistas em palco. Mas pronto, bom concerto na mesma, valeu a pena a viagem de 1h30m que fiz para vos ir ver e ouvir os vossos grandes temas. – Tiago Leal»
«Música, Músicas…», crónica de João Aristides Duarte

(Deputado da Assembleia Municipal do Sabugal)
akapunkrural@gmail.com

A Associação da Mocidade de Aldeia do Bispo simulou uma Capeia Arraiana no recinto da Festa da Europa. Reportagem da jornalista Paula Pinto com imagem de Miguel Almeida da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

No dia 12 de Agosto, realiza-se a sétima etapa da Volta a Portugal em Bicicleta de 2011, que ligará o Sabugal à Guarda num exigente contra-relógio individual, que a organização considera dificíl.

«Para a sétima etapa está reservado o dificílimo contra-relógio individual entre o Sabugal e a Guarda. Além da extensão de 35,3 Km é preciso contar com o tipo de percurso entre a raia e a capital de distrito que é, nada mais, nada menos do que a cidade mais alta de Portugal.» É desta forma que a Organização da volta comenta a sétima etapa, a qual se poderá mostrar decisiva para a definição dos principais lugares da corrida deste ano.
Há de facto um percurso difícil, não apenas pela distância mas também pela altitude que é necessário alcançar. Cada ciclista correrá por si, durante os 35,3 quilómetros da prova, ligando a Escola Secundária do Sabugal (a 775 metros de altitude) à Câmara Municipal da Guarda (a 1013 metros de altitude). A prova tem no percurso 12 quilómetros no concelho do Sabugal.

A concentração dos ciclistas, equipas técnicas e demais meios de apoio está prevista para o meio-dia e meia hora, na Av 25 de Abril, no Sabugal, de onde o primeiro ciclista irá partir às 14.30 horas.
Após a partida, os corredores viram à direita para a Av Infante D. Henrique, e seguirão por esta via até à rotunda, onde tomarão a direita e atravessarão o rio Côa na nova ponte do Sabugal. Chegando à rotunda da margem esquerda do rio, voltam a tomar a direita e seguem no sentido da Guarda, na Estrada Nacional nº.233. Percorridos 2,5 quilómetros após a partida os corredores tomam a direita no cruzamento, seguindo na direcção da Rapoula do Côa, na Estrada Nacional nº.324. Aos 5,3 quilómetros os atletas viram à esquerda e tomam a direcção de Vila do Touro. Passam depois pelo Baraçal e por Vila do Touro. Nesta antiga vila acastelada do concelho do Sabugal os ciclistas sentirão dificuldades acrescidas ao circularem durante 900 metros sobre um piso empedrado. Pouco depois, 1,2 quilómetros após Vila do Touro, os ciclistas passam a ponte sobre a ribeira do Boi e deixam o concelhio do Sabugal, entrando no da Guarda.
Já no concelho da Guarda a prova prossegue por Pêga, Adão (onde está previsto o reabastecimento dos atletas), Catraia do Sortelhão, Panóias de Cima, Barracão e Guarda. Na cidade capital do distrito percorrerão diversas ruas até chegarem defronte ao edifício da Câmara Municipal, onde termina a etapa.

Joaquim Gomes, o director da prova, deixa a antevisão do que será essa sétima etapa, num percurso inédito na Volta a Portugal em Bicicleta:
«O contra-relógio que vai ligar a cidade do Sabugal à Guarda, deixa adivinhar já o fantasma da serra da Estrela, pois será percorrido praticamente sempre com a serra à vista. Apesar de não ser muito difícil em termos de relevo não deixa contudo de fazer a ligação de uma cidade, do Sabugal, que está a uma altitude considerável, à cidade mais alta de Portugal. Os contra-relogistas levarão certamente a melhor, mas atenção que um excelente desempenho nesse dia exige certamente aos eleitos uma boa recuperação para a etapa rainha do dia seguinte.»
plb

A tradição carnavalesca na raiana Aldeia do Bispo. Reportagem do jornalista Pedro Taborda com imagens de Miguel Almeida da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

A ExpoEstrela 2011 que decorre entre 4 e 8 de Março foi apresentada por Esmeraldo Carvalhinho, presidente da Câmara Municipal de Manteigas. Reportagem da jornalista Andreia Marques com imagens de Pedro Taborda da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

Local Visão Tv - Guarda
Vodpod videos no longer available.

jcl

Nas eleições 2011 para a Presidência da República, o candidato vencedor Aníbal Cavaco Silva alcançou 42.762 votos (59,98 por cento) no distrito da Guarda e 3.622 votos (63,01 por cento) nas 40 freguesias do concelho do Sabugal.

(Clique nas imagens para ampliar)

CONCELHO DO SABUGAL – FREGUESIA A FREGUESIA
Águas Belas Aldeia da Ponte Aldeia da Ribeira Aldeia S.António Aldeia do Bispo
Aldeia Velha Alfaiates Badamalos Baraçal Bendada
Bismula Casteleiro Cerdeira Fóios Forcalhos
Lageosa da Raia Lomba Malcata Moita Nave
Penalobo Pousafoles Quadrazais Quintas S. B. Rapoula do Côa
Rebolosa Rendo Ruivós Ruvina Sabugal
Santo Estêvão Seixo do Côa Sortelha Soito Vale das Éguas
Vale de Espinho Valongo do Côa Vila Boa Vila do Touro Vilar Maior

(Clique nas imagens para ampliar.)


Fonte: DGAI-Direcção-Geral da Administração Interna.
jcl

O ano cinematográfico de 2011 começou mal. Duas mortes marcam os primeiros dias do ano: o actor Pete Postlethwaite e o realizador Peter Yates, ambos nascidos no Reino Unido.

Pedro Miguel Fernandes - Série B - Capeia ArraianaO primeiro a partir foi Pete Postlethwaite, actor nomeado para o Óscar de Melhor Actor Secundário em 1993 pelo seu papel no filme «Em Nome do Pai», de Jim Sheridan, logo na primeira semana de 2011. Tal como grande parte dos actores britânicos, Pete Postlethwaite veio do Teatro, onde chegou a fazer parte da Royal Shakespeare Company durante os anos 1980. A sua estreia na Sétima Arte dá-se em 1977 no filme «O Duelo», de Riddley Scott, mas apenas 11 anos mais tarde, em 1988 que vê reconhecido o seu talento, ao participar em «Vozes Distantes, Vidas Suspensas», de Terence Davies.
Foi nesse ano que deu o salto para Hollywood e começa a acumular papéis em filmes de realizadores bastante diversos, como «Hamlet», de Franco Zeffirelli, «Alien 3», de David Fincher, «O Último dos Moicanos», de Michael Mann, «Os Suspeitos do Costume», de Bryan Singer, «Romeu + Julieta», de Baz Luhrmann, ou «O Mundo Perdido: Jurassic Park» e «Amistad», de Steven Spielberg.
Pete PostlethwaiteAs suas últimas aparições de relevo foram ainda em 2010 nos filmes «A Cidade», de Ben Affleck, e «A Origem», de Christopher Nolan. Para 2011 está prevista a estreia de «Killing Bono», uma comédia de Nick Hamm que será a sua interpretação. Faleceu aos 64 anos, vítima de cancro.
Já esta semana partiu Peter Yates. Vítima de doença prolongada o cineasta morreu em Londres aos 81 anos deixando como legado pelo menos um grande filme que fica na memória dos cinéfilos: «Bullitt», o policial protagonizado por Steve McQueen que tem uma das melhores cenas, se não mesmo a melhor, de perseguição automóvel da História do Cinema. Além de «Bullitt», realizado em 1968 e que foi apenas a sua quarta obra, recebeu quatro nomeações para os Óscares, ambas para Melhor Filme e Melhor Realizador: em 1980 com «Os Quatro da Vida Airada» e em 1984 com «O Companheiro».
Peter YatesA carreira de Peter Yates começou no final dos anos 1950, princípio dos anos 1960, quando foi realizador assistente em vários filmes, entre os quais «Os Canhões de Navarone», de J. Lee Thompson. A sua estreia na realização dá-se em 1963 com «Mocidade em Férias», musical interpretado por Cliff Richard. Até se tornar realizador de cinema a tempo inteiro, em 1967, Peter Yates realiza ainda episódios das séries de televisão «Danger Man» e «O Santo».
Em 1968 dá o segue para os EUA para filmar o já referido «Bullitt». A partir daí dirige nomes como Mia Farrow e Dustin Hoffman, Peter O’Toole, Robert Mitchum, Raquel Welch e Jacqueline Bisset, entre outros. Teve uma carreira de 28 títulos nas várias décadas, até 1999 quando filma «Curtain Call». Na primeira década deste século realiza apenas dois telefilmes: «Don Quixote» e «A Separate Peace».
Duas mortes que deixam o cinema mais pobre.
«Série B», opinião de Pedro Miguel Fernandes

pedrompfernandes@sapo.pt

O Capeia Arraiana deseja a todos os amigos um Feliz Ano de 2011. O vídeo deve ser visto em monitor total e se possível com óculos para 3D.

Vodpod videos no longer available.

Autoria: Direitos Reservados posted with Galeria de Vídeos Capeia Arraiana

jcl

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Maio 2019
S T Q Q S S D
« Fev    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.139.128 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios