O feriado de 1 de Dezembro foi bem aproveitado pelos judoquinhas do Sporting Clube do Sabugal que participaram com «bom aproveitamento» no III Torneio de Judo do Montanha Clube da Lousã.

(Clique nas imagens para ampliar.)

O terceiro torneio de judo do Montanha Clube da Lousã, realizou-se no passado sábado, feriado do 1 de Dezembro, com a participação de centena e meia de pequenos judocas entre os 4 e os 12 anos.
O sábado ser feriado e as adversidades que o país atravessa, não permitiram atingir o número de participantes que a organização deste torneio teve nos anos transactos. Sendo esta a terceira edição da prova organizada pelo Montanha Clube da Lousã, a secção de judo do Sporting Clube do Sabugal (SCS) participou pela sua segunda vez com quatro atletas da classe de formação.
O primeiro adversário a ultrapassar foi a pequena viagem até a localidade que acolheu o evento e a partir daí, tudo ficou dentro da normalidade e ao encontro do que os nossos pequenos atletas esperavam.
Os judocas do Sporting Clube do Sabugal cumpriram com os objectivos previsto para este tipo de prova, que servem essencialmente para o amadurecimento competitivo, assimilação das regras da modalidade e de convivência geral e o aceitar e analisar o resultado seja vitória ou derrota.
Para além dos atletas, o SCS respondeu ao convite do clube anfitrião com a participação de Carla Vaz na arbitragem, de modo a garantir a celeridade do decorrer do evento.
Embora todos os participantes recebessem medalha e lanche no final das suas prestações, não deixaram de ser destacados os lugares de pódio onde os Judocas Raianos fizeram por ter presença garantida, obtendo os seguintes resultados:
– João Neca, 1.º;
– Miguel Almeida, 3.º;
– Cláudio Pacheco, 1.º;
– Marco Branco, 2.º
O treinador da secção de judo do SCS ficou sobretudo satisfeito pelo comportamento exemplar, tanto dentro como fora da competição dos seus pequenos judocas, realçando a importância da participação ao nível da arbitragem dos elementos do SCS, não só pela amizade que une os técnicos dos clubes, como pela necessidade de formação nessa área.
djmc

Advertisements