Na manhã de ontem, 29 de Agosto, militares da GNR da Investigação Criminal de Pinhel, apoiados por cães treinados na deteção de droga, detiveram um homem de 50 anos de idade, residente em Foz Côa, pelos crimes de tráfico de estupefacientes e posse ilegal de armas.

O suspeito, que já estava a ser investigado a algum tempo no âmbito de um inquérito a correr termos no Núcleo de Investigação Criminal de Pinhel, foi detido no decurso de buscas realizadas à sua residência, na cidade de Foz Côa, onde detinha o produto estupefaciente, designadamente, 457,7 gramas de liamba, já dividida em pacotes e pronta para venda, quantidade suficiente para cerca de duzentas doses individuais, bem como cinco plantas de cannabis sativa, com alturas compreendidas entre 90 cm e 190 cm, que cultivava num armazém anexo à residência.
Foi-lhe ainda apreendido: uma pistola de calibre 6,35 mm e dois carregadores, uma espingarda de calibre 22 mm, 16 munições de calibre 6,35 mm, 19 munições de calibre 22 mm e 27 cartuchos de chumbos de calibre 12.
No mesmo dia militares da Equipa de Intervenção Fiscal e do Posto Territorial de Seia, no decurso de uma operação de fiscalização de transporte de mercadorias, que se destinavam à feira semanal de Seia, elaboraram um auto por crime de contrafação de mercadorias, sujeitas a cumprirem com as formalidades legais relativas ao Código da Propriedade Industrial (CPI), de que resultou a apreensão de 294 peças (vestuário, calçado, cintos, malas, relógios e perfumes) de diversas marcas conceituadas no mercado, com o valor total e presumível de 19.060 euros. Em consequência, foi identificado um homem, residente no concelho de Viseu, como sendo o proprietário da mercadoria apreendida.
plb

Anúncios