Manuel Leal Freire - Capeia Arraiana«Poetando» é a coluna de Manuel Leal Freire no Capeia Arraiana, na qual a cada domingo vai publicando poemas inéditos, cada um dedicado a uma aldeia do concelho do Sabugal. Este Município raiano, um dos maiores do País em termos de extensão territorial, tem 40 freguesias, algumas delas com anexas, sendo no total exactamente 100 (cem) o número das localidades do concelho do Sabugal. Nesta edição o escritor e poeta bismulense dedica um soneto a Aldeia do Bispo, freguesia da orla raiana do concelho. No próximo domingo será editado o poema relativo a outra freguesia: Aldeia Velha.

ALDEIA DO BISPO

O ser reguengo episcopal impunha
Obrigações mas outorgava títulos
A fé o certifica e testemunha
São laudas nobres ditas em capítulos

Pedia a liturgia novos rótulos
O corpo dos deões é que os propunha
Queimasse-se o incenso nos turibulos
A mordomia em ápice os repunha

Vulgar na toponímia lusitana
O nome, mesmo assim, exalta e ufana
E a fé, de fervente ferve em crispo

Porém, o ser do bispo e ser da raia
Conduz a que se extreme e sobressaia
E seja ela a Aldeia do Bispo

«Poetando», Manuel Leal Freire

Anúncios