Na passada semana, o Comando Territorial da GNR da Guarda desenvolveu uma operação de fiscalização geral de trânsito, incidindo na entrada ilegal em território nacional de cidadãos suspeitos da prática de crimes.

Operação STOP da GNRAs acções de fiscalização inseridas na operação, com o nome de código «Vagão 09.3» foram orientadas para as principais vias fronteiriças do distrito.
Durante a operação foram fiscalizados 45 veículos, elaborados sete autos por contraordenação e foi detida uma pessoa por posse ilegal de arma.
Durante toda a semana foram ainda detidos mais 2i indivíduos, em flagrante delito, pelos seguintes motivos: 12 por crime de condução sob o efeito do álcool, dois por condução sem habilitação legal, quatro por resistência e coacção sobre autoridade, dois por desobediência e um por detenção e posse ilegal de arma.
Segundo o comunicado da GNR da Guarda na semana anterior registaram-se 28 acidentes de viação, tendo 18 deles resultado de colisão, oito de despiste e dois de atropelamento. Desses acidentes resultaram um ferido grave e 16 feridos leves.
Na semana em apreço, as Secções de Programas Especiais dos Destacamentos Territoriais da Guarda, Gouveia e Vilar Formoso, realizaram cinco ações de sensibilização inseridas nos programas «Residência Segura» e «Apoio 65 – Idosos em Segurança», em freguesias dos concelhos de Guarda e Pinhel. No decurso das ações foram contactados 81 idosos.
plb

Advertisements