Uma crónica de verão não tem de ser apenas um forma de cumprir calendário e compromissos de escrever todas as semanas neste Blogue…

Ramiro Matos – «Sabugal Melhor»Nota 1 – os nossos conterrâneos emigrantes
Com o mês de agosto as nossas terras voltam a encher-se de pessoas que, de longe, aqui vêm todos os anos matar saudades.
Sejam bem vindos e que encontrem os vossos familiares bem. Aproveitem para encher os olhos e o coração desta terra que tanto vos quer e tanto vos deve.

Nota 2 – as nossas festas e a nossa Capeia
Mês de agosto é mês de festas e, como não podia deixar de ser, a raia vai ser o centro da Capeia Arraiana.
Que tudo corra bem neste primeiro ano em que foi reconhecido a esta tradição sabugalense o estatuto de património cultural imaterial nacional.

Nota 3 – aprendamos com os outros…
Motivos profissionais têm-me levado à Sertã, no âmbito da revisão do seu Plano Diretor Municipal.
E sempre que ali vou, não posso deixar de admirar a profunda intervenção que o Município está a levar a cabo nas margens da linha de água que atravessa a Sertã.
Passem por lá quando puderem e vejam o que eu quero dizer. E nem têm uma barragem como nós temos…

Nota 4 – mais um restaurante a visitar
Ainda por motivos profissionais, desloquei-me à Covilhã e tive a oportunidade de comer num restaurante daquela cidade que desconhecia, de seu nome CASA FORTE.
Instalado bem no centro, junto aos Paços do Concelho, este restaurante ocupa a antiga agência do Banco de Portugal, de onde o nome. Um ambiente muito bom, preços em conta, e, muito importante, a cozinha liderada pelo conceituado Valdir Lubave, chefe da cozinha da Pousada de Belmonte.
Pena que o centro histórico da cidade apresente sinais evidentes de abandono, com muitos estabelecimentos comerciais fechados e, como comprovei durante a manhã, com muito pouco movimento.

Nota 5 – será o fim do GIRASSOL?
Chegam-me informações de que, felizmente o Sr. Zé já regressou a casa depois da doença súbita que o acometeu. Mas chegam-me também notícias de que, face ao seu estado de saúde que o impediria de estar à frente do Girassol, a esposa decidiu não abrir o café durante este mês de agosto.
Eis uma má notícia, pois a rua principal (permito-me chamar-lhe assim…) não será a mesma sem este estabelecimento.
«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos

rmlmatos@gmail.com

Anúncios