Manuel Leal Freire - Capeia Arraiana«Poetando» é a coluna de Manuel Leal Freire no Capeia Arraiana, na qual a cada domingo vai publicando poemas inéditos, cada um dedicado a uma aldeia do concelho do Sabugal. Este Município raiano, um dos maiores do País em termos de extensão territorial, tem 40 freguesias, algumas delas com anexas, sendo no total exactamente 100 (cem) o número das localidades do concelho do Sabugal. Nesta edição o escritor e poeta bismulense dedica um soneto às Batocas, anexa da freguesia raiana de Aldeia da Ribeira. No próximo domingo será editado o poema relativo à anexa Escabralhado, outra terra do nordeste do concelho.

BATOCAS

Batocas, Almedilha, passo e meio
A raia aqui é traço de união
Mil vezes eu passei-a sem receio
Falar também o charro a condição

Não há mundos além outro rincão
Em que se fale assim meio por meio
O nosso idioma e o alheio
Como eu senti na minha criação

Do lado espanhol nada difere
Que em cada duas frases que profere
O bom alamedilho uma é nossa

Assim se construiu uma irmandade
Indemne a qualquer contrariedade
Que o tempo não corrói antes engrossa

«Poetando», Manuel Leal Freire

Advertisements