A Junta de Freguesia dos Fóios tem plena consciência de quão importante é o Turismo para o progresso e desenvolvimento desta nossa bonita zona raiana.

José Manuel Campos - Presidente Junta Freguesia Fóios - Capeia ArraianaO Turismo começa a ter uma enorme e significativa importância na economia local pelo que é absolutamente imperioso que saibamos acarinhá-lo e promove-lo.
Ontem, sábado, dia 7 de Julho, por volta das 21 horas chegaram à «La Plaza Mayor de Fóios» cerca de cinquenta cavaleiros com um ar triunfante por terem vencido as três horas de caminho desde Valverde del Fresno até aos Fóios.
Entretanto já haviam chegado, de automóvel, mais algumas pessoas de Valverde para se juntarem ao grupo no restaurante Eldorado onde haviam encarregado o jantar.
O Presidente da Associação dos Cavaleiros de Valverde abordou-me, na qualidade de Presidente da Junta, para me perguntar se poderiam guardar os cavalos no parque de lazer como aconteceu já muitas vezes. Respondi-lhe que havíamos procedido a significativos trabalhos de melhoramentos, para podermos receber as autocaravanas, tendo plantado um determinado número de árvores que poderiam ser destruídas pelos cavalos.
Depois de um breve diálogo autorizei a que colocassem os cavalos num determinado espaço do parque onde os bichos não provocassem quaisquer danos. Aí ficaram os cavalos até cerca da meia-noite altura em que os cavaleiros deixaram os Fóios rumo a Valverde.
Os elementos da Junta de Freguesia tendo plena consciência de que deveremos apoiar o Turismo, ao mais alto nível, decidimos iniciar, de imediato, os trabalhos numa sorte que possuímos no sítio do enchido, com um comprimento de oitenta metros por cinco de largura.
Vamos colocar, no sentido do comprimento, umas manjedouras onde serão colocadas umas argolas onde os cavalos serão atados.
Esta obra não estava programada nem orçamentada mas temos que avançar imediatamente com ela visto haver já mais passeios combinados e porque também gostaríamos de ter os trabalhos concluídos para que no dia da capeia dos Fóios – 21 de Agosto – alguns cavaleiros já aí poderem guardar os animais.
Os resultados destas acções estão a reflectir-se na economia local e regional pelo que deverão continuar a merecer as nossas melhores atenções.
Em Fóios os efeitos do turismo são já uma realidade mas temos plena consciência de que ainda estamos a dar os primeiros passos. Temos um longo caminho a percorrer mas, na verdade, a caminhada já começou e adivinha-se longa mas altamente profícua.
Algumas razões para nos visitarem:
– Uma serra, das mesas, com motivos ímpares – 1256m de altitude;
– Vistas deslumbrantes quer para a parte de Portugal quer para a parte de España:
– Aspectos graníticos encantadores;
– Possuímos quarenta camas no edifício da antiga escola primária – vinte em cada sala;
– Balneários com oito chuveiros;
– Excelente gastronomia – já sobejamente conhecida e apreciada;
– Auditório com oitenta lugares para as mais variadas acções;
– Museu «Portas do Côa»;
– Parque de lazer com apoio para autocaravanas;
– Praia fluvial.
Muitos outros aspectos haveria a referir mas o mais importante é fazer-nos mesmo uma visita.
Recebemos sempre de braços abertos.
«Nascente do Côa», opinião de José Manuel Campos

(Presidente da Junta de Freguesia de Foios)
jmncampos@gmail.com

Anúncios