You are currently browsing the daily archive for Terça-feira, 3 Julho, 2012.

Volvidos que são 38 anos, após aquela radiosa manhã de 25 de Abril de 1974 que nos devolveu a liberdade, a democracia e a igualdade, parece quererem enevoá-la, valendo-se da tão falada crise e do esquecimento das promessas feitas em discursos empolgantes com palavras maviosas que encantam os ouvidos e extasiam o espírito, cativando e convencendo quem as ouviu e muito mais a quem diretamente foram dirigidas.

E se é verdade que tudo isto é no auge da euforia, das promessas em troca de benesses, não menos verdade é que o homem, cego na vaidade e envaidecido com a glória do poder, a pouco e pouco, aquando já no poder, se vai esquecendo das promessas feitas nas campanhas eleitorais. E a acontecer, a frustração é para quem acreditou e a mentira para quem prometeu e não cumpriu.
Nada agradável é, mas tudo isto acontece e se ouve, dia a dia, da boca dos mais eminentes políticos aos mais humildes.
Sendo assim, urge perguntar: Onde está o cumprimento das promessas feitas em plenas campanhas eleitorais? Onde está a verdade e a solidariedade? Nas palavras vãs, saídas da boca dum governante que hoje diz sim e amanhã diz não, escudando-se na famigerada crise, para, em cada dia e após dia a dia, impor mais e mais austeridades sobre a já pesada austeridade imposta pela Troika?
Não, assim não. Basta!… Quem está no poder não deve esquecer-se do que assinou no acordo com a Troika, sinal de que não deverá ir além do que foi assinado. Caso contrário, é inverter a verdade e a solidariedade que não são só palavras lindas e cativantes. São muito mais do que simples palavras, são palavras com algo de místico que a troco não devem levar alguém a aceitar a glória e muito menos o poder ditatorial.
Ao serem retirados os subsídios de Férias e de Natal, a quererem baixar os salários, com os aumentos do desemprego, dos preços dos produtos alimentares, dos combustíveis, da água, luz, gás, taxas moderadoras, consultas, análises, radiografias, transportes, etc., etc.; com o fecho de escolas, centros de saúde, tribunais e outros serviços; com a extinção de freguesias; com o abandono do cultivo das terras por falta de incentivos e apoio governamental, provocando mais e mais empobrecimento e desertificação no interior do país, há que perguntar: O que é isto? É para manter e avivar a identidade e as raízes dum povo? É Solidariedade? Não. É uma imposição, resultante de abuso do poder, porque solidariedade é dar e não retirar regalias sociais, em especial, aos mais carenciados; solidariedade é dar trabalho a quem quer trabalhar; solidariedade é o 25 de Abril de 1974, com liberdade, democracia e igualdade; solidariedade é algo ainda mais, é dar lenitivo a quem tem fome; solidariedade é dar a alguém que está doente, triste, através de carinho, dum gesto ou dum sorriso, a alegria de viver; solidariedade é ajudar, sem ninguém ver e saber, o amigo e o inimigo, o pobre e o rico, o doente e o são, todo e qualquer ser que necessite duma palavra amiga e tranquilizadora; solidariedade é um dos muitos degraus da vida que leva o homem a ser Homem e a alcançar uma Vida para o Bem, partilhando com o seu irmão a solidariedade de um pedaço do seu pão.
Por último, queremos dizer ao Sr. 1. Ministro, Dr. Passos Coelho, que, na verdade, «Os portugueses já não estão perante o abismo…», porque já «estão no fundo do abismo a olharem para cima», na esperança de que alguém, com bom senso e solidariamente, os salve, porquanto «a paciência dos portugueses» já se esgotou.
Daniel Machado

Anúncios

O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, anunciou que o governo prolongou por mais três meses o regime de isenções de portagens nas ex-Scut, justificando a decisão com a necessidade de dar tempo às negociações com a Comissão Europeia sobre o modelo e cobrança das portagens.

A questão essencial é a da transposição de uma directiva da União Europeia, designada por Eurovinheta.
As isenções em vigor deveriam ter terminado no dia 1 de Julho, porém, com a prorrogação anunciada, as mesmas manter-se-ão em vigor até ao dia 30 de Setembro.
Após os três meses de prorrogação de isenções, agora decidido, o Ministério da Economia conta passar a aplicar um sistema de portagens que obedeça aos critérios definidos na legislação europeia.
As isenções nas portagens para os concelhos servidos pelas antigas SCUT deveriam terminar este sábado (30 de Junho), mas vão prolongar-se por mais três meses.
«O Governo decidiu prolongar, por um período adicional de três meses, a aplicação do regime de discriminação positiva, tal como vigora actualmente, às autoestradas ex-SCUT que deveria terminar a 30 de junho de 2012», refere um comunicado hoje divulgado pelo Ministério da Economia e do Emprego.
A tutela recorda que «o regime de discriminação positiva actualmente praticado nestas vias não é consentâneo com os princípios estabelecidos pela Comissão Europeia – Directiva Eurovinheta», que «impõe que as portagens devem ser aplicadas sem discriminação directa ou indirecta, por razões associadas à nacionalidade do utilizador, ou que, ainda que não estejam expressamente relacionadas com a nacionalidade, conduzam de facto, através da aplicação de outros critérios de distinção, ao mesmo resultado».
plb

Morreu Francisco António Robalo, natural da Ruvina, concelho do Sabugal, de 82 anos, pai do presidente da Câmara do Sabugal, António dos Santos Robalo.

Faleceu Francisco RobaloFrancisco Robalo estava internado no Hospital da Guarda, onde faleceu devido ao agravamento de problemas cardíacos de que padecia.
Natural da Ruvina, Francisco Robalo esteve longo tempo em França, onde trabalhou como emigrante.
Para além do filho António Robalo, engenheiro e actual presidente da Câmara Municipal do Sabugal, o agora falecido era também pai de José Robalo, conhecido e prestigiado advogado com escritório no Sabugal.
O funeral realiza-se amanhã, dia 4 de Julho, pelas 11 horas, na Ruvina.

Apresentamos ao presidente da Câmara, António Robalo, ao seu irmão José Robalo, e demais família, os nossos sentidos pêsames.
plb

«A Liberdade Sancho, é um dos mais preciosos dons que aos homens deram os céus; com ela não podem igualar-se os tesouros que existem na Terra e no mar: pela Liberdade, assim como pela Honra, se deve lutar e perder a vida»; Miguel de Cervantes.

António EmidioA Liberdade não cabe num só artigo, nem o autor deste é um erudito com capacidade suficiente para aprofundar filosoficamente este tema, mas os grandes rios também são alimentados por pequeníssimos subafluentes.
A falta de Liberdade provoca frustração e produz um elevado grau de infelicidade ao homem, coíbe a iniciativa e a criatividade. Sem liberdade não há progresso. E que progresso traz a liberdade? Aqui dividirei a Liberdade em duas, entre a verdadeira e a falsa, segundo a minha opinião.
Comecemos pela falsa Liberdade, a Liberdade do Neoliberalismo, à qual estamos sujeitos presentemente. Esta falsa Liberdade assenta no individualismo que é a expressão mais radical do Neoliberalismo, vem da Revolução Industrial Inglesa, vem da Escola de Manchester, com matizes próprias da época actual inculcadas pelos discípulos de Milton Friedman, pelos «boys» de Chicago. Diz esta escola que a pobreza é fruto da preguiça e que tudo pode ser alcançado economicamente pelo trabalho e pela perseverança. Não admite ingerências, nem do Estado, nem de qualquer lei ou regra. Essa a razão da actual crise económica que atravessamos, os célebres mercados foram deixados à revelia, dizendo que autoregulavam, pura mentira! Para eles, manchesterianos, ou «boys» de Chicago, a Liberdade é sagrada, cada um só deve confiar em si próprio, isto é Darwinismo social «sobrevivência do mais apto», ou seja, o domínio do fraco pelo forte. Não admitem outro critério que o lucro empresarial ou financeiro e, quem não aceita este espirito de lucro está a cometer uma espécie de pecado mortal contra a ciência económica. Têm um desprezo absoluto pelos Párias da Terra, pelos pobres, pelos desempregados e por quem trabalha. A Liberdade deles consiste em esmagar o outro, e quanto mais o esmagar mais livre se torna. Detestam a classe média, dizem que esta destrói o individualismo, razão pela qual o novo paradigma político/económico a está a destruir na União Europeia. Detestam a Democracia, porque segundo eles, reduz tudo a uma uniformização. Existe somente a Democracia empresarial e financeira. Uma liberdade que só serve para criar injustiças e condena milhões de seres humanos à miséria, ao desemprego e ao desespero, perde a sua legitimidade moral e deixa de ser Liberdade.
Onde está a verdadeira Liberdade? Está na Democracia. Esta Liberdade, a Liberdade Democrática, que posta em prática constitui uma ameaça para aqueles cujo dinheiro lhes permite manipular o jogo democrático, como presentemente acontece. a Liberdade Democrática significa o direito da cada indivíduo decidir sobre a sua própria vida tanto quanto lhe seja possível, a fronteira desse direito está unicamente no direito dos outros, difere da Liberdade Neoliberal, no sentido em que esta última não aceita o direito dos outros, o outro não existe, o outro é um obstáculo a abater e, quantos mais obstáculos forem abatidos, mais livre é o que os abater.
O Estado Social é um alicerce para a Liberdade, e todo aquele que ainda não viu isso, não compreende o que é a Liberdade, a verdadeira Liberdade. Mas chegou a altura de uma mudança, mudança essa que terá como base o aperfeiçoamento da Democracia e da Liberdade Democrática. Alguns exemplos: a percentagem do PIB para gastos sociais deve ser aumentada, terá de haver uma mais e melhor equilibrada distribuição da riqueza, obrigar o sector financeiro a estar debaixo do controlo democrático. As empresas de importância estratégica na economia não devem ser propriedade de accionistas e de jogadores de bolsa. Liberdade de propriedade privada? Sim! Mas até um certo ponto. Todos nós sabemos que as quotizações bursáteis, ou seja, o lucro dos accionistas, sobe na medida em que aumenta a desigualdade social, o desemprego, e se destrói a protecção social. Isto assim não é propriedade privada, é roubo e crime. O leitor(a) já reparou o que é ganhar chorudo dinheiro com um Direito Humano que é a água? Só um sistema corrupto é que se atreve a privatizar a água, um Bem da Humanidade! Em Portugal, o partido do governo já está preparado para dar esse passo.
Este aperfeiçoamento nunca seria eficaz sem um controlo total e absoluto do poder político e económico, controlo democrático, não permitindo e combatendo a corrupção com toda a força da Lei. Quando os governantes se corrompem, em Democracia e em Liberdade, as corrompidas são a Democracia e a Liberdade.

O Homem só se realiza e acede à Liberdade, quando viver na justiça e na verdade.
«Passeio pelo Côa», opinião de António Emídio

ant.emidio@gmail.com

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.146.753 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios