O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) promoveu, na passada quarta-feira (6 de Junho), uma iniciativa designada «Polytechnic 2 Business» destinada a divulgar, junto da comunidade empresarial, o trabalho e as competências da instituição.

Neste encontro, para além dos dirigentes do IPG, e das Escolas Superiores que integra, participaram algumas dezenas de empresários do distrito da Guarda a quem foi apresentada uma publicação que descreve os serviços e competências do Politécnico da Guarda.
Para o Presidente do IPG, Constantino Rei, esta instituição «enquanto entidade integrada no sistema de ensino e investigação, deve potenciar o conhecimento» daquilo que aqui se produz «colocando-o ao serviço das empresas e instituições da região e do país, através de uma rede de parcerias».
Ainda de acordo com Constantino Rei, «a ligação à sociedade civil, o investimento em parcerias e acordos regionais são fatores de diferenciação, que criam novas exigências e uma atitude de maior abertura e competitividade mas que, seguramente, vão conferir ao Instituto Politécnico da Guarda maior capacidade de intervenção, projetando o seu nome no meio regional, nacional e internacional».
Aludindo à publicação que foi apresentada, o Presidente do Politécnico da Guarda salientou que ela tem por objetivo contribuir para a «aproximação do instituto à sociedade envolvente, divulgando e colocando à disposição das empresas e organizações» as competências e os recursos do IPG.
Constantino Rei considerou que «muito do futuro da região joga-se no êxito destas parcerias» as quais disse esperar «sejam abraçadas por todos quantos têm responsabilidades e mais contribuem para o desenvolvimento da região».
Por outro lado, no final deste encontro, manifestou-se satisfeito pela recetividade dos participantes neste encontro que tiveram também a oportunidade de comprovar a qualidade e serviço de um grupo de alunos dos cursos de Restauração e Catering e de Gestão Hoteleira, da Escola Superior de Turismo e Hotelaria/IPG. «Foi uma excelente demonstração pratica da experiência e dos conhecimentos adquiridos que agradou a todos os presentes e constituiu, estou certo, um excelente cartão de visita da ESTH», comentou o Presidente do IPG.
Este encontro com empresários, que decorreu nas instalações do Politécnico da Guarda, foi igualmente aproveitado para a apresentação da nova marca institucional, «mais consentânea com as exigências da comunicação atual, nos seus vários suportes, e com uma cor mais forte e apelativa que se coadune com a dinâmica do IPG», tal como afirmou Constantino Rei.
O Presidente do Politécnico esclareceu que esta nova imagem vai começar a ser utilizada a partir de agora, embora o logotipo anterior se mantenha ao nível da simbologia institucional associada aos diplomas e outra documentação onde se continua a adequar essa imagem.
De referir que o novo símbolo foi buscar vários elementos identitários ao anterior, assumindo o vermelho, o branco e o preto como novas cores, justificadas nas normas gráficas que foram igualmente divulgadas.
O Instituto Politécnico da Guarda integra a Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto; a Escola Superior de Tecnologia e Gestão; a Escola Superior de Turismo e Hotelaria e a Escola Superior de Saúde. No IPG são lecionados, atualmente, 23 licenciaturas, 13 mestrados e 22 cursos de especialização tecnológica.
plb (com IPG)

Anúncios