A Câmara Municipal do Sabugal celebrou com as duas associações humanitárias de bombeiros do concelho, Sabugal e Soito, novos protocolos, pelos quais se compromete a prestar apoio financeiro em contrapartida a um conjunto de serviços que os bombeiros terão que garantir.

Os novos protocolos têm por base as disposições que integram o Regulamento de Apoio ao Associativismo Concelhio, que está em vigor desde o dia 19 de Outubro de 2011.
O apoio a conferir aos Bombeiros está incluído no desenvolvimento de acções de defesa e valorização ambiental.
A ajuda financeira visa criar condições para a obtenção de melhores capacidades operacionais e de resposta no desenvolvimento de tarefas condizentes com as suas funções humanitárias e de prestação de socorro às populações.
O apoio camarário será traduzido em 80 mil euros para cada corporação, pagos em tranches trimestrais de 20 mil euros.
Dentre os valores financeiros dos apoios há uma verba de 30 mil euros destinada a custear metade da despesa com a criação das equipas de intervenção permanente, protocoladas com a Autoridade Nacional de Protecção Civil.
Pelo protocolo a câmara compromete-se ainda a apoiar projectos financiados por verbas da União Europeia.
Como contrapartida ao apoio financeiro do Município as Associações Humanitárias dos Bombeiros comprometem-se a manter cada uma a respectiva equipa de sapadores florestais e a garantir o abastecimento de água, através do seu transporte em autotanque, às localidades do concelho que ainda não se encontram servidas pela empresa Águas do Zêzere e Côa.
Os bombeiros também terão que coordenar com o Município acções de protecção civil que sejam necessárias. Outro compromisso protocolado é a limpeza das linhas de água e de espaços púbicos sempre que para tal sejam solicitados pela Câmara Municipal, nos termos de uma calendarização pré-estabelecida.
Os bombeiros terão também que vigiar as praias fluviais do concelho.
Os protocolos foram assinados pela vice-presidente da Câmara, Delfina Leal, e pelos presidentes das associações de Bombeiros do Soito e do Sabugal, Maria Benedita Dias e Luís Carlos Carriço, respectivamente.
Os mesmos terão validade até ao final do presente ano, podendo depois ser revalidados, se para isso houver vontade de ambas as partes.
plb

Anúncios