O Comando Territorial da Guarda da GNR informou que na semana passada efectuou detenções por posse de armas proibidas, tráfico de estupefacientes e por furto, e também por condução com excesso de álcool no sangue. Durante a Operação Páscoa verificaram-se 13 acidentes nas estradas do distrito.

No dia 6 de Abril, a GNR deteve um homem e uma mulher de 31 e 26 anos de idade, respectivamente, residentes em Seia, por crime de posse ilegal de armas e tráfico de estupefacientes. Os suspeitos já estavam a ser investigados há algum tempo, no âmbito de um Inquérito a correr termos naquele no Núcleo de Investigação Criminal de Gouveia, tendo sido efectuadas buscas domiciliárias à sua residência onde lhes foram apreendidas uma arma de caça de calibre 12, uma carabina com supressor de ruído e alça telescópica de calibre 22mm e 260 munições desse calibre e uma arma branca, designada como faca borboleta. Foram ainda apreendidos na mesma residência, quatro vasos contendo plantas de cannabis sativa, uma estufa improvisada, um sistema de rega automático, um sistema artesanal de iluminação para plantas, sementes de cannabis, fertilizantes e um moinho artesanal.
Na tarde de 2 de Abril, militares da GNR detiveram um indivíduo de 43 anos de idade, residente Foz Côa, também por crime de posse ilegal de armas. A detenção ocorreu após ameaças e injúrias a um elemento da GNR, tendo sido, em cumprimento de mandados, efectuadas buscas domiciliárias à residência do suspeito onde lhe foram encontradas e apreendidas duas armas de fogo alteradas (pistolas) de calibre 6,35mm, duas munições do mesmo calibre, duas armas de ar comprimido de calibre 4,5mm e uma faca borboleta.
Na noite de 9 de Abril, militares do Destacamento de Trânsito da Guarda, detiveram um indivíduo, de 19 anos de idade, residente na Guarda, desempregado, por crime de furto em veículo. A detenção ocorreu após uma denúncia telefónica, tendo o suspeito sido surpreendido quando furtava gasóleo do depósito do veículo pesado de mercadorias que se encontrava parqueado junto à residência do respectivo motorista, na localidade de Arrifana, concelho da Guarda.
Na noite de 7 de Abril a GNR realizou uma operação de fiscalização, com particular incidência nos veículos de transporte de mercadorias, bem como na abordagem de suspeitos da prática de crimes, no decurso da qual foram fiscalizados 69 veículos de transporte de mercadorias, que se destinavam a ser comercializadas no mercado mensal de Vilar Formoso. Foram elaborados três autos por crime de contrafacçãoe foram apreendidos 211 artigos contrafeitos (vestuário, calçado, perfumes e relógios), de diversas marcas conceituadas no mercado, com o valor presumível de 12 mil euros. Em consequência, foram identificados três indivíduos, residentes nos concelhos do Gondomar, Paredes e Guarda como sendo os proprietários das mercadorias apreendidas, sendo os factos participados ao Tribunal Judicial de Almeida.
No âmbito da Operação Páscoa, que decorreu entre os dias 5 e 8 de Abril, a GNR registou 13 acidentes nas estradas do distrito da Guarda, de onde resultaram seis feridos leves. Comparativamente ao ano anterior, verificou-se uma diminuição do número de acidentes e um ligeiro aumento de feridos leves.
O Comando Territorial da GNR exerceu durante a operação um esforço significativo, efectuando 90 patrulhamentos, com o empenho de 183 efectivos. Verificado 10 situações de excesso de álcool, sendo detidos três condutores. Em matéria de velocidade foram registadas 105 situações de excesso. Foram ainda elaborados 142 autos de contra-ordenação por outras infracções rodoviárias.
plb

Anúncios