Por decisão da Câmara Municipal do Sabugal, a gestão das Zonas de Caça Municipais passa a ser da inteira responsabilidade do Município, pondo termo a uma parceria que o mesmo mantinha com a Coacaça (União das Entidades Gestoras de Caça e Pesca do Sabugal).

A cooperação entre a Coacaça e o Município já revelava problemas desde há alguns meses e no final do último Verão levara a uma substancial diminuição nos apoios financeiros por parte do Município.
Porém os desentendimentos culminaram com a presença do presidente da Coacaça, Carlos Nabais, na reunião de Câmara do passado dia 18 de Janeiro, onde reconheceu que a Côacaça não conseguiu implementar por inteiro o projecto inicial, nomeadamente pelo facto da Câmara Municipal, embora subsidiando as actividades, não ter colaborado suficientemente no desenvolvimento do projecto. Essa falta de cooperação deveu-se sobretudo à «falta de vontade dos técnicos da Câmara».
«Parece que há vontade de que a Coacaça não tenha sucesso, o que dificulta o bom desenvolvimento do projecto», disse Carlos Nabais perante o presidente e os vereadores.
Face à situação, a opção era simples, segundo Carlos Nabais: «Ou a Coacaça toma conta da gestão das municipais definitivamente ou passa a Câmara a tomar conta das zonas municipais, como até aqui, porque, como já percebi, a cooperação entre as duas entidades não funciona».
Na mesma reunião o presidente António Robalo propôs ao executivo municipal que a gestão das zonas de caça municipais passasse para a Coacaça. A proposta foi porém rejeitada com os votos contrários dos eleitos do PS e do vereador Joaquim Ricardo, votando favoravelmente o presidente e os vereadores do PSD. A votação aconteceu após farta discussão e culminou na apresentação de declarações de voto.
A vereadora Sandra Fortuna, em nome dos socialistas, declarou entender «que os técnicos da Câmara são capazes de fazer uma óptima gestão das Reservas Municipais e a Câmara tem todas as condições para desenvolver um bom projecto».
Joaquim Ricardo declarou que «o Município teria tudo a ganhar com a parceria estabelecida se fosse pacífico o relacionamento entre as duas entidades, ou seja, se cada um fosse capaz de levar a cabo os compromissos assumidos, mas isso nunca aconteceu e nunca acontecerá».
São três as concessões de caça do Município: Sabugal Oeste, Médio Côa e Serra do Homem de Pedra.
plb

Anúncios