Pretende-se com a presente proposta de intervenção, e através do denominador comum, Rio Côa, a as formas de arte primitivas ao longo do seu curso, ligar a nascente à foz, promovendo o património e a sua relação com o homem/território.

José Manuel Campos - Presidente Junta Freguesia Fóios - Capeia ArraianaA presente iniciativa realizar-se-á, com a adaptação de uma sala numa edificação pré-existente, o Centro Cívico dos Fóios localizado a freguesia dos Fóios, de modo a que esta comporte um espaço, que ao longo de um pequeno percurso se irão apresentar as várias formas de arte que proliferam nas margens do rio Côa, com especial realce e destaque para a arte património mundial da sua foz e Estela do bronze dos Fóios, abrangendo períodos que embora anacrónicos são representativos da influência do elemento rio, na estruturação da ocupação humana no território que compõem o seu curso.
Os conteúdos da exposição serão iminentemente gráficos, aplicados sobre o invólucro do espaço expositivo, com o complemento audiovisual de uma zona de projecção e um ponto de visionamento de um contudo vídeo alusivo ao tema.
A exposição terá como público-alvo jovens do 1º e 2º Ciclo e a adultos de todas a idades e formações, pretendendo-se ainda de forma indirecta a dinamização de novos fluxos de visitantes quer aos Fóios, quer ao concelho através do Fóios.
Em termos de estrutura de exposição, a mesma assenta na redefinição do espaço da sala já existente destinada á exposição, através de um plano quebrado contínuo, constituído por painéis em contraplacado de madeira que servirão de suporte ao contudo gráfico que será aplicado sobre este. Conteúdo que se quer dinâmico e coerente e cujo a concepção deverá ter na base o guião previsto em projecto (conforme peças desenhadas), definindo-se claramente em dois momentos, um primeiro de introdução e apresentação da arte rupestre de foz Côa com realce para a Arte Património Mundial, um segundo momento para a arte no Alto Côa e fomentando assim o entendimento da ocupação humana no território do rio Côa.
«Nascente do Côa», opinião de José Manuel Campos

(Presidente da Junta de Freguesia de Foios)
jmncampos@gmail.com

Anúncios