Porque um novo ano se anuncia, é altura de expressar os meus desejos.

Ramiro Matos – «Sabugal Melhor»1. A nível nacional
– Que uma fada boa entre na cabeça dos nossos governantes e lhes faça ver que «há mais vida para lá da crise…»;
– Que os empresários portugueses percebam que “há mais vida para lá do desemprego e do lucro fácil…
– Que os cidadãos portugueses saibam lutar pelos seus direitos e participem cada vez mais na definição do futuro deste País, logo do nosso futuro comum.

2. A nível concelhio
– Que o Executivo Municipal perceba que se torna urgente definir uma estratégia de desenvolvimento do Concelho do Sabugal;
– Que o mapa administrativo final do Concelho reflicta a vontade das populações residentes;
– Que os autarcas eleitos e os serviços públicos em geral saibam encontrar as formas de melhor servir os cidadãos, numa política de proximidade e melhor acessibilidade;
– Que não se agravem as situações de exclusão social dos sabugalenses mais vulneráveis num ano em que as condições de vida vão piorar.

3. A nível pessoal
– Que não se agrave a saúde da minha mulher e se afastem as dúvidas que ainda pendem sobre a minha;
– Que a minha mãe continue viva e presente;
– Que mantenha os amigos e recupere alguns que a vida afastou.

Ps: Chegado ao Sabugal para passar o Natal, chamam-me a atenção para um presépio de grandes dimensões que os jovens escuteiros construíram no Largo da Fonte. Ali me desloco e deparo com uma das peças partida por uma garrafa de cerveja que ali ainda permanece.
Sinal dos tempos…, diremos, mas uma questão só: as autoridades policiais não se preocuparam em recolher a garrafa e retirar impressões digitais porquê?

«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos

rmlmatos@gmail.com