Um Raio de Sol em Nossas Vidas
O dia acordou enevoado e chuvoso. Mas, a pouco e pouco, foi-se alegrando, como que a confraternizar com a nossa alegria. Digo alegria porque era de alegria o ambiente que se vivia no nosso pavilhão cultural neste dia em que celebrámos a Festa de Natal.

No Lar S. Pedro fora grande a azáfama nos dias precedentes para preparar condignamente esta festa. Decorou-se o pavilhão, prepararam-se as mais diversas iguarias, ensaiou-se o coro que iria cantar durante a Missa, em suma, ninguém se furtou a esforços para que a Festa fosse um sucesso. E foi, em certa medida. A adesão foi significativa. Familiares, colaboradores, amigos, membros da autarquia, membros da direcção, todos ou quase todos compareceram para ajudar a alegrar os nossos velhinhos.
Pelas duas horas da tarde iniciou-se esta celebração com a Santa Missa. Seguiu-se a declamação de poemas alusivos ao lugar e à época. Depois, foi o ponto alto das festividades: a pedido da nossa animadora sociocultural, o coro infantil e o grupo de cordas de Vilar Formoso, a cargo dos maestros José Casanova e José António brindaram a assistência com um programa que fez vibrar de emoção todos os presentes. As vozes cristalinas das crianças lembravam o coro de anjos que glorificaram nos Céus o nascimento de Jesus.
Os nossos clientes estavam radiantes. E nós todos, emocionados.
Bem-hajam, pois, amigos de Vilar Formoso, pela alegria de que inundaram os nossos corações.
A seguir, com o coração alegre, o lanche ajantarado alegrou os paladares mais requintados. Comeu-se, bebeu-se cantou-se e bebeu-se dentro da mais completa harmonia.
Obrigado a todos, colaboradores, e amigos, por este dia.
A Direcção

Anúncios