O Comando da Guarda da Guarda Nacional Republicana (GNR) informou que foram detidos dois jovens pelo crime de tráfico de estupefacientes, residentes em Vila Nova de Foz Côa e em Espanha.

Preso algemadoSegundo o comunicado semanal da GNR da Guarda, em 8 de Novembro, militares do Núcleo de Investigação Criminal de Pinhel, detiveram em Vila Nova de Foz Côa um indivíduo de 21 anos de idade, residente nessa localidade, pelo crime de tráfico de estupefacientes. A detenção ocorreu na sequência de uma fiscalização e revista ao suspeito, tendo-se verificado que o mesmo tinha na sua posse 9,4 gramas de haxixe, quantidade suficiente para 47 doses individuais. Presente ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Foz Côa, foi-lhe aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.
Na tarde de 11 de Novembro, o Núcleo de Investigação criminal de Vilar Formoso, deteve um indivíduo espanhol, de 26 anos de idade, residente em Valladolid (Espanha), também pelo crime de tráfico de estupefacientes. O suspeito foi detido no decurso de uma operação, levada a efeito na fronteira de Vilar Formoso, tendo-se verificado, na fiscalização efectuada ao interior do veículo em que se fazia transportar, a existência de 14 gr de cannabis sativa e 4 gr de haxixe. O mesmo foi notificado para comparecer no Tribunal Judicial de Almeida par aplicação de eventual medida de coação.
No passado dia 10 de Novembro, militares da Secção de Investigação Criminal do Comando Territorial, no âmbito de um inquérito a correr termos no Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Especificas, por crime de violência doméstica, efectuaram busca domiciliária em duas residências em Escalhão, concelho de Figueira de Castelo Rodrigo, tendo apreendido duas armas de fogo (duas pistolas de calibre 6,35 mm em situação ilegal), 44 munições do mesmo calibre e 125 gr de cannabis sativa. Em consequência da busca, foi detido um indivíduo de 52 anos, residente naquela localidade, por posse ilegal de arma. Ao suspeito foi-lhe aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.
Na noite de 13 de Novembro, o Comando Territorial levou a efeito uma operação de prevenção da criminalidade, com particular incidência na fiscalização rodoviária e de estabelecimentos de diversão nocturna, bem como na abordagem de suspeitos da prática de crimes. Na fiscalização aos estabelecimentos, foram inspeccionados seis bares, tendo sido detidos dois indivíduos, de 39 e 40 anos de idade, por posse ilegal de arma (um punhal e uma soqueira) e detida uma cidadã, de 35 anos de idade, por permanência ilegal no país. Foram ainda identificados dois indivíduos, de 20 e 21 anos, que tinham na sua posse 1,9 gr de cannabis sativa, os quais foram notificados para comparecerem na Comissão da Dissuasão da Toxicodependência da Guarda.
plb

Anúncios