No dia 24 de Outubro, a GNR de Vila Nova de Foz Côa, deteve um homem de 60 anos, residente na freguesia de Santo Amaro, por crime de detenção e posse ilegal de arma.

GNR-Guarda Nacional RepublicanaSegundo o comunicado semanal do Comando Territorial da Guarda da GNR, a detenção aconteceu na sequência de desentendimentos entre um casal, o que originou a intervenção da GNR, que apreendeu duas armas de fogo (caçadeiras), uma delas em situação ilegal e outra como medida cautelar, tendo também apreendido 10 cartuchos dos calibres das referidas armas.
Presente ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Foz Côa, o detido viu ser-lhe aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.
No dia 26 de Outubro, o Comando Territorial da Guarda levou a efeito uma operação de fiscalização de trânsito, com particular incidência nos veículos de transporte de mercadorias, bem como na condução sobre o efeito do álcool e sem habilitação legal e na abordagem de suspeitos da prática de crimes. A operação permitiu a fiscalização de 63 veículos e condutores, tendo sido elaborados dois autos de contra-ordenação, por infracções à legislação rodoviária.
No que respeita à fiscalização de mercadorias, foram apreendidos 116 artigos de vestuário contrafeito (óculos relógios, malas e bonés, de diversas marcas conceituadas no mercado e CD’s) no valor de 4.690 euros, que se destinavam a ser comercializadas no mercado semanal de Seia. Foi identificado um indivíduo, residente no concelho de Seia, como proprietário da mercadoria. Foram ainda elaborados dois autos de contra-ordenação por infracções verificadas à legislação fiscal e apreendidas duas viaturas e mercadorias no valor de 800 euros.
Na semana passada foram ainda realizadas duas operações na zona de fronteira com Espanha, no âmbito da fitossanidade florestal e transporte de resíduos, direccionadas para a fiscalização do Nemátodo do Pinheiro. Foram fiscalizados 51 veículos e elaborados dois autos de contra-ordenação.
Em toda a semana a GNR da Guarda deteve 12 Indivíduos, nove dos quais em flagrante delito e três no cumprimento de mandados judiciais.
plb

Anúncios