A Coacaça, associação que reúne a generalidade das entidades gestoras de caça e pesca do concelho do Sabugal, viu-se obrigada a ajustar o plano de actividades para os anos de 2011 e 2012, perante o facto do Município do Sabugal ter reduzido substancialmente os apoios financeiros à sua actividade.

A Assembleia Geral da Côacaça reuniu no dia 14 de Outubro, a fim de analisar a nova situação. Os 30 mil euros que o Município se propõe transferir para a associação, em resultado de um protocolo a celebrar entre as duas entidades, obrigará a uma reestruturação da actividade a executar com o objectivo de corresponder aos compromissos com a autarquia, que é parte interessada no desenvolvimento da actividade da associação.
Face às dificuldades e à previsível diminuição dos apoios financeiros, não foram renovados os contratos com os cinco funcionários que a associação dispunha. A situação inviabilizará a celebração de outros cinco contratos, podendo porém celebrar-se dois ou três, tudo dependendo dos termos em que ficar definida a reestruturação do plano de actividades, que ficou decidido efectuar.
A Côacaça propõem-se gerir e implementar alguns projectos que, através do exercício da caça e da pesca, contribuindo para a dinamização económica e turística do concelho do Sabugal. Entre os projectos que a associação e a Câmara Municipal vão protocolar com o Município estão actividades como: a limpeza dos pontos de água nas zonas de caça municipais, a organização e promoção de batidas, montarias e torneios de pesca, a fiscalização do exercício da caça e da pesca nas zonas concessionadas e fazer repovoamentos de espécies piscícolas e cinegéticas.
A associação, enquanto união das entidades gestoras de caça e pesca no concelho do Sabugal, integra as concessões: Zona de caça Municipal do Sabugal Oeste, Zona de Caça Municipal do Médio Côa, Zona de Caça da Serra do Homem de Pedra, Concessão de Pesca Desportiva do Sabugal.
O Município do Sabugal encontrou na Côacaça um parceiro estratégico para a gestão e a exploração dos recursos de caça e pesca do concelho, os quais são um factor estratégico de desenvolvimento económico e turístico que importa aproveitar. A associação tem gerido a exploração desses recursos com uma maior proximidade do aquela que o Município teve enquanto desempenhou algumas das actividades agora atribuídas à associação.
plb

Anúncios