You are currently browsing the daily archive for Terça-feira, 18 Outubro, 2011.

A Guarda Nacional Republicana, deteve em Vila Nova de Foz Côa um homem estrangeiro, de 51 anos de idade, pela presumível prática de crimes de rapto e ofensas à integridade física. Para além desta foram efectuadas outras detenções em diversas localidades do distrito da Guarda, nomeadamente por crimes de burla e de furto.

Guarda Nacional RepublicanaSegundo o comunicado semanal do Comando Territorial da GNR da Guarda, a detenção em Vila Nova de Foz Côa aconteceu quando o suspeito abordou na via pública um homem, seu conhecido, e o manietou, sob a ameaça de uma arma branca, amarrando-lhe os pulsos com fio de cobre, alegadamente por suspeitar que este lhe havia furtado alguns bens (ouro e dinheiro). De seguida, levou-o para junto de um café no centro da cidade, onde a vítima dizia ter escondido os alegados bens, com o intuito de se libertar do agressor.
Informado o posto da GNR, uma patrulha deslocou-se ao local onde viria a deter o suspeito, que foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida coactiva de Termo de Identidade e Residência. Foi ainda notificado para se apresentar no SEF da Guarda a fim de regularizar a sua situação no Território Nacional.
Na tarde de 10 de Outubro a GNR identificou no Adão, Guarda, um homem e uma mulher, também estrangeiros, de 30 e 29 anos, respectivamente, por crime de burla. Os Suspeitos abordaram uma senhora de 85 anos de idade, residente em Escalhão, Figueira de Castelo Rodrigo, a quem ofereceram um cordão que diziam ser em ouro. Ao mesmo tempo que colocavam no pescoço da idosa o dito cordão, que era de latão, retiravam-lhe o que ela usava, este sim em ouro. O veículo em que o casal se fazia transportar veio a ser interceptado na localidade de Adão, e verificou-se que tinham na sua posse alguns artigos de imitação de ouro, 550 euros que, supostamente, eram o produto da venda do cordão objecto da burla, que lhes foram apreendidos. Os factos foram participados ao Tribunal Judicial de Figueira de Castelo Rodrigo.
Já em Souropires, concelho de Pinhel, na manhã do dia 14 de Outubro, a GNR deteve um indivíduo de 30 anos de idade, ali residente, pelos crimes de furto, burla, burla qualificada, falsificação de documentos e abuso de confiança. O suspeito havia cometido uma burla em Aguiar da Beira por emissão de cheque que tinha sido furtado e, entretanto já cancelado, vindo a verificar-se após diligências efectuadas, a prática de diversos crimes deste tipo, bem como celebração de negócios que efectuava em nome de empresas fictícias que tinha em seu nome, apresentando para pagamento diversos cheques furtados, cujo livro de cheques que tinha na sua posse lhe foi apreendido. O mesmo encontra-se indiciado pela prática de vários crimes, designadamente burla a pessoas e a empresas e foi presente ao Tribunal Judicial de Trancoso, tendo o Inquérito transitado para o Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa.
Na tarde do mesmo dia 14 foi ainda detido, em flagrante delito, num estabelecimento comercial em Pinhel, um indivíduo de 60 anos, residente na cidade do Porto, pelo crime de burla. O suspeito, já com antecedentes criminais, tinha praticado mais duas burlas em estabelecimentos comerciais daquela cidade e foi surpreendido pelos militares da GNR quando procedia ao pagamento de artigos de baixo valor com uma nota de 100 euros, que depois de já ter o troco na sua posse tentava reaver, praticando desta forma a burla.
Ainda no mesmo dia 14, e também em Pinhel, foi identificado um indivíduo de 47 anos, residente em Malta, suspeito da prática de vários crimes de furto de gasóleo. O suspeito está indiciado por furto no valor de 10.750 euros, tendo confessado a autoria de dois furtos de combustível, sendo ainda possível recuperar 120 litros que foram entregues ao seu proprietário.
plb

Anúncios

O restaurante «Casa da Esquila», localizado no Casteleiro, concelho do Sabugal, está de portas abertas, à espera de quem o visite. E quem ali vá não poderá ficar indiferente aos sabores gastronómicos, baseados na tradição, à excelência do serviço e ao requinte com que é brindado.

Este restaurante, que aposta no conceito Gourmet Rural, representou o concelho do Sabugal no dia 15 de Outubro, no Festival do Caldo, realizado em Viseu, onde confeccionou a Sopa do Chuchu. «Uma sopa de Outono com chuchu, a nossa castanha, entre outras preciosidades de Outono e finalizada com bagos de romã negra e hortelã da Serra de Malcata», referiu o proprietário e responsável pelo restaurante, Rui Cerveira.
O projecto da Casa da Esquila, assente no conceito Gourmet Rural, partiu do assumir da condição de ruralidade, numa terra com tradições gastronómicas que importa explorar e valorizar.
Dos frutos da época aos legumes produzidos nas terras sabugalenses, passando pela carne que vem das pastagens beirãs, pelos enchidos confeccionados ao modo tradicional e pelo peixe que vem de longe mas que aqui era cozinhado de modo especial, a Casa da Esquila adopta os ingredientes confeccionando-os e transformando-os em produtos de excelência.
Rui Cerveira assume que o «lado gourmet também nos permite por vezes algumas pequenas loucuras». É comum recorrer a combinações diferentes e originais, mas sempre com a presença da ruralidade, seja na qualidade dos produtos, seja na forma como são confeccionados.
Inaugurada há poucos meses, a Casa da Esquila é um projecto de génese hoteleira que pretende contribuir para a melhoria da oferta na região Beirã, aproveitando a proximidade com locais históricos como a aldeia medieval de Sortelha, o Sabugal, Alfaiates, Vila do Touro e Vilar Maior.
A casa assume três valores chave, que enquadram a sua prestação de serviços no ramo hoteleiro: a qualidade nos produtos e no serviço; o respeito pela comunidade; o proporcionar de sensações únicas e memoráveis.
O novo restaurante, com espaço amplo e acolhedor, é um local privilegiado para quem pretende apreciar a gastronomia de requinte a um preço acessível. Muitos dos produtos alimentares vêm da própria terra onde o restaurante está implantado, o que, aliado à eximia e exigente confecção, o tornam numa das melhores mesas Beirãs.
Na busca incessante pela inovação, a Casa da esquila vai realizar, no dia 22 de Outubro, a sua primeira «Oficina de Gastronomia», cujo tema será «Chás, Infusões e outras Tentações, do Tradicional ao Gourmet». Haverá provas surpreendentes e ensinamentos para que os participantes, num máximo de 20, apreciem melhor os chás e aprendam a viver melhor.
A Casa da Esquila, sita no Casteleiro, na rua da Estrada, nº 74, tem como coordenadas: N40º30’28.74 (Latitude), W7º23’26.95 (Longitude).
A lotação é de 70 pessoas na sala do restaurante, mais 310 na «Sala Cordovil». O preço médio de uma refeição completa é de 20 euros.
A Casa da Esquila está à espera de quem a visite (não tem dia de fecho), para surpreender.

Os contactos são: telefone 271381070, MSN casadaesquila@hotmail.com ou reservas@esquila.pt.
plb

A Democracia moderna tem de ser um regime político que dê as boas vindas à pluralidade e à igualdade de condições a todas as pessoas. Privilégios baseados em raça, religião, classe social ou poder económico, são inaceitáveis.

António EmidioPara mim, é o mais completo regime político, por isso a incenso, mas também a critico de forma radical. Claro que esta critica não é para ela, é para aqueles que eleitos pela Liberdade de escolha, a conspurcam. A maioria dos actuais políticos começa por esquecer esta regra básica da Democracia: o poder que exercem não é propriedade deles, é património comum da cidadania, mesmo daqueles que contra eles votaram. Os governantes não são proprietários do poder que se lhes entregou, são delegados da vontade popular. Ao quebrarem esta regra, acontece o que está a acontecer agora, sentem-se impotentes para resolver o mais pequeno problema, perderam a autoridade e, qualquer «mercado» manda neles, mas nós cidadãos temos que exigir-lhes uma outra postura, porque eles são os únicos que têm autoridade legitima, autoridade democrática. Não conseguem dominar o poder económico e financeiro com a autoridade que possuem? Então é porque não estão à altura de nos governarem e de enfrentarem os desafios que cada vez mais ameaçam a Democracia.
É uma realidade, que o Mundo neste momento atravessa uma série de crises, que aliás se resumem numa só, Crise Sistémica, Crise do Mundo Ocidental, é a crise financeira, crise económica, crise política, crise ambiental, crise do petróleo, crise da Democracia, da cultura, dos valores, da família, da educação, enfim, de tudo, ou quase tudo que diz respeito ao homem.
Infelizmente, a mediocridade caracteriza a maior parte dos governantes desta União Europeia, por isso a estão a pôr à beira do abismo. Quase todos os dias ouvimos falar da situação extrema da Grécia, mas não é só ela que está a ser saqueada e destruída pelas medidas económicas que servem simplesmente para salvar os interesses dos grandes grupos económicos, financeiros e empresariais europeus, Portugal também está a ser saqueado, por isso, já se começa a falar em segurança, há medo de revoltas. Senhor Presidente da República, Senhor Primeiro Ministro Passos Coelho, os senhores fazem da rentabilidade económica a motivação principal da governação, esquecendo o homem e os seus direitos, a este pertence a obrigação de trabalhar, sem dúvida, mas também o direito de o fazer em condições humanas e sociais dignas. Os senhores estão a fazer em Portugal uma política neoliberal, favorecendo os mais ricos, uma elite económica. Esta política irá originar um ainda maior retrocesso social do que o que foi conseguido por José Sócrates. Dá a impressão que conseguem ser mais neoliberais do que o F.M.I., basta ouvir os vossos discursos e os de alguns representantes desse organismo para se notar este absurdo. Não se admirem se a Democracia da rua substituir a do Parlamento aos gritos de : « Não nos representam ». Como se salvaram os bancos, têm que ser salvos agora os cidadãos, as pequenas e médias empresas que criam emprego, e a economia em geral.

Diário do Povo – China – opinião de um banqueiro oficial chinês referente à crise e à divida do ocidente: a razão principal é a contradição entre a assistência social extremamente alta e o sistema político. Pode a Democracia resolver os problemas do Ocidente? A política eleitoral restringe o espaço de acção dos que estão no poder.
A revista Time fez a mesma pergunta e deu a mesma resposta. Um regime económico de Capitalismo Selvagem e politicamente uma Democracia, coincide no pensamento com um regime comunista de partido único, uma ditadura, com um regime económico de Capitalismo Extremo.
Concluindo, a Democracia e o Capitalismo levado ao extremo, são incompatíveis.

«Passeio pelo Côa», opinião de António Emídio

ant.emidio@gmail.com

O Documento Verde da Reforma da Administração Local, apresentado pelo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, estabelece critérios para a redução de juntas de freguesias que, aplicadas ao distrito da Guarda fazem com que desapareçam 212 freguesias, num total de 336. No concelho do Sabugal desaparecerão 20 freguesias.

O documento, que tem por epígrafe «Uma Reforma de Gestão, uma Reforma de Território e uma Reforma Política», define uma metodologia baseada em critérios orientadores (demográficos e geográficos) que deverão presidir à nova organização autárquica.
Da aplicabilidade desses critérios orientadores elaborou-se um mapa que aponta para a agregação ou fusão de muitas freguesias, que, no caso do distrito da Guarda, se eleva a 212.
Vejamos as freguesias que vão desaparecer em cada concelho se a reforma autárquica avançar nos exactos termos em que está definida no Documento Verde.
Sabugal (desaparecem 20 freguesias, num total de 40): Águas Belas, Aldeia da Ribeira, Badamalos, Baraçal, Forcalhos, Lomba, Moita, Nave, Penalobo, Pousafoles do Bispo, Rapoula do Côa, Rendo, Ruivós, Ruvina, Seixo do Côa, Vale das Éguas, Valongo, Vila Boa, Vila do Touro. Vilar Maior.
Aguiar da Beira (sete freguesias, num total de 13): Eirado, Forninhos, Gradiz, Pinheiro, Sequeiros, Souto de Aguiar da Beira, Valverde.
Almeida (23 freguesias, num total de 29): Ade, Aldeia Nova, Azinhal, Cabreira, Castelo Bom, Castelo Mendo, Freixo, Junca, Leomil, Malpartida, Mesquitela, Mido, Monte Perobolço, Naves, Parada, Peva, Porto de Ovelha, São Pedro de Rio Seco, Senouras, Vale de Coelha, Vale da Mula, Vale Verde, Vilar Formoso.
Celorico da Beira (15 freguesias, num total de 22): Baraçal, Cadafaz, Carrapichana, Cortiçô da Serra, Lajeosa do Mondego, Linhares, Maçal do Chão, Mesquitela, Minhocal, Prados, Rapa, Salgueirais, Velosa, Vide Entre Vinhas, Vila Boa do Mondego.
Figueira de Castelo Rodrigo (12 freguesias, num total de 17): Algodres, Almofala, Cinco Vilas, Colmeal, Escarigo, Freixeda do Torrão, Penha de Águia, Quintã de Pêro Martins, Vale de Afonsinho, Vermiosa, Vilar de Amargo, Vilar Torpim.
Fornos de Algodres (11 freguesias, num total de 16): Cortiço, Fuinhas, Juncais, Maceira, Matança, Muxagata, Queiriz, Sobral Pichorro, Vila Chã, Vila Ruiva, Vila Soeiro do Chão.
Gouveia (cinco freguesias, num total de 22): Figueiró da Serra, Freixo da Serra, Mangualde da Serra, Vila Cortês da Serra, Vila Franca da Serra.
Guarda (39 freguesias, num total de 55): Adão, Albardo, Aldeia do Bispo, Aldeia Viçosa, Alvendre, Avelãs de Ambom, Avelãs da Ribeira, Benespera, Carvalhal Meão, Cavadoude, Codesseiro, Corujeira, Faia, Fernão Joanes, Gagos, Gonçalbocas, João Antão, Meios, Mizarela, Monte Margarida, Pêro Soares, Porto da Carne, Pousade, Ramela, Ribeira dos Carinhos, Rocamondo, Santana da Azinha, Jarmelo (São Miguel), Jarmelo (São Pedro), Seixo Amarelo, Sobral da Serra, Trinta, Vale de Estrela, Vela, Videmonte, Vila Cortês do Mondego, Vila Franca do Deão, Vila Garcia, Vila Soeiro.
Manteigas (uma freguesia, num total de quatro): Vale da Amoreira.
Mêda (13 freguesias, num total de 16): Aveloso, Barreira, Carvalhal, Casteição, Coriscada, Fonte Longa, Longroiva, Marialva, Pai Penela, Prova, Rabaçal, Ranhados, Vale Flor.
Pinhel (20 freguesias, num total de 27): Atalaia, Azevo, Bogalhal, Bouça Cova, Cerejo, Cidadelhe, Ervas Tenras, Ervedosa, Lamegal, Lameiras, Manigoto, Pereiro, Pomares, Póvoa D’ El-Rei, Safurdão, Santa Eufémia, Sorval, Valbom, Vale de Madeira, Vascoveiro.
Seia (10 freguesias, num total de 29): Cabeça, Carragozela, Folhadosa, Lajes, Santa Eulália, Santa Marinha, São Martinho, Sazes da Beira, Várzea de Meruge, Lapa dos Dinheiros.
Trancoso (26 freguesias, num total de 29): Aldeia Nova, Carnicães, Castanheira, Cogula, Cótimos, Feital, Fiães, Freches, Granja, Guilheiro, Moimentinha, Moreira de Rei, Palhais, Póvoa do Concelho, Reboleiro, Rio de Mel, Sebadelhe da Serra, Tamanhos, Terrenho, Torre do Terrenho, Torres, Valdujo, Vale do Seixo, Vila Franca das Naves, Vila Garcia, Vilares.
Vila Nova de Foz Côa (10 freguesias, num total de 17): Castelo Melhor, Chãs, Horta, Mós, Murça, Numão, Santa Comba, Santo Amaro, Sebadelhe, Touca.

A situação é muito diferente em Castelo Branco, onde a redução das freguesias levará apenas à agregação ou fusão de 39 em todo o distrito – as mesmas que desaparecem apenas no concelho da Guarda. Belmonte perde apenas uma freguesia – Colmeal da Torre – enquanto que Penamacor perde cinco – Águas, Aldeia de João Pires, Bemposta, Meimão e Vale da Senhora da Póvoa.
plb

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Outubro 2011
S T Q Q S S D
« Set   Nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.153.441 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios