Tal como estava previsto realizou-se no passado sábado, dia 17, um extraordinário convívio em plena Serra das Mesas, próximo da nascente do mítico rio Côa.

José Manuel Campos - Presidente Junta Freguesia Fóios - Capeia ArraianaDesta vez teve a particularidade de Foios ter recebido uma delegação, de Vila Nova de Foz Côa, chefiada pelo Sr. Vice Presidente, dessa edilidade, Dr. João Paulo Sousa.
Integrou ainda a comitiva o Sr. Fernando Fachada que é o Presidente da Junta dessa bonita Vila.
A delegação dos Fozcoenses chegou a Foios por volta das 11 horas tendo sido recebida pelo Sr. Presidente da Câmara do Sabugal e pelo Presidente da Junta de Foios.
Depois de feita uma visita guiada ao Centro Cívico foi projectada, no auditório, uma colecção de fotos alusiva aos mais variados aspectos desta bonita zona raiana.
De seguida a delegação de Foz Côz fez a entrega de algumas lembranças que ficam guardadas, sagradamente, na vitrina das recordações.
Uma senhora de Foz Côa fez questão de ler umas quadras, da sua autoria, alusivas ao rio e à amizade que está a ser construída no âmbito da nascente e foz do Côa.
Enquanto isto se passava já andava outro grupo a trabalhar, em plena serra, que tinha a responsabilidade do almoço.
Este grupo era comandado e orientado pelo António Fernandes, entre nós Tó Xuco, que fez o especial favor de oferecer uma enorme paella que ele próprio confeccionou. Gratos te estamos ilustre amigo António.
Teve como colaboradores, mais directos, o Joaquim Brásia e o Tó Barroso a quem também agradecemos o contributo.
A paella estava deliciosa e foi a conta certa para as setenta pessoas que a degustaram.
Enquanto a paella ia sendo confecciona a malta ia tomando uns aperitivos e cantando umas bonitas canções ao som da concertina que a Drª Ilda Manso tão bem sabe manobrar.
Esta nossa amiga, entre nós conhecida pela Izinha, já veio tantas vezes aos Foios a ponto de conhecermos, perfeitamente, os gostos uns dos outros. Faz-se sempre acompanhar de um enorme instrumental que faz questão de distribuir pelos presentes para que todos se sintam participativos.
Por outro lado a Izinha entende-se muitíssimo bem com o nosso famoso e espontâneo artista – Zé Leal – que quando engata, e engata sempre, é um animador nato. É possuidor de uma voz que alguns artistas profissionais gostariam ter.
Para além do Sr. Presidente da Câmara, António Robalo, estiveram ainda presentes a Srª. Vice Presidente, Delfina Leal e o Sr. Vereador Ernesto Cunha.
Por volta das 16 horas o autocarro de Foz Côa subiu até ao planalto da portela do Lameirão tendo o Presidente da Junta de Foios feito uma visita guiada ao local para onde está projectada a construção de uma capelinha e, de seguida, visitou-se a nascente do rio Côa que, nesta altura, deita tão pouca água que já dificilmente mata a sede aos visitantes.
Depois de feitas as respectivas fotos visitou-se o grelhador que está rodeado de uma série de pedras graníticas, em forma de cubo, que servem de mesas quando os visitantes aí decidem saborear uma boa merenda.
O grupo desceu ao povoado, já por volta das 19 horas, tendo-se estabelecido na esplanada do «Nosso Bar» para matarem a sede com umas merecidas minis.
Houve ainda tempo para uma visita ao complexo do casal Ramitos/Joaquim onde, junto da piscina, foram servidos uns vinhos espumosos.
De seguida a comitiva de Foz Côa dirigiu-se para junto do autocarro onde o grupo de Foios decidiu despedir-se com a canção do «Adios Amigo», acompanhada à viola pelo Quim Dias que também esteve nos seus dias.
Os ilustres visitantes não quiseram partir sem que se tivesse combinado uma deslocação de Foios a Foz Côa a quem pretendem proporcionar um passeio de barco, com almoço a bordo, assim como uma visita ao Museu do Côa.
O Sr. Vice Presidente do Município e o Sr. Presidente da Junta apresentaram a proposta tendo sido aceite e tendo sido logo escolhido o dia 22 de Outubro que é um sábado.
As relações Foz Côa/Sabugal/Foios vão sendo cada vez mais estreitas a ponto da delegação de Foz Côa nos ter oferecido um exemplar de uma peça teatral, relacionada com o querido e amado rio Côa.
O autor é fozcoense e a ideia é levá-la à cena com figurantes dos dois Municípios.
A Sr. Vice Presidente do Sabugal e o Sr. Vice Presidente de Foz Côa que são, tanto um como o outro, Presidentes das empresas municipais dos dois municípios acordaram estudar e amadurecer convenientemente a ideia para que a peça possa vir a ser apresentada a curto ou médio prazo.
Registei também com muito agrado a presença de alguns bons amigos da Associação «Foz Côa Friends», que já haviam visitado a casa do castelo, da Talinha, bem como a nascente.
Pretendemos trabalhar com todos os bons amigos de Foz Côa e penso que não seremos demais para podermos desenvolver todas e tantas ideias que nos andam na cabeça.
Finalmente pretendo agradecer todo o empenho e contributo da equipa de sapadores de Foios visto que a logística destes convívios, em plena natureza, requer organização e muito boa vontade.
Também não me quero esquecer de alguns bons amigos que nunca se esquecem de trazer uns queijos ou uns garrafões do melhor vinho.
Fica então dito e combinado que no dia 22 de Outubro a delegação de Foios e de outros amigos sabugalenses, sob o comando do Sr. Presidente do Município, Eng.º António Robalo, partirá rumo a Foz Côa fazendo-se acompanhar do típico assador de castanhas, de Foios, para podermos fazer um gigantesco magusto onde certamente não irá faltar a boa pinga dessa importante e bonita região do Douro.
Um grande abraço para Foz Côa.
«Nascente do Côa», opinião de José Manuel Campos

(Presidente da Junta de Freguesia de Foios)
jmncampos@gmail.com

Anúncios