Através da assinatura de acordos de cooperação, o Instituto Politécnico da Guarda (IPG) assegura intercâmbio com o Politécnico de Macau e a Taipei Medical University.

Um aluno do IPG integra o grupo de jovens portugueses que foram estudar para Macau, no primeiro semestre do corrente ano lectivo.
Esta deslocação resultou de um memorando de entendimento acordado entre o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos Portugueses (CCISP) e o Instituto Politécnico de Macau (IPM).
O intercâmbio, que numa primeira fase envolve apenas estudantes, é semelhante ao programa europeu ERASMUS e assegura a possibilidade de alunos portugueses e chineses poderem estudar, ao longo de um semestre, em Macau e Portugal.
De referir que o plano de estudos tem o devido reconhecimento oficial, sendo o alojamento e alimentação assegurados pela instituição de acolhimento.
O grupo português, para além do aluno do IPG, é constituído por estudantes da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Instituto Politécnico de Leiria, Instituto Politécnico de Castelo Branco e Instituto Politécnico de Bragança, num total de 12, os quais vão regressar no próximo mês de Janeiro.
O IPG, através da sua Escola Superior de Saúde, assinou ainda um protocolo de cooperação com a Taipei Medical University (TMU), de Taiwan, vocacionado para a cooperação científica na área da saúde, educação, serviços, intercâmbio cultural e estágios. O acordo assinado prevê a organização de simpósios e eventos de carácter técnico e científico, intercâmbio de estudantes e partilha de investigação, recursos educativos e programas.
plb (com IPG)