Um CD em homenagem a Frei João Domingos, natural da Torre, Sabugal, e falecido em Agosto de 2010, está a ser vendido, em várias casas de material fonográfico de Luanda, capital de Angola, país de África onde prestou serviço religioso.

Frei João Domingos - Torre - SabugalIntitulado «Cristo, modelo de vida», o trabalho tem como protagonista a cantora angolana Pérola, a quem coube interpretar grande parte dos temas musicais.
Segundo uma nota divulgada pela Angop, agência de notícias angolana, o mentor do projecto foi o frade José Paulo, que incluiu no CD uma miscelânea de músicas com sermões de frei João Domingos emitidos durante os 28 anos de missão em Angola.
Com 13 canções, o disco traz mensagens de encorajamento e exaltação à fé cristã, assim como orientação para o seguimento de uma vida assente no amor ao próximo.
De acordo com Frei José Paulo, trata-se de uma «justa homenagem ao homem de fé e amigo da convivência sadia entre as pessoas».
Além da cantora Pérola, compõem o disco outras vozes como a de Frei Mário Rui, Irmã Filomena, cantora gospel Branca e coro da Escola de Música do Carmo.
O programa de homenagem a frei João Domingos, levado a cabo desde 7 de Agosto, compreendeu ainda a realização de uma sessão de cânticos de louvor no princípio da semana, no Cinema Atlântico, com a presença de vários convidados, com destaque para o cardeal D. Alexandre do Nascimento.
Em 28 anos de missão evangélica em Angola, além de promover a formação intelectual dos frades e da juventude angolana, através do Instituto de Ciências Religiosas de Angola (ICRA) e do Instituto Superior João Paulo II, frei João Domingos destacou-se pelas suas homilias nas missas onde conseguia tocar o sentimento dos angolanos.
A agência de notícias angolana considera que Frei João Domingos foi uma das vozes da Igreja Católica mais ouvidas, tanto pelos crentes, quanto pela população em geral.
Frei João Domingos nasceu em 1933, na Torre, concelho do Sabugal. Aos 18 anos entrou na Ordem dos Pregadores. Formou-se em Portugal e no Canadá, onde foi ordenado padre e fez o leitorado e a licenciatura em Teologia, em 1959 e o Mestrado, em 1968.
plb