Há cerca de dois meses fui contactado pela Talinha, proprietária da Casa do Castelo, na cidade do Sabugal, para me dizer que ia participar numa acção – caminhada – em Vila Nova de Foz Côa e que muito gostaria de levar uns garrafões de água da nascente do Côa. Solicitou, então, a minha colaboração.

José Manuel Campos - Presidente Junta Freguesia Fóios - Capeia ArraianaAcedi, de bom grado, ao pedido da Talinha pelo que me desloquei à nascente, com o meu amigo António Sanches, para me ajudar a encher os garrafões e também para tirar umas fotos que comprovavam ser, efectivamente, água da nascente.
Mandei os garrafões para a Talinha e eis que ela parte para Foz Côa, com esse precioso líquido, como uma verdadeira embaixatriz do nosso Município.
Confesso que fiquei agradavelmente surpreendido com o gesto e com a ideia da Talinha visto me ter parecido uma acção da qual poucas pessoas se lembrariam.
Nesse mesmo dia tive o feedback da acção e fiquei maravilhado por ter sabido que todos os Amigos de Foz Côa se deliciaram com esse precioso líquido. A ideia da Talinha havia sido coroada de êxito.
A semana passada fui de novo contactado pela Talinha para me comunicar que parte desse grupo de amigos, com os quais havia convivido em Foz Côa, se deslocariam ao Sabugal no dia 23 do corrente mês de Julho.
A Talinha convidou-me para o almoço que ela própria confeccionou e serviu no espaço judaico que se situa na cave da sua casa do Castelo.
Confesso que me senti honrado e sinceramente agradecido. Foi um almoço diferente porque o local também é diferente.
Por volta das 16 horas o grupo deslocou-se até ao viveiro das trutas, Trutalcôa, onde, para surpresa do grupo, encontrámos o amigo Celso Ramos, Alcalde de Navasfrias e também deputado na Diputación de Salamanca.
De seguida o grupo de Foz Côa acompanhado por mim, Presidente da Junta de Foios, e pela Talinha, rumou até à Serra das Mesas com a intenção de poderem visitar e beber água na nascente do Côa. Assim aconteceu, efectivamente.
Mas não se ficou apenas pela visita à nascente. Os amigos(as) de Foz Côa ansiavam por conhecer e viver intensamente a Serra das Mesas. A tarde estava algo fresca, circulando uma brisa, que animava os visitantes.
Já com a noite a aproximar-se e atendendo a que algumas pessoas ainda teriam que rumar até Lisboa, e outras ao Porto, lá nos apressámos até à praça de Foios.
Depois das viaturas estacionadas as pessoas deslocaram-se a um bar onde tomaram uma merecida bebida.
Embora um pouco a correr houve ainda tempo para uma visita ao Centro Cívico «Nascente do Côa».
Foi com imenso prazer que fiz uma visita guiada às instalações do Centro Cívico. Com muito mais prazer e gosto porque algumas das pessoas do grupo são amigos pessoais do estimado amigo Eng.º António Gouveia.
Foi no tempo em que o Sr. Eng.º António Gouveia era Director do PROCÔA que apresentámos um projecto de candidatura tanto ao Centro Cívico como ao alcatroamento do caminho que dá acesso à nascente do Côa.
O povo dos Foios não esquece duas pessoas que muito contribuíram para estes dois importantes melhoramentos. Eng.º António Gouveia e o então Presidente da Câmara Municipal do Sabugal, Eng.º António Morgado.
Mas voltando aos amigos de Foz Côa, que hoje nos acompanharam, pretendo dizer que fiquei mais rico pelo facto de os ter conhecido e com eles ter convivido.
Esse grupo de pessoas pertence a uma associação que criaram, muito recentemente, designada por «FOZ CÔA FRIENDS». Tem um programa abrangente e ambicioso que passa, entre muitas acções, pela ligação e união da nascente e da Foz do Côa.
O entusiasmo que de todos se apoderou levou-nos a pensar e a sonhar com muitas e interessantes actividades. Uma caminhada começa num passo e hoje demos, certamente, o passo que pretendemos seja o primeiro de uma grande caminhada.
Pretendemos envolver as respectivas autarquias – Câmara e Juntas – porque temos plena consciência de que sem o reconhecimento e o apoio do poder autárquico, e nem só, não poderemos atingir os objectivos a que nos propomos.
Pretendo agradecer e reconhecer todo o esforço e envolvimento da Casa do Castelo, na pessoa da gerente e proprietária TALINHA, porque foi ela que proporcionou este magnífico e profícuo encontro.
Agradeço igualmente aos novos amigos da associação «FOZ CÔA FRIENDS» as lembranças que fizeram questão de me entregar e que vou guardar carinhosamente como também pretendo guardar e fortalecer a amizade que hoje começámos a construir.
Um abraço para todos os que vieram e para os outros, de quem muito falaram, mas que não puderam estar presentes. Mas há mais marés.
«Nascente do Côa», opinião de José Manuel Campos

(Presidente da Junta de Freguesia de Foios)
jmncampos@gmail.com

Anúncios