O Centro de Estudos Ibéricos (CEI), sedeado na Guarda, anunciou a abertura de candidaturas à sétima edição do Prémio Eduardo Lourenço, destinado a galardoar personalidades ou instituições com relevo na cooperação transfronteiriça.

O prémio de 2011 tem o montante de 10 mil euros. Na sua sétima edição, o galardão pretende premiar personalidades ou instituições com intervenção relevante no âmbito da cooperação e da cultura ibérica. As candidaturas ao Prémio Eduardo Lourenço podem ser entregues até 15 de Setembro.
O regulamento prevê que o galardão seja atribuído por um júri, constituído pelos membros da direcção do CEI, que são os reitores das Universidades de Coimbra e de Salamanca e pelo presidente da Câmara Municipal da Guarda, a que se juntam mais oito personalidades. Na edição deste ano, o júri será presidido pelo reitor da Universidade de Coimbra, João Gabriel Silva.
O prémio, com o nome do mentor e director honorífico do CEI, o ensaísta Eduardo Lourenço, nascido em S. Pedro do Rio Seco, concelho de Almeida, teve a sua primeira edição no ano de 2004 e já distinguiu diversas personalidades de Portugal e de Espanha.
O regulamento do Prémio Eduardo Lourenço 2011, está disponível para consulta aqui.
plb
http://www.cei.pt

Anúncios