No dia 15 de Julho, a GNR de Vilar Formoso deteve um homem de 40 anos em Castelo Bom (concelho de Almeida) por possuir na sua residência duas armas de fogo ilegais. Quatro dias antes, no dia 11, a GNR de Gouveia detivera também quatro jovens por furto em residências.

A detenção do possuidor das armas ilegais aconteceu na sequência de uma busca domiciliária, em cumprimento de mandado judicial emitido no âmbito de um inquérito criminal registado por crime de ameaças. Durante a diligência foram encontradas duas de fogo, uma caçadeira de calibre 36 e uma espingarda de ar comprimido, assim como uma arma branca e 61 cartuchos calibre 36. O detido foi conduzido perante o juiz do Tribunal de Almeida, que lhe aplicou a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.
Segundo o comunicado semanal do Comando Territorial da Guarda da GNR, também foram detidos do dia 11 de Julho quatro indivíduos, de 19, 20 e 21 anos de idade, residentes em Vila Nova de Gaia e no Porto, pela prática de crimes de furto em duas residências em Aldeias e Rio Torto (concelho de Gouveia). Foram recuperados os objectos e valores furtados, entre os quais diversos artigos em ouro e prata, material de som e imagem e dinheiro, no valor total de 14.100 euros, subtraídos das duas residências. Aos suspeitos, foi-lhes ainda apreendido o veículo em que se faziam transportar, propriedade de um deles.
Os detidos, já com antecedentes criminais e referenciados pela prática de diversos furtos nas zonas de Gaia, Cantanhede, Mira, Oliveira do Hospital, Santa Comba Dão, Seia e Gouveia, foram presentes ao Tribunal de Gouveia, que os sujeitou a prisão preventiva, recolhendo ao Estabelecimento Prisional de Viseu.
plb

Anúncios