Não me restam dúvidas de que quando o homem quer a obra acontece. No âmbito das jornadas de «geoturismos» que, sob os auspícios da Câmara, foram levadas a efeito no nosso Município, não posso deixar de referir três técnicos, três bons rapazes do nosso concelho, que desempenharam um excelente papel. Assim houvesse muitos.

José Manuel Campos - Presidente Junta Freguesia Fóios - Capeia ArraianaRefiro-me concretamente ao José Luis Nobre, ao João Paulo Cabral e ao Victor Clamote.
Dei conta de quanto estes três Senhores trabalharam para que tudo corresse na perfeição. E correu.
Apraz-me ainda registar o querer e a vontade de um quarto ilustre Sabugalense que também está a desempenhar um importantíssimo papel nos mais variadíssimos aspectos ambientais. Este Senhor é do Casteleiro e chama-se: Ricardo Nabais.
É com imenso prazer que escrevo este artigo alusivo ao trabalho que ultimamente se tem por cá desenvolvido.
Certamente que haverá, muitos outros jovens, dos dois sexos, que também se interessam pelos mais variados aspectos ambientais.
Mas todos não seremos demais para podermos fazer um trabalho, ao qual se dava pouca importância, e que agora começa a mexer com muita coisa.
A Serra das Mesas, à qual um dia o Dr. Bernardino Henriques chamou de «serra esquecida» é, de facto, um tesouro que estava absolutamente ignorado e esquecido.
Agora, desde que se começou a dar vida à serra, já são muitas as pessoas que se deslocam para estas paragens com a intenção de observarem os mais diversos aspectos morfológicos.
Deveremos ficar, naturalmente, satisfeitos mas também com a certeza de que o muito que já fizemos ainda é pouco em relação a tudo quanto há para fazer.
Faço portanto um apelo aos amigos acima referidos, e a outros que se queiram juntar, para que continuem a trabalhar com vontade e com afinco de modo a que possamos conseguir o tal «Geoparque» para todo o concelho de Sabugal.
A Câmara Municipal também está empenhada na criação do «Geoparque» até porque o Sr. Presidente e a Sr.ª Vice-Presidente, têm acompanhado e prestado todo o apoio a estas iniciativas.
Temos ingredientes, em abundância, mas temos que aprender a confeccioná-los.
«Nascente do Côa», opinião de José Manuel Campos

(Presidente da Junta de Freguesia de Foios)
jmncampos@gmail.com