You are currently browsing the daily archive for Terça-feira, 12 Julho, 2011.

Os blues voltam a andar à solta pela Guarda, entre o Jardim José de Lemos e o Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda. Na terceira edição do Transblues – Festival de Blues Béjar Guarda, o TMG e a Junta de Castilla y Léon apresentam entre 15 e 20 de Julho: Greg Izor (EUA) & King Bee (Espanha), Paul Lamb & The King Snakes (Reino Unido), Keith B. Brown Trio (EUA), Mr Blues e One Man Hand.

Na Guarda, o Transblues começa esta sexta, dia 15 de Julho, no Jardim José de Lemos com Greg Izor (EUA) e o quinteto King Bee (Espanha).
Greg Izor é um dos melhores tocadores de harmónica do mundo dos blues. O músico norte-americano mistura sons do Louisiana, de Chicago e do Texas com um estilo muito pessoal, o que acaba por resultar em música tradicional com um toque inovador. Greg Izor vem apresentar à Guarda o seu primeiro trabalho a solo, intitulado «I was wrong», acompanhado nesta digressão ibérica pelo grupo espanhol King Bee, um quinteto que se dedica fundamentalmente aos blues e que se diz influenciado pelas sonoridades de projectos americanos como The Fabulous Thunderbirds, Gary Primich ou Red Devils, sem que por isso se afaste dos grandes mestres dos blues Muddy Waters ou Little Walter.
No dia seguinte, 16 de Julho, no mesmo palco, actua o grupo do Reino Unido Paul Lamb & The King Snakes. A banda é considerada, desde há anos, a melhor banda de blues britânica, uma reputação que tem sabido manter.
Paul Lamb, o líder do projecto (voz e harmónica), tem trabalhado ao longo da carreira com grandes nomes da música e das mais distintas áreas (da Pop ao Rock); são disso exemplo nomes como Mark Knopfler, The Who, Rod Stewart e Jimmy Nail, entre outros. Com os The King Snakes, Paul Lamb tem editados 14 discos. O projecto actua em média cerca de 250 noites por ano em palcos de todo o mundo.
No domingo, dia 17 de Julho, ainda no Jardim José de Lemos, actua o Keith B. Brown Trio (EUA). Keith Brown é reconhecido pela sua paixão pelos blues do delta do Mississipi. O guitarrista e compositor norte-americano é também senhor de uma das mais belas vozes negras dos blues. A sua fama levou-o a ser escolhido por Martin Scorsese e Wim Wenders para interpretar o papel principal no filme «The Soul of a Man». Integram ainda o Trio de Keith Brown: Sébastien Charlier (harmónica) e Manu Ducloux (baixo).
Na semana seguinte e já no Café Concerto do TMG, no dia 19 de Julho, actua o projecto português Mr. Blues. Trata-se de um dos projectos mais proeminentes de Portugal na vertente dos Blues. A linguagem musical e a vasta experiência dos músicos envolvidos já lhe permitiu tocar em vários Festivais Internacionais de Jazz & Blues fazendo as primeiras partes de artistas como Alvin Lee ou Sharrie Williams.
O Transblues termina na quarta-feira, dia 20 de Julho, com o Luso-canadiano One Man Hand.
O projecto é constituído apenas por um músico que toca em simultâneo guitarras, kazzoo, harmónica, bombo, tarola e pratos de choque. Steve Rego França nasceu em Toronto, Canadá, mas cedo veio para Portugal, dando os primeiros passos na música em 1995. Passou por diversos projectos musicais antes de assumir o projecto One Man Hand, em Dezembro de 2005.
Todos os concertos do Transblues têm entrada livre. No Jardim José de Lemos, os concertos começam às 21h30 e no Café Concerto têm início às 22h00.
plb (com TMG)

Anúncios

As aldeias do interior de Portugal, agora desertas, são objecto de uma intensa actividade literária.

Pessoas que as deixaram a aldeia há trinta ou quarenta anos, no fervilhar de uma intensa actividade, onde todos se debatiam na busca de melhores condições, procurando caminhos que se iam abrindo quer pela deslocação para as cidades do litoral, quer para terras estrangeiras, não as esqueceram. As ruas, as pessoas, os horizontes, até as pedras da calçada continuam presentes na nossa memória e acompanham-nos toda a nossa vida.
Alguns não conseguem calar mais este apelo da aldeia onde nasceram. E com um misto de memória, fantasia, imaginação conseguem recriar-nos um universo que é uma delícia para os mais velhos que também o viveram, mas ainda para os mais novos a quem os pais talvez ainda não tenham conseguido transmitir este ambiente, quer por falta de tempo, talvez de habilidade e, quem sabe, por ausência de memória.
Foi certamente esta a tarefa que se propôs o nosso amigo e conterrâneo Dr. Manuel Martins Fernandes, com o seu livro Memórias de Infância – Raízes do coração.
É um bonito livro. Lê-se com agrado. Percorre as ruas, os caminhos, os fontanários da aldeia. Lembra-nos pessoas, umas reais, outras fictícias. Mostra-nos hábitos, tradições… Uma aldeia assim volta a viver. Uma aldeia assim torna-se célebre porque o que está descrito já não morre. Perdura nos nossos corações. Cria raízes e daí o subtítulo bem apropriado: raízes do coração.
Na capa lá está a fotografia da casa dos pais onde Manuel Fernandes viveu a infância. Embora um pouco esfumada pelo tempo que já se encarregou de a substituir, ela continua sempre na memória do autor e na dos conterrâneos que também a conheceram. Foi lá que nasceu, que deu os primeiros passos, que recebeu todo o carinho da mãe e do pai e que cresceu juntamente com os outros irmãos.
Um escritor meu amigo do Porto disse-me um dia que todos nós temos que escrever as nossas memórias. O Manuel Fernandes já cumpriu o seu dever. Eu diria o seu prazer. Pois é sempre um prazer recordar a infância. Este é um tema universal que une todo o ser humano. Todos nós tivemos uma infância. E a infância é a ternura, a emoção, a pureza, um estado de graça onde todos gostaríamos de permanecer. É por isso que nos enternecemos tanto ao parar diante de uma criança.
Manuel Fernandes viveu a sua vida adulta no Porto onde é psicólogo clínico. Ocupou-se sempre da saúde dos adultos. Agora pretende dar saúde à nossa aldeia. Oxalá que com este livro lhe dê mais saúde, mais vida e, deste modo, a faça reviver.
Joaquim Tenreira Martins

Perguntou-me um amigo de que lado estava, ou seja, lê os meus artigos, mas não consegue vislumbrar se estou do lado do PSD, ou do lado do PS. Respondi-lhe, aceitou a minha resposta, que foi mais ou menos esta:

António EmidioTenho amigos e inimigos de um lado e do outro, conheço homens e mulheres de ética e dignidade irrepreensíveis tanto de um lado como do outro, conheço homens e mulheres tanto de um lado como do outro, que não são dignos, nem dignas, de viver em sociedade e, muito menos de nos representarem em qualquer instituição democrática, só servem para envenenar a Democracia. Escrever, ou dizer o contrário é sectarismo. Ideologicamente pertenço a um sistema político-económico que trouxe a esta Europa Ocidental, pós II Guerra Mundial, prosperidade, serviços sociais e maior igualdade. Tudo isto se está a desmoronar com o surgir de um ideal retrógrado e reaccionário. Por isso, todo o homem ou mulher que se considere Social-Democrata ou Socialista Democrático, só tem um caminho que é este: lutar pela justiça social, ter preocupação e respeito pela dignidade humana, rejeitar energicamente a corrupção, deixar-se de lutas por frivolidades que poderão dar meia dúzia de votos, mas que não passam de castelos de areia erigidos por grupos de pressão para daí tirarem proveito -próprio e corromperem quem com eles pactua. Nunca se afastarem dos valores democráticos, e por fim, lutar contra o Neoliberalismo, esse monstro que está a destruir a Democracia. Lutar como? Com valores morais, sociais e políticos.
Ver o País e o Concelho através somente da dicotomia PSD/PS, não é lutar, nem sequer compreender os problemas fundamentais de hoje. Os que assim procedem, são de uma mediocridade extrema, nomeadamente na esfera política, têm um pensamento que aceita todas as injustiças, sucumbem com facilidade à ânsia de poder e ao culto do dinheiro.
A Globalização Neoliberal, e agora esta crise económica, vieram mostrar até à saciedade que as grandes decisões que nos afectam, que afectam as nossas vidas, são tomadas à margem das instituições eleitas por nós cidadãos. Que sentido tem eleger gente que cumpre ordens e instruções vindas de fora? Que ganhamos ao mudar caras de quatro em quatro anos? Os votos têm de ter valor, não podem ser simples cheques em branco, nunca podem ser uma autorização para que os que ganharem acabem o trabalho dos que perderam, como é o caso presente de Portugal.
É precisa uma rebelião cívica para fazer frente ao grande poder económico que cada vez impõe mais restrições aos direitos sociais dos cidadãos.
A comunicação social, controlada pela oligarquia, é uma das grandes culpadas daquilo que está a acontecer, não nos diz que os verdadeiros ladrões, aqueles que vão roubando os países mais débeis economicamente, como Portugal, são Wall Street (FMI) e o Banco Central Europeu (Berlim), os sumo-sacerdotes do grande capital globalizado e explorador. A comunicação social controlada, vai lançando os partidos da oposição contra os do governo, os do governo contra os da oposição, dizendo que a Democracia é esta sã troca de ideias, ficando de fora a verdade.
Querido leitor(a), acredito do fundo do coração que se esta invasão económica que nos tirou a soberania, fosse militar, muitos homens e mulheres lutariam de armas na mão contra o invasor, chegariam a morrer. Mas esta invasão é económica, pode proporcionar grande riqueza a muitos e muitas que se dedicam à política e, não só. Sendo assim, não convém lutar, é melhor o silêncio cúmplice… Está aqui o sentido do título do artigo: O ouro destrói mais que a pólvora.
Estou do lado dos valores morais, sociais e políticos.
«Passeio pelo Côa», opinião de António Emídio

ant.emidio@gmail.com

Nesta época balnear, que decorre durante os meses de Julho, Agosto e Setembro, a praia fluvial do Sabugal garante um conjunto de actividades lúdicas, voltadas sobretudo para os jovens.

Após concurso, a exploração da praia foi concessionada, durante os meses de verão, à empresa «Radical Lince – Turismo e animação, Lda», formada e gerida por três jovens do concelho do Sabugal. Rui Marques, da aldeia de Quarta-Feira, Sérgio Esteves, de Vila do Touro, e Marco Esteves, de Sortelha, são os gerentes da empresa.
Com a concessão de exploração a praia fluvial terá actividades permanentes, que vão desde o tiro com arco à zarabatana, passando pela canoagem, paintball e escalada. Para o mês de Agosto haverá actividades suplementares, realizando-se torneios de futebol, ténis, paintball e tiro com arco.
Os jovens sabugalenses da Radical Lince, agarraram o projecto com ambas as mãos, esperando contribuir para a melhoria na oferta turística do concelho do Sabugal.
Rui Marques, um dos gerentes da empresa, disse ao Capeia Arraiana que «este verão as pessoas poderão descobrir uma grande variedade de actividades lúdicas, culturais, radicais, todas elas espectaculares e cheias de adrenalina, e uma infinidade de outras possibilidades».
A empresa para além de garantir a realização das actividades lúdicas, é responsável pela manutenção e limpeza do espaço.
A vigilância da praia é assegurada pelos Bombeiros Voluntários do Sabugal, nos termos de um protocolo celebrado para o efeito com a Câmara Municipal do Sabugal.
Mais informações sobre as actividades na praia fluvial aqui.
plb

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.140.396 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios