Há cerca de dois meses fui contactado pela Dr.ª Ana Morgado, da Câmara Municipal de Sabugal, a solicitar a minha colaboração relativa a umas jornadas de convivência com alunos dos dois lados da fronteira.

José Manuel Campos - Presidente Junta Freguesia Fóios - Capeia ArraianaContactámos com o Ayuntamiento de Navasfrias e a Mancomunidad del Alto Águeda e marcou-se uma reunião com autarcas, professores e funcionárias desta última instituição.
Foi com muito gosto que, passados alguns dias, acompanhei a Dr.ª Ana Morgado, as professoras Maria do Céu Chapeira, Fátima Bárbas e a funcionária Silvina tendo sido efectuada uma reunião com autarcas espanhóis, professoras e técnicas da Mancomunidad del Alto Águeda que tem sede em Fuenteguinaldo.
Para quem não souber o que é a Mancomunidad informo que é uma associação das localidades dessa zona que se designa por Alto Águeda. Dezanove pueblos.
O principal objectivo da parte portuguesa era levar as crianças a tomarem contacto com a linha de fronteira e também com a realidade do contrabando.
Para que tudo corresse na perfeição, como correu, uma semana antes fizemos o percurso tendo visitado a casa dos contrabandistas. É um enorme barroco com uma cavidade onde cabem cerca de vinte pessoas.
Os quatro autocarros que transportaram as cento e sessenta crianças chegaram à praça de Foios por volta das dez e meia e depois de devidamente estacionados todas as crianças saíram tendo tomado o pequeno almoço junto do edifício do Centro Cívico que teve as portas abertas para que crianças e adultos pudessem usas as casas de banho.
A Junta de Freguesia de Foios teve o prazer e honra de oferecer os cafés a todos os adultos. Professoras, auxiliares, condutores e alguns pais.
Por volta das onze e meia os autocarros chegavam a um largo existente no alto da Serra das Mesas.
Depois de devidamente estacionados todas as pessoas desceram e ouviram as explicações que lhes foram transmitidas.
De seguida fez-se o percurso até à casa dos contrabandistas cuja distância é apenas de cerca de cento e cinquenta metros.
As crianças, acompanhadas pelas respectivas professoras e educadoras, fizeram esse pequeno percurso algo amedrontadas porque sabiam que iam visitar, em plena serra, a casa dos contrabandistas.
Confesso que foi muito bonito. As professoras e funcionárias que prepararam e executaram a peça (drama) estão, na verdade, de parabéns.
Duas fardadas de guardas-fiscais e mais três vestidas de contrabandistas executaram uma peça de se lhe tirar o Chapéu.
Quando as crianças iam chegando à dita casa eis que saem as três contrabandistas, com os respectivos carregos quando, num ápice, são surpreendidas e apanhadas pelos dois guardas fiscais (obrigado a quem lhes emprestou as fardas).
As crianças estavam algo surpreendidas e um pouco assustadas quando a cerca de cinquenta metros foi disparado um tiro, para o ar, sem que até eu soubesse de onde tinha vindo e quem teria disparado.
Os guardas-fiscais tentavam arrebatar os carregos às contrabandistas e estas choravam e suplicavam dizendo-lhes que eram pobres e que tinham os filhos em casa a pedir pão.
No meio de tanta barafunda os guardas-fiscais acabaram por compreender a situação, daquelas três pobres contrabandistas, e a história acabou com um final feliz.
Após a cena, com um megafone, explicou-se tudo muito bem às criancinhas tendo todas compreendido a situação e agradeceram com uma grande salva de palmas.
Da casa dos contrabandistas fez-se o percurso até à nascente do rio Côa onde a maioria das crianças beberam água.
Foi-lhes dada uma breve explicação, relativamente à nascente, que começa brotando uma pequena quantidade de água indo depois engrossando até chegar a Vila Nova de Foz Côa onde desagua no rio Douro.
Recordo-me de uma criança ter dito que esse não podia ser o rio que passava na Rapoula uma vez que aí já era muito grande.
Houve ainda tempo para se lhe mostrar um marco fronteiriço que tem numa das faces o P de Portugal e noutra face o E de España.
Visto que já era um pouco tarde e porque os espanhóis nos esperavam no parque “El Bardal”, mais concretamente no Centro de Interpretação da Natureza, os quatro autocarros, um carro da Câmara, a carrinha da Junta de Freguesia de Foios e um jipe dos Bombeiros do Soito, rumam todos até Navasfrias, via Aldeia do Bispo, onde chegámos apenas com um quarto de hora de atraso.
Junto do Centro de Interpretação da Natureza encontravam-se as autoridades autárquicas, técnicas da Mancomunidad del Alto Águeda, vários fotógrafos e elementos da Rádio Televisão da província de Salamanca.
Já dentro do Centro de Interpretação o Sr. Alcalde, Celso Ramos, proferiu umas palavras de boas vindas tendo agradecido o facto de se ter escolhido esse bonito parque. «EL BARDAL».
Após esta recepção toda a gente entrou no coração do parque, onde se encontram imensas mesas distribuídas como que a esperar por tanta gente.
Depois do almoço, e tal como estava combinado, os quatro autocarros deslocaram-se à zona das minas de volfrâmio, que dista três quilómetros de Navasfrias, na direcção de El Payo.
Como a visita às minas só pode ser feita por grupos de quinze ou vinte alunos, enquanto uns faziam as visitas outros faziam jogos que intercambiavam com outros alunos espanhóis.
Assim terminou uma bonita e proveitosa jornada pedagógica que certamente ficará guardada, para sempre, na mente dos alunos e adultos que nela participaram.
Informo ainda que estas actividades se vão prolongar pelos dias de amanhã quinta feira, 26 e sexta feira 27.
Vão, naturalmente, participar outros alunos e professores e haverá outras contrabandistas e guardas fiscais.
Estas importantes jornadas são, naturalmente, apoiadas pelo Agrupamento de Escolas de Sabugal, Câmara Municipal, Junta de Freguesia de Foios, Ayuntamiento de Navasfrias, Mancomunidad del Alto Águeda e Associação Humanitária dos Bombeiros do Soito.
Faço votos para que nos dois dias restantes o bom tempo nos continue a acompanhar.
Parabéns a quem organizou e a quem participou.
Fora das quatro paredes muito se aprende!
«Nascente do Côa», opinião de José Manuel Campos

(Presidente da Junta de Freguesia de Foios)
jmncampos@gmail.com

Anúncios