O Turismo de Portugal e o Município da Guarda assinaram, no dia 20 de Maio, a escritura de compra e venda do Hotel Turismo, que se converterá na nova Escola de Hotelaria e Turismo da Guarda.

A nova escola da Guarda será a primeira especializada em Saúde e Bem-Estar, e estará voltada para o apoio ao sector do turismo na região, especialmente nos distritos da Guarda e de Viseu.
Em comunicado o Turismo de Portugal refere que este processo é «a resposta às necessidades formativas do sector turístico nesta Região, contribuindo para a criação de emprego qualificado e para a melhoria dos serviços, em linha com os objectivos do Plano Estratégico Nacional do Turismo».
A abertura da Escola está prevista para 2013, após um investimento de 12 milhões de euros, e terá capacidade para 250 alunos. A oferta educativa abarcará a Hotelaria, a Saúde e Bem-Estar, bem como o Turismo Cultural e Paisagístico, contando com um hotel e um restaurante de aplicação, um auditório e um refeitório para alunos.
O projecto será desenvolvido em colaboração com o Instituto Politécnico da Guarda, que já detém competências em matéria de formação superior nas áreas da Gestão do Turismo e da Saúde e que será igualmente um parceiro nesta iniciativa formativa.
Acrescendo à formação inicial de jovens (cursos de especialização tecnológica e em contexto real de trabalho), desenvolverá formação contínua de profissionais no activo e o reconhecimento e certificação de competências (através do Centro Novas Oportunidades) para integração e reintegração na vida activa.
O ainda actual Hotel Turismo é um edifício dos anos 1940, projectado por Vasco Regaleira e em vias de classificação, localizado no centro da cidade da Guarda. A Escola de Hotelaria e Turismo, que lhe irá suceder, estará distribuída por cinco pisos, numa área superior a oito mil metros quadrados.
plb