No dia 16 de Abril, a Confraria do Bucho Raiano, com sede no Sabugal, esteve representada no VIII Grande Capítulo Gastronómico da Real Confraria da Cabra Velha, em Miranda do Corvo.

A representação da Confraria do Bucho foi garantida pelo Almoxarife, Paulo Saraiva, que acompanhou as cerimónias que fizeram parte do programa, nas quais se integraram imensas confrarias gastronómicas, ali chegadas de todo o país.
O capítulo iniciou-se logo pela manhã com uma missa solene na Igreja Matriz de Miranda do Corvo, a que se seguiu a recepção com «mata-bicho» às confrarias convidadas, no Parque Biológico da Serra da Lousã.
Todos puderam apreciar o magnífico parque situado na Quinta da Paiva, uma das maravilhas de Miranda do Corvo, o qual venceu, em 2007, o 1º Prémio do Concurso Nacional para o Empreendedorismo, na Categoria de Investimento Humano, atribuído pelo Ministério da Economia. Trata-se de um espaço que recria um ambiente protegido e naturalmente integrado, contendo um Museu Vivo de Artes e Ofícios Tradicionais (olaria, tapeçaria, cestaria e vime), e um Centro Hípico que promove a hipoterapia e a equitação adaptada. Aqui o turista não só pode divertir-se, aprofundar a biofilia, apaixonar-se pela natureza, aprendendo a valorizar o ambiente, como apoiar um projecto que integra trabalhadores deficientes, associando a ecobiótica a fins terapêuticos como a hipoterapia com deficientes e a terapia ocupacional com pessoas com doença mental.
Seguiu-se a cerimónia protocolar de entronização de novos Confrades, na qual usou da palavra grão-mestre da Confraria de Avintes, também confrade do bucho raiano e colaborador do Capeia Arraiana, Paulo Sá Machado, que proferiu uma muito apreciada palestra acerca da gastronomia portuguesa.
Concluído o capítulo, seguiu-se o almoço, onde a chanfana foi rainha, bem como outros pratos que têm por base a cabra velha.
plb

Anúncios