You are currently browsing the daily archive for Terça-feira, 12 Abril, 2011.

«Quero uma Europa de valores porque é isso que norteia a minha vida. Na Europa quero o Miguel, a Marisa e o Rui.» Quem assim fala dos candidatos do Bloco de Esquerdo ao Parlamento Europeu é Fernando Nobre que vai encabeçar a lista pelo círculo de Lisboa do PSD-Partido Social Democrata.

Vodpod videos no longer available.

«Não, categoricamente não!» responde o Fernando quando a jornalista Judite de Sousa lhe pergunta se aceitaria integrar uma lista de deputados à Assembleia da República.

Vodpod videos no longer available.

1 – Raios Parta! Ele há coisas que eu não compreendo. Não sei porquê mas recorda-me vagamente um tal de Vital Moreira. E com mais dúvidas fico quando revejo um vídeo do comício do Bloco de Esquerdo em Coimbra no dia 1 de Junho de 2009.
2 – Fernando Nobre «valeu» cerca de 600 mil votos nas Presidenciais. No entanto não me parece que quem votou contra Cavaco Silva se sinta confortável a votar PSD. Atenção porque a sigla FMI escreve-se com as mesmas letras de FIM.
3 – Ou então… a política portuguesa é mesmo isto!
jcl

Anúncios

No Meio da Crise, a Caminho de sucesso.
O João José Oliveira apresentou o seu novo projecto, desta vez não foram automóveis, mas sim uma obra literária e a sua colecção particular de arte.

Foi no dia 5 de Março de 2011 que João José oliveira, natural e a residir no Soito, concelho do Sabugal, o homem (designer de automóvel) que há muitos anos nos tinha habituado a lançar novos projectos e a aceitar novos desafios sempre relacionados com a área automóvel. Mas após um AVC, aos 48 anos de idade, foi obrigado a deixar a sua paixão e ao mesmo tempo vida profissional, e mudar de vida… surpreendendo-nos passados três anos, com a abertura ao público, do seu atelier-galeria com dezenas de esculturas metálicas de médias e grandes dimensões, com o tema, «A Arte e a Reciclagem; a Reciclagem é uma Miragem! Reciclar a Reciclagem», e com a apresentação da sua obra literária.
José Oliveira convidou, além de muitos amigos, a população em geral, como oradores o Dr. António Rito Pereira, advogado de profissão e director do Jornal 5 Quinas do Sabugal e o Dr. Manuel Meirinho, Professor universitário e considerado um dos grandes politólogos da actualidade.
A apresentação foi na seu atelier galeria de arte (antiga fábrica do autor) e João José fez a abertura do evento com um discurso agradecendo aos presentes o facto de estarem com ele nesta caminhada, contou resumidamente a história ao editar o livro dizendo que não sabia muito bem aonde podia chegar e até nalguns momentos pensou que não seria capaz, mas sem deixar de acreditar foi tentando e criou o livro com o titulo: «Ser-se feliz é uma questão de “engenharia”», construiu ao mesmo tempo esculturas metálicas com uma relação muito próximas do conteúdo do livro. A obra foi aceite por uma grande editora e já está á venda na secção de espiritualidade na livraria Bertrand e na cadeia de lojas Fnac, resolveu não falar no conteúdo do livro, deixando essa tarefa para os oradores por ele convidados, falou somente da capa e contra capa, que apelidou de um produto made in Soito, desde as fotos ás flores realçando o girassol que tinha tirado do jardim da sua vizinha D. Amélia. Na contra capa está uma foto que tirou no rescaldo do célebre incêndio na zona de Sortelha em Setembro de 2009.
Chegou a vez do Dr. António Rito discursar começando por dar os parabéns á Maria de Deus, esposa do João José, evocando Talud: «todo aquele que casa com uma mulher virtuosa, é como se cumprisse todos os preceitos da lei», e o João José deve os seus sucessos á filha do Ti Loto. Falando do livro comparou o João José a um dos grandes filósofos a nível mundial que foi o Espinosa, filho de pais Portugueses que emigraram para a Holanda, país onde nasceu. Referiu que quem quiser ler esta obra tem de ler com alguma atenção, para poder entender o que o autor nos quer dizer, e na sua analise o Dr. António Rito demonstrou-nos que ele já o havia feito, dando muitos elogios ao autor, e tecendo algumas «criticas» a certas passagens, não concordando, mas respeitando o pensamento do autor. Por fim recomendou a leitura do livro.
Passou-se a palavra ao Dr. Manuel Meirinho que cumprimentou todos os presentes e seus conterrâneos, deu os parabéns ao autor acrescentando que não é fácil lançar um livro, e que só quem passa por esta situação é que sabe o que isto é. Referiu que não é preciso ser filósofo para filosofar e que o João José era o exemplo disso mesmo escrevendo um livro que no seu ver é um grito de revolta, após um problema de saúde, e que o autor ousou pensar e transcrever os seus pensamentos e as suas reflexões em diversas áreas. Resumiu o livro á capa e contra capa, pois ilustram-nos o que o autor nos transmite, e partilhou a análise do Dr. António Rito no capítulo da atenta leitura para o poder assimilar, e recomendou vivamente a leitura do livro.
Temos autores, que sem nunca ter lido os clássicos sabem pensar, mesmo não tendo lido filósofos sabem filosofar e que não tendo desfolhado lições de engenharia sabem fazer obras interessantes, são excelentes requisitos de um potencial a aproveitar, terminou dizendo que tinha muito gosto em estar aqui, pelo interesse do evento mas também pelo convívio e por rever muitos amigos na sua terra natal. Lançou o repto às autoridades locais para apoiar estes eventos e considerou que tanto o livro como a exposição podiam ser exteriorizadas rumo á capital e disponibilizou-se para tal.
João José agradeceu aos dois oradores o facto de terem aceitado o convite e de se terem deslocado de Lisboa ao Soito propositadamente e ofereceu uma das suas obras de arte a cada um. Reagiu á comparação que o Dr. António tinha feito no seu discurso, e afirmou que nunca leu Espinosa, e que esteve mais de vinte anos sem ler um livro. Referindo que já no tempo de designer de automóveis, quando desenhava protótipos e para criar um novo projecto não lia nem via durante largo tempo nenhuma revista de automóveis para não ser influenciado. Passou a apresentar e explicar o sentido de todas as suas obras de arte, das quais destacamos a obra que fez em homenagem ao seu falecido sogro, o Ti Loto (figura popular e um dos homens mais valentes da história do Soito), cujo tema é «A Fábrica da auto estima», e ofereceu-a à família para ser colocada em lugar público.
A Obra Literária:
Ser feliz é o objectivo nº1 do ser humano, nem todos conseguem, porque a maioria não tenta.
A luta pela sobrevivência, inspirou o autor e definir este belíssimo conceito. Este título, é a expressão que o autor utiliza e cujo conteúdo desenvolve sob a forma de pensamento “prático” e “crítico”. É o percurso de toda a causa que originou a visão para o despertar, a mudança de vida e a adaptação a uma nova forma de viver. Esta obra é produto da reflexão sobre os vários fenómenos sociais verdadeiros entraves da vida. A forma como entendeu e enfrentou, é a arte que criou para este projecto de ser feliz, rumo a uma nova forma de ser. Polémico e controverso, estabelece ao mesmo tempo, uma relação com o meio ambiente, economia, democracia e as questões de uma provável causa da doença e a possível cura. Este novo conceito para ser-se feliz, é uma reflexão profunda, uma critica ás características evolutivas da humanidade que, estende de uma forma descontraída ao longo das 260 páginas. É uma critica, uma proposta ás actuais matrizes que continuam a moldar a actual cultura. É também um convite á ecologia porque sim. Também é uma mensagem que o autor propõe decifrar, expondo de uma forma surrealista, uma opinião «visionária» do que estará para vir e que o mundo composto e dirigido pelo ser humano, perdeu a criatividade.
Escrevi o artigo logo a seguir ao evento, mas não o quis publicar sem que o autor me resumisse a sua obra, e o José tem sido um homem muito ocupado desde o lançamento deste seu novo projecto, mas durante esta semana lá arranjou um tempo para me receber no seu atelier e satisfez o meu pedido:
Ser-se Feliz é uma questão de «Engenharia» é verdadeiramente um grito de alerta uma crítica às características evolutivas da humanidade, uma proposta de revolta. Onde chegámos e para onde vamos. É sem dúvida uma crítica original àqueles que nos comandaram, à mentalidade da nossa geração em ter produzido esta geração “ARRASCA”.
É uma crítica à falta de criatividade na escolha do melhor caminho em encarar a realidade do que está acontecer. É uma obra actual que nos faz reflectir, que nos propõe uma nova consciência que, nos tenta mostrar que ninguém tem culpa de um facto natural para o qual todos temos contribuído.
Este livro, é mais uma voz à procura de ser amplificada, para se poder juntar a tantas outras. Um dos conceitos defendidos nesta obra é o facto da evolução já não nos trazer algo de novo, a cultura vulgarizou-se e tornou-se extensiva. Esta obra não nos conta nada de novo, para lá daquilo que todos já sabemos. Mas enreda-nos numa viagem, numa reflexão, sobre as características das dúvidas que, estamos a viver nestes momentos de crise.»
Analisando friamente esta questão complicada na vida de José Oliveira, até parece que «a solução foi o problema…». José Oliveira é um exemplo a seguir pelos que por vezes pensam em desistir.
João Nabais

El 19 de marzo de 2011 ha tenido lugar en Oliveira do Hospital (Portugal) el XXII Gran Capítulo de la Confraria Queijo Serra da Estrela. Los días 19 y 20 de marzo de 2011 Oliveira do Hospital (Portugal) ha celebrado su XX Festa do Queijo Serra da Estrela e outros produtos locais de qualidade.

Luis Javier del Valle VegaII Concurso de Doçaria com Queijo Serra da Estrela
El 19 de marzo de 2011 en la XX Festa do Queijo de la Serra da Estrela ha tenido lugar el II Concurso de Doçaria con queijo Serra da Estrela e derivados.
En este II Concurso, al igual que en primero he tenido el placer de ser elegido como uno de los jurados del mismo, formando por cinco personas. En concreto estuvo compuesto por los cofrades de la Cofradía del Queijo Serra da Estrela: Carlos Magalhanes y José Luis de Abreu, el cocinero Helio Loureiro -que cuenta con el programa Gostos y Sabores de la RTP y el elaborador quesero y ganadero local Paulo Rogerio, bajo la dirección de la concejal de cultura de la Cámara Municipal, Maria Silvia.

Confraria Queijo Serra Estrela - Oliveira do Hospital

El Concurso se realizó dentro del marco de la XX Festa do Queijo de la Serra da Estrela e outros produtos locais de qualidade, ante la presencia del público asistente a la misma.
Los platos presentados a concurso debián de contener Queijo Serra da Estela o algunos de sus derivados, presentándose al mismo once concursantes, suministrando la organización a los miembros del jurado un folleto con las recetas de diez de ellas, así como una hoja para reflejar en la misma las puntuaciones, separados en los apartados de degustación, presentación, originalidad de la receta, viabilidad comercial y otras consideraciones a tener en cuenta.
Había premios en metálico para los tres primeros clasificados de 100 euros, 75 euros y 50 euros.
Los primeros clasificados con su receta han sido:

:: :: DELICIA DO PASTOR :: ::
Presentado por: António Esteves Simöes.
Ingredientes:
– 250 gramos de requesón.
– 12 yemas de huevo.
– 150 gramos de azúcar.
– 1 dl de agua.
– 3 dl de natas.
– Raspa de 1 limón.
– 2 cucharas grandes de azúcar en polvo.
Elaboracion:
1 – Echar el azúcar en agua en un cazo y hervir durante 5 minutos.
2 – Retirar del fuego, echar el requesón y mezclarlo todo bien.
3 – Verter las yemas y ponerlo al fuego sin dejar de removerlo hasta que engorde la masa.
4 – Echarlo en un recipiente y dejarlo enfriar.
5 – Batir las natas con el azúcar en polvo y hacer una crema batida y con una bolsa pastelera colocar por encima del preparado anterior.
6 – Decorar con la raspa del limón y unas hojas de menta.

Delicia de Pastor

:: :: ESCUTEIROS :: ::
Presentado por: Escola Secundária O.H. 10.º H (2.º turno).
Ingredientes:
– 300 gramos de azúcar en polvo.
– 300 gramos de harina de almendras sin peil.
– 220 gramos de claras de huevos.
– 300 gramos de azúcar.
– 75 ml de agua.
– Para el relleno:
a) 150 gramos de requesón de oveja.
b) Crema de pastelería.
c) Vino de Oporto, canela y dulce de calabaza.
Elaboracion:
1 – Mezclar la harina de almendras con 110 gramos de claras de huevo y con el azúcar en polvo.
2 – Hacer un jarabe de azúcar con el azúcar y el agua hasta alcanzar los 119º C.
3 – Batir las claras restantes hasta que estén a medio-batir.
4 – Adicionar al jarabe en frío las claras y mezclar todo con el primer preparado.
5 – Hacer círculos con la crema pastelera con una bolsa pastelera y boquilla lisa.
6 – Cocer los círculos a 150º durante 30 minutos.
7 – Pasar el queso por un tamiz y mezclarlo bien con los otros ingredientes.
8 – Enfriarlos durante 1 hora.
9 – Juntar con los círculos de dos en dos, rellenarlos con la crema y con el dulce de calabaza.

Escuteiros

:: :: TRAVESSEIROS DE REQUEIJÃO :: ::
Presentado por: Vítor M. M. Cruz.
Ingredientes:
– Requesón.
– Azúcar.
– Harina.
– Huevos.
– Manteca.
– Canela.
– Sal
– Agua.
Elaboracion:
1 – Hacer una masa fina de hojaldre.
2 – Rellenar con el requesón.
3 – Meter a cocer al horno moderadamente.
4 – Una vez cocido espolvorear con el azúcar y la canela.

Travesseiros de Requeijão

El resto de elaboraciones presentadas a concurso han sido:

:: :: MASSA DE QUEIJO COM FRUTOS SILVESTRES :: ::
Ingredientes:
– 1 rollo de masa de hojaldre.
– 300 gramos de frutos silvestres variados.
– 200 gramos de queso Serra da Estrela.
– 1 bote de leche condensada.
– 2 decilitros de natas.
– 6 yemas de huevos.
– 4 huevos.
– Azúcar en polvo.
Elaboracion:
1 – Encienda el horno a 180 grados.
2 – Forrar un recipiente redonda con la masa de hojaldre.
3 – Poner al fuego un tazo con las natas, dejar hervir y añadir el queso hasta que este se disuelva.
4 – Juntar la mezcla realizada con el bote de leche condensada con los huevos y las yemas y mezclarlo todo muy bien.
5 – Verter toda la mezcla en el recipiente y meterlo al horno durante 45 minutos.
6 – Después de frío, espolvorear con el azúcar en polvo y decorar con frutos silvestres.

Massa de Queijo com Frutos Silvestres

:: :: SEMI-FRIO SABORES DA ESTRELA :: ::
Ingredientes:
– 5 huevos.
– 250 gramos de requesón.
– 8 hojas de gelatina.
– 1 bote de leche condensada.
– 100 gramos de queso Serra da Estrela.
– Galletas tipo María.
– Café solo.
– Frutas a gusto para decorar.
Elaboracion:
1 – Separar las yemas de las claras de los huevos.
2 – Juntar las yemas de los huevos con el requesón, la leche condensada y el queso.
3 – Remojar las hojas de gelatina e incorporar a la mezcla anterior.
4 – Añadir las claras de los huevos batidas.
5 – Remojar las galletas tipo María en el café.
6 – Poner en un molde capas alternativas de las galletas y de la mezcla realizada alternativamente.
7 – Dejar enfriar.
8 – Decorar con las frutas.

Sabores da Estrela

:: :: PASTÉIS DE QUEIJO :: ::
Ingredientes:
– 500 Gramos de harina de trigo.
– 1 huevo.
– 4 yemas de huevo.
– 10 gramos de azúcar y otros 180 gramos de azúcar.
– 10 gramos de sal.
– 300 ml de agua.
– 350 gramos de margarina para hojaldres.
– 40 gramos de levadura.
– 500 ml de leche.
– 75 gramos de queso Serra da Estrela mantecoso.
– Almendras laminadas para decorar.
Elaboracion:
1 – Preparar una masa de hojaldre y colocar 30 minutos en el frío.
2 – Forrar con la masa recipientes pequeños.
3 – Mezclar muy bien la levadura con 10 gramos de azúcar y las yemas de huevo.
4 – Hervir la leche y mezclarla con el preparado anterior.
5 – Adicionar lentamente el queso hasta que este completamente disuelto.
6 – Calentar la mezcla en el fuego hasta engordar la mezcla lentamente removiendo constantemente.
7 – Verter en las formas de hojaldre la mezcla y decorar con las almendras laminadas.
8 – Cocer en el horno a 220º C.

Pastéis de Queijo com Amêndoas

:: :: PRINCESA DA SERRA DA ESTRELA :: ::
Ingredientes:
– 350 gramos de azúcar.
– 2 requesones.
– 5 huevos.
– 50 gramos de margarita derretida.
– 100 gramos de harina de trigo.
– 1 cucharilla pequeña de levadura.
Elaboracion:
1 – En un cuenco mezclar el azúcar con el requesón y los huevos uno a uno, mezclando todo muy bien.
2 – Seguidamente echar los restantes ingredientes.
3 – Untar bien una forma de tarta con margarina, verter la mezcla y meter al horno a 180ºC durante 25-30 minutos.
4 – Decorar al gusto.

:: :: DOCE DE MONTES HERMÍNIOS :: ::
Ingredientes:
– Galletas.
– Manteca.
– Harina de trigo.
– Azúcar.
– Gelatina.
– Natas.
– Leche condensada.
– Crema de queso.
Elaboracion:
1 – Mezclar las galletas, manteca y azúcar en un recipiente todo muy bien.
2 – Llevar al horno durante 5 minutos.
3 – Deshacer las hojas de gelatina y mezclar en frío con las natas y con la leche condensada. Cocerlo todo.
4 – Meterlo en un molde y servir en frío.

Doce dos Montes Hermínios

:: :: MARAVILHAS DE SÃO SIMÃO :: ::
Ingredientes:
– 200 gramos de harina de trigo.
– 1 cucharilla pequeña de canela en polvo.
– 2 cucharas grandes de azúcar.
– 1 huevo.
– 2 cucharas grandes de manteca.
Para el relleno:
– 350 gramos de requesón
– 100 gramos de queso fresco de oveja.
– 250 gramos de queso mascarpone.
– 1 bote de leche condensada.
– 2 dl de natas.
– 2 yemas de huevos.
Elaboracion:
1 – Preparación de base:
a) Mezclar la harina, la canela, la manteca, el huevo y el azúcar en un recipiente hasta que la masa este blanda.
b) Meter a cocer al horno durante cerca de 10 minutos.
2– Preparación del relleno:
a) Mezclar muy bien el requesón con el queso fresco en un recipiente, seguidamente echar las natas, las yemas y el resto de ingredientes.
b) Mezclar muy bien hasta conseguir una masa blanda.
c) Verter la mezcla en un recipiente y meter al horno a 120º C de 45 a 60 minutos.
d) Decorar al gusto.

Maravilhas de São Simão

:: ::
Nombre: PASTEL SERRANO
Ingredientes:
– Queso do Serra Estrela.
– Dulce de calabaza.
– Nueces.
– Huevos.
– Harina de trigo.
– Azúcar.
– Crema de huevos.
– Leche.
Elaboracion:
1 – Mezclar los huevos con el azúcar y batir muy bien.
2 – Mezclar la leche con la harina y las nueces.
3 – Mezclarlo todo y meter al horno.
4 – Decorar la tarta con la crema de queso y el dulce de calabaza y cubrir con el dulce de huevos.

Pastel Serrano

La impresión sacada del Concurso ha sido óptima, destacando la gran igualdad entre los participantes, notándose que detrás de algunas elaboraciones había manos profesionales, la textura de las presentaciones fue muy correcta salvo alguna excepción, echándose en falta más sabor a queso en muchas de ellas.
Ha existido un gran salto cualitativo tanto en la organización del concurso como en las elaboraciones que han concursado.

«Los animales se alimentan, el hombre come; sólo el hombre de talento sabe comer.» Anthelme Brillant-Savarin.
Luis Javier del Valle Vega

Seminário associativo, exposição de veículos tuning, passeio de clássicos, passeio de motos clássicas (50 cc), simulacro de explosão em habitação, concurso de pesca à truta, passeio equestre e jogo de futebol entre as casas do Benfica e do Sporting são algumas das actividades previstas no primeiro encontro das associações do concelho da Mêda durante o fim-de-semana de 16 e 17 de Abril.

MêdaO Município de Mêda em parceria com a Associação de Pesca Desportiva e Competição do Concelho de Mêda e o Motoclube de Mêda promove, nos dias 16 e 17 de Abril de 2011, na Nave de Exposições do Mercado Municipal, o I Encontro de Associações do Concelho de Mêda.
A iniciativa tem como objectivo incentivar o convívio entre as associações e a população do concelho, bem como a exposição, divulgação e demonstração das actividades desenvolvidas por estas entidades.
No dia 16 de Abril terá início às sete horas da manhã, na Barragem de Ranhados, o Concurso de Pesca à Truta, com largada de 1000 trutas, organizado pela Associação de Pesca Desportiva e Competição do Concelho de Mêda.
A abertura oficial do certame na Nave de Exposições de Mêda está marcado para as 14 horas com uma exposição de «veículos tuning» no espaço exterior da Nave de Exposições, seguido do II Passeio de Clássicos «Pelo concelho de Mêda». Paralelamente, irá decorrer, o seminário Associativismo como Promotor de Dinamização Territorial, na Nave de Exposições do Mercado Municipal. O programa para este dia contará também com um jogo de futebol entre a Casa do Benfica de Mêda e Núcleo Sportinguista de Mêda no Estádio Dr. Augusto César de Carvalho, com início marcado para as 17 horas. O dia termina com animação musical a partir das 22 horas.
O domingo inicia-se com o «Passeio de Motas Clássicas e de 50cc Pelo Concelho de Mêda», com concentração no recinto do Mercado Municipal às 9 horas.
O recinto de exposições abre ao público às 14 horas e servirá para dar início ao 1.º Passeio Equestre do Concelho da Mêda. Ao mesmo tempo, no Quartel dos Bombeiros Voluntários de Mêda, irá ser executado um simulacro de Explosão em Habitação.
jcl (com Gabinete de Imprensa da C.M. Mêda)

As comemorações dos 75 anos do Rancho Folclórico de Aranhas, concelho de Penamacor, têm lugar nos dias 23 e 24 de Abril de 2011.

Rancho Folclórico Aranhas - Penamacor

Passaram 75 anos que o Senhor Dr. Rui Martins Ferreira e sua esposa D. Margarida, apoiados pelo Etnólogo Eurico Salles Viana e com o apoio de uma grande quantidade de gente da nossa terra, infelizmente muitos já falecidos, que se iniciou uma caminhada que chegou até nós.
Um percurso nem sempre fácil mas, que muita gente de Aranhas teimou levar por diante, ultrapassando muitos obstáculos que se foram deparando ao longo dos tempos. A imigração, a falta de emprego que levou e leva a juventude a procurar novos horizontes, a diminuição contínua da população de Aranhas, foram as principais razões dos vários interregnos que o rancho sofreu ao longo da sua vida. Entre tormentas e receios, apareceram sempre algumas pessoas com força e vontade para o reerguer, lutando sempre contra os condicionalismos da realidade da nossa terra e da nossa região. E, neste momento, devemos sentir orgulho em dar continuidade a tão nobre causa.
Para dar início às comemorações das Bodas de Platina, iremos realizar um convívio com o X Festival de Folclore e de Etnografia no próximo dia de Páscoa. Devido ao corte de subsídios e da crise económica, foi reduzida a participação de grupos presentes. No entanto a qualidade do espectáculo estará garantida.
No sábado, 23 de Abril, vamos reviver o passado, com a apresentação, ao vivo, da cozedura do pão no forno recuperado no Beco da Rua da Fonte, propriedade do amigo António Joaquim Borrego Raposo.
No domingo, após a missa marcada para as 12.00 horas será efectuado um desfile até à nossa sede (Ex-Escola Primária), abrilhantado pela nossa sempre amiga Banda de Aldeia de João Pires. O programa inclui após o almoço a actuação do Grupo Etnográfico de S. Miguel D’Acha, Rancho Folclórico de Juncal do Campo e Rancho Folclórico de Aranhas, com apresentação e explicação dos novos trajos, recolhidos pelo nosso grupo de trabalho coordenado por Lopes Marcelo.
A sede do Rancho estará aberta para visita e haverá também quermesse e bar.
Contamos com a presença de todos.
António Lopes Geraldes
(Presidente da Direcção do Rancho Folclórico)

Sem dignidade e coragem não podemos derrotar aqueles que nos oprimem. Aqueles que pensam por cima da Política, da Democracia, da Res-pública e da economia, a oligarquia financeira.

António EmidioA União Europeia é isto:
Presentemente a União Europeia é um férreo despotismo financeiro que cada vez tem mais poder, esse poder está fora de qualquer controlo democrático. E as medidas económicas que alguns Estados são obrigados a tomar contra os seus cidadãos, nunca conseguirão satisfazer as grandes oligarquias mundiais e europeias. Só irão aumentar a exclusão social nesses Estados e não acabarão com a crise económica que os consome. Os tratados europeus consagram a omnipotência dos mercados e da lei dos accionistas.
Politicamente o que é a União Europeia?
São os interesses particulares das nações mais poderosas. Estas nações praticam uma espécie de colonização financeira que vai destruindo os países mais fracos política e economicamente, roubando-lhes toda a riqueza, empobrecendo as suas populações, deixando-as nas mãos de especuladores.

O socialismo democrático deve ser isto:
Todo o leitor assíduo deste Blog conhece a minha posição em relação ao «socialismo» de José Sócrates e, não só ao «socialismo», também ao seu carácter e à sua personalidade. Os portugueses e, principalmente aqueles que acreditam no Socialismo Democrático, foram enganados por José Sócrates e seus devotos. Ser socialista é ter sensibilidade social e a preocupação e respeito pela dignidade humana. O Estado Social é a razão de ser de uma política de esquerda, própria da Social-democracia e do Socialismo Democrático. O Socialismo Democrático, como a própria palavra o refere, tem de respeitar a Democracia. Neste momento em Portugal, estão a ser postos em primeiro lugar os interesses de uma pequena minoria oligárquica, excluindo os interesses da maioria dos portugueses. Assim não há Democracia.
José Sócrates e os seus devotos, enquanto governantes, usaram de uma política própria de um Tony Blair, um trabalhista inglês que lançou a tão célebre Terceira Via, uma corrente ideológica que ao fim e ao cabo ninguém sabe o que é, mas na prática resume-se em dar muito aos que têm muito, e esperar que toda essa riqueza se repercuta nos que têm pouco, ou mesmo nada…Isto não tem nada a ver com Social Democracia ou Socialismo Democrático. Sócrates aplicou essa Terceira Via em Portugal, esse modernismo teve como consequência que entre 2005 e 2011, a desigualdade social em Portugal aumentasse até limites nunca vistos desde 1974.
Por favor, não me venham com essa história do modernismo Socialista, dizendo que os tempos mudaram e, que tudo o que aí atrás era verdade, agora não passa de uma mentira. É este o argumento usado pelos «modernos socialistas», justificando assim a sua falta de sensibilidade social. Olhai! Por muitas voltas que o Mundo e Portugal tenham dado, o que não mudou nem mudará, é o conceito de justiça, que é um valor aplicável em todas as épocas históricas.
O Socialismo Democrático não pode ser uma aberração ideológica, como fizeram dele José Sócrates e os seus devotos.
Militantes e simpatizantes do Partido Socialista, já lestes «Le Changement», projecto socialista francês da Secretária Martine Aubry, para as eleições presidenciais de 2012 em França? Se puderem leiam.
«Passeio pelo Côa», opinião de António Emídio

ant.emidio@gmail.com

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Abril 2011
S T Q Q S S D
« Mar   Maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.140.316 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios