O Comando Territorial da GNR da Guarda levou a efeito nas estradas do distrito a operação Carnaval 2011, que decorreu entre 4 e 8 de Março, tendo sido registados 21 acidentes de viação, de que resultaram um ferido grave e oito feridos leves.

Comparativamente ao ano anterior verificou-se uma diminuição no número de acidentes (menos cinco) e no, tocante às consequências, registou-se um igual número de feridos graves, havendo um aumento nos feridos leves. As vítimas resultaram de acidentes ocorridos em estradas nacionais e municipais, não se verificando quaisquer acidentes nas auto-estradas A23 e A25.
Segundo o comunicado remetido à 9impresa pelo comandante territorial da Guarda, coronel José Monteiro Antunes, a GNR exerceu, durante a operação, um esforço em matéria de segurança rodoviária, tendo efectuado 79 patrulhamentos e empenhando um total de 157 militares.
A acção fiscalizadora foi também tida em conta, nomeadamente no tocante a manobras perigosas e condução sob efeito do álcool. No total, foram autuados 87 condutores por contra-ordenações (10 muito graves, 30 graves e 47 leves).
Foram controlados 5.010 veículos através dos radares de controlo de velocidade, tendo sido detectados 67 em excesso. Em matéria de álcool foram fiscalizados 877 condutores, tendo-se verificado 18 excessos, dos quais 11 constituíram ilícito criminal por apresentarem uma taxa igual ou superior a 1,20 gramas por litro.
Foi detido um condutor por condução sem habilitação legal.
plb

Anúncios