Depois de ter perdido em Valhelhas na segunda jornada da primeira volta, por 5-2, a equipa de futsal da Rapoula do Côa recebeu a equipa serrana e, retribuiu, vencendo igualmente por 5-2. Como diz o ditado bem português «amor com amor se paga».

Futsal - Rapoula do Côa

Num jogo que se previa difícil dada a qualidade da equipa de Valhelhas e a sua posição na tabela, os atletas de Telmo Vaz, entraram na partida sem qualquer receio e desde cedo mostraram que queriam vencer.
Nos minutos iniciais a equipa da Rapoula do Côa foi sempre superior ao adversário, criando constantes situações de finalização, que se traduziram em golo, primeiro por João Luís (1-0) e mais tarde por Hugo Fernandes (2-0).
No minuto seguinte, a equipa de Valhelhas aproveita o adiantamento do guarda-redes e reduz o marcador. A equipa adversária ganha mais confiança com o golo obtido e consegue equilibrar a partida, superiorizando-se em alguns momentos à equipa da casa. Numa bela jogada colectiva consegue mesmo empatar a partida a duas bolas.
A reacção da Rapoula do Côa foi positiva e, minutos mais tarde, Zé Cunha altera novamente o marcador para 3-2, resultado que se manteve até ao intervalo.
Para a segunda parte, quando se esperava uma maior ofensiva por parte da formação de Valhelhas, dado a desvantagem no jogo, verificou-se o contrário.
Uma entrada forte da equipa raiana anulou em grande parte as investidas da equipa adversária.
As duas equipas procuraram o golo com ambos os guarda-redes em destaque, mas seria a equipa da Rapoula do Côa, através de uma bela jogada individual de Hugo Fernandes a aumentar a vantagem para 4-2.
O ritmo do jogo ia baixando à medida que se aproximava o final da partida, mas ainda houve tempo para mais um golo, novamente para a equipa da casa na conversão de um livre de 10 metros marcado de forma exemplar por Wilson Calva.
Vitória justa e exibição segura da Rapoula do Côa, perante um adversário com grandes valores individuais, que permitiu subir na tabela classificativa.
Marco Capela

Anúncios