O governador civil da Guarda, Santinho Pacheco, vai reunir na cidade um conjunto de personalidades de prestígio originárias do distrito, tendo em vista a realização de uma reflexão acerca da situação em que se encontra a região e os caminhos que deve seguir na busca do progresso. O encontro realiza-se hoje e amanhã, dias 28 e 29 de Janeiro.

«Uma Guarda que dá a cara pelo Futuro», é o lema que presidiu a esta iniciativa de chamar à cidade mais alta alguns dos seus filhos ilustres. Santinho Pacheco, defende a ideia de que a Guarda e a Região precisam de todos os que queiram fazer algo em seu favor.
A iniciativa chama-se «Ai muito me tarda… (o que posso fazer pela Guarda?)». Da reunião de personalidades do distrito sairão reflexões e opiniões, que poderão indicar alguns das acções a implementar no distrito.
Dentre as figuras de prestígio originárias do distrito que se vão reunir estarão o Procurador Geral da República, Pinto Monteiro, o professor universitário Gomes Canotilho, o juiz desembargador Gabriel Catarino, o reitor na Universidade da Beira Interior, João Queiroz.
No primeiro dia, 28 de Janeiro, as personalidades do distrito reúnem no Hotel Lusitânia Parque, onde decorrerão os trabalhos. No dia seguinte, sábado, de manhã, está prevista uma visita ao Museu do Côa, seguindo-se a sessão de encerramento com a leitura das conclusões. Durante a tarde haverá uma acção de plantação de árvores, promovida pela escola do primeiro ciclo de Vila Nova de Foz Côa.
plb