Cavaco Silva qualificou hoje de «grande vitória» a sua reeleição como Presidente da República e dedicou-a aos jovens, «futuro da nossa pátria», a quem prometeu tudo fazer para que «reencontrem motivos para acreditar em Portugal».

No seu discurso de vitória, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, Aníbal Cavaco Silva deixou um agradecimento especial à sua mulher, Maria, agradeceu a todos os que fizeram parte da sua estrutura de campanha e também aos partidos que apoiaram a sua recandidatura.
«Três partidos apoiaram a minha candidatura: o PSD, o CDS-PP e o MEP, no pressuposto de que era uma candidatura pessoal e suprapartidária. Agradeço aos seus dirigentes e militantes o apoio e o entusiasmo manifestados durante o exigente período de campanha eleitoral», disse.
No início da sua intervenção, que durou cerca de quinze minutos, Cavaco Silva saudou «todos os portugueses que com elevado sentido cívico, votaram neste acto eleitoral».
«Votar é um dever que temos perante as gerações vindouras, os nossos filhos, os nossos netos. A todos os portugueses que foram votar neste dia tão importante para o nosso futuro é devida uma palavra de reconhecimento. Os que votaram não se alhearam do futuro», acrescentou.
Quanto ao resultado que obteve, considerou, «os portugueses falaram e disseram com clareza quem queriam para Presidente da República» e falou por mais de uma vez em «grande vitória».
jcl (com agência Lusa)

Anúncios