O Município de Trancoso comemorou, no dia 13 de Novembro, os 200 anos da 3.ª Invasão Francesa com uma parada militar com fardamento da época e a inauguração de um padrão evocativo.

Padrão Trancoso - Júlio Sarmento - Amaro VieiraA cidade de Trancoso foi, na Terceira Invasão, uma peça determinante de controle, resistência e vigilância na resistência e controle das forças francesas.
O Exército Português e a Câmara Municipal de Trancoso, em parceria com a Trancoso Eventos – Entidade Empresarial Municipal assinalaram em 13 de Novembro o Segundo Centenário da 3.ª Invasão Francesa (Guerra Peninsular) onde esta histórica cidade foi uma das localidades envolvidas neste episódio da História de Portugal.
O reconhecimento está perpetuado num padrão implantado no Largo D. Dinis, o principal do Centro Histórico de Trancoso, em homenagem que o Município de Trancoso e o Exército Portugueses prestaram aos mortos da 3.ª Invasão Francesa.
A importância desta celebração foi assinalada nas diversas intervenções realizadas no local perante forças militares do Regimento de Infantaria de Viseu, fardadas à época (1810).
O Padrão foi inaugurado pelo presidente do Município de Trancoso, Júlio Sarmento e pelo comandante das Forças Terrestres, Tenente-General Amaro Vieira. Está implantado a poucos metros do edifício que funcionou como Quartel-General do General Beresford, mais tarde Conde de Trancoso.
jcl (com Gabinete de Imprensa da Trancoso Eventos)

Anúncios