Foi à sexta jornada, no Estádio do Picoto em Vila Franca das Naves, frente à Associação Cultural e Desportiva local que o Sporting Clube do Sabugal perdeu os primeiros três pontos deste campeonato ao ser derrotado por duas bolas a uma.

(Clique nas imagens para ampliar.)

Na sexta jornada da 1.ª Divisão do Campeonato Distrital da Associação de Futebol da Guarda o guarda-redes Chucky voltou a ser o dono da baliza do Sporting do Sabugal. Para além dele alinharam como titulares Isidro (2), Janela (3), Batista (4), Tó-Zé (5), Pires (6), Vaz Alves (7), Jorgito (8), Manata (9), Nuno (10) e Pereira (11).
Durante a primeira parte, que se iniciou com 10 minutos de atraso, o marcador não sofreu alterações nem houve, por parte das duas equipas, grandes ocasiões de golo, o Sabugal apenas levou algum perigo à baliza adversária na sequência de um pontapé de campo, já equipa da casa também não teve oportunidades de grande perigo.
Mas… tudo aconteceu já na segunda parte, ao minuto 52, quando um atleta da equipa da casa na tentativa de fazer um centro, acabou mesmo por marcar o primeiro golo da partida, com alguma sorte à mistura, pois a bola bateu no poste direito da baliza acabando por ressaltar na perna do guarda-redes sabugalense e entrando na baliza.
Após o golo da equipa da casa o treinador Marco Capela dá imediatamente ordem a Tiago Dias para iniciar os exercícios de aquecimento. Entretanto ao minuto 53 Jorgito remata forte de fora da área, mas a bola acaba por sair sobre a barra da baliza à guarda de Aires. Dois minutos mais tarde Tiago Dias (19) entrava para o lugar de Pereira. A intenção das substituições levadas a cabo pelo técnico do Sabugal seria a de tornar a equipa mais ofensiva.
Ao minuto 58, as coisas complicaram-se pois o capitão do Vila Franca conseguiu ampliar a vantagem da equipa da casa para 2-0.
A equipa do Sabugal tenta ainda chegar ao golo e, ao minuto 60, com uma dupla substituição entram os regressados de lesão Ricardito e Sérgio, respectivamente, para o lugar de Vaz Alves e Pires. Ao minuto 81, Ricardito reduz a vantagem através de uma grande penalidade assinalada na sequência de uma mão na bola de um defesa adversário.
Neste jogo, a qualidade da equipa de arbitragem chefiada pelo árbitro Marco Bernardo deixou a desejar com muitas faltas e vários fora-de-jogo bastante duvidosos.
Com esta vitória a equipa da casa somou cinco pontos, pois foi a primeira vitória no campeonato. Para o Sporting Clube do Sabugal foi a primeira derrota. Como consequência a equipa raiana perdeu, nesta jornada, o primeiro lugar para o G.D.V.N. Foz Côa, que após o empate a uma bola frente ao S.C. Vilar Formoso está agora com mais um ponto que o S.C. Sabugal.
Cláudia Janela