No dia 18 de Setembro, militares da GNR do destacamento de Pinhel, identificaram três homens, com idades compreendidas entre os 31 e 49 anos, na localidade de Corujeira, freguesia de Santa Maria, Trancoso, por furto de cobre no valor estimado de 4.500 euros, num Poste de transformação de corrente eléctrica, pertencente à EDP.

Guarda Nacional RepublicanaEste tipo de crime vem-se tornando recorrente, sendo que, neste caso, os indivíduos tinham antecedentes criminais. Os mesmos foram constituídos arguidos e foi lavrada participação criminal, remetida ao Tribunal de Trancoso. Foi-lhe ainda apreendido o veículo em que se faziam transportar, bem como diversas ferramentas que utilizavam na actividade delituosa.
Segundo o comunicado semanal do Comando da Guarda da GNR, foram realizadas seis operações no âmbito da fitossanidade florestal, tendo sido fiscalizados 134 veículos e elaborados quatro autos de contra-ordenação.
Nos dias 16 e 19 de Setembro, o Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente, levou a efeito duas operações de fiscalização da caça e da pesca, onde foram fiscalizados 26 caçadores e pescadores e elaborados dois autos de contra-ordenação.
Durante a semana transacta foram efectuadas sete detenções, das quais seis em flagrante delito, sendo quatro por crime de condução sob o efeito do álcool, uma por condução sem habilitação legal e uma por posse de arma proibida.
Para além das ocorrências de natureza criminal que motivaram a detenção dos seus autores, registaram-se outras ocorrências, das quais se destacam: 15 furtos, três danos, oito ofensas à integridade física, três ameaças, três casos de violência doméstica, dois de burla, dois de contrafacção de vestuário e três de incêndio florestal.
No período em referência registaram-se 31 acidentes de viação, sendo que 22 resultaram de colisão, cinco de despiste e quatro de atropelamento. Destes acidentes resultaram um morto, dois feridos graves e três feridos leves. Após análise sumária das causas dos acidentes registados, a GNR concluiu que a causa provável da sua maioria foi o desrespeito pela cedência de passagem.
plb