Na qualidade de Presidente de Junta da Freguesia de Foios apercebendo-me, há já algum tempo, que o Dr. Santinho Pacheco estava a fazer um Governo Civil de portas abertas e atento a tudo o que de bom e mau vai acontecendo no nosso distrito, pensei fazer-lhe um desafio.


(Clique na imagem para ampliar.)

José Manuel Campos - Nascente do CôaConfesso que tinha um pressentimento de que o Sr. Governador iria satisfazer o meu desejo.
Disse-lhe que muito me agradaria um «Governo Civil Aberto» em Foios.
O Sr. Governador achou o desafio muito interessante e disse-me que poderíamos juntar-nos para conversar.
Assim aconteceu. Não foram necessários muitos encontros para termos colocado a máquina nos carris. O Sr. Governador é, de facto, um homem do povo e muito prático.
Fizemos o programa, que anexamos, e que estamos a divulgar em toda a zona da raia sabugalense, Almeida e Figueira de Castelo Rodrigo. Pretendemos que nuestros hermanos também possam participar activamente nestas jornadas.
Naturalmente que o Presidente do Município, Eng.º António Robalo, também se quis associar tendo já reunido connosco e apresentado ideias que enriqueceram o programa.
Temos objectivos muito concretos e pretendemos que este primeiro «Governo Civil Aberto», nos dias 19 e 20 de Agosto, deixe marcas nos Foios e em toda a região raiana.
Não me restam dúvidas de que é com homens desta craveira que poderemos inverter a tendência da desertificação e da desgraça.
O Sr. Governador tem-se empenhado na vinda de membros do Governo ao nosso distrito mas não os quer só na cidade da Guarda. Leva-os aos sítios mais recônditos porque é precisamente aí que muitas coisas acontecem e os governantes ignoram.
O Governador, Dr. Santinho Pacheco, decidiu não se fechar nas quatro paredes. Saiu para o meio do povo como que a fazer lembrar o provérbio: «Não vai o Maomé à montanha mas vai a montanha ao Maomé.»
Parabéns Sr. Governador porque é diferente, para melhor.
«Nascente do Côa», opinião de José Manuel Campos

(Presidente da Junta de Freguesia de Foios)
jmncampos@gmail.com

Fóios – Capital do Distrito da Guarda por dois dias.
Mais uma iniciativa de José Manuel Campos, presidente da Junta de Freguesia fojeira que surpreende tudo e todos. A jornada de trabalho inclui a assinatura da acta de reconhecimento da fronteira entre Portugal e Espanha conhecida popularmente pela confirmação do local dos marcos que limitam fisicamente a Raia.
Destaque ainda para a eucaristia presidida por D. Manuel Felício, bispo da Guarda, na quinta-feira, 19 de Agosto, às 19 horas.
Parabéns pela importância simbólica e republicana do Governo Civil Aberto nos Fóios.
jcl

Anúncios